History of the BibleHistória da Bíblia

Septuagint, LXX Septuaginta, LXX

General Information Informação Geral

The Septuagint, commonly designated LXX, is the oldest Greek version of the Old Testament of the Bible , the title "seventy" referring to the tradition that it was the work of 70 translators (or 72 in some traditions). A Septuaginta, LXX comumente designada, é a mais antiga versão grega do Antigo Testamento da Bíblia, o título de "70" referindo-se a tradição que era o trabalho de 70 tradutores (ou 72 em algumas tradições). The translation was made from the Hebrew Bible by Hellenistic Jews during the period 275 - 100 BC at Alexandria. A tradução foi feita a partir da Bíblia hebraica dos judeus helenistas durante o período de 275-100 aC, em Alexandria. Initially the Septuagint was widely used by Greek - speaking Jews, but its adoption by the Christians, who used it in preference to the Hebrew original, aroused hostility among the Jews, who ceased to use it after about 70 AD. It is still used by the Greek Orthodox church. Inicialmente, a Septuaginta foi amplamente utilizado pelos gregos - os judeus de língua, mas a sua adopção pelos cristãos, que a utilizou em vez do original hebraico, despertou hostilidade entre os judeus, que deixaram de usá-lo depois de cerca de 70 dC Ele ainda é usado por. a Igreja Ortodoxa Grega.

The Septuagint contains the books of the Hebrew Bible, the deuterocanonical books - that is, those not in the Hebrew version but accepted by the Christian church - and the Apocrypha. Ancient manuscripts from Qumran suggest that the Septuagint often followed a Hebrew text different from the present authoritative Hebrew text. Thus its value for textual criticism has been enhanced. A Septuaginta contém os livros da Bíblia hebraica, os livros deuterocanônicos - isto é, aqueles que não estão na versão hebraica, mas aceite pela igreja cristã -. Ea Apócrifos Antigos manuscritos de Qumran sugerem que a Septuaginta vezes seguidas um texto hebraico diferente do apresentar o texto hebraico de autoridade. Assim, o seu valor para a crítica textual tem sido reforçada. The Septuagint provides an understanding of the cultural and intellectual settings of Hellenistic Judaism. A Septuaginta fornece uma compreensão dos contextos culturais e intelectuais do judaísmo helenístico.

BELIEVE Religious Information Source web-siteACREDITO
Religioso
Informações
Fonte
web-site
Our List of 2,300 SubjectsNossa lista de 2300 Assuntos Religiosos
E-mailE-mail
Norman K Gottwald Norman K Gottwald

Bibliography Bibliografia
CH Dodd, The Bible and the Greeks (1935); S Jellicoe, The LXX and Modern Studies (1968). CH Dodd, A Bíblia e os gregos (1935); S Jellicoe, Os LXX e Estudos Modernos (1968).


Septuagint Septuaginta

General Information Informação Geral

Septuagint is the name given the ancient Greek translation of the Hebrew Old Testament. Septuaginta é o nome dado a antiga tradução grega do Antigo Testamento hebraico. The term is derived from the Latin word septuaginta ("seventy"; hence, the customary abbreviation LXX), which refers to the 70 (or 72) translators who were once believed to have been appointed by the Jewish high priest of the time to render the Hebrew Bible into Greek at the behest of the Hellenistic emperor Ptolemy II. O termo é derivado do latim septuaginta ("70", daí, o habitual abreviatura LXX), que se refere ao 70 (ou 72) tradutores que foram uma vez que se acredita terem sido nomeados pelo sumo sacerdote judeu do tempo para renderizar Bíblia hebraica para o grego, a mando do imperador helenística de Ptolomeu II.

The legend of the 70 translators contains an element of truth, for the Torah (the five books of Moses-Genesis to Deuteronomy) probably had been translated into Greek by the 3rd century BC to serve the needs of Greek-speaking Jews outside Palestine who were no longer able to read their Scriptures in the original Hebrew. A lenda dos 70 tradutores contém um elemento de verdade, pois a Torá (os cinco livros de Moisés, Gênesis a Deuteronômio) provavelmente havia sido traduzido para o grego por 3 º século aC para servir as necessidades dos judeus de língua grega fora da Palestina que estavam já não é capaz de ler as Sagradas Escrituras no original hebraico. The translation of the remaining books of the Hebrew Old Testament, the addition to it of books and parts of books (the Apocrypha), and the final production of the Greek Old Testament as the Bible of the early Christian church form a very complicated history. A tradução dos livros remanescentes do Antigo Testamento hebraico, o que além de livros e partes de livros (os apócrifos), ea produção final do Antigo Testamento grego como a Bíblia da forma primitiva igreja cristã uma história muito complicada. Because the Septuagint, rather than the Hebrew text, became the Bible of the early church, other Jewish translations of the Hebrew Bible into Greek were made by the 3rd century; these are extant only in fragments, and their history is even more obscure than that of the Septuagint. Porque a Septuaginta, ao invés do texto hebraico, se tornou a Bíblia da igreja primitiva, outras traduções judaicas da Bíblia hebraica para o grego foi feita por volta do século 3, estes são só existem em fragmentos, e sua história é ainda mais obscura do que da Septuaginta.

Rev. Bruce Vawter Rev. Bruce Vawter


.

Vulgate Vulgata

General Information Informação Geral

Vulgate (Latin vulgata editio, "popular edition") is the edition of the Latin Bible that was pronounced "authentic" by the Council of Trent. Vulgata (Latina vulgata editio, "edição popular") é a edição da Bíblia em latim que foi declarado "autêntico" pelo Concílio de Trento. The name originally was given to the "common edition" of the Greek Septuagint used by the early Fathers of the Church. O nome foi inicialmente dado ao "edição comum" da Septuaginta grega usada pelos primeiros Padres da Igreja. It was then transferred to the Old Latin version (the Itala) of both the Old Testament and the New Testament that was used extensively during the first centuries in the Western church. Ele foi então transferido para a antiga versão latina (o Italiano) tanto do Antigo Testamento e do Novo Testamento que foi amplamente utilizado durante os primeiros séculos da Igreja ocidental. The present composite Vulgate is basically the work of St. Jerome, a Doctor of the Church. A Vulgata presente composto é basicamente o trabalho de São Jerônimo, Doutor da Igreja.

At first St. Jerome used the Greek Septuagint for his Old Testament translation, including parts of the Apocrypha; later he consulted the original Hebrew texts. He produced three versions of the Psalms, called the Roman, the Gallican, and the Hebrew. The Gallican Psalter, based on a Greek transliteration of a Hebrew text, is now read in the Vulgate. Na primeira São Jerônimo usou a Septuaginta grega por sua tradução do Antigo Testamento, incluindo partes do Apocrypha, mais tarde, ele consultou o texto original hebraico Ele produziu três versões dos Salmos, os chamados romanos, o Galicana, eo hebraico O Galicana.. Saltério, com base em uma transliteração grega do texto hebraico, é agora ler na Vulgata. At the request of Pope Damasus I in 382, Jerome had previously undertaken a revision of the New Testament. A pedido do Papa Dâmaso I, em 382, ​​Jerônimo já havia realizado uma revisão do Novo Testamento. He corrected the Gospels thoroughly; it is disputed whether the slight revisions made in the remainder of the New Testament are his work. Ele corrigiu os Evangelhos cuidadosamente, é discutível se as pequenas revisões feitas no restante do Novo Testamento são o seu trabalho.

Through the next 12 centuries, the text of the Vulgate was transmitted with less and less accuracy. Através dos próximos 12 séculos, o texto da Vulgata foi transmitida com precisão cada vez menos. The Council of Trent (around 1550) recognized the need for an authentic Latin text and authorized a revision of the extant corrupt editions. This revision is the basic Latin text still used by scholars. A modern reworking of it, called for by Pope Paul VI as a result of the Second Vatican Council, was largely completed in 1977. O Concílio de Trento (cerca de 1550) reconheceu a necessidade de um texto autêntico latim e autorizou uma revisão das edições existentes corruptos. Essa revisão é o texto latino básico ainda usados ​​pelos estudiosos. Uma reformulação moderna de que, chamado pelo Papa Paulo VI como resultado do Concílio Vaticano II, foi concluído em 1977. It was used in making up the new liturgical texts in Latin that were basic to the vernacular liturgies mandated by the council. Ela era usada para fazer os novos textos litúrgicos em latim que estavam básicos para o vernáculo liturgias mandatados pelo conselho.


Version Versão

Advanced Information Informações Avançadas

A Version is a translation of the holy Scriptures. A versão é uma tradução das Sagradas Escrituras. This word is not found in the Bible; nevertheless, as frequent references are made in this work to various ancient as well as modern versions, it is fitting that some brief account should be given of the most important of these. Esta palavra não se encontra na Bíblia, no entanto, são tão frequentes referências feitas no presente trabalho a várias versões antigas, bem como moderna, é justo que algumas breves consideração deve ser dada o mais importante deles. These versions are important helps to the right interpretation of the Word. Essas versões são importantes contribui para a interpretação correta da Palavra. (See Samaritan Pentateuch article, below.) (Veja artigo Pentateuco Samaritano, abaixo.)
.

In 1454, Johann Gutenberg developed the movable type printing press. Em 1454, Johann Gutenberg desenvolveu a imprensa tipo móvel. This allowed all of the following Bible versions to be printed in much larger quantity. Isso permitiu que todas as versões seguintes Bíblia a ser impressa em quantidade muito maior. It seems no coincidence that Martin Luther and the Protestant Revolution began soon after (1517), since a much larger number of scholars now had easy access to Biblical texts. Parece acaso que Martin Luther e da Revolução protestante começou logo depois (1517), já que um número muito maior de estudiosos agora tinha fácil acesso a textos bíblicos.

This was followed by Tyndale's translation (1525-1531) (this translation was based on the original Greek of the New Testament, and was translated in a free idiomatic English; when the KJAV was produced almost a century later (1611), one-third of it retained Tyndale's wording and the remainder retained his general literary structure); Miles Coverdale's (1535-1553); Thomas Matthew's (1537), really, however, the work of John Rogers, the first martyr under the reign of Queen Mary. This was properly the first Authorized Version, Henry VIII, having ordered a copy of it to be got for every church. This took place in less than a year after Tyndale was martyred for the crime of translating the Scriptures. In 1539 Richard Taverner published a revised edition of Matthew's Bible. Este foi seguido por tradução de Tyndale (1525-1531) (essa tradução foi baseada no original grego do Novo Testamento, e foi traduzido em uma Inglês livre idiomáticas, quando o KJAV foi produzido quase um século depois (1611), um terço de que reteve redação Tyndale eo restante retido sua estrutura literária geral); Miles Coverdale (1535-1553);. (1537), de verdade, no entanto, o trabalho de John Rogers, o primeiro mártir sob o reinado da rainha Mary Thomas de Mateus Este foi devidamente autorizado a primeira versão, Henry VIII, ter ordenado uma cópia dele tem de ser para cada igreja. Isso aconteceu em menos de um ano após Tyndale foi martirizado pelo crime de tradução das Escrituras. Richard Taverner Em 1539 publicou uma revista edição da Bíblia de Mateus. The Great Bible, so called from its great size, called also Cranmer's Bible, was published in 1539 and 1568. In the strict sense, the "Great Bible" is "the only authorized version; for the Bishops' Bible and the present Bible [the AV] never had the formal sanction of royal authority." Next in order was the Geneva version (1557-1560) (the first version to recognize the division of the text into verses); the Bishops' Bible (1568); the Rheims and Douai versions, under Roman Catholic auspices (1582, 1609) (still the standard Roman Catholic Bible); the Authorized Version (1611) (the most broadly distributed version, also called King James Authorized Version [KJAV]; the work of fifty-four scholars from Oxford, Cambridge and Westminster; a number of revisions were soon made, in 1613, 1629, 1638, 1762, and 1769); and the Revised Version of the New Testament in 1880 and of the Old Testament in 1884. A Grande Bíblia, chamado de seu grande tamanho, também chamado Bíblia de Cranmer, foi publicado em 1539 e 1568 No sentido estrito, a "Grande Bíblia" é "a única versão autorizada,. Para os Bispos» Bíblia ea Bíblia atual [ o AV] nunca tiveram a sanção formal da autoridade real "Avançar na ordem foi a versão Genebra (1557-1560) (a primeira versão para reconhecer a divisão do texto em versos),. Bíblia dos Bispos (1568), os Rheims versões e Douai, sob os auspícios da Igreja Católica (1582, 1609) (ainda o padrão Católica Bíblia); Versão Autorizada (1611) (a versão mais amplamente distribuído, também chamado King James Version Autorizado [KJAV], o trabalho de cinqüenta e quatro pesquisadores de Oxford, Cambridge e Westminster, uma série de revisões foram feitas em breve, em 1613, 1629, 1638, 1762, e 1769), e da versão revisada do Novo Testamento em 1880 e do Antigo Testamento em 1884. The two were combined and called the English Revised Version (1885). Os dois foram combinadas e chamou o Inglês Versão Revisada (1885).

(Easton Illustrated Dictionary) (Dicionário Ilustrado)


Newer Popular English Versions Mais recentes versões populares inglesas

General Information Informação Geral

The American Standard Version (1901, 1946, 1957); The Holy Bible; Revised Standard Version (1946 [NT], 1952 [OT], 1971); the Living Bible (1971); the New International Version (NIV) (1973, 1978, 1984); the Simple English Version (1978, 1980); the New King James Version (1982); and the Micro Bible (1988), have all developed broad acceptance by various Christian Denominations and groups. A American Standard Version (1901, 1946, 1957), A Bíblia Sagrada, Versão Revisada Padrão (1946 [NT], 1952 [OT], 1971), a Bíblia Vida (1971), a Nova Versão Internacional (NVI) (1973, 1978, 1984), a versão simples Inglês (1978, 1980), a New King James Version (1982); ea Bíblia Micro (1988), todos têm desenvolvido uma ampla aceitação por várias confissões cristãs e grupos.

Additionally, the Literal Translation of the Holy Bible (Young, 1887, reprinted 1953); The Twentieth Century New Testament (1901); The Historical New Testament (Moffatt, 1901); The New Testament in Modern Speech (Weymouth, 1903); The Holy Bible - An Improved Edition (Amer. Baptist Publication Society, 1913); The Bible - A New Translation (Moffatt, 1922); The New Testament, an American Translation (Goodspeed, 1923); The Bible, an American Translation (Goodspeed, 1931); The New Testament (Williams, 1937); Letters to Young Churches (Phillips, 1948) (paraphrases the New Testament Epistles); The Gospels (Phillips, 1953) (popular paraphrases among young people); The Berkeley Version of the Bible (Verkuyl, 1959); have popularity for various reasons, usually either common vocabulary or extremely careful translation. Além disso, a tradução literal da Bíblia Sagrada (Young, 1887, reeditado 1953); A Twentieth Century New Testament (1901), O Testamento Histórico Novo (Moffatt, 1901); O Novo Testamento fala em Moderna (Weymouth, 1903); A Bíblia Sagrada - Um Melhor Edição (Amer. Batista Publication Society, 1913); A Bíblia - Uma Nova Tradução (Moffatt, 1922), o Novo Testamento, um americano de Tradução (Goodspeed, 1923); A Bíblia, um americano de Tradução (Goodspeed, 1931); O Novo Testamento (Williams, 1937); Cartas para Jovens Igrejas (Phillips, 1948) (parafraseia as Epístolas do Novo Testamento); Os Evangelhos (Phillips, 1953) (parafraseia populares entre os jovens); Berkeley A versão da Bíblia (Verkuyl, 1959); tem popularidade por várias razões, geralmente quer vocabulário comum ou tradução extremamente cuidadoso.


.

Samaritan Pentateuch Pentateuco Samaritano

Advanced Information Informações Avançadas

On the return from the Exile, the Jews refused the Samaritans participation with them in the worship at Jerusalem, and the latter separated from all fellowship with them, and built a temple for themselves on Mount Gerizim. Sobre o retorno do exílio, os judeus samaritanos recusaram a participar com eles no culto em Jerusalém, e este último separado de tudo comunhão com eles, e construiu um templo para si no monte Garizim. This temple was razed to the ground more than one hundred years BC Then a system of worship was instituted similar to that of the temple at Jerusalem. Este templo foi arrasado mais de cem anos aC Em seguida, um sistema de adoração foi instituído semelhante à do templo de Jerusalém. It was founded on the Law, copies of which had been multiplied in Israel as well as in Judah. Foi fundada na lei, cujas cópias haviam se multiplicado em Israel, bem como em Judá.

Thus the Pentateuch was preserved among the Samaritans, although they never called it by this name, but always "the Law," which they read as one book. Assim, o Pentateuco foi preservada entre os samaritanos, embora nunca o chamou por este nome, mas sempre "a Lei", que se lê como um livro. The division into five books, as we now have it, however, was adopted by the Samaritans, as it was by the Jews, in all their priests' copies of "the Law," for the sake of convenience. A divisão em cinco livros, como temos agora, no entanto, foi adotado pelos samaritanos, como o foi pelos judeus, em todos os seus sacerdotes "cópias de" A Lei ", por uma questão de conveniência. This was the only portion of the Old Testament which was accepted by the Samaritans as of divine authority. Esta foi a única parte do Antigo Testamento, que foi aceito pelos samaritanos como de autoridade divina.

The form of the letters in the manuscript copies of the Samaritan Pentateuch is different from that of the Hebrew copies, and is probably the same as that which was in general use before the Captivity. A forma das letras nas cópias manuscritas do Pentateuco Samaritano é diferente das cópias em hebraico, e é provavelmente a mesma que estava em uso geral antes do Cativeiro. There are other peculiarities in the writing which need not here be specified. Há outras peculiaridades na escrita que não precisam ser especificados aqui. There are important differences between the Hebrew and the Samaritan copies of the Pentateuch in the readings of many sentences. Há diferenças importantes entre o hebraico e as cópias do Pentateuco Samaritano na leituras de muitas frases. In about two thousand instances in which the Samaritan and the Jewish texts differ, the LXX agrees with the former. Em cerca de dois mil casos em que o samaritano e os textos judaicos diferem, a LXX concorda com a ex. The New Testament also, when quoting from the Old Testament, agrees as a rule with the Samaritan text, where that differs from the Jewish. O Novo Testamento também, quando citando o Antigo Testamento, como regra concorda com o texto Samaritano, em que difere do que judaica. Thus Ex. Assim Ex. 12:40 in the Samaritan reads, "Now the sojourning of the children of Israel and of their fathers which they had dwelt in the land of Canaan and in Egypt was four hundred and thirty years" (comp. Gal. 3: 17). 12:40 no Samaritano diz: "Ora, o tempo dos filhos de Israel e de seus pais que eles tinham habitou na terra de Canaã e no Egito foi de quatrocentos e trinta anos" (comp. Gl 3. 17). It may be noted that the LXX has the same reading of this text. Pode notar-se que a LXX tem a mesma leitura deste texto.

(Easton Illustrated Dictionary) (Dicionário Ilustrado)


.

Sinaiticus codex Codex Sinaiticus

Advanced Information Informações Avançadas

Sinaiticus codex, usually designated by the first letter of the Hebrew alphabet, is one of the most valuable of ancient MSS of the Greek New Testament. Codex Sinaiticus, habitualmente designado pela primeira letra do alfabeto hebraico, é uma das mais valiosas do MSS antigo do Novo Testamento grego. On the occasion of a third visit to the convent of St. Catherine, on Mount Sinai, in 1859, it was discovered by Dr. Tischendorf. Por ocasião de uma terceira visita ao convento de Santa Catarina, no Monte Sinai, em 1859, foi descoberto pelo Dr. Tischendorf. He had on a previous visit in 1844 obtained forty-three parchment leaves of the LXX, which he deposited in the university library of Leipsic, under the title of the Codex Frederico-Augustanus, after his royal patron the king of Saxony. Ele tinha em uma visita anterior, em 1844 obteve 43 folhas de pergaminho a LXX, que ele depositado na biblioteca universitária de Leipsic, sob o título de o Codex Frederico-Augustanus, depois de seu patrono real do rei da Saxônia. In the year referred to (1859) the emperor of Russia sent him to prosecute his search for MSS, which he was convinced were still to be found in the Sinai convent. No ano referido (1859), o imperador da Rússia enviou para perseguir sua busca por MSS, que ele estava convencido ainda de ser encontrado no Sinai convento.

The story of his finding the manuscript of the New Testament has all the interest of a romance. A história de sua descoberta do manuscrito do Novo Testamento, tem todo o interesse de um romance. He reached the convent on 31st January; but his inquiries appeared to be fruitless. Ele chegou ao convento em 31 de janeiro, mas seus inquéritos parecia ser inútil. On the 4th February he had resolved to return home without having gained his object. Em 4 de fevereiro, ele tinha resolvido voltar para casa sem ter ganho o seu objeto. "On that day, when walking with the provisor of the convent, he spoke with much regret of his ill-success. Returning from their promenade, Tischendorf accompanied the monk to his room, and there had displayed to him what his companion called a copy of the LXX, which he, the ghostly brother, owned. The MS was wrapped up in a piece of cloth, and on its being unrolled, to the surprise and delight of the critic the very document presented itself which he had given up all hope of seeing. "Naquele dia, ao caminhar com o provisor do convento, ele falou com muito pesar do seu sucesso mal. Retornando de seu passeio, acompanhado Tischendorf o monge ao seu quarto, e não tinha mostrado a ele o que seu companheiro chamado uma cópia da LXX, que ele, o irmão espiritual, de propriedade. O MS foi embrulhado em um pedaço de pano, e sobre seu ser desenrolado, para a surpresa e deleite da crítica do próprio documento apresenta-se que ele havia desistido de toda a esperança de ver.

His object had been to complete the fragmentary LXX of 1844, which he had declared to be the most ancient of all Greek codices on vellum that are extant; but he found not only that, but a copy of the Greek New Testament attached, of the same age, and perfectly complete, not wanting a single page or paragraph." This precious fragment, after some negotiations, he obtained possession of, and conveyed it to the Emperor Alexander, who fully appreciated its importance, and caused it to be published as nearly as possible in facsimile, so as to exhibit correctly the ancient handwriting. Seu objeto tinha sido para completar o fragmentário LXX de 1844, que havia declarado ser o mais antigo de todos os códices em grego velino que são sobrevivente, mas ele encontrou não só isso, mas uma cópia do Novo Testamento grego anexa, da mesma idade, e perfeitamente completo, não querendo uma única página ou parágrafo. "Este fragmento precioso, depois de algumas negociações, ele obteve a posse de, e encaminhado para o Imperador Alexandre, que avaliou devidamente a sua importância, e que causou a ser publicado como perto quanto possível em fac-símile, de modo a exibir corretamente o antigo manuscrito.

The entire codex consists of 346 1/2 folios. O códice inteiro consiste em 346 1/2 fólios. Of these 199 belong to the Old Testament and 147 1/2 to the New, along with two ancient documents called the Epistle of Barnabas and the Shepherd of Hermas. Destes 199 pertencem ao Antigo Testamento e 147 1/2 para o Novo, junto com dois antigos documentos chamados a Epístola de Barnabé eo Pastor de Hermas. The books of the New Testament stand thus:, the four Gospels, the epistles of Paul, the Acts of the Apostles, the Catholic Epistles, the Apocalypse of John. Os livros do Novo Testamento ficar assim: os quatro Evangelhos, as epístolas de Paulo, os Atos dos Apóstolos, as Epístolas católicas, o Apocalipse de João.

It is shown by Tischendorf that this codex was written in the fourth century, and is thus of about the same age as the Vatican codex; but while the latter wants the greater part of Matthew and sundry leaves here and there besides, the Sinaiticus is the only copy of the New Testament in uncial characters which is complete. É mostrado por Tischendorf que este códice foi escrito no século IV, e é, portanto, de aproximadamente a mesma idade que o Códice Vaticano, mas enquanto este último quer que a maior parte de Mateus e folhas diversas, aqui e ali, além disso, o Sinaiticus é o única cópia do Novo Testamento em caracteres unciais que é completo. Thus it is the oldest extant MS copy of the New Testament. Assim, é o mais velho sobrevivente MS cópia do Novo Testamento. Both the Vatican and the Sinai codices were probably written in Egypt. Tanto o Vaticano e do Sinai códices provavelmente foram escritas no Egito. (See Vaticanus article, below.) (Ver artigo Vaticanus, abaixo.)

(Easton Illustrated Dictionary) (Dicionário Ilustrado)


Syriac Siríaco

Advanced Information Informações Avançadas

Syriac, (2 Kings 18:26; Ezra 4:7; Dan. 2:4), more correctly rendered "Aramaic," including both the Syriac and the Chaldee languages. Siríaco, (2 Reis 18:26; Esdras 4:7;. Dan 2:4), mais corretamente prestados "aramaico", incluindo tanto o siríaco e os idiomas Caldeu. In the New Testament there are several Syriac words, such as "Eloi, Eloi, lama sabachthani?" No Novo Testamento, há várias palavras siríaco, como "Eloi, Eloi, lama sabactâni?" (Mark 15:34; Matt. 27:46 gives the Heb. form, "Eli, Eli"), "Raca" (Matt. 5:22), "Ephphatha" (Mark 7:34), "Maran-atha" (1 Cor. 16:22). (Marcos 15:34;. Matt 27:46 dá a Hb forma: "Eli, Eli".), "Raça" (Mt 5:22), "Efatá" (Marcos 7:34), "Maran atha-" (Cor 1. 16:22).

A Syriac version of the Old Testament, containing all the canonical books, along with some apocryphal books (called the Peshitto, ie, simple translation, and not a paraphrase), was made early in the second century, and is therefore the first Christian translation of the Old Testament. Uma versão siríaco do Antigo Testamento, que contém todos os livros canônicos, juntamente com alguns livros apócrifos (chamados Peshitto, ou seja, a tradução simples, e não uma paráfrase), foi feita no início do segundo século, e é, portanto, a primeira tradução cristã do Antigo Testamento. It was made directly from the original, and not from the LXX Version. Foi feita diretamente do original, e não a partir da versão LXX. The New Testament was also translated from Greek into Syriac about the same time. O Novo Testamento foi traduzido do grego também em siríaco aproximadamente ao mesmo tempo. It is noticeable that this version does not contain the Second and Third Epistles of John, 2 Peter, Jude, and the Apocalypse. É notório que esta versão não contém as Segunda e Terceira Epístolas de João, 2 Pedro, Judas e Apocalipse. These were, however, translated subsequently and placed in the version. Estes foram, no entanto, posteriormente traduzido e colocado na sua versão. (See Version article, above.) (Ver artigo Versão, acima.)


.

Codex Vaticanus Codex Vaticanus

Advanced Information Informações Avançadas

The Codex Vaticanus is said to be the oldest extant vellum manuscript. O Codex Vaticanus é dito ser o mais antigo manuscrito sobrevivente pergaminho. It and the Codex Sinaiticus are the two oldest uncial manuscripts. Ele eo Codex Sinaiticus são os dois mais antigos manuscritos unciais. They were probably written in the fourth century. Eles provavelmente foram escritos no século IV. The Vaticanus was placed in the Vatican Library at Rome by Pope Nicolas V. in 1448, its previous history being unknown. O Vaticano foi colocado na Biblioteca do Vaticano, em Roma, pelo Papa Nicolau V., em 1448, a sua história anterior é desconhecida.

It originally consisted in all probability of a complete copy of the Septuagint and of the New Testament. Ela consistiu inicialmente em toda a probabilidade de uma cópia completa da Septuaginta e do Novo Testamento. It is now imperfect, and consists of 759 thin, delicate leaves, of which the New Testament fills 142. Agora, é imperfeito, e é composto por 759 fino, delicado folhas, de que o Novo Testamento enche 142. Like the Sinaiticus, it is of the greatest value to Biblical scholars in aiding in the formation of a correct text of the New Testament. Como o Sinaiticus, que é de grande valor para os estudiosos bíblicos em ajudar na formação de um texto correto do Novo Testamento. It is referred to by critics as Codex B. É referido pelos críticos como o Codex B.

(Easton Illustrated Dictionary) (Dicionário Ilustrado)


.

The Early Canon of the New Testament A Canon início do Novo Testamento

The following table indicates which Books of the New Testament were included in a number of early Versions, including several of the Manuscripts discussed above. A tabela a seguir indica que os livros do Novo Testamento foram incluídos em um número das primeiras versões, incluindo vários dos Manuscritos discutidas acima. See the legend at the bottom for descriptions of what the letters indicate. Consulte a legenda na parte inferior para descrições do que as letras indicam.

. . Mar- Mar-
cion cion
c.140 c.140
Iren- Iren-
aeus aeus
130-202 130-202
Old Velho
Latin Latino
150-70 150-70
Murat- Murat-
orian Orian
c.170 c.170
Tertull Tertull
. .
150-220 150-220
Old Velho
Syriac Siríaco
200 200
Origen Orígenes
. .
185-254 185-254
Hippo- Hipopótamo-
lytus lytus
200-25 200-25
Euse- Euse-
bius bius
325-40 325-40
Codex Códice
Vatic Profético
325-50 325-50
Codex Códice
Sinai Sinai
325-425 325-425
Athan Athan
asius asius
367 367
Amphi Amphi
locius locius
380 380
Pesh- Pesh-
itta itta
375-400 375-400
Cart- Cart-
hage hage
c.397 c.397
Codex Códice
Alex Alex
425-75 425-75
Matthew Mateus o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Mark Marcar o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Luke Lucas i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
John Banheiro o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Acts Atos o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu

Romans Romanos i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
1 Cor 1 Cor i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
2 Cor 2 Cor i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Galat Galat i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Ephes Efes i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Philip Philip i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Coloss Coloss i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
1 Thess 1 Ts i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
2 Thess 2 Tessalonicenses i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
1 Tim 1 Tm o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu m m i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
2 Tim 2 Tm o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu m m i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Titus Tito o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu m m i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
Philem Philem i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu

Hebrew Hebraico o o o o o o o o o o i Eu d d o o i Eu i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu
James Tiago o o o o o o o o o o i Eu d d o o d d m m i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu
1 Pet Um animal de estimação o o i Eu o o o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu m m i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu
2 Pet 2 Pe o o o o o o o o o o o o o o o o d d m m i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu
1 John 1 João o o i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu o o o o i Eu m m i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu i Eu
2 John 2 João o o i Eu i Eu i Eu o o o o d d o o d d m m i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu
3 John 3 João o o o o i Eu o o o o o o d d o o d d m m i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu
Jude Jude o o o o i Eu i Eu i Eu o o d d o o d d m m i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu
Revel Orgia o o i Eu i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu i Eu m m i Eu i Eu i Eu o o i Eu i Eu

Hermas Hermas o o i Eu o o o o o o o o i Eu o o r r m m i Eu o o o o o o o o o o
Barnabas Barnabé o o o o o o o o o o o o i Eu o o r r m m i Eu o o o o o o o o o o
Didache Didache o o o o o o o o o o o o i Eu o o r r m m o o o o o o o o o o o o
ApocPet ApocPet o o o o o o i Eu o o o o o o o o o o m m o o o o o o o o o o o o
1Clement 1Clement o o o o o o o o o o o o o o o o o o m m o o o o o o o o o o i Eu
2Clement 2Clement o o o o o o o o o o o o o o o o o o m m o o o o o o o o o o i Eu

i=included (canonicity definitely accepted) Eu = i = incluído (canonicidade definitivamente aceito)
o=omitted (canonicity doubted or denied) o = omitido (canonicidade duvidou ou negado)
m=missing (the codex omits the Pastorals and ends at Heb. 9:13) m = ausente (o códice omite as Pastorais e termina em Heb. 9:13)
d=disputed (canonicity mentioned as being in doubt) d = (canonicidade mencionado como estando em dúvida) disputada
r=rejected (canonicity specifically denied) r = rejeitada (canonicidade especificamente negado)


Notes: Notas:
Marcion Marcion
Marcion was a heretic in Rome. Marcion era um herege em Roma. He believed that the Church should eliminate all references to the Creator-God of the Old Testament. Ele acreditava que a Igreja deve eliminar todas as referências a Deus-Criador do Antigo Testamento. Therefore, he proposed rejecting the entire Old Testament as well as anything in the New Testament that seemed to him to be contaminated with Judaism. Por isso, ele propôs rejeitar todo o Antigo Testamento, bem como nada no Novo Testamento que lhe parecia ser contaminado com o judaísmo. Therefore, he eliminated everything but an edited version of Luke (written by the Gentile Luke) and ten of the Pauline Epistles. Por isso, ele eliminou tudo, mas uma versão editada de Lucas (escrito pelo Gentile Luke) e 10 das Epístolas Paulinas. Marcion's list was definitely not the position of the Church at the time, but a deliberate variation from it. Lista de Marcion definitivamente não era a posição da Igreja na época, mas uma deliberada variação da mesma. Actually, his efforts acted to inspire the orthodox Church to speed up their establishment of the true New Testament Canon. Na verdade, seus esforços para inspirar os agiu Igreja ortodoxa de acelerar seu estabelecimento da Canon verdadeiro testamento Novo.

Muratorian Fragment Fragmento de Muratori
Cardinal Muratori first published (in 1740) a list based on a document he studied that also came from around Rome. Cardeal Muratori publicado pela primeira vez (em 1740) uma lista com base em um documento que ele estudou também veio de cerca de Roma. The beginning of the original document is mutilated, but it evidently included Matthew and Mark because it refers to Luke as the third Gospel. O início do documento original é mutilado, mas que evidentemente incluída Mateus e Marcos, porque ele se refere a Lucas como o terceiro Evangelho. It included the Apocalypse of Peter (a Book later determined to be non Canonical) and it mentions that the Shepherd of Hermas as being worthy to be read in Church but not to be included among prophetic or apostolic writings. Incluiu o Apocalipse de Pedro (um livro mais tarde determinado a ser não canônico) e menciona que o Pastor de Hermas como sendo digna de ser lida na Igreja, mas não para ser incluído entre os escritos proféticos ou apostólica.

The Gospel O Evangelho
Very early on, possibly soon after the writing of the Gospel according to John, the four Gospels appear to have been united. Muito cedo, possivelmente logo após a escrita do Evangelho segundo João, os quatro evangelhos parecem ter sido unido. The fourfold collection was originally known as "The Gospel" (singular) and this appears to be where the "according tos" were established. Quádruplo A coleção foi originalmente conhecido como "O Evangelho" (singular) e este parece ser o caso ", segundo tos" foram estabelecidas. This collection was designated by the Greek word Evangelion . Esta coleção foi designado pelo Evangelion palavra grega.

Tatian Taciano
Around 170 AD an Assyrian Christian (apparently in Rome) named Tatian combined the fourfold Gospel into a narrative "Harmony of the Gospels". Cerca de 170 dC um cristão assírio (aparentemente em Roma) chamada Taciano combinado o quádruplo Evangelho em uma narrativa "Harmonia dos Evangelhos". This was long the favorite form of the Gospels in the Assyrian Church, and it was quite distinct from the four Gospels in the existing Old Syriac version also existant at the time. Este foi o favorito formulário longo dos Evangelhos na Igreja Assíria, e foi bastante distinto dos quatro Evangelhos na versão actual sírio Velha também existant na época. Tatian's Harmony is usually known as the Diatessaron and it is thought that its original language was probably Greek, but later given to the Assyrian Christians in a Syriac form. Harmonia Taciano é normalmente conhecido como o Diatessaron e acredita-se que sua língua original foi provavelmente grego, mas mais tarde dada aos cristãos assírios em um formulário siríaco.

Luke Lucas
When the four Gospels had become gathered together into one combined work, Luke's two contributions (Luke and Acts) thus became separated. Quando os quatro evangelhos se tornou reunidos em um trabalho combinado, duas contribuições de Lucas (Lucas e Atos), assim, se separaram. Slight modifications were apparently then introduced into the text at the end of Luke and the beginning of Acts. Pequenas modificações foram, aparentemente, em seguida, introduzido no texto no final de Lucas e do início de Atos. (Luke 24:51 and Acts 1:2) Some scholars have been concerned about apparent inconsistencies regarding the Ascension in these two Books that this 'adjustment' might be responsible for that. (Lucas 24:51 e Atos 1:2) Alguns estudiosos têm se preocupado com aparentes contradições diz respeito à ascensão nestes dois livros que este "ajuste" pode ser responsável por isso.
Corpus Paulinum Paulinum Corpus
At roughly the same time that the fourfold Gospel was collected together, the group of Paul's writings were assembled. Mais ou menos o mesmo tempo que o quádruplo Evangelho foi recolhida em conjunto, o grupo dos escritos de Paulo foram montados. It was designated by the Greek word Apostolos . Foi designado pelos Apostolos palavra grega. Initially, this collection just included the letters "To the . . ." Inicialmente, esta colecção inclui apenas as letras "a ..." but Hebrews and Acts were soon bound up with them. e Hebreus, mas Atos foram logo ligada a eles.

Origen Orígenes
Origen mentioned that a number of Books were disputed by some: Hebrews, 2Peter, 2John, 3John, James, Jude, the Epistle of Barnabas, the Shepherd of Hermas, the Didache, and the 'Gospel according to the Hebrews'. Orígenes mencionou que um número de livros foram contestados por alguns: Hebreus, 2Pedro, 2John, 3John, Tiago, Judas, a Epístola de Barnabé, o Pastor de Hermas, o Didaquê, eo "Evangelho segundo os hebreus". (This last greatly resembled Matthew and existed among a group called the Ebionites in Egypt and Transjordan. Jerome later identified it with the "Gospel of the Nazarenes".) It is not clear if Jerome was correct about that. (Esta última muito semelhante Mateus e existia entre um grupo chamado ebionitas no Egito e na Transjordânia. Jerome lo mais tarde identificado com o "Evangelho dos nazarenos".) Não está claro se foi correto Jerônimo sobre isso.

Athanasius Atanásio
In 367 AD, Athanasius appears to have been the first to establish the specific New Testament Canon of 27 Books that became broadly accepted and which we follow today. Em 367 dC, Atanásio parece ter sido o primeiro a estabelecer o Canon específica do Novo Testamento de 27 livros que se tornaram amplamente aceitas e que seguimos hoje.

Eastern Church Igreja ortodoxa
It took until around 508 AD that 2Peter, 2John, 3John, Jude and Revelation were included in a version of the Syriac Bible, adding to the earlier 22, to then agree with the same 27 Book New Testament Canon as in the West. Demorou até cerca de 508 dC que 2Peter, 2John, 3John, Judas e Apocalipse foram incluídos em uma versão da Bíblia siríaco, acrescentando que as anteriores 22, para em seguida concordar com o mesmo 27 do livro do Novo Testamento Canon no Ocidente.

Hippo Regius (393) and Carthage (397) Hippo Regius (393) e Cartago (397)
These were the first two ecclesiastical Councils held specifically to classify the Canonical Books. Estes foram os dois primeiros concílios eclesiásticos realizadas especificamente para classificar os livros canônicos. These both occurred in North Africa. Estes dois ocorreu no norte da África. They did not impose any 'new' list on Christians but rather codified the already generally recognized Canon. Eles não impuseram qualquer "nova" lista de cristãos, mas sim codificou a Canon já geralmente reconhecido.


Septuagint Version Versão Septuaginta

Catholic Information Informação Católica

The first translation of the Hebrew Old Testament, made into popular Greek before the Christian era. A primeira tradução do Antigo Testamento hebraico, feita em grego popular antes da era cristã. This article will treat of: Este artigo irá tratar de:

I. Its Importance; I. sua importância;

II. II. Its Origin: Sua origem:

A. According to tradition; A. De acordo com a tradição;

B. According to the commonly accepted view; B. De acordo com a visão comumente aceita;

III. III. Its subsequent history, recensions, manuscripts, and editions; Sua história subseqüente, recensões, manuscritos e edições;

IV. IV. Its critical value; Language. Seu valor crítico, Linguagem.

I. HISTORICAL IMPORTANCE OF THE SEPTUAGINT I. IMPORTÂNCIA HISTÓRICA DA SEPTUAGINTA

The importance of the Septuagint Version is shown by the following considerations: A importância da versão Septuaginta é mostrado pelas seguintes considerações:

A. The Septuagint is the most ancient translation of the Old Testament and consequently is invaluable to critics for understanding and correcting the Hebrew text (Massorah), the latter, such as it has come down to us, being the text established by the Massoretes in the sixth century AD Many textual corruptions, additions, omissions, or transpositions must have crept into the Hebrew text between the third and second centuries BC and the sixth and seventh centuries of our era; the manuscripts therefore which the Seventy had at their disposal, may in places have been better than the Massoretic manuscripts. A. A Septuaginta é a tradução mais antiga do Velho Testamento e, conseqüentemente, é de valor inestimável para os críticos para entender e corrigir o texto hebraico (Massorah), este último, tal como ela chegou até nós, sendo o texto estabelecido pelos massoretas no século VI dC Muitas corrupções textuais, adições, omissões ou transposições deve ter havido no texto hebraico entre o terceiro eo segundo séculos aC e os séculos VI e VII da nossa era, os manuscritos, portanto, que o Setenta tinha à sua disposição, pode em locais têm sido melhores do que os manuscritos Massoretic.

B. The Septuagint Version accepted first by the Alexandrian Jews, and afterwards by all the Greek-speaking countries, helped to spread among the Gentiles the idea and the expectation of the Messias, and to introduce into Greek the theological terminology that made it a most suitable instrument for the propagation of the Gospel of Christ. B. A versão Septuaginta aceita primeiro pelos judeus de Alexandria, e depois por todos os países de língua grega, ajudou a espalhar entre os gentios a idéia ea expectativa do Messias, e para introduzir na terminologia teológica no grego que fez dele um mais instrumento adequado para a propagação do Evangelho de Cristo.

C. The Jews made use of it long before the Christian Era, and in the time of Christ it was recognised as a legitimate text, and was employed in Palestine even by the rabbis. C. Os judeus fazem uso dele muito antes da Era Cristã, e no tempo de Cristo, foi reconhecida como texto legítimo, e foi empregada na Palestina até mesmo pelos rabinos. The Apostles and Evangelists utilised it also and borrowed Old Testament citations from it, especially in regard to the prophecies. Os Apóstolos e Evangelistas utilizada também emprestou citações do Antigo Testamento a partir dela, especialmente no que diz respeito às profecias. The Fathers and the other ecclesiastical writers of the early Church drew upon it, either directly, as in the case of the Greek Fathers, or indirectly, like the Latin Fathers and writers and others who employed Latin, Syriac, Ethiopian, Arabic and Gothic versions. Os Padres e os outros escritores eclesiásticos da Igreja primitiva que lhe chamaram, quer directamente, como no caso dos Padres gregos, ou indiretamente, como os Padres latinos, escritores e outras pessoas empregadas latim, siríaco, etíope, versões em árabe e gótica . It was held tin high esteem by all, some even believed it inspired. Foi realizada estanho grande estima por todos, alguns ainda acreditavam inspirados. Consequently, a knowledge of the Septuagint helps to a perfect understanding of these literatures. Consequentemente, o conhecimento da Septuaginta contribui para uma perfeita compreensão dessas literaturas.

D. At the present time, the Septuagint is the official text in the Greek Church, and the ancient Latin Versions used in the western church were made from it; the earliest translation adopted in the Latin Church, the Vetus Itala, was directly from the Septuagint: the meanings adopted in it, the Greek names and words employed (such as: Genesis, Exodus, Leviticus, Numbers [Arithmoi], Deuteronomy), and finally, the pronunciation given to the Hebrew text, passed very frequently into the Itala, and from it, at times, into the Vulgate, which not rarely gives signs of the influence of the Vetus Itala; this is especially so in the Psalms, the Vulgate translation being merely the Vetus Itala corrected by St. Jerome according to the hexaplar text of the Septuagint. D. No presente momento, a Septuaginta é o texto oficial da Igreja grega, e as antigas versões latinas usadas na igreja ocidental foram feitas a partir dele, a mais antiga tradução adotada na Igreja Latina, a Vetus Italiano, foi diretamente do Septuaginta: os significados aprovou na mesma, os nomes gregos e palavras empregadas (tais como: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números [Arithmoi], Deuteronômio) e, finalmente, a pronúncia dada ao texto hebraico, passaram muito freqüentemente para o Italiano, ea partir dela, às vezes, para a Vulgata, não o que raramente dá sinais de influência do Itala Vetus, isto é especialmente verdade no Salmos, a tradução da Vulgata sendo apenas a Vetus Italiano corrigido por São Jerônimo conforme o texto hexaplar da Septuaginta.

II. II. ORIGIN OF THE SEPTUAGINT ORIGEM DO SEPTUAGINTA

A. According to Tradition A. De acordo com a Tradição

The Septuagint Version is first mentioned in a letter of Aristeas to his brother Philocrates. A versão Septuaginta é mencionado pela primeira vez em uma carta de Aristeu para Philocrates seu irmão. Here, in substance, is what we read of the origin of the version. Aqui, no fundo, é o que lemos sobre a origem da versão. Ptolemy II Philadelphus, King of Egypt (287-47 BC) had recently established a valuable library at Alexandria. Ptolomeu II, rei do Egito (287-47 aC) tinha estabelecido recentemente uma valiosa biblioteca em Alexandria. He was persuaded by Demetrius of Phalarus, chief librarian, to enrich it with a copy of the sacred books of the Jews. Ele foi persuadido por Demétrio de Phalarus, bibliotecária-chefe, para enriquecê-lo com uma cópia dos livros sagrados dos judeus. To win the good graces of this people, Ptolemy, by the advice of Aristeas, an officer of the royal guard, an Egyptian by birth and a pagan by religion, emancipated 100,000 slaves in different parts of his kingdom. Para ganhar as boas graças deste povo, Ptolomeu, por conselho de Aristeu, um oficial da guarda real, egípcio de nascimento e pagão por religião, 100.000 escravos emancipados em diferentes partes de seu reino. He then sent delegates, among whom was Aristeas, to Jerusalem, to ask Eleazar, the Jewish high-priest, to provide him with a copy of the Law, and Jews capable of translating it into Greek. Ele, então, enviou delegados, entre os quais estava Aristeu, a Jerusalém, para pedir Eleazar, o sumo sacerdote judeu, para fornecer-lhe uma cópia da Lei e judeus capazes de traduzi-lo para o grego. The embassy was successful: a richly ornamented copy of the Law was sent to him and seventy-two Israelites, six from each tribe, were deputed to go to Egypt and carry out the wish of the king. A embaixada foi bem sucedida: uma ricamente ornamentados cópia da lei foi enviada para ele e 72 israelitas, seis de cada tribo, foram incumbidos de ir para o Egito e realizar a vontade do rei. They were received with great honor and during seven days astonished everyone by the wisdom they displayed in answering seventy-two questions which they were asked; then they were led into the solitary island of Pharos, where they began their work, translating the Law, helping one another and comparing translations in proportion as they finished them. Eles foram recebidos com grande honra e durante sete dias admirada por todos eles a sabedoria exibido em responder 72 questões que foram convidados, em seguida, eles foram levados para a ilha solitária de Faros, onde começaram seus trabalhos, traduzindo a Lei, ajudando uma outra e comparar traduções na proporção em que eles acabado. At the end of seventy-two days, their work was completed, The translation was read in presence of the Jewish priests, princes, and people assembled at Alexandria, who all recognized and praised its perfect conformity with the Hebrew original. No final de 72 dias, a sua obra foi concluída, a tradução foi lida na presença de sacerdotes judeus, príncipes e povo reunidos em Alexandria, que todos reconheceram e elogiaram sua perfeita conformidade com o original hebraico. The king was greatly pleased with the work and had it placed in the library. O rei ficou muito satisfeito com o trabalho e ele tinha colocado na biblioteca.

Despite its legendary character, Aristeas' account gained credence; Aristobulus (170-50 BC), in a passage preserved by Eusebius, says that "through the efforts of Demetrius of Phalerus a complete translation of the Jewish legislation was executed in the days of Ptolemy"; Aristeas's story is repeated almost verbatim by Flavius Josephus (Ant. Jud., XII, ii) and substantially, with the omission of Aristeas' name, by Philo of Alexandria (De vita Moysis, II, vi). Apesar de sua personagem lendário, conta Aristeu 'ganhou credibilidade; Aristóbulo (170-50 aC), em uma passagem preservada por Eusébio, afirma que "através dos esforços de Demétrio Phalerus de uma tradução completa da legislação judaica foi executado nos dias de Ptolomeu "; história Aristeu é repetida quase literalmente por Flávio Josefo (Ant. Jud, XII, ii.) e substancialmente, com a omissão do nome de Aristeu ', por Filo de Alexandria (De vita Moysis, II, VI). the letter and the story were accepted as genuine by many Fathers and ecclesiastical writers till the beginning of the sixteenth century; other details serving to emphasize the extraordinary origin of the version were added to Aristeas's account" The seventy-two interpreters were inspired by God (Tertullian, St. Augustine, the author of the "Cohortatio ad Graecos" [Justin?], and others); in translating they did not consult with one another, they had even been shut up in separate cells, either singly, or in pairs, and their translations when compared were found to agree entirely both as to the sense and the expressions employed with the original text and with each other (Cohortatio ad Graecos, St. Irenæus, St. Clement of Alexandria). St. Jerome rejected the story of the cells as fabulous and untrue ("Praef. in Pentateuchum";"Adv. Rufinum", II, xxv). likewise the alleged inspiration of the Septuagint. Finally the seventy two interpreters translated, not only the five books of the Pentateuch, but the entire Hebrew Old Testament. The authenticity of the letter, called in question first by Louis Vivès (1492-1540), professor at Louvain (Ad S. August. Civ. Dei, XVIII, xlii), then by Jos. Scaliger (d. 1609), and especially by H. Hody (d. 1705) and Dupin (d. 1719) is now universally denied. a letra ea história foram aceitos como genuínos por muitos padres e escritores eclesiásticos até o início do século XVI; outras informações que servem para enfatizar a extraordinária origem da versão foram adicionados à conta Aristeu de "Os intérpretes 72 foram inspirados por Deus ( Tertuliano, Santo Agostinho, o autor dos "Cohortatio anúncio Græcos" [Justin?], e outros), na tradução eles não consultaram uns com os outros, mesmo de terem sido fechados em celas separadas, quer isoladamente, ou em pares , e suas traduções, quando comparados foram encontrados tanto que concordo inteiramente com o sentido e as expressões empregadas com o texto original e uns com os outros (Cohortatio anúncio Graecos, Santo Ireneu de Lyon, São Clemente de Alexandria). São Jerônimo rejeitou a história das células fabulosa e falso ("Praef em Pentateuchum.", ". Adv Rufinum", II, xxv).. igualmente, a inspiração da Septuaginta alegada Finalmente os 72 intérpretes traduzidos, não apenas os cinco livros do Pentateuco, mas a todo o Velho Testamento hebraico. A autenticidade da carta, posta em causa pela primeira Louis Vives (1492-1540), professor em Louvain (Ad S. agosto. Civ. Dei, XVIII, XLII), seguida por Jos Scaliger ( d. 1609), e, especialmente, por H. Hody (m. 1705) e Dupin (m. 1719) é hoje universalmente negado.

Criticism Crítica

(1) The letter of Aristeas is certainly apocryphal. (1) A carta de Aristeu é certamente apócrifa. The writer, who calls himself Aristeas and says he is a Greek and a pagan, shows by his whole work that he is a pious, zealous Jew: he recognizes the God of the Jews as the one true God; he declares that God is the author of the Mosaic law; he is an enthusiastic admirer of the Temple of Jerusalem, the Jewish land and people, and its holy laws and learned men. O escritor, que chama a si mesmo Aristeas e diz que ele é um grego e um pagão, mostra por toda a sua obra que ele é um judeu piedoso zeloso: ele reconhece o Deus dos judeus como o único Deus verdadeiro, ele declara que Deus é o autor da lei mosaica, ele é um admirador entusiástico do Templo de Jerusalém, a terra eo povo judeu, e suas leis sagradas e homens cultos.

(2) The account as given in the letter must be regarded as fabulous and legendary, at least in several parts. (2) A conta, como consta na carta deve ser considerada como fabuloso e lendário, pelo menos em várias partes. Some of the details, such as the official intervention of the king and the high priest, the number of the seventy-two translators, the seventy-two questions they had to answer, the seventy-two days they took for their work, are clearly arbitrary assertions; it is difficult, moreover, to admit that the Alexandrian Jews adopted for their public worship a translation of the Law, made at the request of a pagan king; lastly, the very language of the Septuagint Version betrays in places a rather imperfect knowledge both of Hebrew and of the topography of Palestine, and corresponds more closely with the vulgar idiom of Alexandria. Alguns dos detalhes, como a intervenção oficial do rei eo sumo sacerdote, o número de tradutores 72, as questões 72 que tinham de responder, o dia 72 eles levaram para o seu trabalho, são claramente afirmações arbitrárias, é difícil, por outro lado, admitir que os judeus Alexandrino adoptou para o seu culto público uma tradução da Lei, feita a pedido de um rei pagão, por último, a própria linguagem da versão da Septuaginta denuncia em lugares um tanto imperfeito conhecimento tanto do hebraico e da topografia da Palestina, e corresponde mais estreitamente com o idioma vulgar da Alexandria. Yet it is not certain that everything contained in the letter is legendary, and scholars ask if there is not a historic foundation underneath the legendary details. No entanto, não é certo que tudo o que consta da carta é lendária, e estudiosos perguntar se não há um histórico abaixo da fundação detalhes lendários. Indeed it is likely -- as appears from the peculiar character of the language, as well as from what we know of the origin and history of the version -- that the Pentateuch was translated at Alexandria. Na verdade, é provável - como resulta do caráter peculiar da linguagem, bem como do que nós sabemos sobre a origem e história da versão - que o Pentateuco foi traduzido em Alexandria. It seems true also that it dates from the time of Ptolemy Philadelphus, and therefore from the middle of the third century BC For if, as is commonly believed, Aristeas's letter was written about 200 BC, fifty years after the death of Philadelphus, and with a view to increase the authority of the Greek version of the Law, would it have been accepted so easily and spread broadcast, if it had been fictitious, and if the time of the composition did not correspond with the reality? Parece certo também que data da época de Ptolomeu Filadelfo, e, portanto, a partir de meados do século III aC Para se, como geralmente se acredita, a carta de Aristeu foi escrita por volta de 200 aC, 50 anos após a morte de Filadelfo, e com vista a aumentar a autoridade da versão grega da Lei, teria sido aceita tão facilmente e se espalhou de transmissão, se tivesse sido fictícios, e se o tempo da composição não correspondia com a realidade? Moreover, it is possible that Ptolemy had something to do with the preparation or publishing of the translation, though how and why cannot be determined now. Além disso, é possível que Ptolomeu tinha algo a ver com a preparação ou publicação da tradução, embora como e porque não pode ser determinado agora. Was it for the purpose of enriching his library as Pseudo-Aristeas states? Foi com o propósito de enriquecer a sua biblioteca como Pseudo-Aristeas estados? This is possible, but is not proven, while, as will be shown below, we can very well account for the origin of the version independently of the king. Isto é possível, mas não está provada, embora, como será demonstrado a seguir, pode-se muito bem em conta para a origem da versão independentemente do rei.

(3) The few details which during the course of ages have been added to Aristeas's account cannot be accepted; such are the story of the cells (St. Jerome explicitly rejects this); the inspiration of the translators, an opinion certainly based on the legend of the cells; the number of the translators, seventy-two (see below); the assertion that all the Hebrew books were translated at the same time. (3) As poucas informações que durante o curso de idade, foram acrescentadas à conta Aristeu não pode ser aceite, tais são a história das células (São Jerônimo rejeita explicitamente isso), a inspiração dos tradutores, certamente uma opinião baseada na lenda das células, o número de tradutores, 72 (veja abaixo), a afirmação de que todos os livros hebraicos foram traduzidos ao mesmo tempo. Aristeas speaks of the translation of the law (nomos), of the legislation (nomothesia), of the books of the legislator; now these expressions especially the last two, certainly mean the Pentateuch, exclusive of the other Old Testament books: and St. Jerome (Comment. in Mich.) says: "Josephus writes, and the Hebrews inform us, that only the five books of Moses were translated by them (seventy-two), and given to King Ptolemy." Aristeu fala da tradução da lei (nomos), da legislação (nomothesia), dos livros do legislador, agora estas expressões, especialmente as duas últimas, certamente significará o Pentateuco, exclusivo dos outros livros do Antigo Testamento, e St. Jerome (Comment. em Michigan) diz: "Josefo escreveu, e os hebreus nos informar, que apenas os cinco livros de Moisés foram traduzidos por eles (72), e dado ao rei Ptolomeu". Besides, the versions of the various books of the Old Testament differ so much in vocabulary, style, form, and character, sometimes free and sometimes extremely literal, that they could not be the work of the same translators. Além disso, as versões dos diversos livros do Velho Testamento diferem muito em estilo, vocabulário, forma e caráter, às vezes livre e, por vezes, extremamente literal, que não poderiam ser obra dos mesmos tradutores. Nevertheless, in spite of these divergencies the name of the Septuagint Version is universally given to the entire collection of the Old Testament books in the Greek Bible adopted by the Eastern Church. No entanto, apesar dessas divergências o nome da versão Septuaginta é universalmente dado à coleção completa dos livros do Antigo Testamento da Bíblia grega adotada pela Igreja oriental.

B. Origin according to the commonly accepted view. B. Origem de acordo com a visão comumente aceita.

As to the Pentateuch the following view seems plausible, and is now commonly accepted in its broad lines: The Jews in the last two centuries BC were so numerous in Egypt, especially at Alexandria, that at a certain time they formed two-fifths of the entire population. Como para o Pentateuco o seguinte ponto de vista parece plausível, e agora é comumente aceito em suas linhas gerais: os judeus nos últimos dois séculos aC eram tão numerosos no Egito, especialmente em Alexandria, que em um determinado momento eles formaram dois quintos da toda a população. Little by little most of them ceased to use and even forgot the Hebrew language in great part, and there was a danger of their forgetting the Law. Pouco a pouco a maioria deles deixou de usar e até esqueceu a língua hebraica em grande parte, e havia o perigo de esquecer a lei. Consequently it became customary to interpret in Greek the Law which was read in the synagogues, and it was quite natural that, after a time, some men zealous for the Law should have undertaken to compile a Greek Translation of the Pentateuch. Por conseguinte, tornou-se habitual para interpretar o Direito, em grego, que foi lido nas sinagogas, e era perfeitamente natural que, depois de um tempo, alguns homens zelosos pela lei deveria ter desenvolvido para compilar uma tradução grega do Pentateuco. This happened about the middle of the third century BC As to the other Hebrew books -- the prophetical and historical -- it was natural that the Alexandrian Jews, making use of the translated Pentateuch in their liturgical reunions, should desire to read the remaining books also and hence should gradually have translated all of them into Greek, which had become their maternal language; this would be so much the more likely as their knowledge of Hebrew was diminishing daily. Isso aconteceu em meados do século III aC Quanto aos outros livros hebraicos - o profético e histórico -, era natural que os judeus alexandrinos, fazendo uso do Pentateuco traduzido em suas reuniões litúrgicas, deve vontade de ler os livros remanescentes também e, portanto, deve gradualmente têm todos eles traduzidos para o grego, que havia se tornado sua língua materna, isto seria muito mais provável que o seu conhecimento do hebraico foi diminuindo ao dia. It is not possible to determine accurately the precise time or the occasions on which these different translations were made; but it is certain that the Law, the Prophets, and at least part of the other books, that is, the hagiographies, existed in Greek before the year 130 BC, as appears from the prologue of Ecclesiasticus, which does not date later than that year. Não é possível determinar com precisão a data exacta ou as ocasiões em que estas diferentes traduções foram feitas, mas é certo que a Lei, os Profetas, e pelo menos parte dos outros livros, ou seja, as hagiografias, existiam em grego antes de o BC 130 anos, como aparece no prólogo do Eclesiástico, que não data posterior a esse ano. It is difficult also to say where the various translations were made, the data being so scanty. É difícil dizer também onde as diversas traduções foram feitas, os dados que estão tão escasso. Judging by the Egyptian words and expressions occurring in the version, most of the books must have been translated in Egypt and most likely in Alexandria; Esther however was translated in Jerusalem (XI, i). A julgar pelas palavras e expressões egípcias que ocorrem na versão, a maioria dos livros deve ter sido traduzida no Egito e muito provavelmente em Alexandria, no entanto Esther foi traduzido em Jerusalém (XI, i).

Who were the translators and how many? Quem eram os tradutores e quantos? Is there any foundation for their number, seventy or seventy-two, as given in the legendary account (Brassac-Vigouroux, n. 105)? Existe algum fundamento para o seu número, 70 ou 72, como dado na conta lendário (Brassac-Vigouroux, n. 105)? It seems impossible to decide definitely; the Talmudists tell us that the Pentateuch was translated by five interpreters (Sopherim, ci). Parece impossível decidir definitivamente, os talmudistas dizem que o Pentateuco foi traduzido por cinco intérpretes (Sopherim, ci). History gives us no details; but an examination of the text shows that in general that the authors were not Palestinian Jews called to Egypt; and differences of terminology, method, etc. prove clearly that the translators were not the same for the different books. História não nos dá detalhes, mas um exame do texto mostra que, em geral, que os autores não eram judeus palestinos chamados para o Egito, e as diferenças de terminologia, método, etc provam claramente que os tradutores não eram os mesmos para os diferentes livros. It is impossible also to say whether the work was carried out officially or was merely a private undertaking, as seems to have been the case with Ecclesiasticus; but the different books when translated were soon put together -- the author of Ecclesiasticus knew the collection -- and were received as official by the Greek-speaking Jews. É impossível também dizer se a obra foi realizada oficialmente ou foi apenas uma empresa privada, como parece ter sido o caso de Eclesiástico, mas quando os diferentes livros foram traduzidos em breve juntos - o autor de Eclesiástico conhecia a coleção - - e foram recebidos como oficial pelos judeus de língua grega.

III. III. SUBSEQUENT HISTORY HISTÓRIA SUBSEQUENTE

Recensions Recensões

The Greek version, known as the Septuagint, welcomed by the Alexandrian Jews, spread quickly throughout the countries in which Greek was spoken; it was utilized by different writers, and supplanted the original text in liturgical services. A versão grega, conhecida como Septuaginta, congratulou-se pelos judeus de Alexandria, se espalhou rapidamente em todos os países em que o grego era falado, que foi utilizada por diversos escritores, e suplantou o texto original em serviços litúrgicos. Philo of Alexandria used it in his writings and looked on the translators as inspired Prophets; it was finally received even by the Jews of Palestine, and was employed notably by Josephus, the Palestinian Jewish historian. Filo de Alexandria a utilizou em seus escritos, e olhou para os tradutores como inspirados profetas; foi finalmente recebida pelo mesmo judeus da Palestina, e foi empregada sobretudo por Josefo, historiador judeu na Palestina. We know also that the writers of the New Testament made use of it, borrowing from it most of their citations; it became the Old Testament of the Church and was so highly esteemed by the early Christians that several writers and Fathers declared it to be inspired. Sabemos também que os escritores do Novo Testamento fizeram uso dela, pedindo de que a maioria de suas citações, tornou-se o Antigo Testamento da Igreja e foi tão estimada pelos primeiros cristãos que vários escritores e padres declarou ser inspirado . The Christians had recourse to it constantly in their controversies with the Jews, who soon recognized its imperfections, and finally rejected it in favour of the Hebrew text or of more literal translations (Aquila, Theodotion). Os cristãos recorreram a ela constantemente em suas controvérsias com os judeus, que logo reconheceu suas imperfeições, e, finalmente, a rejeitaram em favor do texto hebraico ou de traduções mais literais (Áquila, Theodotion).

Critical corrections of Origen, Lucian, and Hesychius Correções críticas de Orígenes, Luciano e Hesíquio

On account of its diffusion alone the hellenizing Jews and early Christians, copies of the Septuagint were multiplied; and as might be expected, many changes, deliberate as well as involuntary, crept in. The necessity of restoring the text as far as possible to its pristine purity was felt. Por conta de sua difusão só os judeus hellenizing e cristãos primitivos, as cópias da Septuaginta foram multiplicados, e como seria de esperar, muitas mudanças, deliberada, bem como involuntário, rastejou dentro A necessidade de restabelecer o texto, tanto quanto possível a sua pureza primitiva foi sentida. The following is a brief account of the attempted corrections: O que se segue é um breve relato das tentativas de correções:

A. Origen reproduced the Septuagint text in the fifth column of his Hexapla; marking with obeli the texts that occurred in the Septuagint without being in the original; adding according to Theodotion's version, and distinguishing with asterisks and metobeli the texts of the original which were not in the Septuagint; adopting from the variants of the Greek Version the texts which were closest to the Hebrew; and, finally, transposing the text where the order of the Septuagint did not correspond with the Hebrew order. A. Orígenes reproduziu o texto da Septuaginta na quinta coluna da sua Hexapla; obeli marcação com os textos que ocorreu na Septuaginta sem estar no original, acrescentando, de acordo com a versão de Teodocião, distinguindo com asteriscos e metobeli os textos do original que foram não na Septuaginta; adoção das variantes da versão grega os textos que eram mais próximos ao hebraico, e, finalmente, a transposição do texto onde a ordem da Septuaginta não correspondia com a ordem hebraico. His recension, copied by Pamphilus and Eusebius, is called the hexaplar, to distinguish it from the version previously employed and which is called the common, vulgate, koine, or ante-hexaplar. Sua recensão, copiada por Pânfilo e Eusébio, é chamado de hexaplar, para distingui-lo da versão previamente contratados e que é chamado de comum, vulgar, koiné, ou ante-hexaplar. It was adopted in Palestine. Foi adotada na Palestina.

B. St. Lucien, priest of Antioch and martyr, in the beginning of the fourth century, published an edition corrected in accordance with the hebrew; this retained the name of koine, vulgate edition, and is sometimes called Loukianos, after its author. B. St. Lucien, sacerdote de Antioquia e mártir, no início do século IV, publicou uma edição corrigida de acordo com o hebraico, o que manteve o nome de koiné, Vulgata edição, e às vezes é chamado Loukianos, depois de o seu autor. In the time of St. Jerome it was in use at Constantinople and Antioch. No tempo de São Jerônimo ela estava em uso em Constantinopla e Antioquia. C. Finally, Hesychius, an Egyptian bishop, published about the same time, a new recension, employed chiefly in Egypt. C. Finalmente, Hesíquio, um bispo egípcio, publicou quase ao mesmo tempo, uma nova recensão, empregado principalmente no Egito.

Manuscripts Manuscritos

The three most celebrated manuscripts of the Septuagint known are the Vatican, "Codex Vaticanus" (fourth century); the Alexandrian, "Codex Alexandrinus" (fifth century), now in the British Museum, London; and that of Sinai, "Codex Sinaiticus" (fourth century), found by Tischendorf in the convent of St. Catherine, on Mount Sinai, in 1844 and 1849, now part at Leipzig and in part in St. Petersburg; they are all written in uncials. Os três manuscritos mais célebre dos Septuaginta conhecidos são o Vaticano, "Codex Vaticanus" (século IV), o Alexandrino, "Codex Alexandrinus" (século V), agora no Museu Britânico, em Londres, e que do Sinai, "Codex Sinaiticus "(século IV), encontrado por Tischendorf no convento de Santa Catarina, no Monte Sinai, em 1844 e 1849, agora parte em Leipzig e em parte de São Petersburgo, que são todos escritos em unciais.

The "Codex Vaticanus" is the purest of the three; it generally gives the more ancient text, while the "Codex Alexandrinus" borrows much from the hexaplar text and is changed according to the Massoretic text (The "Codex Vaticanus" is referred to by the letter B; the "Codex Alexandrinus" by the letter A, and the "Codex Sinaiticus" by the first letter of the Hebrew alphabet Aleph or by S). O "Codex Vaticanus" é o mais puro dos três, que geralmente dá o texto mais antigo, enquanto o "Codex Alexandrinus" pede emprestado muito do texto e hexaplar é alterada de acordo com o texto massorético (o "Codex Vaticanus" é referido por a letra B, o "Codex Alexandrinus" pela letra A, e do "Codex Sinaiticus" pela primeira letra do alfabeto hebraico Aleph ou S). The Bibliotheque Nationale in Paris possesses also an important palimpsest manuscript of the Septuagint, the "Codex Ephraemi rescriptus" (designated by the letter C), and two manuscripts of less value (64 and 114), in cursives, one belonging to the tenth or eleventh century and the other to the thirteenth (Bacuez and Vigouroux, 12th ed., n. 109). A Biblioteca Nacional de Paris possui também um manuscrito palimpsesto importante da Septuaginta, o "Codex Ephraemi rescriptus" (designado pela letra C) e dois manuscritos de menor valor (64 e 114), em cursivos, um pertencente ao décimo ou século XI e o outro para o décimo terceiro (Bacuez e Vigouroux, 12th ed., n. 109).

Printed Editions Edições impressas

All the printed editions of the Septuagint are derived from the three recensions mentioned above. Todas as edições impressas da Septuaginta são derivados a partir dos três recensions mencionados acima.

The editio princeps is the Complutensian or that of Alcalá. O princeps editio é o Complutensian ou que de Alcalá. It was from Origen's hexaplar text; printer in 1514-18, it was not published till it appeared in the Polyglot of Cardinal Ximenes in 1520. Foi a partir do texto hexaplar Orígenes; impressora em 1514-18, não foi publicado até que apareceu na Poliglota do Cardeal Ximenes, em 1520.

The Aldine edition (begun by Aldus Manucius) appeared at Venice in 1518. A edição Aldine (iniciada por Aldus Manucius) apareceu em Veneza em 1518. The text is purer than that of the Complutensian edition, and is closer to Codex B. The editor says he collated ancient manuscripts but does not specify them. O texto é mais puro do que o da edição Complutense, e está mais perto do Codex B. O editor diz que cotejadas manuscritos antigos, mas não especifica-los. It has been reprinted several times. Tem sido reproduzido várias vezes.

The most important edition is the Roman or Sixtine, which reproduces the "Codex Vaticanus" almost exclusively. A edição mais importante é o romano ou Sistina, que reproduz o "Codex Vaticanus" quase que exclusivamente. It was published under the direction of Cardinal Caraffa, with the help of various savants, in 1586, by the authority of Sixtus V, to assist the revisers who were preparing the Latin Vulgate edition ordered by the Council of Trent. Foi publicada sob a direção do Cardeal Caraffa, com a ajuda de vários sábios, em 1586, pela autoridade de Sisto V, para ajudar os revisores que preparavam a edição Vulgata Latina ordenada pelo Concílio de Trento. It has become the textus receptus of the Greek Old Testament and has had many new editions, such as that of Holmes and Pearsons (Oxford, 1798-1827), the seven editions of Tischendorf, which appeared at Leipzig between 1850 and 1887, the last two, published after the death of the author and revised by Nestle, the four editions of Swete (Cambridge, 1887-95, 1901, 1909), etc. Tornou-se o Textus Receptus do Antigo Testamento grego e teve muitas edições novas, tais como o de Holmes e Pearson (Oxford, 1798-1827), as sete edições de Tischendorf, que apareceram em Leipzig entre 1850 e 1887, o último dois, publicado após a morte do autor e revisado pela Nestlé, as quatro edições de Swete (Cambridge, 1887-95, 1901, 1909), etc

Grabe's edition was published at Oxford, from 1707 to 1720, and reproduced, but imperfectly, the "Codex Alexandrinus" of London. Edição de Grabe foi publicada em Oxford, de 1707 a 1720, e reproduzida, mas de forma imperfeita, o "Codex Alexandrinus" de Londres. For partial editions, see Vigouroux, "Dict. de la Bible", 1643 sqq. Para edições parciais, veja Vigouroux, "Dict. De la Bible", 1643 sqq.

IV. IV. CRITICAL VALUE AND LANGUAGE Valor crítico e LANGUAGE

Critical Value Valor crítico

The Septuagint Version, while giving exactly as to the form and substance the true sense of the Sacred Books, differs nevertheless considerably from our present Hebrew text. A versão da Septuaginta, dando exatamente quanto à forma e substância o verdadeiro sentido dos Livros Sagrados, difere consideravelmente, no entanto, do nosso actual texto hebraico. These discrepancies, however, are not of great importance and are only matters of interpretation. Essas discrepâncias, porém, não são de grande importância e são apenas questões de interpretação. They may be thus classified: Some result from the translators having had at their disposal Hebrew recensions differing from those which were know to the Massoretes; sometimes the texts varied, at others the texts were identical, but they were read in different order. Eles podem ser assim classificadas: Algumas resultam das tradutores tendo tido à sua disposição hebraico recensions diferentes das que foram conhecer os massoretas; vezes os textos variados, em outros os textos eram idênticos, mas eles foram lidos em ordem diferente. Other discrepancies are due to the translators personally; not to speak of the influence exerted on their work by their methods of interpretation, the inherent difficulties of the work, their greater or less knowledge of Greek and Hebrew, they now and then translated differently from the Massoretes, because they read the texts differently; that was natural, for, Hebrew being written in square characters, and certain consonants being very similar in form, it was easy to confound them occasionally and so give an erroneous translation; moreover, their Hebrew text being written without any spacing between the various words, they could easily make a mistake in the separation of the words; finally, as the Hebrew text at their disposal contained no vowels, they might supply different vowels from those used later by the Massoretes. Outras discrepâncias são devidos aos tradutores, pessoalmente, para não falar da influência exercida sobre o seu trabalho, os seus métodos de interpretação, as dificuldades inerentes ao trabalho, a sua maior ou menor conhecimento de grego e hebraico, eles agora e depois traduzidos de forma diferente da massoretas, porque ler os textos de forma diferente, que era natural, pois, hebraico era escrito em caracteres quadrados, e certas consoantes sendo muito semelhantes na forma, era fácil confundi-los ocasionalmente e assim dar uma tradução errada, além disso, o seu texto hebraico sendo escrito sem qualquer espaçamento entre as diferentes palavras, eles poderiam facilmente cometer um erro na separação das palavras e, finalmente, como o texto hebraico à sua disposição contida no vogais, eles poderiam fornecer vogais diferentes das usadas mais tarde pelos massoretas. Again, we must not think that we have at present the Greek text exactly as it was written by the translators; the frequent transcriptions during the early centuries, as well as the corrections and editions of Origen, Lucian, and Hesychius impaired the purity of the text: voluntarily or involuntarily the copyists allowed many textual corruptions, transpositions, additions, and omissions to creep into the primitive text of the Septuagint. Mais uma vez, não devemos pensar que temos neste momento o texto grego exatamente como foi escrito pelos tradutores; as transcrições freqüente durante os primeiros séculos, bem como as correções e edições de Orígenes, Luciano e Hesíquio prejudicada a pureza da texto: voluntária ou involuntariamente, os copistas permitiram a muitos corrupções textuais, transposições, adições e omissões a rastejar no texto primitivo da Septuaginta. In particular we may note the addition of parallel passages, explanatory notes, or double translations caused by marginal notes. Em particular, podemos notar a adição de passagens paralelas, notas explicativas, ou traduções duplas causadas por notas marginais. On this consult Dict. Nesta consultar Dict. de la Bible, art. de la Bíblia, art. cit., and Swete, "An Introduction to the Old Testament in Greek". cit., e Swete, "Uma Introdução ao Antigo Testamento em grego". Language Linguagem

Everyone admits that the Septuagint Version was made in popular Greek, the koine dislektos. Todo mundo admite que a versão Septuaginta foi feita em grego popular, os koine dislektos. But is the Greek of the Old Testament a special idiom? Mas é o grego do Antigo Testamento um idioma especial? Many authorities assert that it is, though they disagree as to its real character. Muitas autoridades afirmam que é, embora discordem quanto à sua real personalidade. The "Dict. de la Bible", sv Grec biblique, asserts that it was "the hebraicizing Greek spoken by the Jewish community at Alexandria", the popular Greek of Alexandria "with a very large admixture of Hebraicisms". O "Dict. De la Bíblia", sv Grec biblique, afirma que era "o hebraicizing grego falado pela comunidade judaica em Alexandria", o grego popular de Alexandria ", com uma mistura muito grande de Hebraicisms". The same dictionary, sv Septante, mentions the more recent opinion of Deissmann that the Greek of the Septuagint is merely the ordinary vernacular Greek, the pure koine of the time. O mesmo dicionário, sv septante, menciona a opinião mais recente do Deissmann que o grego da Septuaginta é meramente o vernáculo comum grego, a koine pura do tempo. Deissmann bases his theory on the perfect resemblance of the language of the Septuagint and that of the papyri and the inscriptions of the same age; he believes that the syntactical peculiarities of the Septuagint, which at first sight seem to favour the theory of a special language, a hebraicizing Greek, are sufficiently explained by the fact that the Septuagint is a Greek translation of Hebrew books. Deissmann baseia sua teoria na semelhança perfeita da linguagem da Septuaginta e que dos papiros e as inscrições da mesma idade, ele acredita que as peculiaridades sintáticas da Septuaginta, que à primeira vista parecem favorecer a teoria de uma linguagem especial , um hebraicizing grego, são suficientemente explicadas pelo fato de que a Septuaginta é uma tradução grega de livros hebraicos.

Publication information Written by A. Vander Heeren. Publicação informações escritas por A. Vander Heeren. Transcribed by Nick Austriaco. Transcrito por Nick Austriaco. Dedicated with gratitude to God to the Catholic Fellowship of MIT The Catholic Encyclopedia, Volume XIII. Dedicado com gratidão a Deus para os católicos do Clube do MIT A Enciclopédia Católica, Volume XIII. Published 1912. Publicado em 1912. New York: Robert Appleton Company. New York: Robert Appleton Companhia. Nihil Obstat, February 1, 1912. Nihil obstat, 1 de fevereiro de 1912. Remy Lafort, DD, Censor. Remy Lafort, DD, Censor. Imprimatur. Imprimatur. +John Cardinal Farley, Archbishop of New York + Cardeal John Farley, Arcebispo de Nova York


The Authorized Version A Versão Autorizada

Catholic Information Informação Católica

Name given to the English translation of the Bible produced by the Commission appointed by James I, and in consequence often spoken of as "King James's Bible". Nome dado à tradução em Inglês da Bíblia produzido pela Comissão nomeada por James I, e, em conseqüência, muitas vezes chamado de "Bíblia do Rei James". It is in general use among English-speaking non-Catholics. Ele está em uso geral entre Inglês de língua não-católicos. In order to understand its origin and history, a brief survey is necessary of the earlier English translations of the Scriptures. A fim de compreender a sua origem e história, uma breve pesquisa é necessária das traduções anteriores Inglês das Escrituras. From very early times portions of the Bible have been translated into English. Desde tempos muito antigos trechos da Bíblia foram traduzidos para o Inglês. It is well known that Venerable Bede was finishing a translation of St. John's Gospel on his deathbed. É bem sabido que a Venerável Bede estava terminando uma tradução do Evangelho de São João, em seu leito de morte. But the history of the English Bible as a whole does not go back nearly so far; it dates from the so-called Wyclif Version, believed to have been completed about the year 1380. Mas a história da Bíblia Inglês como um todo não vai voltar quase tão longe, que remonta a versão Wyclif chamada, que se acredita terem sido cumpridas sobre o ano 1380. The translation was made from the Vulgate as it then existed, that is before the Sixtine and Clementine revisions, and was well and accurately done. A tradução foi feita a partir da Vulgata, uma vez que então existia, isto é, antes das revisões Sistina e Clementine, e foi bem feito e com precisão. Abbot Gasquet contends confidently (The Old English Bible, 102 sqq.) that it was in reality of Catholic origin, and not due to Wyclif at all; at any rate it seems fairly certain that he had no share in any part of it except the Gospels, even if he had in these; and there is evidence that copies of the whole were in the hands of good Catholics, and were read by them. Abade Gasquet conclui confiança (The Old Inglês Bíblia, 102 sqq.) Que era, na realidade, de origem católica, e não devido a Wyclif em todos, em qualquer caso, parece bastante certo que ele não teve participação em qualquer parte, exceto o Evangelhos, mesmo se ele tivesse nestas, e não há evidências de que o conjunto de cópias estavam nas mãos de bons católicos, e foram lidas por eles. The version, however, undoubtedly derived its chief importance from the use made of it by Wyclif and the Lollards, and it is in this connection that it is chiefly remembered. A versão, no entanto, sem dúvida, derivou seu chefe importância da utilização feita por Wyclif e os lolardos, e é neste contexto que é principalmente lembrado. During the progress of the Reformation a number of English versions appeared, translated for the most part not from the Vulgate, but from the original Hebrew and Greek. Durante o progresso da Reforma uma série de versões em inglês apareceu, traduzida em sua maior parte não a partir da Vulgata, mas a partir do original hebraico e grego. Of these the most famous were Tyndale's Bible (1525); Coverdale's Bible (1535); Matthews' Bible (1537); Cromwell's, or the "Great Bible" (1539), the second and subsequent editions of which were known as Cranmer's Bible; the Geneva Bible (1557-60); and the Bishop's Bible (1568). Destas, a mais famosa foram Bíblia de Tyndale (1525); Bíblia de Coverdale (1535); Bíblia de Matthews (1537); Cromwell, ou a "Grande Bíblia" (1539), as segunda e posteriores edições de que eram conhecidos como a Bíblia de Cranmer; a Bíblia de Genebra (1557-1560) e Bíblia do Bispo (1568). The art of printing being by this time known, copies of all these circulated freely among the people. A arte de impressão a ser conhecido por esta altura, as cópias de todos estes circularam livremente entre as pessoas. That there was much good and patient work in them, none will deny; but they were marred by the perversion of many passages, due to the theological bias of the translators; and they were used on all sides to serve the cause of Protestantism. Que havia muito bom e paciente trabalho de ambos, nenhum deles nega, mas elas se caracterizaram pela perversão de muitas passagens, devido ao viés teológico dos tradutores, e que foram utilizadas em todos os lados para servir a causa do protestantismo.

In order to counteract the evil effects of these versions, the Catholics determined to produce one of their own. A fim de neutralizar os efeitos do mal estas versões, os católicos determinado a produzir um dos seus. Many of them were then living at various centres on the Continent, having been forced to leave England on account of the Penal Laws, and the work was undertaken by the members of Allen's College, at Douai, in Flanders, which was for a time transferred to Reims. Muitos deles foram, então, vivem em diferentes centros no Continente, tendo sido forçado a deixar a Inglaterra por conta de Leis Penais, e os trabalhos foram realizados pelos membros do Colégio de Allen, em Douai, na Flandres, que foi por um tempo transferida em Reims. The result was the Reims New Testament (1582) and the Douay Bible (1609-10). O resultado foi a Reims Novo Testamento (1582) e da Bíblia Douay (1609-1610). The translation was made from the Vulgate, and although accurate, was sadly deficient in literary form, and so full of Latinisms as to be in places hardly intelligible. A tradução foi feita a partir da Vulgata, e embora exacta, infelizmente foi deficiente em forma literária, e tão cheio de latinismos como estar em lugares dificilmente inteligível. Indeed, a few years later, Dr. William Fulke, a well-known Puritan controversialist, brought out a book in which the text of the Bishops' Bible and the Reims Testament were printed in parallel columns, with the sole purpose of discrediting the latter. Na verdade, alguns anos mais tarde, o Dr. William Fulke, um conhecido polemista Puritan, trouxe um livro em que o texto da Bíblia dos bispos e Reims Testamento foram impressas em colunas paralelas, com o único propósito de desacreditar os segundos . In this he did not altogether succeed, and it is now generally conceded that the Douay Bible contained much excellent and scholarly work, its very faults being due to over-anxiety not to sacrifice accuracy. Nisso, ele não totalmente bem sucedida, e agora é geralmente admitiu que a Bíblia Douay continha muito trabalho excelente e erudita, sendo as suas faltas muito devido ao excesso de ansiedade para não sacrificar a precisão. In the meantime the Protestants were becoming dissatisfied with their own versions, and soon after his accession King James I appointed a commission of revision--the only practical outcome of the celebrated Hampton Court Conferences. Enquanto isso os protestantes foram se tornando insatisfeitos com suas próprias versões, e logo após a sua adesão King James I nomeou uma comissão de revisão - o único resultado prático das Conferências célebre Hampton Court. The commissioners, who numbered forty-seven, were divided into six companies, two of which sat at Oxford, Cambridge, and Westminster, respectively; each company undertook a definite portion of the Bible, and its work was afterwards revised by a select committee chosen from the whole body. Os comissários, que numerados 47, foram divididos em seis empresas, duas das quais sabado em Oxford, Cambridge e Westminster, respectivamente; cada empresa empreendeu uma determinada porção da Bíblia, e seu trabalho foi posteriormente revista por uma comissão escolhida selecione a partir de todo o corpo. The instructions for their procedure were, to take the Bishops' Bible, which was in use in the churches, as their basis, correcting it by a comparison with the Hebrew and Greek texts. As instruções para o seu processo eram, para tomar Bíblia dos Bispos, que estava em uso nas igrejas, como sua base, corrigindo-o por uma comparação com o texto hebraico e grego. They were also given a list of other English versions which they were to consult. Eles também receberam uma lista de outras versões em inglês que foram a consultar. The commissioners set to work in 1607, and completed their labours in the short period of two years and nine months, the result being what is now known as the "Authorized Version". Os comissários começou a trabalhar em 1607, e concluído os seus trabalhos no curto período de dois anos e nove meses, o resultado é o que hoje é conhecido como a "Versão Autorizada". Although at first somewhat slow in gaining general acceptance, the Authorized Version has since become famous as a masterpiece of English literature. Embora no início um pouco lento em ganhar aceitação geral, a Versão Autorizada desde então se tornou famoso como uma obra-prima da literatura Inglês. The first edition appeared in 1611, soon after the Douay Bible; and although this latter was not one of the versions named in the instructions to the revisers, it is understood that it had considerable influence on them (see Preface to Revised Version, i, 2. Also, JG Carleton, "Rheims and the English Bible"). A primeira edição publicada em 1611, logo após o Douay Bíblia, e embora este último não era uma das versões nomeadas nas instruções aos revisores, entende-se que ele tinha uma influência considerável sobre eles (ver Prefácio à versão revista, i, 2. Além disso, JG Carleton, "Rheims e do Inglês Bíblia").

The Authorized Version was printed in the usual form of chapters and verses, and before each chapter a summary of its contents was prefixed. A Versão Autorizada foi impresso na forma usual de capítulos e versículos, e antes de cada capítulo um resumo do seu conteúdo foi prefixado. No other extraneous matter was permitted, except some marginal explanations of the meaning of certain Hebrew or Greek words, and a number of cross-references to other parts of the Scripture. Não importa o outro estranho era permitido, exceto algumas explicações marginal do significado de determinadas palavras hebraico e grego, e uma série de referências cruzadas para outras partes da Escritura. At the beginning was placed a dedication to King James and a short "Address to the Reader". No início foi colocada uma dedicação ao rei James e um "Endereço para o leitor" curto. Books such as Ecclesiasticus, and Machabees, and Tobias, which are considered by Protestants to be apocryphal, were of course omitted. Livros como Eclesiástico, e Macabeus, e Tobias, que são considerados pelos protestantes para ser apócrifos, naturalmente foram omitidos. Although it was stated on the title-page that the Authorized Version was "appointed to be read in the Churches", in fact it came into use only gradually. Apesar de ter sido indicado na página título que a Versão Autorizada foi "nomeado para ser lido nas Igrejas", na verdade, entrou em uso apenas gradualmente. For the Epistles and Gospels, it did not displace the Bishops' Version until the revision of the Liturgy in 1661; and for the Psalms, that version has been retained to the present day; for it was found that the people were so accustomed to singing it that any change was inadvisable, if not impossible. Para as Epístolas e Evangelhos, não chegou a deslocar os Bispos »Versão até a revisão da Liturgia, em 1661, e para os Salmos, que versão foi mantida até os dias atuais, pois verificou-se que as pessoas estavam tão acostumados a cantar Qualquer alteração que lhe foi desaconselhado, se não impossível. Considerable changes were made, from time to time, in the successive editions of the Authorized Version, in the notes and references, and some even in the text. Consideráveis ​​mudanças foram feitas, de vez em quando, nas edições sucessivas da Versão Autorizada, nas notas e referências, e alguns até mesmo no texto. A system of chronology based chiefly on the calculations of Archbishop Ussher was first inserted in 1701; but in many later editions both the dates and many, or even all, of the references or verbal notes have been omitted. Um sistema de cronologia baseada essencialmente nos cálculos do Arcebispo Ussher foi inserido pela primeira vez em 1701, mas em muitas edições posteriores ambas as datas e muitos, ou mesmo todas, as referências ou notas verbais foram omitidos.

It is generally admitted that the Authorized Version was in almost every respect a great improvement on any of its predecessors. Admite-se geralmente que a versão foi autorizado em quase todos os aspectos uma grande melhoria em qualquer um de seus antecessores. So much was this the case that when Bishop Challoner made his revision of the Douay Bible (1749-52), which is now commonly in use among English-speaking Catholics, he did not scruple to borrow largely from it. Tanto é que foi esse o caso quando o Bispo Challoner fez sua revisão da Bíblia Douay (1749-1752), que agora é comumente em uso entre os católicos de língua Inglês, ele não hesitar em pedir emprestado em grande parte dela. Indeed, Cardinal Newman gives it as his opinion (Tracts Theol. and Eccles., 373) that Challoner's revision was even nearer to the Authorized Version than to the original Douay, "not in grammatical structure, but in phraseology and diction". De fato, o Cardeal Newman dá-lo como seu parecer (Theol Tracts. E Eccles., 373) que a revisão Challoner foi ainda mais perto da Versão Autorizada do que ao Douay original, "não na estrutura gramatical, mas na fraseologia e dicção". Nevertheless, there remained in the Authorized Version here and there traces of controversial prejudice, as for example, in the angel's salutation to the Blessed Virgin Mary, the words "highly favoured" being a very imperfect rendering of the original. No entanto, restava na Versão Autorizada aqui e ali vestígios de preconceito controversos, como por exemplo, em saudação do anjo à Virgem Maria, a expressão "altamente favorecida", que uma renderização muito imperfeita do original. In such cases, needless to say, Challoner adhered to the Douay. Em tais casos, é desnecessário dizer, Challoner aderiu ao Douay. Moreover, while in the Authorized Version the names of persons and places were usually given in an anglicized form already in use, derived from the Hebrew spelling, Challoner nearly always kept the Vulgate names, which come originally from the Septuagint. Além disso, enquanto na Versão Autorizada a nomes de pessoas e lugares foram dadas normalmente em um formulário anglicized já em uso, derivado do hebraico ortografia, Challoner quase sempre mantido os nomes Vulgata, que vêm originalmente da Septuaginta. It is partly due to this that the Authorized Version has an unfamiliar sound to Catholic ears. É em parte devido a isso que a Versão Autorizada tem um som familiar aos ouvidos Católica. The Authorized Version remained in undisputed possession for the greater part of three centuries, and became part of the life of the people. A Versão Autorizada permaneceu em posse indiscutível para a maior parte de três séculos, e se tornou parte da vida das pessoas. In the latter half of the nineteenth century, however, it began to be considered that the progress of science called for a new version which should embrace the results of modern research. Na segunda metade do século XIX, no entanto, ele começou a ser considerado que o progresso da ciência chamada para uma nova versão, que deve abranger os resultados da pesquisa moderna. The work was set on foot by Convocation in 1870, and a Committee was formed, in which the Americans co-operated, resulting in the issue of the Revised Version (1881-84). O trabalho foi definir a pé pela Convocação em 1870, e foi formada uma comissão, em que os norte-americanos co-operado, resultando na edição da Versão Revisada (1881-1884). The Revised Version has never received any definite ecclesiastical sanction, nor has it been officially introduced into church use. A Versão Revisada nunca recebeu qualquer sanção eclesiástica, nem foi oficialmente introduzida na igreja utilização. It has made its way simply on its merits. Ele fez o seu caminho simplesmente pelos seus méritos. But although at the present day it is much used by students, for the general public (non-Catholic) the Authorized Version still holds its ground, and shows no sign of losing its popularity. Mas, apesar de nos dias de hoje, é muito utilizado por estudantes, para o público em geral (não-católicos) Autorizado Versão ainda mantém o seu terreno, e não mostra sinais de perder sua popularidade.

Publication information Written by Bernard Ward. Publicação informações escritas por Bernard Ward. Transcribed by Janet Grayson. Transcrito por Janet Grayson. The Catholic Encyclopedia, Volume II. A Enciclopédia Católica, Volume II. Published 1907. Publicado em 1907. New York: Robert Appleton Company. New York: Robert Appleton Companhia. Nihil Obstat, 1907. Nihil obstat, 1907. Remy Lafort, STD, Censor. Remy Lafort, STD, Censor. Imprimatur. Imprimatur. +John M. Farley, Archbishop of New York + John M. Farley, Arcebispo de Nova York


Bible Manuscripts Manuscritos da Bíblia

Jewish Viewpoint Information Judeu Viewpoint informação

By this term are designated handwritten copies and codices of the Hebrew Bible as a whole, or of several books arranged in groups according to a certain order (see Bible Canon), or of single books. Por esta expressão são designadas cópias manuscritas e códices da Bíblia hebraica como um todo, ou de vários livros organizados em grupos, de acordo com uma certa ordem (ver Bíblia Canon), ou de livros individuais. Sometimes, though not often, they contain collections of detached prophetic selections (see Hafṭarah), generally in connection with the Pentateuch (see Strack, "Zeitschrift für die Gesammte Lutherische Theologie und Kirche," 1875, p. 594). Às vezes, porém não muitas vezes, eles contêm coleções de soltado seleções proféticas (ver Hafṭarah), geralmente em conexão com o Pentateuco (ver Strack, "Zeitschrift für die Gesammte Lutherische Theologie und Kirche", 1875, p. 594). A distinction is made between manuscripts intended for use in the synagogue and in public reading and those for private purposes. É feita uma distinção entre os manuscritos destinados para uso na sinagoga e na leitura pública e aqueles para fins privados. Originally both the sacred or public copies and the private or profane were in the shape of scrolls, this being the only style of book-making known to antiquity. Originalmente ambas as cópias sagrados ou público eo privado ou profano estavam na forma de pergaminhos, sendo este o único livro de estilo de tomada de conhecer a Antigüidade. After the leaved form of books came into vogue (from the fourth century of the common era), adherence to the ancestral model was insisted on in the case of those reserved for holy uses at public worship. Depois a forma com folhas de livros entrou em voga (a partir do quarto século da era comum), a adesão ao modelo ancestral foi insistiu em caso de aqueles reservados para uso sagrados em culto público. While demanded only for the Pentateuch and the Book of Esther, this conformity must, as the name indicates, have been at one time exacted also for the four remaining Megillot, read as lessons on certain festivals. Enquanto exigia apenas para o Pentateuco e no Livro de Ester, nesta conformidade deve, como o nome indica, têm sido a exigir um tempo também para os quatro restantes Megillot, lido como lições sobre certos festivais. Why they and the collections of the Hafṭarot ceased to conform to the historical model can not be ascertained. Porque eles e os acervos do Hafṭarot deixou de obedecer ao modelo histórico não pode ser verificada.

Rules for Writing. Regras para a escrita.

The Pentateuch and Esther, when designated for synagogal use, are required to be written with scrupulous attention to rules laid down in the Law (see Soferim). O Pentateuco e Ester, quando designado para o uso sinagogal, são obrigados a ser escrita com escrupulosa atenção às regras estabelecidas na Lei (ver Soferim). They must be written in square characters (, also known as ; see Alphabet), without vowel-points and accents, on parchment made from the hides of "clean" animals, which, when duly prepared, are sewn together by threads of the same origin. Eles devem ser escritos em caracteres quadrados (também conhecido como; ver Alphabet), sem vogais pontos e acentos, em pergaminho feito de peles de animais "limpos", que, quando devidamente preparados, são costuradas por fios da mesma origem. If four mistakes are found in one column, or a single error is discovered in the "open" and "closed" sections of the Law, or in the arrangements of the metrical portions, the whole copy is rendered unfit for use () and must be buried. Se quatro erros são encontrados em uma coluna, ou um único erro é descoberto na "aberto" e "fechado" seções da lei, quer no regime da métrico porções, toda a cópia é tornado impróprio para uso () e deve ser enterrado. Great age-through long use, and exposure to climatic and other influences involving decay and other imperfections-is among the causes which render a copy unserviceable; and this circumstance explains why very old copies are not found. Idade através da grande utilização a longo, e exposição a influências climáticas e outras envolvendo decadência e outras imperfeições está entre as causas que tornam uma cópia avariado, e esta circunstância explica porque cópias muito antigas não são encontradas. The manuscripts intended for private use vary considerably in size, material, and character. Os manuscritos destinados a uso privado variam consideravelmente de tamanho, caráter material, e. They are in rolls, and in book form-folio, quarto, octavo, and duodecimo. Eles são, em rolos, e em forma de livro-folio, quarto, oitavo e duodécimo. Some are written on parchment, some on leather, others on paper; some in square characters, others in rabbinical (the latter only in modern times). Alguns são escritos em pergaminho, alguns em couro, outros em papel; alguns personagens na praça, outros em Rabínico (este último apenas nos tempos modernos). They are usually provided with vowel-points, written in a different color from the consonants, which-are always in black. Eles são normalmente fornecidos com os pontos de vogal, escritos em uma cor diferente a partir da consoantes, que-estão sempre em preto. Initial words or letters are often in gold and silver; some, indeed, are artistically illuminated. Palavras iniciais ou letras estão frequentemente em ouro e prata, alguns, de fato, são artisticamente iluminado. Sometimes on the inner margins of the columns are given Masoretic notes; the outer ones are reserved for scholia and, in more modern manuscripts, for rabbinical commentaries. Às vezes, no interior das margens, as colunas são dadas notas Massorético; o exterior já estão reservados para scholia e, em manuscritos mais modernos, para Rabínico comentários. Yemenite manuscripts have usually no columns; and each verse is accompanied by the corresponding verse from the Targum Onkelos and the Arabic translation by Saadia. Iemenita manuscritos geralmente não têm colunas, e cada versículo é acompanhado pelo verso correspondente da Onkelos Targum e da tradução em árabe Saadia. The space at the bottom of the pages is sometimes occupied by the commentary of Rashi. O espaço na parte inferior das páginas é ocupada por vezes, o comentário de Rashi.

Colophons and Inscriptions. Colophons e inscrições.

Generally, the manuscripts are provided with inscriptions giving the name of the copyist and the dates of writing. Geralmente, os manuscritos são fornecidos com inscrições indicando o nome do copista e as datas de escrita. Several eras are used in the computation of these dates: that of the creation of the world; that of the Seleucids; that of the destruction of the Temple; and, finally, that of the Babylonian exile (see Era). Várias épocas são utilizados no cálculo destas datas: a da criação do mundo, para que os selêucidas, que a destruição do Templo, e, finalmente, a do exílio babilônico (ver Era). The age of undated manuscripts is approximatively determined by the ink, the quality of the parchment, the presence or absence of Masoretic notes, and by paleographic signs (See Paleography). A idade dos manuscritos sem data é approximatively determinada pela tinta, a qualidade do pergaminho, a presença ou ausência de notas Massorético, e pelos sinais paleographic (Ver Paleografia).

As indicated above, extant manuscripts are not of very great antiquity. Como indicado acima, manuscritos existentes não são de grande antiguidade. In addition to the explanation already given, this phenomenon, all the more curious because, according to Jewish law, every Jew ought to have at least one copy in his house, is very plausibly accounted for on the theory advanced by Brian Walton; namely, that with the definitive settlement of the Masorah in the seventh century, many copies must have been discarded because of their infractions of the established Masoretic rules. Além das explicações já dadas, este fenómeno, tanto mais curioso porque, segundo a lei judaica, todo judeu deveria ter pelo menos um exemplar em sua casa, é muito verosímil representaram sobre a teoria avançada por Brian Walton, ou seja, que, com a resolução definitiva do Masorah no século VII, muitos exemplares devem ter sido descartados por suas infrações das normas estabelecidas Massorético. If Talmud Yerushalmi (Ta'anit lxviii. 1) is to be credited, while the Temple was still standing, standard codices of the Pentateuch were officially recognized. Se Talmud Yerushalmi (Ta'anit lxviii. 1) deve ser creditado, enquanto o templo ainda estava de pé, códices padrão do Pentateuco foram oficialmente reconhecidas. These were deposited in the court of the Temple and served as models for accuracy. Estes foram depositados no pátio do templo e serviram como modelos de precisão. According to the passage quoted, three were known by the following names respectively: "Sefer Me'on," so called on account of its reading instead of (Deut. xxxiii. 27); "Sefer Za'aṭuṭe," because of its reading instead of (Ex. xxiv. 5); and "Sefer Hi," because of its reading with a yod in nine passages instead of eleven. De acordo com a passagem citada, três eram conhecidos pelos nomes seguintes, respectivamente: "Sefer Me'on", assim chamada por conta de sua leitura em vez de (Deut. xxxiii 27.); "Sefer Za'aṭuṭe," por causa de sua leitura em vez de (Ex. xxiv 5.), e "Sefer Oi", por causa de sua leitura, com um yod passagens em nove em vez de 11. The Masorites, too, seem to have consulted standard manuscripts celebrated for their accuracy in the redaction of the text and in the compilation of the Masoretic glosses. Os Masorites, também, parecem ter consultado manuscritos famosa pelas suas norma precisão na redação do texto e na compilação das glosas Massorético. Though none of these has been preserved, the following are referred to as authorities in almost every manuscript of importance: Embora nenhum deles foi preservada, o seguinte são referidos como autoridades em quase todos os manuscritos de importância:

Codex Muggeh, Codex Muggeh,

ie, the corrected Codex: Quoted by the Masorites either by its full title () or simply as "Muggeh" (). ou seja, o Codex corrigido: Citado pelo Masorites quer pelo seu título completo () ou simplesmente como "Muggeh" ().

Codex Hilleli (): Codex Hilleli ():

The origin of its name is not known. A origem do seu nome não é conhecido. According to Zacuto, this codex was written by a certain Hillel at about 600 of the common era. Segundo a Zacuto, este códice foi escrito por um certo Hillel em cerca de 600 da era comum. In his Chronicle, compiled about 1500, Zacuto expresses himself as follows: Em sua crônica, compilado cerca de 1500, Zacuto se expressa da seguinte forma:

"In the year 4957, on the twenty-eighth of Ab (Aug. 14, 1197), there was a great persecution of the Jews in the kingdom of Leon at the hand of the two kingdoms that came to besiege it. At that time they removed thence the twenty-four sacred books which were written about 600 years before. They were written by R. Hillel ben Moses ben Hillel, and hence his name was given to the codex, which was called 'Hilleli.' "No ano de 4957, no dia vinte e oito de Ab (14 de agosto de 1197), houve uma grande perseguição dos judeus no reino de Leão na mão dos dois reinos passaram a assediar-lo. Naquele tempo daí, eles retirados os vinte e quatro livros sagrados que foram escritos cerca de 600 anos antes. Elas foram escritas por R. Hillel ben Moisés ben Hillel, e, portanto, seu nome foi dado para o códice, que foi chamado de "Hilleli. It was exceedingly correct; and all other codices were revised after it. I saw the remaining two parts of it, containing the Former and Latter Prophets, written in large and beautiful characters; these had been brought by the exiles to Portugal and sold at Bugia in Africa, where they still are, having been written about 900 years ago. Kimḥi in his grammar on Num. x. 4 says that the Pentateuch of the Hillel Codex was extant in Toledo." Foi extremamente correto, e todos os outros códices foram revistas depois que eu vi os dois restantes partes do mesmo, contendo os profetas antigos e Últimos, escritas em caracteres grandes e belos;. Estas foram trazidas pelos exilados para Portugal e vendidos em Bugia na África, onde eles ainda são, depois de ter sido escrito cerca de 900 anos atrás. Kimhi em sua gramática em Números. x. 4 diz que o Pentateuco do Codex Hillel era sobrevivente em Toledo. "

Codex Sanbuki: Codex Sanbuki:

Frequently quoted in the Masorah Parva, and highly praised for its accuracy by Menahem de Lonzano in his "Or Torah." Frequentemente citado na Masorah Parva, e muito elogiado por sua precisão por Menahem de Lonzano em seu "Ou Torah". According to Christian D. Ginsburg, the name of this codex is derived from "Zambuki" on the Tigris, to which community it belonged. De acordo com Christian D. Ginsburg, o nome deste códice é derivado de "Zambuki" no Tigre, para que a comunidade pertencia.

Codex Yerushalmi: Codex Yerushalmi:

As attested by Ḳimḥi ("Miklol," ed. Fürth, 1793, p. 184b), the codex was for many years in Saragossa, and was extensively used by the grammarian and lexicographer Ibn Janaḥ. Como atestado pelo Kimhi ("Miklol", ed. Fürth, 1793, p. 184b), o códice foi durante muitos anos, em Saragoça, e foi amplamente utilizado pelo gramático e lexicógrafo Ibn Janaḥ. It is often quoted in the Masorah as exhibiting a different orthography from that of the Codex Hilleli. Ele é frequentemente citado na Masorah como exibindo uma ortografia diferente daquele do Hilleli Codex.

Codex Jericho, also called Jericho Pentateuch (): Codex Jericó, também chamado de Jericó Pentateuco ():

The name seems to imply that the manuscript embraced only the Pentateuch. O nome parece implicar que o manuscrito abraçou apenas o Pentateuco. It is mentioned by Elijah Levita, in "Shibre Luḥot," as most reliable for the accents. É mencionado por Elias Levita, em "Shibre Luḥot", como mais confiável para os acentos.

Codex Sinai (): Codex Sinai ():

Many opinions exist as to the derivation of its name. Existem muitas opiniões quanto à derivação de seu nome. The most plausible is that it was derived from "Mount Sinai," just as the codices Jericho and Yerushalmi denote the places of their origin. O mais plausível é que ele foi derivado do "Monte Sinai", tal como os códices Jericó e Yerushalmi denotar a seus lugares de origem. It is mentioned in the Masorah, and is also cited by Elijah Levita in his work quoted above. É mencionado no Masorah, e também é citada por Elias Levita, em sua obra citada acima.

Codex Great Maḥzor (): Codex Grande Maḥzor ():

This probably contained the annual or triennial cycle ("Maḥzor") of lessons to be read on week-days, Sabbaths, feasts, and fasts; hence its name. Isso provavelmente continha o ciclo anual ou trienal ("Maḥzor") de aulas para ser lido em dias de semana, sábados, festas e jejuns, daí o seu nome.

Codex Ezra: Codex Esdras:

Quoted in the Masorah Parva. Citado na Masorah Parva. A manuscript professing to be a copy of this codex is in the possession of Christian D. Ginsburg. Um manuscrito que professa ser uma cópia deste códice está na posse de Christian D. Ginsburg.

Codex Babylon (): Codex Babilônia ():

Differences (, "ḥillufin") existed between the Western schools (), the chief seat of which was Tiberias, and the Eastern (), the principal centers of which were Nehardea and Sura, in the reading of many passages; this codex gives the Eastern recension (see Masorah). Diferenças ("ḥillufin") existentes entre as escolas ocidentais (), a sede principal das quais era Tiberíades, eo Oriente (), os principais centros do que eram Nehardea e Sura, na leitura de muitas passagens, o que dá o códice Oriental recensão (ver Masorah). Another standard codex which served as a model at the time of Maimonides was that written in the tenth century by the renowned Masorite Aaron ben Moses ben Asher of Tiberias (compare Maimonides, "Yad," Sefer Torah, viii. 4). Outro códice padrão que serviu de modelo na época de Maimônides foi que escrito no século X pelo renomado Masorite Aaron ben Moses ben Asher de Tiberíades (compare Maimonides, "Yad", Sefer Torá, viii. 4). This codex was for a long time believed to be identical with that preserved in the synagogue at Aleppo (Jacob Saphir, , i. 12b; Grätz, in "Monatsschrift," 1871, p. 6; 1887, p. 30; Strack, "Prolegomena Critica," pp. 44-46). Este códice foi durante muito tempo acredita-se ser idêntica à que conservado na sinagoga em Alepo (Jacob Saphir, 12b i;. Gratz, em "Monatsschrift", 1871, p 6;. 1887, p 30;. Strack, " Critica Prolegômenos ", pp 44-46). [EN Adler ("Kaufmann Gedenkbuch," p. 130) argues that the Aleppo Codex is a copy, not the original; but Wickes ("Hebrew Accentuation," Preface, p. vii., Oxford, 1887) makes it clear that "the statement assigning the codex to (Aaron ben Moses) Ben-Asher is a fabrication." [PT Adler (". Kaufmann Gedenkbuch", p 130) argumenta que a Aleppo Codex é uma cópia, não o original, mas Wickes ("acentuação hebraico," Prefácio, p vii, Oxford, 1887.). Deixa claro que " a declaração atribuindo o códice para (Aaron ben Moisés) Ben-Asher é uma invenção ". EGH EGH

Two celebrated manuscripts believed to be very ancient are still extant in Syria. Dois manuscritos célebres que se acredita ser muito antigas são ainda existentes na Síria. One of these, the Damascus Codex, which, according to the inscription on its title-page (added, however, by a later hand), was written in the third century of the common era, belongs to a Jewish family of Damascus named Parḥi, and is exhibited to the inhabitants on feast-days. Um deles, o Codex Damasco, o que, de acordo com a inscrição de seu título da página (acrescentou, no entanto, por uma mão mais tarde), foi escrito no terceiro século da era comum, pertence a uma família judia de Damasco chamado Parḥi , e se exibiu para os moradores, em dias de festa. The other is kept in a grotto by the inhabitants of Jobar near Damascus. O outro é mantido em uma gruta, os habitantes de Jobar perto de Damasco.

Number of MSS. Número de MSS.

The number of Hebrew Bible manuscripts found in European libraries is considerable. O número de manuscritos hebraicos da Bíblia encontrados nas bibliotecas europeias é considerável. The oldest collection is that in the Imperial Library, St. Petersburg, formerly in the Odessa Biblical Society's library. A mais antiga coleção é que na Biblioteca Imperial, São Petersburgo, anteriormente na biblioteca da Sociedade Bíblica Odessa. A description of some of these manuscripts was given by Ephraim Moses Pinner in a pamphlet entitled "Prospectus der Alten Hebräischen und Rabbinischen Manuscripte," etc., Odessa, 1845. Uma descrição de alguns desses manuscritos foi dada por Moisés Ephraim Pinner, em um panfleto intitulado "Prospecto der Alten und Hebräischen Rabbinischen Manuscripte", etc, Odessa, 1845. A full description by Strack and Harkavy is given in their catalogue. Uma descrição completa e por Strack Harkavy é dada em seu catálogo. The oldest manuscript of this valuable collection is a Pentateuch brought from Derband (Daghestan), written before 604 of the common era. O mais antigo manuscrito desta valiosa colecção é um Pentateuco trazidos da Derband (Daguestão), escrito antes de 604 da era comum. It consists of forty-five skins having 226 columns, and is composed of six pieces: (1) Gen. i.-xlvi. É constituída por 45 peles com 226 colunas, e é composto por seis peças: (1) Gen. i.-xlvi. 25, end (9 skins, 52 columns, 51 lines; Taggin by a later hand). 25 final, (9 peles, 52 colunas, 51 linhas; Taggin por uma mão mais tarde). (2) Gen. xlvi. (2) o general xlvi. 26-Numbers (24 skins, 134 columns, 50 lines, without Taggin). 26-Números (24 peles, 134 colunas, 50 linhas, sem Taggin). (3) Deut. (3) Deut. i.-xvii. i.-xvii. (4 skins, 21 columns, 51 lines, without Taggin). (4 peles, 21 colunas, 51 linhas, sem Taggin). (4) Deut. (4) Deut. xvii.-xxi. XVII.-xxi. 4 (1 skin, 3 columns, 51 lines). 4 (1 pele, 3 colunas, 51 linhas). (5) Deut. (5) Deut. xxi. xxi. 5-xxiii. 5-xxiii. 23 (1 skin, 3 columns, 51 lines). 23 (1 pele, 3 colunas, 51 linhas). (6) Deut. (6) Deut. xxiii. xxiii. 24-end of Deut. 24 de fim de Deut. (4 skins, 13 columns, 51 lines). (4 peles, 13 colunas, 51 linhas).

The oldest manuscript in book form at the library of St. Petersburg dates from 916. O mais antigo manuscrito em forma de livro na biblioteca de São Petersburgo remonta a 916. It consists of 225 folios, each folio divided lengthwise into two columns with 21 lines to the column, with the exception of folio 1a and folio 224a-b, which exhibit epigraphs. É constituída por 225 folhas, cada uma fólio dividido longitudinalmente em duas colunas com 21 linhas para a coluna, com excepção do fólio 1a e folio 224A-b, epígrafes que exibem. It contains the Latter Prophets. Ele contém os últimos profetas. Two lines of Masorah Magna appear in the lower margin of each page; while the Masorah Parva occupies the center space between the columns. Duas linhas de Masorah Magna aparecem na margem inferior de cada página, enquanto, Parva Masorah ocupa o centro do espaço entre as colunas. The vowel-points are superlinear in the so-called Babylonian system. Os pontos-vogal são superlinear no sistema babilônico chamado. The total number of the Bible manuscripts in the St. Petersburg library is 146. O número total de manuscritos da Bíblia, de São Petersburgo biblioteca é 146.

In Libraries. Em Bibliotecas.

The British Museum possesses 165 Bible manuscripts, the oldest of which is the Masoretic Bible written about 820-850. O Museu Britânico possui 165 manuscritos bíblicos, o mais velho dos quais é a Bíblia Massorético escrito sobre 820-850. This contains the Pentateuch and consists of 186 folios, 55 of which were at one time missing, but have been added by a later hand. Este contém o Pentateuco e consiste de 186 fólios, 55 das quais estavam em um tempo ausente, mas foram adicionados por um lado mais tarde. The Bodleian Library, Oxford, possesses 146 Bible manuscripts, the oldest of which dates from 1104. A Biblioteca Bodleian, de Oxford, possui 146 manuscritos bíblicos, o mais antigo dos quais data de 1104. Cambridge counts 32, the oldest believed to be of the tenth century. Cambridge conta com 32, o mais velho acreditava ser do século décimo. Bible manuscripts in goodly numbers are also to be found in private libraries in England, the most important collection being that of EN Adler. Bíblia manuscritos em números também são bons de ser encontrados em bibliotecas particulares na Inglaterra, a coleção mais importante sendo o do PT Adler. This contains about 100 codices, the oldest dating from the ninth century. Este contém cerca de 100 códices, o mais antigo data do século IX. The Bibliothèque Nationale, Paris, has 132 Bible manuscripts, the oldest with the date 1286. A Bibliothèque Nationale de Paris, tem 132 manuscritos bíblicos, o mais velho com a data de 1286. The number of Bible manuscripts in the Vienna Library is 24. O número de manuscritos bíblicos na Biblioteca de Viena é 24. The oldest (given by Kennicott under No. 126) contains the Latter Prophets and the Hagiographa, written in the tenth century. O mais antigo (dado por Kennicott sob o n º 126) contém os últimos e os Profetas Hagiographa, escrito no século décimo. Steinschneider describes 14 Bible manuscripts in the Royal library of Berlin; none of them is very old. Steinschneider descreve 14 manuscritos bíblicos na Biblioteca Real de Berlim, nenhum deles é muito antiga. De Rossi describes 848 manuscripts (now at Parma), the oldest of which is No. 634, containing Lev. De Rossi descreve 848 manuscritos (agora em Parma), o mais velho dos quais é a número 634, contendo Lev. xxi. xxi. 19-Num. 19-Num. i. i. 50, written in the eighth century. 50, escrito no século oitavo. The Vatican Library possesses 39 Bible manuscripts, which have been described by Joseph Simon Assemani and Stephen Ephodius Assemani. Biblioteca do Vaticano possui 39 manuscritos bíblicos, que foram descritos por Joseph Simon Assemani e Ephodius Stephen Assemani. Several Bible manuscripts are in the libraries of Leipsic, Munich, and Leyden. Vários manuscritos bíblicos estão nas bibliotecas de Leipsic, Munique e Leyden.

Some Bible manuscripts have been brought from China. Alguns manuscritos bíblicos foram trazidos da China. They are partly synagogue rolls, partly private copies, whose text does not differ from the Masoretic Bibles. Eles são, em parte, rolos sinagoga, em parte cópias privadas, cujo texto não diferem das Massorético Bíblias. A Pentateuch of the Malabar Jews is now in England. A Pentateuco dos judeus Malabar está agora em Inglaterra. It resembles, on the whole, the usual synagogue rolls, except that it is written on red skin. Assemelha-se, em geral, os habituais sinagoga rolos, exceto que ele é escrito em pele vermelha.

Samaritan manuscripts of the Pentateuch are to be found in the British Museum, the Bodleian, St. Petersburg, Parma, and the Vatican libraries; for a description of them, the respective catalogues may be consulted. Manuscritos do Pentateuco Samaritano são encontrados no Museu Britânico, a Bodleian, de São Petersburgo, Parma, e as bibliotecas do Vaticano, para uma descrição deles, os respectivos catálogos podem ser consultados.

As curiosities may be mentioned a Hebrew Pentateuch in Arabic characters, now in the British Museum; the Pentateuch in Latin characters in the Bodleian Library; and, finally, the fragments of the Pentateuch written in inverted alphabet discovered lately in the Cairo genizah. Como curiosidades pode ser mencionada uma Pentateuco hebraico em caracteres árabes, agora no British Museum, o Pentateuco em caracteres latinos na Biblioteca Bodleian, e, finalmente, os fragmentos do Pentateuco escrito em alfabeto invertido descobertos ultimamente no genizah Cairo.

Emil G. Hirsch, Isaac Broydé Emil G. Hirsch, Isaac Broydé
Jewish Encyclopedia, published between 1901-1906. Enciclopédia Judaica, publicada entre 1901-1906.

Bibliography: Bibliografia:
Kennicott, Dissertatio Generalis; Walton, Prolegomena to the Polyglot; S. Davidson, Treatise on Biblical Criticism; Strack, Prolegomena Critica in Vetus Testamentum Hebraicum; Christian D. Ginsburg, Introduction to the Masoretico-Critical Edition of the Hebrew Bible, pp. 421 et seq. Kennicott, Dissertatio Generalis; Walton, Prolegômenos à Poliglota; S. Davidson, Tratado de crítica bíblica; Strack, prolegómenos Critica em Vetus Testamentum Hebraicum; Christian D. Ginsburg, Introdução à Edição Masoretico-crítica da Bíblia Hebraica, pp 421 et seq.


Bible Translations Traduções da Bíblia

Jewish Viewpoint Information Judeu Viewpoint informação

The Targums. O Targums.

Jewish translations of the Old Testament were made from time to time by Jews, in order to satisfy the needs, both in public service and in private life, of those that had gradually lost the knowledge of the ancient national tongue. Traduções judaicas do Antigo Testamento foram feitas de tempos em tempos pelos judeus, a fim de satisfazer as necessidades, tanto no serviço público e na vida privada, daqueles que tinham perdido gradualmente o conhecimento da antiga língua nacional. In Palestine itself, Hebrew was driven out first by Aramaic, then by Greek, and finally by Arabic. Na própria Palestina, o hebraico foi expulso pela primeira aramaico, em seguida, pelo grego, e, finalmente, pelo árabe. Portions of the Bible itself (in Daniel and Ezra) are written in Aramaic; and there is no consensus of opinion among scholars as to whether these parts were originally written in that tongue or were translated from the Hebrew. Porções da Bíblia em si (em Daniel e Esdras) são escritos em aramaico, e não há consenso de opinião entre os estudiosos quanto a se estas peças foram originalmente escritas na língua ou que foram traduzidas do hebraico. Though Hebrew remained the sacred and the literary language, the knowledge of it must have faded to such a degree in the second century preceding the common era that it became necessary for a "meturgeman" to translate the weekly Pentateuch and prophetic lessons as read in the synagogue (Berliner, "Onkelos," p. 7; Friedmann, "Akylos und Onkelos," p. 58). Embora hebraico manteve o sagrado ea linguagem literária, o conhecimento do que deve ter desaparecido, a tal ponto no segundo século anterior à era comum que se tornou necessário para uma "meturgeman" para traduzir o Pentateuco semanal e lições proféticas como lidos no sinagoga (Berliner, "Onkelos", p 7;. Friedmann, "Akylos und Onkelos", p 58.). The assertion made by the two scholars just cited, that the Targums date from the time of Ezra, is unwarranted; since they are written in a West-Aramaic dialect. A afirmação feita pelos dois estudiosos apenas citados, que o Targums data a partir da época de Esdras, é injustificada, uma vez que eles são escritos em um dialeto West-aramaico. The authorities of the synagogue did not willingly allow such translations to be written down. As autoridades da sinagoga não voluntariamente permitir que tais traduções para ser escrito. They felt that this would be putting a premium upon ignorance of the text, and that the Biblical word would be in danger of being badly interpreted or even misunderstood. Eles sentiram que essa seria colocar um prémio de ignorância sobre o texto, e que a palavra bíblica seria o risco de ser mal interpretada ou até mesmo mal interpretado. They sought to minimize the danger by permitting only one verse to be read and translated at a time in the case of the Law, and three in the case of the Prophets (Meg. iv. 4). Eles tentaram minimizar o perigo, permitindo apenas um verso a ser lido e traduzido em um momento no caso da Lei, e três no caso dos Profetas (Meg. iv. 4). Certain passages were never to be translated publicly; eg, Gen. xxxv. Certas passagens nunca foram publicamente a ser traduzido; exemplo, o general xxxv. 22; Ex. 22; Ex. xxxii. xxxii. 21-25; Num. 21-25; Num. vi. vi. 23-26; Lev. 23-26; Lev. xviii. xviii. 21 (Meg. iv. 10; see. Berliner, lcp 217; Ginsburger, "Monatsschrift," xliv. 1). 21 (iv Meg. 10;. Ver Berliner, LCP 217;.. Ginsburger ", Monatsschrift", xliv 1). These passages are to be found in Pseudo-Jonathan and in the Midrashim for private use. Estas passagens encontram-se em pseudo-Jonathan e na Midrashim para uso privado. It is distinctly stated that no written copy of the Targum was to be used in the public service (Yer. Meg. iv. 1); though for private purposes copies were allowed to be made. É claramente afirmado que nenhuma cópia escrita do Targum era para ser usado no serviço público (Yer. Meg iv 1..), Embora cópias para fins privados foram autorizados a ser feita. The Talmud, it is true, mentions a written Targum to the Book of Job which was in the possession of Rabban Gamaliel I. during the Second Temple, about 20-40 CE (Tosef., Shab. xiv. 2; Bab. Shab. 115a; Soferim xv. 2; compare Berliner, lcp 90), and which was then buried by order of Gamaliel. O Talmud, é verdade, menciona um Targum escrito para o Livro de Jó, que estava na posse de Raban Gamaliel I. durante o Segundo Templo, sobre CE 20-40 (Tosef., Shab xiv 2;... Bab Shab. 115a; Soferim xv 2;. comparar Berliner, LCP 90), e que depois foi enterrado por ordem de Gamaliel. In Yer. Em Yer. Shab. Shab. xvi. xvi. 1 a variant tradition tells of such a Targum having been in the hands of both the elder and the younger Gamaliel. Uma tradição fala uma variante de tal ter sido um Targum nas mãos de ambas as idosas e os jovens Gamaliel. Though this tradition is accepted even by Bacher (see Aramaic Language), there are no means of verifying this statement, the existing Targum to that book being of a much later date. Embora esta tradição é aceito até mesmo por Bacher (ver aramaico Language), não há meios de verificar essa afirmação, o Targum existentes para esse livro a ser de uma data muito mais tarde. The tradition certainly can not refer to a Greek translation, as Grätz ("Monatsschrift," xxvi. 87)holds. A tradição certamente não pode se referir a uma tradução grega, como Gratz ("Monatsschrift", xxvi. 87) se mantém.

According to Blau ("Einleitung," p. 79) the reference is to a copy written in the Old Hebrew script. De acordo com Blau ("Einleitung", p. 79) a referência é a uma cópia escrita no script hebraico antigo. The Targum is largely a paraphrase, reproducing the rabbinical tradition as regards the meaning of the text. O Targum é em grande parte uma paráfrase, reproduzindo a tradição rabínica que diz respeito ao significado do texto. For a history of this Targum see Targum. Para uma história deste Targum ver Targum. In passing a word should be said about the Samaritan version of the Pentateuch in the West-Aramaic dialect, which the Samaritans at one time spoke. Ao passar uma palavra deve ser dito sobre a versão do Pentateuco Samaritano, no dialeto West-aramaico, que os samaritanos em um tempo falou. It is as yet not possible to say in which century this version was made. Não é ainda possível dizer que no século esta versão foi feita. Even though the citations under the caption τὸ Σαμαρειτικόυ, which are found in the scholia to Origen's Hexapla, refer to it, Kohn believes that they are drawn from a Greek translation of the Samaritan made in Egypt. Mesmo que as citações sob a legenda τὸ Σαμαρειτικόυ, que são encontrados no scholia a Hexapla de Orígenes, se referem a ele, Kohn acredita que elas são tiradas a partir de uma tradução grega do Samaritano feitas no Egito. The text has been edited in Samaritan characters by H. Petermann and K. Vollers (Berlin, 1872-91), and in Hebrew characters by A. Brüll (1873-75), from the London Polyglot. O texto foi editado Samaritano, em caracteres por H. Petermann e Vollers K. (Berlim, 1872-1891), e em caracteres hebraicos por A. Brüll (1873-75), a partir do Polyglot Londres. M. Heidenheim's edition in Hebrew characters, of which Genesis only has appeared ("Bibliotheca Samaritana," i., Leipsic, 1884), has been very severely criticized (see Nestle, "Uebersetzungen der Bibel," p. 205). Edição M. Heidenheim, em caracteres hebraicos, de que Gênesis só tem aparecido ("Bibliotheca Samaritana", i., Leipsic, 1884), tem sido muito criticado (ver Nestlé, "Uebersetzungen der Bibel", p. 205).

Influence of Hellenism. Influência do helenismo.

The settlement of large numbers of Jews in various parts of the Greek world, the Hellenization of Palestine, and the presence in Jerusalem of Jews from all countries, especially from those under Greek influence, in course of time forced the Rabbis to treat the question more liberally. A liquidação de um grande número de judeus em várias partes do mundo grego, a helenização da Palestina, ea presença dos judeus em Jerusalém de todos os países, especialmente daqueles sob influência grega, no decorrer do tempo obrigou os Rabinos para tratar a questão mais liberalmente. According to Meg. De acordo com a Meg. ii. ii. 1, it was forbidden to read the Megillah in Aramaic or in any other non-Hebrew language, except for the foreign Jews () in Jerusalem (compare the Baraita in Bab. Meg. 18a; Shab. 115b); and that such foreign Jews were in the city in large numbers is seen from Acts ii. 1, foi proibido de ler a Meguilá em aramaico ou em qualquer língua não-hebraico, exceto para os judeus estrangeiros () em Jerusalém (compare as Baraita em Bab Meg 18a;... Shab 115b), e que os judeus como estrangeiros estavam na cidade em grande número é visto a partir de Atos II. 5-11. 5-11. So, also, it is found, according to another tradition (Meg. i. 8), that it was permitted to write the Biblical books in any language (); though R. Simon ben Gamaliel would restrict this permission to Greek (Yer. Meg. i. 1): "After careful examination it was found that the Pentateuch could be adequately translated only into Greek"). Assim, também, é encontrado, de acordo com outra tradição (Meg. i 8.), Que foi autorizado a escrever o livro bíblico em qualquer língua (); porém R. Simon ben Gamaliel iria restringir essa permissão para grego (Yer. Meg i 1):.. "Depois de uma cuidadosa análise, verificou-se que o Pentateuco poderia ser adequadamente traduzida apenas em grego").

Evidence exists of the fact that in the synagogue of the Greek was freely used (Tosef., Meg. iv. 13). Existe evidência o fato de que na sinagoga do grego foi usado livremente (Tosef., Meg. Iv. 13). There is even a tradition that Greek letters were engraven upon the chest in the Temple in which the shekels were kept (Sheḳ. iii. 2); and there is also Christian testimony to this effect (Justin, "Cohortatio ad Græcos," xiii.; Tertullian, "Apologia," xviii.; Frankel, "Vorstudien," p. 56). Há ainda uma tradição que as letras gregas foram gravados sobre o peito no templo em que o dinheiro foram mantidos (iii Sheḳ. 2.), E há também o testemunho cristão para este efeito (Justin, "Græcos Cohortatio anúncio," xiii. , Tertuliano, "Apologia", xviii,. Frankel, "Vorstudien", p 56).. It is reported that in Asia Minor R. Meïr was unable to find a Megillah written in Hebrew (Tosef., Meg. ii. 4); and the weekly lessons both from the Law and the Prophets were at an early date read in Greek in Alexandria ("Jew. Quart. Rev." ix. 730). É relatado que, na Ásia Menor R. Meir foi incapaz de encontrar um Megillah escrito em hebraico (Tosef., Meg ii 4..), E as aulas semanais, tanto da lei e dos profetas estavam em uma data de início de ler em grego Alexandria ("judeu. Quart. Rev." ix. 730). This makes comprehensible the statement that "the Law can be read in any language" (Soṭah 33a; Meg. 17b). Isso faz com que a declaração do compreensível que "a lei pode ser lido em qualquer língua" (Soṭah 33a;. Meg 17b). The well-known passage in the Mishnah (Yad. iv. 5) which mentions the Levitical impurity occasioned by touching Biblical books, and which especially excepts the Targum from these provisions, has been very properly explained by Blau as referring to different degrees of sanctity only: no translation could, of course, be put upon the same level with the original Hebrew. A bem conhecida passagem na Mishnah (iv Yad. 5) que menciona a impureza Levitical ocasionadas por tocar em livros bíblicos, e que especialmente excetua o Targum destas disposições, foi muito bem explicado pelo Blau como referindo-se a diferentes graus de santidade apenas: tradução não poderia, é claro, ser colocada sob o mesmo nível com o original hebraico.

At a later time-perhaps in the second century of the present era-a different view seems to have prevailed; and it was said that the day on which the Law was translated into Greek was as unfortunate for the Jews as that on which the Golden Calf was made (Soferim i. 8, 9). Em um momento posterior, talvez no segundo século da era presente, uma visão diferente, parece ter prevalecido, e dizia-se que o dia em que a lei foi traduzido para o grego era tão lamentável para os judeus como aquela em que o Golden bezerro foi feita (Soferim i. 8, 9). Even to teach children Greek was forbidden (Soṭah ix. 14); though it was still permitted to teach a girl Greek, as a knowledge of that language was considered to be an accomplishment. Mesmo para ensinar as crianças gregas foi proibido (Soṭah ix 14.), Embora ela ainda era permitida a ensinar uma menina grega, como um conhecimento da língua que foi considerado como uma realização. Evidently this change of view was occasioned by the rise of the Christian Church, which used the Bible only in the Septuagint Version. Evidentemente que esta mudança de perspectiva foi ocasionada pelo crescimento da Igreja Cristã, que utilizaram a Bíblia apenas na versão Septuaginta. It will be seen that in the Middle Ages the desire to please the women during the service and to instruct them led to the introduction of the vernacular, especially for the prophetical lessons. Será visto que, na Idade Média, o desejo de agradar as mulheres durante o serviço e para instruí-los, levou à introdução do vernáculo, especialmente para as aulas proféticas. The treatise Soferim even makes it a duty "to translate, for the women, the weekly readings from the Pentateuch and the Prophets before the close of the service. The translation was not read verse by verse after the Hebrew, but as one continuous passage" (Abrahams, "Jewish Life in the Middle Ages," p. 345). O tratado Soferim torna ainda um dever "de traduzir, para as mulheres, as leituras semanais do Pentateuco e os Profetas antes do encerramento do serviço. A tradução não foi lido versículo por versículo após o hebraico, mas como uma passagem contínua" (Abrahams, "A vida judaica na Idade Média", p. 345).

The Septuagint. A Septuaginta.

The oldest and most important of all the versions made by Jews is that called "The Septuagint" ("Interpretatio septuaginta virorum" or "seniorum"). O mais antigo e mais importante de todas as versões feitas por judeus é que chamou de "A Septuaginta" ("interpretatio septuaginta virorum" ou "seniorum"). It is a monument of the Greek spoken by the large and important Jewish community of Alexandria; not of classic Greek, nor even of the Hellenistic style affected by Alexandrian writers. É um monumento do grego falado pela grande e importante comunidade judaica de Alexandria, não de grego clássico, nem mesmo do estilo helenístico afetados por Alexandrino escritores. If the account given by Aristeas be true, some traces of Palestinian influence should be found; but a study of the Egyptian papyri, which are abundant for this particular period, is said by both Mahaffy and Deissmann to show a very close similarity between the language they represent and that of the Septuagint, not to mention the Egyptian words already recognized by both Hody and Eichhorn. Se o relato dado por Aristeu ser verdade, alguns vestígios da influência palestiniano deverá ser encontrada, mas um estudo dos papiros egípcios, que são abundantes para este período especial, é dito por ambos Mahaffy e Deissmann para mostrar uma semelhança muito estreita entre a linguagem que representam e de que a Septuaginta, para não mencionar as palavras egípcias já reconhecido por ambas Hody e Eichhorn. These papyri have in a measure reinstated Aristeas (about 200 BC) in the opinion of scholars. Estes Papiro tem reintegrado em uma medida Aristeu (cerca de 200 aC), na opinião de estudiosos. Upon his "Letter to Philocrates" the tradition as to the origin of the Septuagint rests. Após a sua "Carta aos Philocrates" a tradição quanto à origem da Septuaginta descansa. It is now believed that even though he may have been mistaken in some points, his facts in general are worthy of credence (Abrahams, in "Jew. Quart. Rev." xiv. 321). Acredita-se agora que, mesmo que ele pode ter sido enganado em alguns pontos, os seus fatos, em geral, são dignas de crédito (Abrahams, em "judeu Quart.. Rev." xiv. 321). According to Aristeas, the Pentateuch was translated at the time of Philadelphus, the second Ptolemy (285-247 BC), which translation was encouraged by the king and welcomed by the Jews of Alexandria. De acordo com Aristeu, o Pentateuco foi traduzido no momento da Filadelfo, o segundo Ptolomeu (285-247 aC), cuja tradução foi incentivada pelo rei e saudado pelos judeus de Alexandria. Grätz ("Gesch. der Juden," 3d ed., iii. 615) stands alone in assigning it to the reign of Philometor (181-146 BC). Gratz ("Gesch. Der Juden", 3 ª ed., Iii. 615) está sozinho na atribuindo-o ao reinado de Philometor (181-146 aC). Whatever share the king may have had in the work, it evidently satisfied a pressing need felt by the Jewish community, among whom a knowledge of Hebrew was rapidly waning before the demands of every-day life. Qualquer que partilham o rei possa ter tido no trabalho, ela obviamente satisfeita uma necessidade premente sentida pela comunidade judaica, entre os quais um conhecimento do hebraico foi rapidamente antes de desaparecer as demandas de cada-dia.

It is not known when the other books of the Bible were rendered into Greek. Não se sabe quando os outros livros da Bíblia foram fundidas em grego. The grandson of Ben Sira (132 BC), in the prologue to his translation of his grandfather's work, speaks of the "Law, Prophets, and the rest of the books" as being already current in his day. O neto de Ben Sira (132 aC), no prólogo de sua tradução da obra de seu avô, fala da "Lei, Profetas, eo resto dos livros" como estando já em curso o seu dia. A Greek Chronicles is mentioned by Eupolemus (middle of second century BC); Aristeas, the historian, quotes Job; a foot-note to the Greek Esther seems to show that that book was in circulation before the end of the second century BC; and the Septuagint Psalter is quoted in I Macc. A Crônicas grego é mencionada por Eupolemus (meados do segundo século aC); Aristeu, o historiador, Job citações; uma nota de rodapé para o grego Esther parece mostrar que o livro estava em circulação antes do final do segundo século aC, e Saltério Septuaginta é citado no Macc eu. vii. vii. 17. 17. It is therefore more than probable that the whole of the Bible was translated into Greek before the beginning of the Christian era (Swete, "An Introduction to the OT in Greek," ch. i.). Portanto, é mais do que provável que toda a Bíblia foi traduzida para o grego antes do início da era cristã (Swete, "Uma Introdução ao Antigo Testamento em grego," cap. I.). The large number of Greek-speaking Jewish communities in Palestine, Syria, Mesopotamia, Asia Minor, and northern Africa must have facilitated its spread in all these regions. O grande número de língua grega comunidades judaicas na Palestina, Síria, Mesopotâmia, Ásia Menor e África do Norte deve ter facilitado a sua disseminação em todas essas regiões. The quotations from the Old Testament found in the New are in the main taken from the Septuagint; and even where the citation is indirect the influence of this version is clearly seen. As citações do Antigo Testamento encontrada no Novo estão nas principais tomadas a partir da Septuaginta, e mesmo quando a citação é a influência do indireta desta versão é visto claramente. This will also explain in a measure the undoubted influence of the Septuagint upon the Syriac translation called the "Peshiṭta." Isto também uma medida em explicar a influência inegável da Septuaginta mediante a tradução siríaca chamado de "Peshiṭta".

Being a composite work, the translation varies in the different books. Sendo um compósito trabalho, a tradução varia nos diferentes livros. In the Pentateuch, naturally, it adheres most closely to the original; in Job it varies therefrom most widely. No Pentateuco, naturalmente, ele adere mais intimamente com o original, em Job ela varia mais amplamente. In some books (eg, Daniel) the influence of the Jewish Midrash is more apparent than in others. Em alguns livros (por exemplo, Daniel) a influência do judeu Midrash é mais aparente do que em outros. Where it is literal it is "intolerable as a literary work" (Swete, ib. p. 22). Onde é literal é "intolerável como uma obra literária" (Swete, ib. P. 22). The translation, which shows at times a peculiar ignorance of Hebrew usage, was evidently made from a codex which differed widely in places from the text crystallized by the Masorah. A tradução, que mostra, por vezes, um peculiar uso da ignorância hebraico, era, evidentemente, feita a partir de um códice que diferia amplamente nos locais de texto cristalizado pelo Masorah. Its influence upon the Greek-speaking Jews must have been great. Sua influência sobre os judeus de língua grega deve ter sido grande. In course of time it came to be the canonical Greek Bible, as Luther's translation became the German, and the Authorized Version the English. No decorrer do tempo ele veio a ser o grego bíblico canônico, como a tradução de Lutero tornou-se o alemão, ea Versão Autorizada do Inglês. It is the version used by the Jewish Hellenistic writers, Demetrius, Eupolemus, Artabanus, Aristeas, Ezekiel, and Aristobulus, as well as in the Book of Wisdom, the translation of Ben Sira, and the Jewish Sibyllines. É a versão usada pelos escritores judeus helenistas, Demétrio, Eupolemus, Artabano, Aristeu, Ezequiel e Aristóbulo, bem como no Livro da Sabedoria, a tradução de Ben Sira, e os Sibyllines judeus. Hornemann, Siegfried, and Ryle have shown that Philo bases his citations from the Bible on the Septuagint Version, though he has no scruple about modifying them or citing them with much freedom. Hornemann, Siegfried, e Ryle têm mostrado que Philo suas bases citações da Bíblia sobre a versão Septuaginta, embora ele não tem escrúpulos em modificá-los ou citá-los com muita liberdade. Josephus follows this translation closely (Freudenthal, "Hellenistische Studien," ii. 171; Siegfried, in Stade's "Zeitschrift," iii. 32). Josefo segue esta tradução de perto (Freudenthal, "Hellenistische Studien", ii 171;.. Siegfried, no Stade de "Zeitschrift", iii 32). It became part of the Bible of the Christian Church. Tornou-se parte da Bíblia da Igreja Cristã.

Aquila. Aquila.

Two things, however, rendered the Septuagint unwelcome in the long run to the Jews. Duas coisas, porém, tornou a Septuaginta indesejada, a longo prazo, para os judeus. Its divergence from the accepted text (afterward called the Masoretic) was too evident; and it therefore could not serve as a basis for theological discussion or for homiletic interpretation. Sua divergência com o texto aceito (mais tarde chamada de Massorético) era muito evidente, e, portanto, não poderia servir como base para a discussão teológica ou para homiletic interpretação. This distrust was accentuated by the fact that it had been adopted as Sacred Scripture by the new faith. Essa desconfiança foi acentuado pelo fato de que ele tinha sido adoptado pela Sagrada Escritura como a nova fé. A revision in the sense of the canonical Jewish text was necessary. Uma revisão no sentido do texto canônico judeu foi necessário. This revision was made by a proselyte, Aquila, who lived during the reign of Hadrian (117-138). Esta revisão foi feita por um adepto, Aquila, que viveu durante o reinado de Adriano (117-138). He is reported to have been a pupil of R. Akiba and to have embodied in his revision the principles of the strictest literal interpretation of the text; certainly his translation is pedantic, and its Greek is uncouth. Ele relatou ter sido um aluno de R. Akiba e de ter incorporado em sua revisão dos princípios da mais estrita interpretação literal do texto, certamente sua tradução é pedante, e sua grego é tosco. It strove only to reproduce the text word for word, and for this reason it grew rapidly in favor in strictly Jewish circles where Hebrew was yet understood. É só atentou para reproduzir o texto, palavra por palavra, e por este motivo, cresceu rapidamente em favor círculos estritamente judaico onde o hebraico foi ainda compreendido. Not only in the days of Origen was it thus popular, but, according to the testimony of Jerome and Augustine, down to the fourth and fifth centuries. Não só nos dias de Orígenes foi assim popular, mas, de acordo com o testemunho de Jerônimo e Agostinho, até os séculos IV e V. Of this translation a few fragments have come down to us, together with many citations made by Christian writers from Origen's Hexapla. Esta tradução de alguns fragmentos que chegaram até nós, juntamente com muitas citações feitas por escritores cristãos da Hexapla de Orígenes. In the middle of the sixth century a certain section of the Jews in Byzantium wished to read the Sabbath lections in Greek as well as in Hebrew; but the Rabbis and authorities desired that only Hebrew should be read. Em meados do século VI uma determinada seção dos judeus em Bizâncio pretendia ler o sábado lections em grego, bem como em hebraico, mas os rabinos e autoridades desejado que o hebraico só deve ser lido. The discussion came before the emperor, Justinian, who in the year 553 issued a novella in which it was expressly stated that "the Hebrews are allowed to read the Holy Writ in their synagogues in the Greek language"; and the emperor advised them to use either the Septuagint or the version of Aquila (Grätz, "Gesch. der Juden," v. 435). A discussão veio antes do imperador, Justiniano, que no ano 553 emitiu uma novela em que foi expressamente que "os hebreus são autorizados a ler a Sagrada Escritura nas suas sinagogas na língua grega"; eo imperador aconselhou-os a usar ou a Septuaginta ou a versão de Áquila (Gratz, "Gesch. der Juden", v 435).

Theodotion and Symmachus. Theodotion e Símaco.

A second revision of the Septuagint was made by one Theodotion, perhaps a native of Ephesus, who may have lived toward the end of the second century. A segunda revisão do Septuaginta foi feita por um Theodotion, talvez, um nativo de Éfeso, que pode ter vivido no final do segundo século. He is sometimes said to have been a convert to Judaism. Ele às vezes é dito ter sido um convertido ao judaísmo. His revision, also, is in the nature of a recurrence to the Hebrew text, but he avoids entirely the pedantry of Aquila, and his Greek gives a readable text; the only evidences of pedantry are his transliterations of a number of Hebrew words. Sua revisão, também, é da natureza de um retorno ao texto hebraico, mas ele evita totalmente o pedantismo de Áquila, e seu grega dá um texto legível, as evidências apenas de pedantismo são suas transliterações de uma série de palavras hebraicas. Strange to say, his version of Daniel entirely displaced that of the Septuagint; and in other portions his translations are occasionally found in ordinary Septuagint manuscripts. Estranho dizer, sua versão de Daniel inteiramente deslocada do que a Septuaginta, e em outras porções suas traduções são ocasionalmente encontradas em manuscritos ordinárias Septuaginta. For this fact no sufficient reason has yet been given. Por este facto não foi ainda suficiente razão foi dada. Fragments of his work are also found in the remains of Origen's Hexapla. Fragmentos de sua obra também são encontrados nos restos de Hexapla de Orígenes. A third translator, Symmachus, whose date is not known, tried to smooth down Aquila's un-Grecian Greek by the use of both the Septuagint and Theodotion. Um tradutor terceiro, Símaco, cuja data não é conhecido, tentou alisar não-gregas de Áquila grego pelo uso de ambos Septuaginta e Theodotion. He seems to be the best stylist of all. Ele parece ser o melhor estilista de todos. According to Epiphanius, he was a Samaritan convert to Judaism; but Eusebius and Jerome make him out an Ebionite. De acordo com Epifânio, ele era um samaritano convertido ao judaísmo, mas Eusébio e Jerônimo torná-lo um ebionita. Of the three other fragmentary translations into Greek used by Origen in compiling his Hexapla, very little is known. Dos outros três fragmentárias traduções para o grego usado por Orígenes, em sua compilação Hexapla, muito pouco se sabe. It is not even certain that they are the work of Jews. Nem sequer é certo que eles são obra de judeus.

Toward the end of the fourteenth century or at the beginning of the fifteenth another translation of the Bible into Greek was made, of which the portion covering the Pentateuch, Ruth, Proverbs, Canticles, Ecclesiastes, Lamentations, and Daniel is still preserved in manuscript (MS. Gr., No. vii.) in the library of St. Mark's, Venice. Perto do fim do século XIV ou no início do décimo quinto outra tradução da Bíblia para o grego foi feita, de que a parte que cobre o Pentateuco, Ruth, Provérbios, Cânticos, Eclesiastes, Lamentações e Daniel ainda está preservado no manuscrito ( MS. Gr., n º VII). na biblioteca de São Marcos, em Veneza. It has been edited in a final form by Oscar von Gebhardt ("Græcus Venetus," Leipsic, 1875), with a preface by Franz Delitzsch. Foi editado em uma forma final por Oscar von Gebhardt ("Græcus Venetus," Leipsic, 1875), com prefácio de Franz Delitzsch. According to Von Gebhardt, Delitzsch, and Freudenthal ("Hellenistische Studien," p. 129), the author was a Jew, who for some reason or other preferred the commentary of David Ḳimḥi to that of Rashi. De acordo com Von Gebhardt, Delitzsch, e Freudenthal ("Hellenistische Studien", p. 129), o autor era um judeu, que por alguma razão ou outra preferiu o comentário de David Kimhi ao de Rashi. The author has also used the former Greek versions. O autor também usou o grego antigo versões. The body of the work is done into Attic Greek; the Aramaic portions of Daniel are rendered into Doric. O corpo do trabalho é feito em grego ático, o aramaico porções de Daniel são prestados em dórico. Delitzsch has tried to identify the author with a certain Eliseus, a learned Jew at the court of Murad I. (see "Theol. Lit. Zeit." i. 107; Swete, lcp 56; Nestle, lcp 84). Delitzsch tentou identificar o autor com uma Eliseu certos, um erudito judeu na corte de Murad I. (ver "Theol Lit Zeit..." I 107;. Swete, LCP 56; Nestlé, LCP 84). On the other hand, P. Frankl has tried to show that the translator was a Christian and not a Jew ("Monatsschrift," xxiv. 372). Por outro lado, P. Frankl tentou mostrar que o tradutor era um cristão e não um judeu ("Monatsschrift" xxiv. 372). According to Grätz ("Gesch. der Juden," vii. 318), Shemariah of Negroponte (1328-46) rendered the Book of Genesis into Greek, in an attempt to bridge over the cleft separating Karaites from Rabbinites. De acordo com Gratz ("Gesch. Der Juden," vii. 318), Shemariah de Negroponte (1328-46) tornou o livro de Gênesis em grego, em uma tentativa de ponte sobre os caraítas fenda separando de Rabbinites. But Shemariah's work was a commentary and not a translation (Steinschneider, "Hebr. Bibl." xv. 39). Mas o trabalho Semarias foi um comentário e não uma tradução (Steinschneider, "Hebr. Bibl." Xv. 39). On translations of the Hafṭarot into Greek see "Magazin," ii. Em traduções da Hafṭarot em grego ver "Magazin", ii. 5. 5.

Modern Greek. Grego moderno.

The first attempt to translate the Bible into modern Greek was made by a monk of the island of Crete, Agapiou by name. A primeira tentativa de traduzir a Bíblia em grego moderno foi feita por um monge da ilha de Creta, Agapiou pelo nome. In 1543 he published a rendering of the Psalms which followed closely the Septuagint translation. Em 1543 ele publicou uma prestação de Salmos que acompanhou de perto a Septuaginta tradução. This preceded the first Jewish translation by only a few years. Isso antecedeu o primeiro judeu tradução por apenas alguns anos. One column of the Polyglot Pentateuch (Constantinople, 1547) contained a Neo-Greek version in Hebrew characters. Uma coluna do Polyglot Pentateuco (Constantinopla, 1547) continha uma versão Neo-grego em caracteres hebraicos. The dialect used is that of Epirus; and no single word of Turkish is to be found in it. O dialeto usado é o do Épiro, e nenhuma palavra de turco encontra-se na mesma. Though full of Hebraisims, it is said to be of importance for the study of Greek linguistics. Embora cheio de Hebraisims, diz-se ser de importância para o estudo do grego lingüística. The few copies of this edition which are now known to exist do not agree; and it has been suggested that corrections were made in the text during printing. As poucas cópias desta edição, que são agora conhecidos como existentes não estão de acordo, e tem sido sugerido que as correcções foram feitas no texto durante a impressão. In the "Revue des Etudes Grecques" (iii. 288 et seq.) Belleli has reprinted the first four chapters of Genesis; and a facsimile of the whole has been published by DC Hesseling, "Les Cinq Livres de la Loi" (Leyden, 1897; compare the discussion in "Rev. Etudes Juives," xxxv. 132, 314). Na "Revue des Etudes Grecques" (. Iii. 288 e seguintes) Belleli tem reimprimir os quatro primeiros capítulos do Gênesis, e um fac-símile do todo, que foi publicado pela DC Hesseling, "Les Cinq Livres de la Loi" (Leyden, 1897; comparar a discussão em "Apocalipse Etudes Juives", xxxv 132, 314).. A translation of Jonah into modern Greek is found in a manuscript volume of prayers in the library of the University of Bologna; and it is known, from R. Meïr Katzenellenbogen, that in his day (1470-1565) it was customary in Padua to read the Hafṭarah of the Atonement Day in the vernacular; this was also the case in Candia (Kapsali, ed. Lattes, p. 22). A tradução de Jonas em grego moderno é encontrada em um manuscrito volume de orações na biblioteca da Universidade de Bolonha, e sabe-se, a partir de R. Meir Katzenellenbogen, que em sua época (1470-1565), era costume em Pádua para ler o Hafṭarah o Dia da Expiação no vernáculo, este também foi o caso em Candia (Kapsali, ed Lattes, p 22..). L. Modena has shown ("Cataloghi dei Codici Orientali," p. 335, Florence, 1876) that this thirteenth-century manuscript, which came originally from Canea, is similar to MS. L. Modena tem mostrado ("Cataloghi dei Codici Orientali", p. 335, Florença, 1876) que este manuscrito do século XIII, que veio originalmente de Canea, é semelhante ao MS. No. 1144 in the Bodleian collection (Neubauer, "Cat. Bodl. Hebr. MSS." col. 333; "Rev. Etudes Juives," xxiii. 135). No. 1144 na coleção Bodleian (Neubauer, "Gato Bodl Hebr MSS...." Col 333;. "Apocalipse Etudes Juives", xxiii 135.). In 1576 Moses ben Elijah Phobian, or Popian, published at Constantinople a Neo-Greek translation of Job for the express purpose of facilitating the teaching of Hebrew (Belleli, in "Rev. Etudes Juives," xxii. 250; compare ib. xxiii. 136, xxiv. 160, and Güdemann, "Quellen'" pp. 239-289). Em 1576, Moisés ben Elias Phobian, ou Popian, publicado em Constantinopla uma tradução grega do Neo-Emprego para o propósito expresso de facilitar o ensino de hebraico (Belleli, em "Apocalipse Etudes Juives" xxii 250;. Comparar ib xxiii.. 136, xxiv. 160, e Güdemann, pp "Quellen '" 239-289).

The Peshiṭta. O Peshiṭta.

The Syriac translation of the Old Testament was undoubtedly made directly from the Hebrew; though at Antioch, during the third century of the present era and at later periods, it was revised so as to make it conform to the Septuagint. O sírio tradução do Antigo Testamento foi, sem dúvida, feita diretamente do hebraico, embora em Antioquia, durante o terceiro século da era atual e em períodos posteriores, foi revisto, de modo a adequá-la à Septuaginta. The history of its origin is obscure; but it was probably made in Mesopotamia during the first century. A história de sua origem é obscura, mas provavelmente foi feito na Mesopotâmia durante o primeiro século. As with most of the older translations, various hands have been at work here. Como a maioria das traduções mais antigas, várias mãos foram no trabalho aqui. Perles ("Meletemata Peschittoniana," Breslau, 1859), Prager ("De Veteris, Testamenti Versione Peschitto," Göttingen, 1875), and Bacher (see Aramaic Language) believe it is the work of Jews: but this has not yet been proved; and the view of Dathe, Eichhorn, Hitzig, Nöldeke, and Renan, that it owes its origin to Judæo-Christians, seems more probable. Perles ("Meletemata Peschittoniana", Breslau, 1859), Prager ("De Veteris, Versione testamenti Peschitto", Göttingen, 1875), e Bacher (ver aramaico Language) acreditam que é o trabalho dos judeus: mas isso ainda não foi provado ea exibição de Dathe, Eichhorn, Hitzig, Nöldeke, e Renan, que tem a sua origem judaico-cristãos, parece mais provável. Perles, however, has shown that there are unmistakable evidences in the Peshiṭta of the influence of the Targum, especially in Genesis. Perles, no entanto, mostrou que existem evidências inequívocas no Peshiṭta da influência do Targum, especialmente no Gênesis. This has been confirmed for Ezekiel by Cornill ("Das Buch Ezekiel," p. 154), for Chronicles by S. Fränkel (in "Jahrb. für Protestantische Theologie," 1879), and for Job by Stenig ("De Syriaca Libri Jobi Interp." Helsingfors, 1887), Mandl ("Peschitto zu Hiob," Leipsic, 1892), and Hauman (in Stade's "Zeitschrift," xix.29). Isto foi confirmado por Ezequiel pelos Cornill ("Das Buch Ezequiel", p. 154), por Crônicas por S. Frankel (em "Jahrb. Für protestantische Theologie", 1879), e para trabalho por Stenig ("De Syriaca Libri Jobi Interp. "Helsingfors, 1887), Mandl (" Hiob zu Peschitto, "Leipsic, 1892), e Hauman (no Stade de" Zeitschrift ", xix.29). The closest agreement between the two versions is found in the Book of Proverbs; but it is now generally held that in this case the Targum reflects the Peshiṭta and not vice versa, as Maybaum contends (Merx, "Archiv," vol. ii.). O mais próximo acordo entre as duas versões é encontrado no Livro dos Provérbios, mas agora é geralmente realizada de que, neste caso, o Targum reflete a Peshiṭta e não vice-versa, como afirma Maybaum (Merx, "Arquivo", vol II.). . This view is upheld by a consideration of the general character of the translation (Pinkuss, in Stade's "Zeitschrift," xiv. 101; see also Duval, "Littérature Syriaque," 1899, pp. 31 et seq.). Esta opinião é defendida por uma reflexão sobre o caráter geral da tradução (Pinkuss, no Stade de "Zeitschrift", xiv 101;. Ver também Duval, "Littérature Syriaque", 1899, pp 31 e segs.).

Arabic Versions. Versões árabe.

It is impossible to tell at how early a time the Jews commenced to translate the Bible into Arabic. É impossível dizer de que forma antecipada uma vez que os judeus começaram a traduzir a Bíblia para o árabe. After the early victories of the Mohammedans, Arabic civilization and Arabic surroundings brought the Jews into very close connection with the Arabic language. Após as primeiras vitórias dos maometanos, a civilização árabe e arredores árabes trouxe os judeus em muito estreita ligação com a língua árabe. Even where Hebrew was still kept up, the Hebrew alphabet must at times have gone out of fashion; for there exist some Karaite manuscripts of the tenth century, giving the Hebrew text in Arabic characters and with the letters used as vowel-signs (R. Hörning, "British Museum Karaite MSS." London, 1889; Margoliouth, "Cat. Hebr. and Samaritan MSS. Brit. Mus." i., Nos. 103, 104). Mesmo onde o hebraico foi ainda mantida, o alfabeto hebraico tem, por vezes, ter saído de moda, pois existem alguns manuscritos caraíta do décimo século, dando ao texto hebraico em caracteres árabes e com as letras utilizadas como vogais sinais (R. Horning, "British Museum Karaite MSS." Londres, 1889; Margoliouth, ".... Gato Hebr e Samaritano MSS Brit Mus." i, n º s 103, 104).. That the Jews had little scruple in reading the Bible in Arabic may be seen from Judah ibn Tibbon's advice to his son to read the Sabbath lections in that tongue ("Jew. Quart. Rev." xii. 484). Que os judeus tinham pouco escrúpulo na leitura da Bíblia em árabe pode ser visto a partir de conselhos Judá ibn Tibbon a seu filho para ler o sábado lections em que língua ("judeu Quart.. Rev." xii. 484). There are no facts, however, which prove that the early Jews of Arabia possessed any Arabic translation of the Bible. Não há fatos, no entanto, que provam que os primeiros judeus da Arábia possuíam qualquer tradução árabe da Bíblia. There is a tradition, going back to Abu Huraya, a contemporary of Mohammed, that "The People of the Book used to read the Taurah [Torah] in Hebrew and interpret it in Arabic to the followers of Islam"; which tradition is the basis of the polemics of Abu Mohammed ibn Ḥazm (d. 1064). Há uma tradição, que remonta a Abu Huraya, contemporâneo de Maomé, que "O Povo do Livro usado para ler o Taurah [Torá] em hebraico e interpretá-lo em árabe para os seguidores do Islã", que a tradição é a base das polêmicas de Abu Mohammed Ibn Hazm (m. 1064). Another tradition says that "Ka'ab the rabbi brought a book ["sifr"] to Omar the calif and said, 'Here is the Torah, read it'" (Goldziher, in "ZDMG" xxxii. 344). Outra tradição diz que "o rabino Ka'ab trouxe um livro [" sifr "] para o califa Omar e disse: 'Aqui é a Torá, lê-lo" (Goldziher, em "ZDMG" xxxii. 344). The evidence is insufficient; and thereis even less warrant for Sprenger's idea that apocryphal writings were current in Arabia during Mohammed's days (see Kuenen, "Volksreligion," p. 297). A prova é insuficiente, e thereis mandado ainda menos para a idéia de que Sprenger foram escritos apócrifos atuais na Arábia durante os dias de Maomé (ver Kuenen ", Volksreligion", p 297.). At a later time, however, such translations must have existed, even though little credence can be placed upon the assurances of the polemical writers that they had "read this in the Torah" or "in the Zabur [Psalms]" (ib. p. 351; compare Stade's "Zeitschrift," xiii. 315). Em um momento posterior, no entanto, essas traduções devem ter existido, apesar de pouca credibilidade pode ser colocado sob os protestos da polêmicos escritores que eles tinham "lido isto na Torá" ou "no Zabur [Salmos]" (ib. p . 351; comparar Stade de "Zeitschrift", xiii 315).. The Fihrist (ed. Flügel, i. 22) of Al-Nadim mentions an Aḥmad ibn Abd Allah ibn Salam who translated the Bible into Arabic, at the time of Harun al-Rashid. O Fihrist (ed. Flügel, i. 22) de Al-Nadim menciona um Ahmad ibn Abd Allah ibn Salam, que traduziu a Bíblia para o árabe, no momento de Harun al-Rashid. Faḥr al-Din al-Razi mentions a translation of Habbakuk by the son of Rabban al-Ṭabari ("ZDMG" xlii. 645). Fahr al-Din al-Razi menciona uma tradução de Habacuque pelo filho de Rabban al-Tabari ("ZDMG" xlii. 645). Many of the Arabic historians, as Al-Ṭabari, Mas'udi, Ḥamza, and Biruni, cite passages and recount the early history of the Jews in a most circumstantial manner. Muitos dos historiadores árabes, como a Al-Tabari, Mas'udi, Hamza, e Biruni, cita passagens e recontar a história dos primeiros judeus de uma forma mais circunstancial. Ibn Ḳutaibah, the historian (d. 889), says that he read the Bible; and he even made a collection of Biblical passages in a work which has been preserved by Ibn Jauzi of the twelfth century (see Haupt and Delitzsch, "Beiträge zur Assyriologie," iii. 46; Stade's "Zeitschrift," xv. 138). Ibn Ḳutaibah, o historiador (m. 889), diz que ele leu a Bíblia, e ele mesmo fez uma coleção de passagens bíblicas, em um trabalho que tem sido preservado por Ibn Jauzi do século XII (ver Haupt e Delitzsch, "Beiträge zur Assyriologie ", iii 46;. Stade de" Zeitschrift ", xv 138)..

Saadia Gaon. Saadia Gaon.

The first important Arabic translation is that of Saadia Gaon (892-942). A tradução árabe importante primeiro é o de Saadia Gaon (892-942). The influence of this translation was in its way as great as that of the gaon's philosophical work. A influência desta tradução estava em seu caminho tão grande quanto o do trabalho filosófico do Gaon de. It has remained to this day the version for the Jews in Arabic-speaking countries: it is dignified by the name "Targum"; and in many of the South Arabian Bible manuscripts it follows the Aramaic verse by verse, as the Aramaic follows the Hebrew. Ela manteve-se até hoje a versão para os judeus em países de língua árabe: é digna do nome "Targum", e em muitos dos manuscritos South Arabian Bíblia segue o aramaico versículo por versículo, como o aramaico segue o hebraico . Saadia in the main takes the Targum as his guide, especially in doing away with all anthropomorphisms. Saadia na principal leva o Targum como seu guia, especialmente em acabar com todos os antropomorfismos. His chief thought, however, is to produce a readable and intelligible translation. Seu pensamento principal, no entanto, é produzir uma tradução legível e inteligível. In this sense his translation may be called free; he was evidently working for a general reading public, both Jewish and Mohammedan, and not for scholars. Neste sentido, a sua tradução pode ser chamado de livre, ele estava evidentemente a trabalhar para um público leitor em geral, tanto judaica e muçulmana, e não para os estudiosos. Ibn Ezra blames him for the apparent case with which he passes over difficulties. Ibn Ezra culpa dele para o caso aparente com que ele passa sobre dificuldades. But, in calling this translation a "tafsir" (explanation), he meant to indicate that he aimed to present the simple sense ("basiṭ"="peshaṭ") of the Biblical text; and Abu al-Walid looks upon him as the chief representative of this method. Mas, em uma tradução esta chamando "tafsir" (explicação), ele pretende indicar que ele teve como objetivo apresentar o sentido simples ("Basit" = "Peshat") do texto bíblico, e Abu al-Walid olha para ele como o principal representante deste método. His fervent belief in the verbal inspiration of the Biblical text kept him free, on the one hand, from the influence of his rationalistic philosophy and, on the other, from the allegorical method of the Talmud (Editio Derenbourg, vx; Bacher in Winter and Wünsche, "Jüdische Litteratur," iii. 244). Sua fervorosa crença na inspiração verbal do texto bíblico manteve-o livre, por um lado, a partir da influência de sua filosofia racionalista e, por outro, a partir do método alegórico do Talmude (Editio Derenbourg, vx; Bacher no inverno e Wünsche ", Jüdische Litteratur," iii. 244). When no word in Arabic will exactly express his meaning, he uses the Hebrew word or adopts the Hebrew construction. Quando nenhuma palavra em árabe será exatamente expressar o seu significado, ele usa a palavra hebraica ou aprove a construção hebraico. In addition, he attempts to reproduce Hebrew words by Arabic words with a similar sound (Munk, in Cahen's "Bible," ix. 127). Além disso, ele tenta reproduzir palavras hebraicas por palavras árabes com um som semelhante (Munk, em Cahen da "Bíblia", ix. 127). Saadia, in the introduction to the commentary on the Pentateuch, states that he translated it twice: once with a diffuse commentary; the second time without the commentary. Saadia, na introdução do comentário sobre o, Pentateuco afirma que ele traduziu-a duas vezes: uma vez com um comentário difuso; segunda vez, sem o comentário. Of the first translation only a few fragments and citations by Abraham ibn Ezra, Baḥya ben Asher, Abraham Maimonides, etc., have been preserved (Derenbourg's ed. of the Pentateuch, Hebrew part, p. vii.; "Monatsschrift," xli. 205; "Jew. Quart. Rev." xii. 536). Da primeira tradução apenas alguns fragmentos e citações por Abraham ibn Ezra, Bahya ben Asher, Maimônides Abraão, etc, foram preservados (ed Derenbourg de Pentateuco, parte hebreu, p vii;... "Monatsschrift", xli. 205; "judeu Quart Rev..". xii 536).. Of this work, at one time complete, only the Pentateuch, Isaiah, Minor Prophets, portions of Judges, Psalms, Job, Proverbs, and Daniel are now extant. Deste trabalho, ao mesmo tempo completo, apenas o Pentateuco, Isaías, Profetas Menores, porções de juízes, Salmos, Jó, Provérbios, e Daniel estão agora existentes.

Saadia's translation was first printed in the Polyglot Pentateuch, Constantinople, 1546. Tradução Saadia foi impresso pela primeira vez no Pentateuco Polyglot, Constantinopla, 1546. It was reproduced in Arabic characters in the Paris and London Polyglots (1645-57). Ela foi reproduzida em caracteres árabes em Paris e poliglotas Londres (1645-1657). From time to time more or less critical editions of various portions have been published; a complete list of these editions as well as of the extant manuscripts is given by Steinschneider in the "Kaufmann Gedenkbuch," pp. 153 et seq. De tempos em tempos mais ou menos edições críticas de várias partes foram publicados; uma lista completa dessas edições, bem como dos manuscritos existentes é dada por Steinschneider no "Kaufmann Gedenkbuch", pp 153 e segs. (see also "Monatsschrift," xli. 124, and Engelkemper, "De Saadiæ Gaonis Vita, Bibliorum Versione, etc.," Münster, 1897). (Ver também "Monatsschrift", xli. 124, Engelkemper e, "De Saadiæ Gaonis Vita, Versione Bibliorum, etc", Münster, 1897). A definite edition of the translation and commentaries was commenced by the late Joseph Derenbourg, "Œuvres Complètes de R. Saadia," Paris, 1893 et seq., and is being carried on by Hartwig Derenbourg and Mayer Lambert; the Pentateuch, Isaiah, Proverbs, and Job have appeared (1902). A edição definitiva da tradução e comentários foi iniciado pelo falecido José Derenbourg ", Oeuvres completes de R. Saadia," Paris, 1893 e seguintes, e está sendo realizada por Hartwig Derenbourg e Lambert Mayer;. Os Provérbios Pentateuco, Isaías, , Jó e apareceram (1902).

Other Arabic Versions. Outras versões árabe.

A number of other translations into Arabic must have existed. Uma série de outras traduções para o árabe deve ter existido. Abu al-Walid mentions some of them, though it can hardly be determined to-day to which translations he refers (Bacher, "Leben und Werke des Abulwalid," p. 99). Abu al-Walid menciona alguns deles, embora dificilmente pode ser determinado a-dia para que ele se refere traduções (Bacher, "Leben und Werke des Abulwalid", p. 99). Some of them, though bearing no direct relation to that of Saadia, show evident traces of his influence. Alguns deles, porém sem relação direta com a de Saadia, mostra evidentes traços de sua influência. This is true at least of a translation of the Minor Prophets, Isaiah, Jeremiah, and Ezekiel, found in Codex Huntington (No. 206 in the Bodleian Library, Oxford). Isto é verdade, pelo menos, de uma tradução dos Profetas Menores, Isaías, Jeremias e Ezequiel, encontrados no Codex Huntington (n º 206 na Biblioteca Bodleian, de Oxford). From this manuscript Hosea was published by R. Schröter in Merx, "Archiv," i. A partir deste manuscrito foi publicada pelo Oséias R. Schröter em Merx, "Arquivo", i. 28 et seq. 28 et seq. M. Peritz has edited "Zwei Alte Uebersetzungen des Buches Ruth," Berlin, 1900 ("Monatsschrift," 1899, pp. 49 et seq.). M. Peritz editou "Zwei Alte Uebersetzungen des Buches Ruth," Berlim, 1900 ("Monatsschrift", 1899, pp 49 e segs.). The second of these, from a manuscript in the British Museum, though it shows most of the peculiarities of Saadia's translation, is not by him (see also Poznanski, in "Zeit. für Hebr. Bibl." iv. 167). O segundo deles, a partir de um manuscrito no Museu Britânico, que mostra a maioria das peculiaridades de tradução Saadia, não é por ele (ver também Poznanski, em "Zeit. Für Hebr. Bibl." Iv. 167). Nothing is known of the fragments of the Arabic version of the Pentateuch found in the twelfth-century manuscript, St. Petersburg, Nos. 137 and 138 (Harkavy-Strack, "Catalog," p. 164). Nada é conhecido dos fragmentos da versão árabe do Pentateuco encontrado no manuscrito do século XII, de São Petersburgo, N º s 137 e 138 (Harkavy-Strack, "Catálogo", p. 164). Another translation of the Five Scrolls is found in British Museum MSS., Nos. 146, 147 (Poznanski, in "Rev. Etudes Juives," xli. 302). Outra tradução dos cinco primeiros livros é encontrado no Museu Britânico MSS., N º s 146, 147 (Poznanski, em "Apocalipse Etudes Juives", xli. 302). A rimed version of the Psalms was made by one Ḥafẓ al-Ḳuṭi (tenth century), which is contained in a manuscript of the Ambrosian Library in Milan (Hammer-Purgstall in "Bibl. Ital. di Letteratura," civ. 36), copied in 1625 from a manuscript in the Escurial, which has since been lost. Uma versão rimed dos Salmos foi feita por um Ḥafẓ al-Kuti (século X), que está contido em um manuscrito da Biblioteca Ambrosiana de Milão (Hammer-Purgstall em "Bibl. Ital. Di Letteratura", civ. 36), copiado em 1625 a partir de um manuscrito no Escurial, que já foi perdido. It is cited by Moses ibn Ezra in his "Poetics"; but it is evident that this translation was made by one who was not even, as has been supposed, a baptized Jew ("Hebr. Bibl." x. 26). Ele é citado por Moisés ibn Ezra, em sua "Poética", mas é evidente que esta tradução foi feita por alguém que não era mesmo, como foi suposto, um judeu batizado ("Hebr Bibl.". X 26.). Neubauer has pointed out ("Rev. Etudes Juives," xxx. 65) that it contains Christian quotations; and the term "the Goth" (ib. p. 318) would sufficiently indicate that the author was a Christian. Neubauer apontou ("Apocalipse Etudes Juives," XXX 65.) Que contém citações cristãs, e o termo "Gótico" (ib. p 318.) Seria suficiente indicar que o autor era um cristão. A version of Ecclesiastes by Judah ibn Ghayyat has been published by J. Löwy, Leyden, 1884 (see Rahmer's "Jüdisches Litteratur-Blatt," May 29, 1884, p. 88). Uma versão de Eclesiastes por Judah ibn Ghayyat foi publicada por J. Löwy, Leyden, 1884 (ver Rahmer de "Jüdisches Litteratur-Blatt", 29 de maio de 1884, p. 88). In the thirteenth century a translation of the Pentateuch was made by an African Jew, who also based his work on that of Saadia. No século XIII, uma tradução do Pentateuco foi feita por um judeu Africano, que também baseia seu trabalho sobre a de Saadia. It is known as the "Arabs Erpenii" ("Pent. Mosis Arabice," Lug.-Bat. MS., No. 1622). É conhecido como o "árabes Erpenii" ("Pent. Arabice Mosis," Lug. Bat-. MS., No. 1622). (On a supposed translation of the Psalms by Saadia ben Levi Azankot see Steinschneider, "Cat. Bodl." col. 2227.) In modern times several Arabic translations of the Bible have been published in India; eg, by Ezekiel Shem-Ṭob David, Bombay, 1889, and the Apocrypha by Joseph David, Bombay, 1895. (".. Gato Bodl".. Numa tradução suposto dos Salmos por Saadia ben Levi Azankot Sé Steinschneider, col 2227) Nos tempos modernos, várias traduções árabes da Bíblia foram publicados na Índia, por exemplo, por Ezequiel-Shem Tob David , Bombaim, 1889, e os apócrifos por Joseph David, Bombaim, 1895.

Karaite Versions. Caraíta versões.

It was natural that the Karaites should refuse to make use of the version in Arabic made by their arch-enemy, Saadia. Era natural que os caraítas deve recusar-se a fazer uso da versão em árabe feita pelo seu arqui-inimigo, Saadia. Only two or three of their attempts to replace it have come down; and even these have been preserved in a most fragmentary form only. Apenas duas ou três das suas tentativas para substituí-lo vieram para baixo, e mesmo estes têm sido preservados em uma forma mais fragmentada apenas. One of the earliest of these attempts was that made by Joshua b. Um dos mais antigos destas tentativas foi feita por Josué b. Ari, or, to give him the name by which he is better known, Abu al-Faraj Furḳan ibn Asad, a learned Jerusalem Karaite of the middle of the eleventh century. Ari, ou, para dar-lhe o nome pelo qual ele é mais conhecido, Abu al-Faraj Furkan ibn Asad, um erudito caraíta Jerusalém de meados do século XI. A portion of his Arabic translation of the Pentateuch is to be found in MS. Uma parte de sua tradução árabe do Pentateuco é encontrado em MS. Or. Ou. 2491 of the British Museum. 2491, do Museu Britânico. It shows occasionally a decided rationalistic tendency, explanatory glosses being introduced here and there into the text (G. Margoliouth, in "Jew. Quart. Rev." xi. 190). Ela mostra ocasionalmente uma tendência decidiu racionalista, glosas explicativas sendo introduzido aqui e ali no texto (G. Margoliouth, em "judeu Quart.. Rev." xi. 190). Whether Japheth ha-Levi (Ibn Ali al-Baṣri) really translated any parts of the Bible (Margoliouth, "Descriptive List," pp. 25 et seq.), is undetermined; but it is known that he had the ambitious desire to write an extensive commentary upon the whole Bible (Steinschneider, "Hebr. Uebers." p. 941). Jafé se ha-Levi (Ibn Ali al-Basri) traduziu realmente quaisquer partes da Bíblia (. Margoliouth ", lista descritiva", pp 25 e seguintes), é indeterminado, mas sabe-se que ele tinha o ambicioso desejo de escrever um extenso comentário sobre a Bíblia inteira (Steinschneider, "Hebr. Uebers.", p. 941). According to Margoliouth ("Cat. Hebr. and Samaritan MSS. Brit. Mus." p. 71), MS. De acordo com Margoliouth ("Gato. Hebr. Samaritano e MSS. Brit. Mus.", P. 71), MS. Brit. Brit. Mus. Mus. 101 (Or. 2481) contains an Arabic translation of the Pentateuch based upon that of Japheth. 101 (Or. 2481) contém uma tradução em árabe do Pentateuco com base em que de Jafé.

Samaritan Revision of Saadia. Samaritano edições de Saadia.

The translation of Saadia, as is said above, had become a standard work in Egypt, Palestine, and Syria. A tradução de Saadia, como se disse acima, tornou-se um padrão de trabalho no Egito, Palestina e Síria. But to the Samaritans it was as distasteful (Harkavy, "Ḥadashim," No. 7, p. 22) as it no doubt had been to the Karaites, because of the rabbinical interpretations which it represented. Mas, para os samaritanos que era de mau gosto (Harkavy ", Ḥadashim", n º 7, p. 22), uma vez que sem dúvida tinha sido para os caraítas, por causa das interpretações rabínicas que representavam. At some time, perhaps during the thirteenth century, it was revised by a Samaritan with the express purpose of adapting it to the use of his coreligionists. Em algum tempo, talvez durante o século XIII, foi revisto por um samaritano com o propósito expresso de adaptá-lo ao uso de seus correligionários. This revision is usually held to have been made by Abu Sa'id ibn abu al-Ḥusain ibn abu Sa'id, and has claimed the attention of European scholars such as De Sacy ("Mémoires de l'Académie," 1808, xlix. 1 et seq.), Gesenius ("De Pentateuchi Samaritani Origine, Indole et Auctoritate," p. 120, Halle, 1815), and Juynboll ("Commentatio de Versione Arabico-Samaritana," Amsterdam, 1846). Esta revisão é geralmente realizada de ter sido feita por Abu Sa'id ibn abu al-Husain ibn Abu Sa'id, e reivindicou a atenção dos estudiosos europeus, como De Sacy ("Mémoires de l'Académie", de 1808, XLIX. 1 e segs.), Genésio ("De Pentateuchi Origine Samaritani, Indole et Auctoritate", p. 120, Halle, 1815), e Juynboll ("Commentatio Versione de Arabico-Samaritana", Amesterdão, 1846). Of it Genesis, Ezodus, and Leviticus have been edited by A. Kuenen (Leyden, 1851-54; see Kohn, "Zur Sprache der Samaritaner," p. 134; Nestle, lcp 153). De que Gênesis, Ezodus, e Levítico foram editados por A. Kuenen (Leyden, 1851-54, ver Kohn, "Zur Sprache der Samaritaner", p 134;. Nestlé, LCP 153). Abu Sa'id was supposed to have lived about the year 1070; but Wreschner ("Samaritanische Tradition," 1888, p. xix.) has shown that he flourished in the thirteenth century. Abu Sa'id era suposto ter vivido por volta do ano 1070, mas Wreschner ("Tradição Samaritanische", 1888, p xix..) Mostrou que floresceu no século XIII. According to Joseph Bloch, "Die Samaritanisch-Arabische Pentateuch Uebersetzung," p. De acordo com Joseph Bloch, "Die Samaritanisch-Arabische Pentateuco Uebersetzung", p. 16, Berlin, 1901, the real translator is perhaps the Tyrian, Abu al-Ḥasan, and Abu Sa'id is only a scholiast. 16, Berlim, 1901, o tradutor real é talvez o Tyrian, Abu al-Hasan, e Abu Sa'id é apenas um comentador. If this be true, it was not the first translation; for one was made in the twelfth century by Ṣadaḳa ibn Munajja of Damascus, a physician in the service of Sultan Malik al-Ashraf (Haji Khalifah, ii. 402; Neubauer, "Chronique Samaritaine," p. 112). Se isso for verdade, não foi a primeira tradução, pois um foi feito no século XII por Sadaka ibn Munajja de Damasco, um médico a serviço do sultão Malik al-Ashraf (Haji Khalifah, ii 402;. Neubauer, "Chronique Samaritaine ", p. 112).

Persian Versions. Versões persas.

It is not known at what time the first translations of the Bible were made into Persian. Não se sabe em que momento as primeiras traduções da Bíblia foram feitas em persa. From quotations in the "Dinkard" and the "Shikand Gumanik Vijar" (theological works of the Sassanian period), James Darmesteter has supposed that one existed in Pahlavi ("Rev. Etudes Juives," xviii. 5); but the supposition is unsupported by any real evidence. A partir de cotações na "Dinkard" e do "Shikand Gumanik Vijar" (obras teológicas do período sassânida), James Darmesteter suposto que tenha existido em Pahlavi ("Apocalipse Etudes Juives," xviii. 5), mas a suposição é incompatível por qualquer prova real. Blau also ("Einleitung," p. 95) seems to incline to this opinion, because Bab. Blau também ("Einleitung", p. 95) parece inclinar-se a esta opinião, porque Bab. Meg. Meg. 18a speaks of a scroll of Esther in the Elamite and Median languages. 18a fala de um deslocamento de Ester, as línguas elamitas e Mediana. According to Maimonides, the Pentạteuch was translated into Persian many hundred years previous to Mohammed (Zunz, "GV" 2d ed., p. 9). De acordo com Maimônides, o Pentateuco foi traduzido em persa muitas centenas de anos anteriores a Maomé (Zunz, "GV" 2d ed., P. 9). This statement also can not be further substantiated. Esta afirmação também não pode ser mais fundamentada. The earliest version of which we have any knowledge is that made by Jacob ben Joseph Tawus, and printed in Hebrew characters in the Polyglot Pentateuch, Constantinople, 1546. A versão mais antiga de que temos qualquer conhecimento que é feita por Jacob ben Joseph Tawus, e impresso em caracteres hebraicos no Pentateuco Polyglot, Constantinopla, 1546. This was transcribed into Persian characters and translated into Latin by Thomas Hyde, in which form it was published in the London Polyglot. Este foi transcrito em caracteres persas e traduzido em latim por Thomas Hyde, de forma que ela foi publicada na Poliglota de Londres. Kohut ("Beleuchtung der Persischen Pentateuch-Uebersetzung," 1871) places Tawus in the first half of the sixteenth century (compare also Zunz, "GS" iii. 136). Kohut ("Beleuchtung der Persischen Pentateuco-Uebersetzung", 1871) coloca Tawus na primeira metade do século XVI (compare também Zunz, "GS" iii. 136). According to Steinschneider ("Jewish Literature," p. 321), Tawus made use of an earlier translation made in the thirteenth century (see Munk, in Cahen's "Bible," vol. ix.), which followed the Targum and the commentary of David Ḳimḥi. Segundo a Steinschneider ("Literatura judaica", p. 321), Tawus fez uso de uma tradução anterior feita no século XIII (ver Munk, em Cahen da "Bíblia", vol. Ix.), Que seguiu o Targum eo comentário de David Kimhi. A number of translations into Persian are to be found in the various collections of manuscript, of which the following is a partial list: Um certo número de traduções em persa encontram-se em várias colecções de manuscrito, sendo o que se segue é uma lista parcial:

Pentateuch: Pentateuco:

Vatican MS. Vaticano MS. 61 (Guidi, in "Rendiconti . . . dei Lincei," 1885, p. 347). 61 (Guidi, em "Rendiconti ... dei Lincei", 1885, p. 347). Codex Adler B. 63, written in 1776 ("Jew. Quart. Rev." x. 596). Codex Adler B. 63, escrito em 1776 ("judeu. Quart. Rev." x. 596). Codex St. Petersburg 141 (not by Tawus; Harkavy-Strack, "Cat." p. 166). Codex São Petersburgo 141 (não por Tawus; ". Gato" Harkavy-Strack, p 166.).

Psalms: Vatican MS. Salmos: Vaticano MS. 37; Bodleian MS. 37; Bodleian MS. 1830. 1830. Vatican MS. Vaticano MS. 42; Bodleian MS. 42; Bodleian MS. 1827 (Jewish? Horn, in "ZDMG" li. 7). 1827 (judeu? Horn, em "ZDMG" li. 7). Codex Adler B. 27 ("Jew. Quart. Rev." x. 592). Codex Adler B. 27 ("judeu. Quart. Rev." x. 592). Brit. Brit. Mus. Mus. MSS. MSS. 159, 160 (transl. about 1740 by Baba b. Nuriel of Ispahan; Margoliouth, "Cat. of Hebr. and Samaritan MSS. Brit. Mus." p. 120). 159, 160 (trad. cerca de 1740 por Baba b Nuriel de Ispahan,. Margoliouth, ".... Gato de Hebr e Samaritano MSS Brit Mus." P 120.). Brit. Brit. Mus. Mus. MS. MS. Or. Ou. 4729 (dated 1822; "Jew. Quart. Rev." vii. 119). 4729 (datada de 1822; "... Judeu Quart Rev." vii 119). Proverbs, Canticles, Ruth, Ecclesiastes: Paris MS. Provérbios, Cânticos, Rute, Eclesiastes: Paris MS. 116 ("Cat. des MSS. Héb. de la Bibl. Nat."). 116 ("Gato. Des MSS. Heb. De la Bibl. Nat.").

Proverbs, Canticles, Ecclesiastes: Codex Adler B. 46 ("Jew. Quart. Rev." x. 595). Provérbios, Cânticos, Eclesiastes: Codex Adler B. 46 ("judeu Quart Rev..". X 595.). Paris MS. Paris MS. 117 ("Cat. des MSS. Héb. de la Bibl. Nat."). 117 ("Gato. Des MSS. Heb. De la Bibl. Nat."). Proverbs: On a translation now lost, see Lagarde, "Symmicta," ii. Provérbios: Em uma tradução agora perdido, ver Lagarde, "Symmicta," ii. 14. 14.

Job and Lamentations: Codex de Rossi 1093 (Zunz, "GS" iii. 135). Jó e Lamentações: Codex de Rossi 1093 (Zunz, "GS" iii 135.). Paris MS. Paris MS. 118 ("Cat. des MSS. Hébreux de la Bibl. Nat."). 118 ("Gato. Des MSS. Hébreux de la Bibl. Nat.").

Job: Codex St. Petersburg 142 (Harkavy-Strack, p. 167.). Trabalho: Codex São Petersburgo 142 (Harkavy-Strack, p 167.).. Paris MSS. Paris MSS. 120, 121 ("Catalogue," etc.). 120, 121 ("Catálogo", etc.) Song of Songs: Codex Adler B. 12 ("Jew. Quart. Rev." x. 589). Cântico dos Cânticos: Codex Adler B. 12 ("judeu Quart Rev..". X 589.).

Daniel: Paris MSS. Daniel: Paris MSS. 128, 129 ("Catalogue," etc.). 128, 129 ("Catálogo", etc.)

Esther: Codex Adler T. 16 and 27 ("Jew. Quart. Rev." x. 598, 599). Esther: Codex Adler T. 16 e 27 ("judeu Quart Rev..". X 598, 599.). Paris MS. Paris MS. 127 ("Catalogue," etc.). 127 ("Catálogo", etc.)

Tobit, Judith, Bel and Dragon, Antiochus: Codex Bodleian 130. Tobias, Judite, Bel e do Dragão, Antíoco: Codex Bodleian 130. Minor Prophets: Codex St. Petersburg 139 and Codex B. 18 (Harkavy-Strack, pp. 165, 262). Profetas Menores: 139 do Codex St. Petersburg e Codex B. 18 (Harkavy-Strack, pp 165, 262).

Hafṭarot: Codex St. Petersburg 140 (Harkavy-Strack, p. 166). Hafṭarot: Codex São Petersburgo 140 (Harkavy-Strack, p 166.). There are also some quite modern translations into Persian, as , Vienna, 1883 (transl. by Benjamin Cohen of Bokhara; see "Lit.-Blatt für Or. Phil." i. 186); , Jerusalem, 1885; Job, ib.; the latter two also translated by Benjamin Cohen. Há também algumas traduções bastante modernas em persa, como, Viena, 1883 (trad. por Benjamin Cohen, da Bokhara; ver "Literatura-Blatt für Ou Phil.." I 186.);, Jerusalém, 1885; trabalho, ib. , os dois últimos também traduzido por Benjamin Cohen.

Tatar Versions. Versões de tártaro.

For the use of the Karaites in the Crimea and Turkey, a translation has been made into the Tshagatai-Tatar dialect. Para o uso de caraítas na Crimeia e Turquia, a tradução foi feita para o dialeto Tshagatai-tártara. The Pentateuch was printed (text and Tshagatai in Hebrew characters) by 'Irab Ozlu & Sons, Constantinople, 1836, with the title ; on the margin are the ; and acrostic poems are added by Abraham ben Samuel, Simḥah ben Joseph (Chages?), Isaac Cohen, and Isaac ben Samuel Cohen of Jerusalem. O Pentateuco foi impresso (texto e Tshagatai em caracteres hebraicos) por "Irab Özlü & Sons, Constantinopla, de 1836, com o título; à margem são a, e poemas acrósticos são adicionados por Abraham ben Samuel, Simḥah ben Joseph (chages?) , Isaac Cohen, e Isaac ben Samuel Cohen, de Jerusalém. The whole Bible was printed in Tshagatai by Mordecai Trishkin (4 vols., Goslov, 1841-42; see "Jew. Quart. Rev." xii. 686). A Bíblia inteira foi impressa em Tshagatai por Mardoqueu Trishkin (4 vols, Goslov, 1841-1842;. Ver xii 686 "judeu Quart Rev...".). Extracts are also to be found in the of Musafia, printed at Ortaköi (Constantinople), 1825, and published by the same firm that edited the Pentateuch of 1836 ("Jew. Quart. Rev." xiii. 549). Extratos devem também ser encontradas no de Musafia, impresso em Ortaköi (Constantinopla), de 1825, e publicado pela mesma empresa que editou o Pentateuco de 1836 ("judeu Quart.. Rev." xiii. 549). Manuscripts of such translations exist also in the Imperial Library at St. Petersburg (Nos. 143-146; Harkavy-Strack, "Cat." pp. 167-170). Manuscritos de tais traduções existem também na Biblioteca Imperial de São Petersburgo (n. º s 143-146; Harkavy-Strack, "gato". Pp 167-170).

Coptic and Hungarian. Copta e húngaro.

Talmud tradition expressly speaks of a Coptic translation of the Bible (Meg. 18a; Shabbat 115a). Tradição Talmud expressamente fala de uma tradução copta da Bíblia (Meg. 18a; Shabat 115a). Cornill, in his examination of the Coptic text of Ezekiel, finds the one published by Tattam to be of composite character and not simply a translation of the Septuagint. Cornill, em sua análise do texto copta de Ezequiel, encontra o publicado pela Tattam a ser de carácter compósito e não simplesmente uma tradução da Septuaginta. Blau believes that it was made directly from the Hebrew text ("Einleitung," p. 91; "Jew. Quart. Rev." ix. 728). Blau acredita que ela foi feita diretamente do texto hebraico ("Einleitung", p 91;. "... Judeu Quart Rev." ix 728).

No Jewish translation into Hungarian was made until quite recently, the Jews of Hungary making use of the Catholic and Protestant versions of the sixteenth and seventeenth centuries. Sem tradução para o húngaro judeu foi feito até muito recentemente, os judeus da Hungria fazendo uso das versões católicas e protestantes dos séculos XVI e XVII. About the middle of the nineteenth century M. Bloch (Ballaghi) attempted such a rendering; but he was not successful. Sobre o meio do século XIX M. Bloch (Ballaghi) tentou tal uma renderização, mas ele não foi bem sucedida. His plan has recently (1902) been carried out; and the Pentateuch (by M. Bernstein and M. Blau), Joshua, Judges, Samuel, and Kings (by Julius Fischer, Bánóczi, Bacher, and Krauss) have appeared (see "Rev. Etudes Juives," xliii. 158). Seu plano foi recentemente (1902) foi realizada, e do Pentateuco (por M. Bernstein e Blau M.), Josué, Juízes, Samuel e Reis (por Júlio Fischer, Bánóczi, Bacher, e Krauss) têm aparecido (ver " Rev. Etudes Juives ", xliii. 158).

Judæo-German. Judaico-alemã.

The translation of the Bible into the German dialect spoken by the Jews of middle Europe was commenced at an early date. A tradução da Bíblia para o dialeto alemão falado pelos judeus da Europa central foi iniciada em uma data próxima. A manuscript in the collection of De Rossi, dated Mantua, 1421, contains a Judæo-German translation of Joshua, Judges, Jonah, and four of the Megillot. Um manuscrito na coleção de De Rossi, de Mântua, 1421, contém uma tradução judaico-alemã de Josué, Juízes, Jonas, e quatro do Megillot. De Rossi supposed them to be written in Polish because they were brought to Italy by Polish Jews (Neubauer, in "Jew. Quart. Rev." iv. 703). De Rossi suposto que sejam escritos em polaco, porque eles foram levados à Itália por judeus poloneses (Neubauer, em "judeu Quart.. Rev." iv. 703). Such translations were technically known as "Teutsch-Ḥummash." Essas traduções foram tecnicamente conhecido como "Teutsch-Ḥummash". A printer had innocently placed the words (Cant. iii. 11) on the title-page of such a translation made by Jacob ben Isaac of Janow (Lublin, 17th century?), from which they became familiarly called "Ze'enah U-re'ennah"; and down to the time of Mendelssohn's translation they were popular reading-books, especially for women on Saturdays. Uma impressora inocentemente colocou as palavras (Cant. iii. 11) na página de rosto de tal tradução feita por Jacob ben Isaac de Janow (Lublin, século 17?), Do qual tornou-se familiarmente chamado de "U-Ze'enah re'ennah ", e até o tempo de tradução de Mendelssohn eram populares livros de leitura, especialmente para as mulheres, aos sábados. They were embellished with all manner of explanations, legends, and moral sayings, which were inserted into the text (Steinschneider, "Volkslitteratur der Juden," p. 17). Eles foram enriquecidas com todos os tipos de explicações, lendas e ditos morais, que foram inseridos no texto (Steinschneider, "Volkslitteratur der Juden", p. 17). The first rendering of this kind was made by a convert, Michael Adam, the translator of Yosippon into Judæo-German. A primeira prestação deste tipo foi feita por um convertido, Michael Adam, o tradutor do Yosippon em judaico-alemã. It was published by Paulus Fagius, Constance, 1543-44 (Steinschneider, "Cat. Bodl." Nos. 1187, 4333; Perles, in "Monatsschrift," xxv. 361; id. "Aramäische Studien," p. 167; "Rev. Etudes Juives," v. 143, 315), and was reprinted at Basel in 1583 and 1607. Foi publicado pela Paulus Fagius, Constance, 1543-1544 (Steinschneider, "Gato Bodl.." N º s 1187, 4333; Perles, em "Monatsschrift", xxv 361;.. Id "Aramäische Studien", p 167; ". Apocalipse Etudes Juives ", v 143, 315), e foi reimpressa em Basiléia em 1583 e 1607. It has nothing in common with Luther's translation, as Wolf ("Bibl. Hebr." iv. 198) supposes. Não tem nada em comum com a tradução de Lutero, como Wolf ("Bibl. Hebr." Iv. 198) supõe. This Pentateuch was reprinted at Cremona, 1560 (ed. Judah ben Moses Naphtali); Basel, 1583; ib. Este Pentateuco foi reimpresso em Cremona, 1560 (ed. Judá ben Moisés Naftali); Basel, 1583; ib. 1603; Prague, 1608, 1610; Frankfort-on-the-Main, 1687. 1603, Praga, 1608, 1610; Frankfort-on-the-Main, 1687. A rimed version of it appeared at Fürth, 1692, and Wilmersdorf, 1718; and a second rimed version of Genesis was made by a certain Aaron of Prague during the seventeenth century. Um rimed versão apareceu em Fürth, 1692, e Wilmersdorf, 1718, e uma segunda versão rimed de Gênesis foi feita por um certo Aaron de Praga durante o século XVII. In 1543-44 Paulus Æmilius published a similar translation of the Pentateuch (Augsburg, 1544). Em 1543-44 Paulus Æmilius publicou uma tradução similar do Pentateuco (Augsburg, 1544). It is uncertain whether Æmilius simply copied the edition of Adam or not (Steinschneider, in "Zeit. für Gesch. der Juden in Deutschland," i. 286). É incerto se Æmilius simplesmente copiado a edição de Adão ou não (Steinschneider, em "Zeit. Für Gesch. Der Juden in Deutschland", i. 286). Æmilius also edited at Ingolstadt (1562) the Judæo-German rimed translation of Samuel in German characters. Æmilius também editado em Ingolstadt (1562) a tradução judaico-alemã rimed de Samuel em caracteres alemães. This was a mere copy of the edition in Hebrew characters by Ḥayyim ben David Schwartz, Augsburg, 1544 (ib. i. 285). Esta foi uma mera cópia da edição em caracteres hebraicos por Ḥayyim ben David Schwartz, Augsburg, 1544 (ib. i. 285). It was called the ("Samuel Book"). Ele foi chamado de ("Livro de Samuel"). This was reprinted at Mantua about 1562; Cracow, 1593; Prague, 1609; Basel, 1612. Este foi reeditado em Mântua sobre 1562; Cracóvia, 1593, Praga, 1609; Basileia, 1612. Schwartz also published a rimed translation of Kings, , Augsburg, 1543; Prague, 1607. Schwartz também publicou uma tradução rimed dos Reis, Augsburg, 1543, Praga, 1607. A translation of Judges (rimed) appeared at Mantua in 1561; one of Joshua, "derneut in teutscher Sprach, wol gereimt . . . hübsch mit Midraschim," at Cracow in 1588 or 1594; one of Canticles, by Isaac Sulkes, at Cracow in 1579; another by Moses Särtels, Prague, 1604; one of Jeremiah, ib. A tradução de Juízes (rimed) apareceu em Mântua, em 1561, um de Josué, "derneut em Sprach teutscher, wol gereimt ... hübsch mit Midraschim", em Cracóvia em 1588 ou 1594, um dos Cânticos, por Isaac Sulkes, em Cracóvia em 1579, outra por Moisés Särtels, Praga, 1604; uma de Jeremias, ib. 1602; one of Ezekiel (rimed), ib. 1602, um de Ezequiel (rimed), ib. 1602; and one of Jonah, " mit viel und alle Midraschim" (rimed), Prague, before 1686. 1602, e um de Jonas, "mit viel und Midraschim alle" (rimed), Praga, antes de 1686.

The first Judæo-German translation of the Psalms was that of Elijah Levita (Venice, 1545; Zurich, 1558, etc.); it was arranged in the order of the psalms said on each day of the week. A tradução judaico-alemã primeiro dos Salmos foi o de Elias Levita (Veneza, 1545; Zurique, 1558, etc), e foi organizada na ordem dos salmos disse, em cada dia da semana. A rimed by Moses Stendal appeared at Cracow in 1586. Um rimed por Moisés Stendal apareceu em Cracóvia em 1586. Proverbs was translated by Mordecai ben (Isaac) Jacob Töplitz, Cracow, 1582 (a version also appeared at Amsterdam, 1735); and Job by the same (?), Prague, 1597. Provérbios foi traduzido por Mordecai ben (Isaac) Jacob Töplitz, Cracóvia, 1582 (uma versão também apareceu em Amesterdão, 1735), e pelo mesmo trabalho, Praga, 1597 (?). A translation of Kings appeared at Cracow in 1583 (Neubauer, in "Rev. Etudes Juives," v. 144); one of Esther, ib. A tradução dos Reis apareceu em Cracóvia em 1583 (Neubauer, em "Apocalipse Etudes Juives", v 144); uma de Ester, ib. 1596; and one of Daniel, " in teutscher Sprach hübsch und bescheidlich, gar kurzweilig darin zu leien Weiber und Meidlich," Cracow, 1588. 1596, e um de Daniel ", em Sprach teutscher hübsch und bescheidlich, gar kurzweilig zu darin leien Weiber und Meidlich", Cracóvia, 1588. These editions of Cracow came from the press of Isaac ben Aaron Prossnitz, whose intention it was to publish the whole Bible in Judæo-German in order that "women and children might be able to read without the help of a teacher" (Perles, in "Monatsschrift," xxv. 353). Estas edições de Cracóvia veio da imprensa de Isaac ben Aaron Prossnitz, cuja intenção era publicar a Bíblia inteira em judaico-alemã a fim de que "as mulheres e as crianças podem ser capazes de ler sem a ajuda de um professor" (Perles, em "Monatsschrift" xxv. 353). Isaac Blitz's Bible. Bíblia Isaac Blitz.

The first complete Bible in Judæo-German was that of Isaac Blitz, Amsterdam, 1676-78. A primeira Bíblia completa em judaico-alemã foi a de Isaac Blitz, Amsterdam, 1676-1678. It was for the use of the Polish Jews who had fled thither a few years previously because of the Chmielnicki persecutions. Foi para o uso dos judeus poloneses que fugiram para lá alguns anos antes por causa das perseguições Chmielnicki. It must have been the intention of the translator to push its sale in Poland also; for letters patent were granted for it by John Sobieski III. Deve ter sido a intenção do tradutor para empurrar a sua venda na Polónia também, por cartas patentes foram concedidas por ele por João Sobieski III. This translation exercised very little influence, as the Judæo-German in which itwas written contained many Dutch words and expressions (Wiener, "Yiddish Literature," p. 19). Esta tradução exerceu uma influência muito pouco, como o judaico-alemão, no qual itwas escritas contidas muitas palavras holandesas e expressões (Wiener, "Literatura iídiche", p. 19). A second translation, in opposition to that of Blitz, was published in Amsterdam in 1679 by Joseph Witzenhausen, formerly a compositor in the employ of Uri Phoebus, the printer of the former edition. A segunda tradução, em oposição ao do Blitz, foi publicado em Amsterdã em 1679 por Joseph Witzenhausen, ex-compositor a serviço de Uri Phoebus, a impressora da edição anterior. Witzenhausen was able to secure the approbation of the Council of the Four Lands, and his attempt to make the Athias edition supersede that of Phoebus occasioned much bad blood (see Joseph Athias). Witzenhausen foi capaz de garantir a aprovação do Conselho dos Quatro Terras, e sua tentativa de tornar a edição Athias substitui a de Phoebus ocasionado muito sangue ruim (ver Joseph Athias). A second edition of this last translation was published at Amsterdam in 1687, and a third, in German characters, at Wandsbeck in 1711. A segunda edição desta última tradução foi publicada em Amesterdão, em 1687, e um terceiro, em caracteres alemães, em Wandsbeck em 1711. A third translation, by Süssman Rödelheim and Menahem Man Levi, under the title , appeared at Amsterdam in 1725-29. Uma terceira tradução, por Sussman Rödelheim e Homem Menahem Levi, sob o título, apareceu em Amesterdão, em 1725-29. At the same place in 1735 there was published an edition of Proverbs ("Cat. Rosenthal. Bibl." i. 207). No mesmo local, em 1735, havia publicado uma edição de Provérbios ("Gato. Rosenthal. Bibl." I. 207). It was more than one hundred years before another complete German translation was published, namely, at Prague, 1833-37; but this was of a composite character, as its editor, W. Meyer, made use of various translations (in general, compare Grünbaum, "Jüdisch-Deutsche Chrestomathie," Leipsic, 1882). Era mais do que cem anos antes de outra tradução completa alemão foi publicado, ou seja, em Praga, 1833-37, mas esta era de um personagem composto, como seu editor, W. Meyer, fez uso de várias traduções (em geral, compare Grünbaum, "Jüdisch-Deutsche Chrestomathie," Leipsic, 1882).

German Translation-Mendelssohn. Tradução Alemão-Mendelssohn.

The growing acquaintance of the Jews with German literature soon produced a marked discontent with these Judæo-German translations. O conhecimento crescente dos judeus com a literatura alemã logo produziu um descontentamento marcado com estas traduções judaico-alemãs. This discontent was voiced by the rabbis of Berlin, Mecklenburg, and Courland (Zunz, "GV" 2d ed., p. 467). Este descontentamento foi manifestado pelos rabinos de Berlim, Mecklenburg, e Curlândia (Zunz, "GV" 2d ed., P. 467). To meet this want Mendelssohn stepped into the breach; and his translation of the Pentateuch is worthy of more than a passing notice. Para atender a essa carência Mendelssohn entrou na violação, ea sua tradução do Pentateuco é digno de mais de um aviso de passagem. It had a special importance in that it not only aroused an esthetic interest in literature on the part of those who read it, but also paved the way for a more general use of High German among the Jews of Germany, among whom it may be said to have introduced a new literary era (Kayserling, "Moses Mendelssohn," p. 286; "Literaturblatt des Orients," 1840, p. 320; Auerbach, in "Zeitschrift für Gesch. der Juden in Deutschland," i. 25; Wogue, "Hist. de la Bible et de l'Exégèse," p. 329). Ele teve uma importância especial em que não só despertou um interesse estético na literatura por parte de quem a lê, mas também abriu o caminho para um uso mais geral do alto alemão entre os judeus da Alemanha, entre os quais pode-se dizer ter introduzido uma nova era literária (Kayserling ", Moses Mendelssohn," p 286;. "Orienta Literaturblatt des", 1840, p 320.;. Auerbach, em ". Zeitschrift für Juden Gesch der in Deutschland", i 25; Wogue , "Hist. de la Bible et de l'Exegese", p. 329). Mendelssohn undertook the work for the instruction of his own children; but upon the advice of Solomon Dubno, consented to its publication on condition that Dubno should write a commentary explaining the reasons why Mendelssohn chose his various renderings. Mendelssohn comprometeu a trabalhar para a instrução de seus próprios filhos, mas quando o conselho de Salomão Dubno, consentiu com a sua publicação na condição de Dubno deveria escrever um comentário explicando as razões pelas quais escolheu Mendelssohn suas várias acepções. A specimen, "'Alim li-Trufah," was edited by Dubno (Amsterdam, 1778), and aroused the liveliest interest on the part of Christians as well as of Jews. Um espécime "," Alim li-Trufah ", foi editado por Dubno (Amsterdam, 1778), e despertou o mais vivo interesse por parte dos cristãos, bem como de judeus. It was natural that it should also evoke strenuous opposition, especially on the part of those Jews who feared that the reading of High German would cause the Jewish youth to neglect their Hebrew studies. Era natural que ele também deve evocar oposição extenuante, especialmente por parte dos judeus que temiam que a leitura de alto alemão faria com que a juventude judaica a negligenciar seus estudos hebraicos. Foremost in this opposition were the rabbis Ezekiel Landau (d. 1793) of Prague, Raphael ha-Kohen (1722-1803), of Hamburg, Altona, and Wandsbeck, Hirsch Janow (1750-85) of Fürth, and Phineas Levi Horwitz (1740-1803) of Frankfort-on-the-Main. O mais importante neste oposição foram os rabinos Ezequiel Landau (m. 1793) de Praga, Raphael ha-Kohen (1722-1803), de Hamburgo, Altona, e Wandsbeck, Hirsch Janow (1750-1785) de Fürth, e Phineas Levi Horwitz ( 1740-1803) de Frankfort-on-the-Main. In June, 1799, the proposed translation was put under the ban at Fürth. Em junho de 1799, a proposta de tradução foi colocado sob a proibição em Fürth. It was also forbidden in some cities of Poland, and is said even to have been publicly burned. Também foi proibida em algumas cidades da Polônia, e é dito ainda ter sido queimados publicamente. An additional ban was laid upon it by Raphael ha-Kohen (July 17, 1781; see Grätz, "Gesch. der Juden," xi. 585, note 1). Uma proibição adicional foi colocada em cima dele por Raphael ha-Kohen (17 de julho de 1781; ver Gratz, nota "Gesch der Juden." Xi 585, 1.). Work on it was, however, continued with the assistance of Solomon Dubno, Hertz Homberg, and Aaron Jaroslav. Trabalhar com ele foi, no entanto, continuou com a assistência de Salomão Dubno, Homberg Hertz, e Jaroslav Aaron. Dubno became frightened at the continued opposition, and retired, forcing Mendelssohn himself to do an additional share of the work. Dubno ficou assustado com a contínua oposição, e retirou-se, forçando Mendelssohn-se para fazer uma participação adicional de trabalho. Though the translation was in High German, it was printed in Hebrew characters under the title , with a Hebrew commentary or "biur," the commentaries of Rashi, etc., and an introduction by Naphtali Hertz Wessely. Embora a tradução estava em alto alemão, foi impresso em caracteres hebraicos sob o título, com um comentário hebraico ou "biur," os comentários de Rashi, etc, e uma introdução por Naftali Hertz Wessely. It appeared in parts-Genesis, Berlin, 1780; Exodus, ib. Ela apareceu em peças-Gênesis, Berlim, 1780; Êxodo, ib. 1781; Leviticus, ib. 1781; Levítico, ib. 1782; Numbers and Deuteronomy, ib. 1782, Números e Deuteronômio, ib. 1783-and has often been republished both in German and in Hebrew characters. 1783-e tem sido republicado tanto em alemão e em caracteres hebraicos. An attempt was made in Mendelssohn's time to issue an edition in German characters; but the German Jews at that time looked upon the work as so exceptionally strange that its publication had to be suspended (Bernfeld, "Juden im 19 Jahrhundert," p. 9). Uma tentativa foi feita em tempo de Mendelssohn para emitir uma edição em caracteres alemães, mas os judeus alemães naquele momento olhou para o trabalho como tão excepcionalmente estranho que a sua publicação teve de ser suspenso (Bernfeld, "Juden im 19 Jahrhundert", p 9. ). Mendelssohn also published (Berlin, 1783) a translation of the Psalms (which, however, follows closely that of Luther; "Literaturblatt des Orients," 1840, p. 320) and one of the Song of Solomon (ib. 1788). Mendelssohn também publicou (Berlim, 1783) uma tradução dos Salmos (que, no entanto, segue de perto o de Lutero "; Orienta Literaturblatt des", 1840, p 320.) E um da Canção de Salomão (ib. 1788). These translations attempted a conscientious reproduction of the text, and sought to make the pathos of the original felt in the German; and they were followed by a large school of translators (see Biurists). Estas traduções tentou uma reprodução consciente do texto, e procurou fazer o pathos do original sentida no Alemão, e eles foram acompanhados por uma grande escola de tradutores (ver Biurists). CEJ Bunsen ("Vollständiges Bibelwerk," I. xvii.) calls these and similar translations "Synagogenbibeln." CEJ Bunsen ("Vollständiges Bibelwerk", I. xvii.) Chama estas e outras traduções "Synagogenbibeln". He says "they do not speak in the historical German language, but in the Hebræo-rabbinical Judæo-German"; a verdict which is wholly one-sided, if one excepts the proper names, where an attempt was made to reproduce the Hebrew originals ("Monatsschrift," ix. 156). Ele diz que "eles não falam na linguagem histórica alemã, mas no Hebræo-rabínico judaico-alemã", um veredicto que é totalmente unilateral, se um excetua os nomes próprios, onde foi feita uma tentativa de reproduzir os originais hebraicos ("Monatsschrift" ix. 156). Only a few of Mendelssohn's followers can be mentioned here. Apenas alguns dos seguidores Mendelssohn pode ser mencionado aqui. His translation of the Song of Solomon was published after his death by Joel Löwe and Aaron Wolfson. Sua tradução da Canção de Salomão foi publicado após sua morte por Joel Lowe e Aaron Wolfson. The first of these also published a translation of Jonah (Berlin, 1788); while the second translated Lamentations, Esther, and Ruth (Berlin, 1788), Job (ib. 1788; Prague, 1791; Vienna, 1806), and Kings (Breslau, 1809). O primeiro deles também publicou uma tradução de Jonas (Berlim, 1788), enquanto os Lamentações segundo traduzidos, Ester e Rute (Berlim, 1788), Trabalho (ib. 1788, Praga, Viena, 1791, 1806) e Reis ( Breslau, 1809). Isaac Euchel translated Proverbs (Berlin, 1790; Dessau, 1804), introducing, however, philosophical expressions into the text, thereby often clouding the meaning. Isaac Euchel traduzido Provérbios (Berlim, 1790; Dessau, 1804), apresentando, no entanto, expressões filosóficas sobre o texto, assim, muitas vezes obscurecendo o significado. David Friedländer, who translated Ecclesiastes (in German characters, Berlin, 1788), wrote in a belletristic style. David Friedlander, que traduziu o Eclesiastes (em caracteres alemães, Berlim, 1788), escreveu em um estilo de ficção. Meïr Obernik translated Joshua, Judges, and Samuel, and, together with Samuel Detmold, the Second Book of Samuel (), Vienna, 1792). Meir Obernik traduzido Josué, Juízes e Samuel, e, juntamente com Samuel Detmold, o Segundo Livro de Samuel (), Viena, 1792). M. Philippson, Joseph Wolf, Gotthold Salomon, Israel Neumann, and J. Löwe were the translators of the Minor Prophets published in Dessau, 1805, under the title (stereotyped as early as 1837). M. Philippson, Joseph Wolf, Gotthold Salomon, Israel Neumann, e J. Löwe eram os tradutores dos Profetas Menores, publicados em Dessau, de 1805, sob o título (estereotipado já em 1837). Wolf also published a translation of Daniel (Dessau, 1808); David Ottensosser one of Job (Offenbach, 1807), Isaiah (Fürth, 1807), and Lamentations (ib. 1811), and together with SJ Kohn, of Jeremiah (ib. 1810). Wolf também publicou uma tradução de Daniel (Dessau, 1808); David Ottensosser um de Jó (Offenbach, 1807), Isaías (Fürth, 1807), e Lamentações (ib. 1811) e, juntamente com SJ Kohn, de Jeremias (ib. 1810). A translation of Isaiah, Jeremiah, Ezekiel, Daniel, Ezra, Nehemiah, and Chronicles by Ottensosser, Kohn, and Schwabacher appeared at Fürth, 1807-23. A tradução de Isaías, Jeremias, Ezequiel, Daniel, Esdras, Neemias e Crônicas por Ottensosser, Kohn, e Schwabacher apareceu em Fürth, 1807-1823. Isaiah was also translated by Isaiah Hochstetter (Winter and Wünsche, "Die Jüdische Litteratur," iii. 744), Jeremiahby Heinemann (Berlin, 1842), Job by Beer Blumenfeld (Vienna, 1826), and Psalms by Shalom Kohn (Hamburg, 1827). Isaías também foi traduzido por Isaías Hochstetter (Inverno e Wünsche, "Die Jüdische Litteratur," iii. 744), Heinemann Jeremiahby (Berlim, 1842), Jó pela cerveja Blumenfeld (Viena, 1826), e os Salmos por Shalom Kohn (Hamburgo, 1827 ). The period of the Mendelssohnian biurists may be fittingly said to end with the Bible published by Moses Landau (20 parts, Prague, 1833-37, mentioned above. Of this work the translations of the Pentateuch, Psalms, and Five Scrolls were those of Mendelssohn; the translations of the other books were contributed by Moses Landau, J. Weisse, S. Sachs, A. Benisch, and W. Mayer; and the Minor Prophets were reprinted from the edition of Dessau, 1805 (Steinschneider, "Cat. Bodl." No. 972). It may also be added here that an edition of Proverbs, Job, and the Five Scrolls, with translations by Obernik, Euchel, Wolfson, Mendelssohn, and Friedländer, had already appeared at Vienna in 1817-18; and in Hebrew characters at Basel in 1822-27. O período dos biurists Mendelssohnian pode ser apropriadamente disse para acabar com a Bíblia publicada por Moisés Landau (20 peças, Praga, 1833-1837, mencionadas acima. Desse trabalho, a tradução do Pentateuco, Salmos, e cinco rolos foram os de Mendelssohn , as traduções dos outros livros foram contribuídas por Moisés Landau, Weisse J., S. Sachs, Benisch A., e Mayer W., e os Profetas Menores foram reimpressos a partir da edição de Dessau, 1805 (Steinschneider, "Gato Bodl. .. "Não. 972) Também pode ser adicionado aqui que uma edição de Provérbios, Jó, e os cinco rolos, com traduções por Obernik, Euchel, Wolfson, Mendelssohn, e Friedländer, já havia aparecido em Viena em 1817-1818; e em caracteres hebraicos em Basileia, em 1822-27.

Other German Versions. Outras versões alemãs.

The translation of Mendelssohn threatened to become canonical: but the German Jews had tasted of modern learning; and toward the latter end of the first half of the nineteenth century various individual attempts were made to provide better translations for the general public, which should reflect the progress then already made in Biblical science. A tradução de Mendelssohn ameaçava tornar-se canônico: mas os judeus alemães tinha provado da aprendizagem moderna, e para o fim último da primeira metade do século XIX, várias tentativas individuais foram feitas para proporcionar melhores traduções para o público em geral, o que deve refletir o progredir então já feitos na ciência bíblica. The first in the field was Joseph Johlson (Asher ben Joseph of Fulda), whose attempt, though worthy of notice here, was not successful, notwithstanding the fact that the text was accompanied by learned philological notes (Minor Prophets, Carlsruhe, 1827; Pentateuch, ib. 1831; the historical books, ib. 1836). O primeiro no campo era José Johlson (Asher ben José de Fulda), cuja tentativa, embora digno de nota aqui, não foi bem sucedida, apesar do fato de que o texto foi acompanhado por notas filológicas aprendidas (Profetas Menores, Carlsruhe, 1827; Pentateuco , ib 1831;. os livros históricos, IB 1836).. Bunsen (lcp xvii.) even declares his work to be "geistreich und scharfsinnig" (compare Geiger's "Zeitschrift," 1836, p. 442; 1837, p. 121). Bunsen (. LCP xvii) ainda declara que seu trabalho seja "geistreich und scharfsinnig" (compare Geiger "Zeitschrift", 1836, p 442;.. 1837, p 121). Mention may also be made of AA Wolff's double translation (word for word and metrical) of Habakkuk; Phœbus Philippsohn's "Hosea, Joel, Jonah, Obadiah und Nahum in Metrisch-Deutscher Uebersetzung," Halle, 1827; A. Rebenstein's (Bernstein's) sentimental translation of the Song of Solomon (Berlin, 1834; compare "Literaturblatt des Orients," 1840, p. 324); SH Auerbach's Ecclesiastes (Breslau, 1837), into which he reads his own philosophy; and Michael Sachs's Psalms (Berlin, 1835). Menção também pode ser feito de dupla tradução AA Wolff (palavra por palavra e métrico) de Habacuque; Phoebus Philippsohn de "Oséias, Joel, Jonas, Obadias und Nahum em Metrisch-Deutscher Uebersetzung", Halle, 1827; A. Rebenstein do (Bernstein) sentimental tradução de Cantares de Salomão (Berlim, 1834; comparar "Orienta Literaturblatt des", 1840, p 324.); Eclesiastes SH Auerbach (Breslau, 1837), em que ele lê a sua própria filosofia, e Salmos Michael Sachs (Berlim, 1835 ). The last was a clear protest against previous attempts, which reflected too much the individuality of the translators. O último foi um protesto claro contra as tentativas anteriores, o que reflete muito a individualidade dos tradutores. Sachs tried to give "a purely scientific and philological" rendering of the original, taking Rückert as his guide, whose translation of Ps. Sachs tentou dar um "puramente científico e filológico" renderização do original, tendo Rückert como seu guia, cuja tradução do Ps. lxviii. LXVIII. he inserted bodily (see Zunz, in Geiger's "Wiss. Zeit. Jüd. Theol." ii. 499, and in "GS" iii. 116, who characterizes the work as "somewhat stiff and awkward"). ele inseriu corporal (ver Zunz, em Geiger "Wiss. Zeit. Jud. Theol." ii. 499, e na "GS" iii. 116, que caracteriza a obra como "um pouco duro e difícil"). It was reprinted in the edition of the Prophets and the Hagiographa , Fürth, 1842-47 (Zedner, "Cat. Hebr. Books Brit. Mus." p. 119), and was revised for Zunz's Bible ("Monatsschrift," xxxviii. 507). Ele foi reimpresso na edição dos profetas e dos Hagiographa, Fürth, 1842-1847 (Zedner, "Gato. Hebr. Livros Brit. Mus.", P. 119), e foi revisado para Bíblia Zunz de ("Monatsschrift", xxxviii. 507). This protest was carried to excess by Gotthold Salomon, who, in addition to his work on the Dessau edition of the Minor Prophets (see above), translated the Pentateuch (Krotoschin, 1848-49; see the criticism of Hess in "Allg. Zeit. des Jud." 1839, p. 80, and of L. Skreinka in "Literaturblatt des Orients," 1840, pp. 468 et seq.). Este protesto foi levado ao excesso de Gotthold Salomon, que, além de seu trabalho na edição de Dessau dos Profetas Menores (ver acima), traduziu o Pentateuco (Krotoschin, 1848-1849; Zeit ver a crítica de Hess em "Allg. . des Jud. ", 1839, p. 80, e de L. Skreinka em" Orienta Literaturblatt des ", 1840, pp 468 e segs.). The translations of Job (Glogau, 1836) and of the Pentateuch (ib. 1840) by Heimann Arnheim, though in Hebrew characters and intended chiefly for use as part of the ritual, show good judgment and philological schooling ("Literaturblatt des Orients," 1840, p. 641). As traduções de Jó (Glogau, 1836) e do Pentateuco (ib. 1840) por Heimann Arnheim, embora em caracteres hebraicos e destinados principalmente para uso como parte do ritual, mostrar bom senso e educação filológica ("Orienta Literaturblatt des", 1840, p. 641). Only a mere mention can be made of L. Herzberg's Ecclesiastes (Brunswick, 1838; see Zunz, in Jost's "Annalen," 1839, p. 102) and of LH Löwenstein's metrical translation of Proverbs and Lamentations (Frankfort-on-the-Main, 1837-38). Apenas uma menção mera podem ser feitas de Eclesiastes L. Herzberg (Brunswick, 1838; ver Zunz, em Jost "Annalen", 1839, p 102.) E de tradução métrica LH Löwenstein de Provérbios e Lamentações (Frankfort-on-the-Main , 1837-1838). Gotthold Salomon's "Deutsche Volks- und Schul-Bibel" (Altona, 1837) was the first translation of the entire Old Testament in German characters made by a Jew. Gotthold Salomon "Deutsche Volks-und Schul-Bibel" (Altona, 1837) foi a primeira tradução do Antigo Testamento inteiro em caracteres alemães feitos por um judeu. It was stereotyped and was intended to be sold so cheaply that every one could afford to buy it (see the correspondence in Jost's "Annalen," 1839, Nos. 12 et seq.). Foi estereotipado e se destinava a ser vendido tão barato que qualquer um poderia dar ao luxo de comprá-lo (veja a correspondência em Jost "Annalen", 1839, n º s 12 e segs.).

Zunz's Bible. Bíblia do Zunz.

More important was the attempt made by L. Zunz to provide a Bible for school and home. Mais importante foi a tentativa feita por L. Zunz para proporcionar uma Bíblia para a escola e casa. As editor, he translated only the books of Chronicles, the rest of the work being done by H. Arnheim, Julius Fürst, and M. Sachs (Berlin, 1838). Como editor, ele traduziu apenas os livros de Crônicas, o resto do trabalho que está sendo feito por H. Arnheim, Fürst Julius, e M. Sachs (Berlim, 1838). Zunz succeeded in a large measure in producing a translation which, while it kept strictly to the Masoretic text, was abreast of the scholarship of his day and free from the circumlocutions and idiotisms of previous translators, though it still preserved the transliteration of the Hebrew names (Nestle, "Bibel-Uebersetzungen," p. 142). Zunz conseguiu em grande medida na produção de uma tradução que, embora mantendo-se estritamente ao texto Massorético, estava a par da bolsa do seu dia e livre de circunlóquios e idiotisms de tradutores anteriores, embora ainda preservada a transliteração dos nomes hebraicos (Nestle, "Bibel-Uebersetzungen", p. 142). Mendelssohn had translated neither Prophets nor Hagiographa; and it is therefore no wonder that the Zunz Bible passed through at least six editions up to 1855 and twelve up to 1889 (see Rosin, in "Monatsschrift," xxxviii. 512). Mendelssohn tinha traduzido nem profetas nem Hagiographa, e é portanto de admirar que a Bíblia Zunz passaram por pelo menos seis edições até 1855 e 12 até 1889 (ver Rosin, em "Monatsschrift", xxxviii 512.). Only a few years later another popular translation was produced by Solomon Herxheimer (Berlin, 1841-48; 3d ed. of the Pentateuch, 1865), to which an explanatory and homiletic commentary was added. Só alguns anos mais tarde, uma outra tradução popular foi produzido por Salomão Herxheimer (Berlim, 1841-1848;. 3d ed do Pentateuco, 1865), em que um comentário explicativo e homilética foi adicionado. Though evidently meant to take the place of Mendelssohn's biur, Herxheimer expressly states that his work was done "for Jews and Christians" (Jost's "Annalen," 1839, pp. 312 et seq.; "Literaturblatt des Orients," 1840, p. 513). Embora, evidentemente, quis tomar o lugar de biur Mendelssohn, Herxheimer afirma expressamente que seu trabalho foi feito "para os judeus e os cristãos" (Jost "Annalen", 1839, pp 312 e seguintes;. "Orienta Literaturblatt des", 1840, p. 513).

A still more ambitious attempt was that of Ludwig Philippson. Uma tentativa ainda mais ambiciosa foi a de Ludwig Philippson. He translated the text anew, aiming to include the latest assured results of criticism and to produce what in every sense might be called a family Bible. Ele traduziu o texto de novo, com o objetivo de incluir os mais recentes resultados garantidos de crítica e de produzir o que em cada sentido pode ser chamado de uma Bíblia da família. For this reason for the first time illustrations were added, together with introductions and an extensive commentary intended for the intelligent layman. Por este motivo, pela primeira vez ilustrações foram adicionados, em conjunto com introduções e um extenso comentário destinados ao leigo inteligente. This work occupied Philippson for eighteen years, and was published at Leipsic, 1839-56; 2d ed., 1858-59; 3d ed., 1862. Este trabalho ocupou Philippson de 18 anos, e foi publicado em Leipsic, 1839-1856; ed 2d, 1858-1859; ed. 3d, 1862.. His translation was then published, together with the Doré illustrations, by the Israelitische Bibel-Anstalt, revised by W. Landau and SI Kämpf (Stuttgart, 1875). Sua tradução foi então publicado, em conjunto com as ilustrações Doré, pela Israelitische Bibel-Anstalt, revisado por W. Landau e Kämpf SI (Stuttgart, 1875). Of this translation separate editions of the Pentateuch, the Psalms, and of the Pentateuch together with Isaiah, were published (see M. Philippson, in "Rev. Etudes Juives," xlii. 30). Deste edições separadas tradução do Pentateuco, os Salmos e do Pentateuco, juntamente com Isaías, foram publicados (ver M. Philippson, em "Rev. Etudes Juives", xlii. 30). But even the slight concessions made in these translations to the modern exegetical spirit gave offense in some quarters; a rival Bible-house, the Orthodoxe Israelitische Bibel-Anstalt, was established, which, on the basis of JZ Mecklenburg's "Ha-Ketab we-haḲabbalah" (Leipsic, 1839), produced a translation of the Bible strictly on the lines of Jewish traditional exegesis (ib. 1865). Mas mesmo as concessões leves feitos nessas traduções para o espírito moderno exegética deu ofensa em alguns setores, um rival Bíblia casa, o Orthodoxe Israelitische Bibel-Anstalt, foi estabelecido que, com base em "JZ Mecklenburg de Ha-Ketab nós- haḲabbalah "(Leipsic, 1839), produziu uma tradução da Bíblia estritamente sobre as linhas de exegese judaica tradicional (ib. 1865). The Pentateuch translation byJ. O BYJ tradução Pentateuco. Kosmann (Königsberg, 1847-52) had a similar end in view. Kosmann (Königsberg, 1847-1852) teve um efeito semelhante no modo de exibição. Still further in this direction, and in evident protest against modern Christian radical exegesis, which he entirely ignores, went Samuel Raphael Hirsch. Ainda mais nessa direção, e em protesto contra a exegese evidente cristão moderno radical, que ele ignora inteiramente, foi Samuel Raphael Hirsch. In his translation of the Pentateuch (Frankfort-on-the-Main, 1867; 3d ed., 1899) and of the Psalms (1882), as well as in the translation of the Minor Prophets by his son, M. Hirsch (ib. 1900), a return is seen to the "derash," from which the whole school of Mendelssohn and his followers had tried to free themselves (see "Zeit. für Heb. Bibl." v. 78). Em sua tradução do Pentateuco (Frankfort-on-the-Main, 1867;. 3 ª ed, 1899) e dos Salmos (1882), bem como na tradução dos Profetas Menores por seu filho, M. Hirsch (ib . 1900), um retorno é visto como o "derash", a partir do qual toda a escola de Mendelssohn e seus seguidores haviam tentado libertar-se (ver "Zeit. für Heb. Bibl." v 78). Of LJ Mandelstamm's "Die Bibel Neu Uebersetzt," partly with the assistance of M. Kirchstein, only Genesis and the Song of Solomon seem to have appeared (Berlin, 1862-64). De LJ Mandelstamm de "Die Bibel Neu Uebersetzt", em parte com o auxílio de M. Kirchstein, apenas Gênesis e Cantares de Salomão parecem ter aparecido (Berlim, 1862-1864). In 1901 a new translation by S. Bernfeld was commenced. Em 1901 uma nova tradução de S. Bernfeld foi iniciada. It keeps strictly to the Masorah and preserves the Hebrew form of the proper names. Ele mantém-se estritamente ao Masorah e preserva a forma hebraica dos nomes próprios.

During all this time many translations of individual books appeared, of which the following is a partial list, cited under the names of their respective authors: Durante todo este tempo muitas traduções de livros individuais apareceram, de que o que se segue é uma lista parcial, citado sob os nomes de seus respectivos autores:

Israel ben Abraham, Job, in Hebrew characters, Prague, 1791. Israel ben Abraão, Jó, em caracteres hebraicos, Praga, 1791. Shalom Kohn, Psalms, Hamburg, 1827. Shalom Kohn, Salmos, Hamburgo, 1827. Mendel Stern, Proverbs, in Hebrew characters, Presburg, 1833. Mendel Stern, Provérbios, em caracteres hebraicos, Presburg, 1833. J. Wolfson, "Das Buch Hiob. . . . Neu Uebersetzt . . .," Breslau-Leipsic, 1843. J. Wolfson, "Das Buch Hiob .... Neu Uebersetzt ...", Breslau-Leipsic, 1843. EJ Blücher, "Ruth, mit Deutscher Uebersetzung," Lemberg, 1843. EJ Blücher, "Ruth, mit Deutscher Uebersetzung", Lemberg, 1843. M. Löwenthal, " . . . Nebst Uebersetzung . . . ," Frankfort-on-the-Main, 1846. M. Lowenthal, "... Nebst Uebersetzung ...", Frankfort-on-the-Main, 1846. "Das Hohe Lied . . . Neue Deutsche Uebersetzung," Vienna, 1847. "Das Lied Hohe ... Neue Deutsche Uebersetzung", Viena, 1847. Samuel Aschkenazi, (Song of Solomon, in Hebrew characters), Presburg, 1847. Samuel Aschkenazi, (Canção de Salomão, em caracteres hebraicos), Presburg, 1847. (A new translation of the Pentateuch, in Hebrew characters), Königsberg, 1856. (Uma nova tradução do Pentateuco, em caracteres hebraicos), Königsberg, 1856. "Odiosus," "Das Buch Ijob im Engeren Anschluss an den Mass. Urtext" (see "Hebr. Bibl." vi. 101). "Odiosus", "Das Buch Ijob im Engeren Anschluss an den missa Urtext" (ver "Hebr. Bibl." Vi. 101). S. Horwitz, "Das Hohe-Lied, das Aelteste Dramatische Gedicht," Vienna, 1863 (see ib. vi. 62). S. Horwitz, "Das Lied-Hohe, das Aelteste Dramatische Gedicht", Viena, 1863 (ver ib. Vi. 62). Adolph Brecher, "Die Psalmen Nebst Uebersetzung," Vienna, 1864. Adolph Brecher, "Die Psalmen Nebst Uebersetzung", Viena, 1864. Israel Schwarz, "Tikwat Enosh" (Job, in German characters), Berlin, 1868. Israel Schwarz, "Tikwat Enos" (Jó, em caracteres alemães), Berlim, 1868. Sänger, Maleachi, 1868. Sanger, Maleachi de 1868. Benjamin Holländer, Das Hohelied, Budapest, 1871. Benjamin Holländer, Das Hohelied, Budapeste, 1871. Hermann Tietz, Das Hohelied, 1871. Hermann Tietz, Das Hohelied, 1871. M. Levin, (with Judæo-German translation), Odessa, 1873. M. Levin, (com judaico-alemão tradução), Odessa, 1873. H. Grätz, "Krit. Commentar zu den Psalmen, Nebst . . . Uebersetzung," Breslau, 1882 (compare his Kohelet, 1871, and Song of Songs, 1871). H. Gratz, "Krit. Commentar zu den Psalmen, Nebst ... Uebersetzung", Breslau, 1882 (comparar sua Kohelet de 1871, e Cântico dos Cânticos, 1871). SI Kämpf, Das Hohelied, Prague, 1877; 3d ed., 1884. SI Kämpf, Das Hohelied, Praga, 1877; 3 ª ed, 1884.. K. Kohler, Das Hohelied, Chicago, 1878. K. Kohler, Das Hohelied, Chicago, 1878. Hermann Tietz, "Das Buch der Elegien Metrisch Uebersetzt," Schrimm, 1881. Hermann Tietz, "Das Buch der Elegien Metrisch Uebersetzt", Schrimm, 1881. J. Landsberger, Das Buch Hiob, Darmstadt, 1882. J. Landsberger, Das Buch Hiob, Darmstadt, 1882. D. Leimdörfer, "Kohelet . . . Nebst Uebersetzung," Hamburg, 1892. D. Leimdörfer ", Kohelet ... Nebst Uebersetzung", Hamburgo, 1892. Herman Rosenthal, "Worte des Sammlers (Kohelet) . . . in Deutsche Reime Gebracht," New York, 1885; 2d ed., 1893. Herman Rosenthal, "Worte des Sammlers (Kohelet) ... em Deutsche Gebracht Reime," New York, 1885; 2 ª ed, 1893.. Idem, "Das Lied der Lieder, in Neue Deutsche Reime Gebracht," New York, 1893. Idem, "Das Lied der Lieder, na Neue Deutsche Gebracht Reime," New York, 1893. M. Jastrow, "Der Neunzigste Psalm; Uebersetzt," Leipsic, 1893. M. Jastrow, "Der Neunzigste Salmo; Uebersetzt," Leipsic, 1893. Salomon Plessner (transl. of Nahum, in his "Biblisches und Rabbinisches," pp. 29 et seq.), Frankfort-on-the-Main, 1897. Salomon Plessner (trad. de Naum, em seu "Rabbinisches Biblisches und", pp 29 e segs.), Frankfort-on-the-Main, 1897.

English Translation. Tradução Inglês.

It was not before the forties of the nineteenth century that the desire made itself really felt among the English Jews for a Bible translation of their own in the vernacular, though David Levi had in 1787 (London) produced an English version of the Pentateuch (Steinschneider, "Cat. Bodl." No. 926). Não foi antes dos anos quarenta do século XIX que o desejo fez-se realmente sentir entre os judeus Inglês para uma tradução da Bíblia de sua própria no vernáculo, embora David Levi tinha em 1787 (Londres) produziu uma versão em Inglês do Pentateuco (Steinschneider , "Gato. Bodl." Não. 926). Wherever an English Bible was needed by them, they had freely used the King James Version; as is seen in the Pentateuch (including Hafṭarot and Scrolls) which was published in London, 1824, under the title . Onde quer que uma Bíblia em Inglês foi necessária por eles, eles haviam utilizado livremente a versão do Rei James, como é visto no Pentateuco (incluindo Hafṭarot e Scrolls), que foi publicado em Londres, 1824, sob o título. But the impropriety of the use of this version, with its Christian headings and its Messianic interpretations, did in the end impress itself upon the English Jews (see, for example, S. Bennett, "Critical Remarks on the Authorized Version," London, 1834; Seelig Newman, "Emendations of the Authorized Version of the OT" London, 1839; Benjamin Marcus, " (Fountain of Life): Mistranslations and Difficult Passages of the OT Corrected and Explained," Dublin, 1854). Mas a impropriedade do uso desta versão, com as suas posições cristãs e as suas interpretações messiânicas, que, no final, impressionar-se sobre os judeus Inglês (ver, por exemplo, S. Bennett, "Observações críticas sobre a Versão Autorizada", Londres, 1834; Seelig Newman, "emendas da Versão Autorizada da OT" Londres, 1839; Benjamin Marcus, "(Fonte da Vida): erros de tradução e passagens difíceis da OT Corrigida e explicou," Dublin, 1854).

The veneration for this masterpiece of English literature had impressed itself upon the Jews also. A veneração por esta obra-prima da literatura Inglês tinha impressionado-se sobre os judeus também. When the Revised Version was published (May 17, 1881) it was eagerly seized upon as being much more suitable for Jewish readers, since in it the headings had been removed and the Christology of many passages toned down. Quando a versão revista foi publicada (17 de maio de 1881) foi avidamente aproveitado como sendo o mais adequado para leitores judeus, pois nela os títulos haviam sido removidas e da cristologia de muitas passagens atenuada. The Revised Version is used as a basis for such books as CG Montefiore's "Bible for Home Reading," London, 1896, 1901. A Versão Revisada é usado como base para livros como CG Montefiore "Bíblia para Designação de Leitura", Londres, 1896, 1901. That the revision is not complete from the Jewish point of view can be seen from the leaflet issued by the Jewish Religious Education Board, "Appendix to the Revised Version" (London, 1896), which sets forth the "alterations deemed necessary with a view to placing the Revised Version in the hands of members of the Jewish faith." Que a revisão não é completa do ponto de vista judeu pode ser visto a partir do folheto emitido pelo Conselho de Educação Religiosa Judaica, "Apêndice com a versão revista" (Londres, 1896), que estabelece as alterações "consideradas necessárias com vista de colocar a Versão Revisada nas mãos de membros da fé judaica. " These alterations were limited to the following sets of cases: viz., "where the RV departs from the Masoretic text," and "where the RV is opposed to Jewish traditional interpretation or dogmatic teaching." Essas alterações foram limitadas aos seguintes conjuntos de casos:. Viz ", onde a RV afasta o texto Massorético", e "onde a RV se opõe à interpretação tradicional judaica ou doutrina dogmática". Isa. Isa. lii. lii. 13-liii. 13-liii. 12 is there reprinted in full. 12 Existe reproduzida na íntegra. The first to attempt to produce an independent Jewish translation was DA de Sola of London, who in 1840 issued a "Prospectus of a New Edition of the Sacred Scriptures, with Notes Critical and Explanatory." O primeiro a tentar produzir uma tradução independente judaica era DA de Sola de Londres, que em 1840 emitiu um "Prospecto de uma nova edição das Sagradas Escrituras, com notas críticas e motivos." Morris J. Raphall and JL Lindenthal were associated with him in the work. Morris J. Raphall e JL Lindenthal foram associados com ele no trabalho. Only one volume, Genesis, appeared (London, 1841; 2d ed., 1843). Apenas um volume, Genesis, apareceu (Londres, 1841;. 2 ª ed, 1843). Of a similar attempt by S. Bennett, "The Hebrew and English Holy Bible," only Gen. i.-xli. De uma tentativa semelhante por S. Bennett, "A Hebraica e Inglês Bíblia Sagrada", apenas o general i.-xli. appeared (1841); though in the same year Francis Barham published "The Hebrew and English Holy Bible," which contained Bennett's revision of the English and a revision of the Hebrew by HA Henry. apareceu (1841), embora, no mesmo ano Francis Barham publicou "A Hebraica e Inglês Bíblia Sagrada", que continha revisão Bennett do Inglês e de uma revisão do hebraico por HA Henry. Another translation was published by A. Benisch, "Jewish School and Family Bible" (1851-56); and still another by M. Friedländer, ", The Jewish Family Bible" (1884). Outra tradução foi publicada por A. Benisch, "Escola e Família Bíblia Judaica" (1851-1856), e ainda um outro por M. Friedlander, ", A Bíblia Judaica Família" (1884). This last has had the sanction of the chief rabbi of the British Jews. Este último teve a sanção do rabino-chefe dos judeus britânicos. A. Elzas has published translations of Proverbs (Leeds and London, 1871), Job (1872), Hosea and Joel (1873), in an attempt "to put the English reader, at least in some degree, in the position of one able to read the Hebrew text." A. Elzas publicou traduções de Provérbios (Leeds e Londres, 1871), Job (1872), Oséias e Joel (1873), em uma tentativa de "colocar o leitor Inglês, pelo menos em algum grau, na posição de um poder para ler o texto hebraico ". None of these versions, however, can be said to have replaced either the Authorized or the Revised Version in the esteem of the Jewish Bible-reading public. Nenhuma destas versões, no entanto, pode ser dito que quer substituir o Autorizado ou a versão revista na estima do público a leitura da Bíblia judaica.

The United States. Os Estados Unidos.

In the United States the same feeling as in England had been engendered against the headings of the Authorized Version. Nos Estados Unidos o mesmo sentimento que na Inglaterra havia sido engendrada contra as posições da Versão Autorizada. Isaac Leeser attempted to rectify this and at the same time so to translate the Bible as to make it represent the best results of modern study. Isaac Leeser tentou rectificar esta situação e ao mesmo tempo de modo a traduzir a Bíblia como para torná-lo representar os melhores resultados do estudo moderno. The Prophets, Psalms, and Job are practically new versions. Os Profetas, Salmos, Job e estão praticamente novas versões. In the other parts, the Authorized Version is very closely followed; and though in most cases the changes Leeser made bring the translation nearer to the Masoretic text, the beauty of the English was often sacrificed. Nas outras partes, a Versão Autorizada é seguido de muito perto e, embora na maioria dos casos, o Leeser alterações feitas trazer a tradução mais perto do texto Massorético, a beleza do Inglês foi muitas vezes sacrificado. A quarto edition was published in 1854, and a duodecimo edition in 1856. Uma edição in-quarto foi publicado em 1854, e uma edição duodécimo em 1856. Despite its insufficiencies, the smaller edition has had a wide circulation, due especially to the development of Jewish religious school instruction in the United States. Apesar das suas insuficiências, o menor teve uma edição de grande circulação, principalmente devido ao desenvolvimento de instrução escola religiosa judaica nos Estados Unidos. The inadequacy of Leeser's translation has, however, been felt; and the Jewish Publication Society of America in 1898 took in hand the preparation of a complete revision. A inadequação da tradução Leeser tem, no entanto, sentiu, e da Sociedade de Publicação Judaica da América, em 1898, tomou em mãos a preparação de uma revisão completa. This is now (1902) being made by a number of scholars, with M. Jastrow, Sr., as editor-in-chief, and K. Kohler and F. de Sola Mendes as associate editors (see Reports of the Jewish Publication Society of America, 1898 et seq.). Este é agora (1902) está sendo feita por uma série de estudiosos, com M. Jastrow, Sr., como editor-chefe, e K. Kohler e F. de Sola Mendes como editores associados (ver Relatórios da Sociedade de Publicação Judaica of America, 1898 et seq.).

Spanish Versions. Versões espanholas.

Nowhere in Europe is the history of the translation of the Bible into the vernacular so interesting as it is in Spain. Em nenhum lugar na Europa é a história da tradução da Bíblia para o vernáculo tão interessante como é em Espanha. Translations were here made as early as the thirteenth century, despite the fact that in 1234 Jaime I., by means of secular legislation, prohibited their use (Lea, "History of the Inquisition in the Middle Ages," i. 324). Traduções foram feitas aqui tão cedo quanto o século XIII, apesar do fato de que em 1234 Jaime I., por meio de legislação secular, proibida a sua utilização (Lea, "História da Inquisição na Idade Média", i. 324). As Berger has shown, the earliest Castilian renderings, even when made by Christians, stand much closer to the Hebrew original than do those of any other country. Conforme revelou Berger, os primeiros castelhano acepções, mesmo quando feita por cristãos, estar muito mais próximo do original hebraico do que os de qualquer outro país. This seems to have been due to the early and intense influence of the Jews in the peninsula and to the Oriental coloring of its whole culture. Este parece ter sido devido à rápida e intensa influência dos judeus na península e à coloração Oriental de toda a sua cultura. This similarity is seen even in the outward form. Essa semelhança é visto até mesmo na forma externa. The Spanish translations follow the Hebrew division of the Bible into three great parts; and it is significant that the first polyglot (Complutensian) saw the light of day in Spain. As traduções espanhol seguem a divisão da Bíblia Hebraica em três grandes partes, e é significativo que o primeiro poliglota (Complutense) viu a luz do dia na Espanha. In the production of these translations both Jews and converts took a laudable part. Na produção destas traduções tanto judeus e converte teve um lado louvável. One of the earliest of such Castilian translations is found in the Aragonese MS. Uma das primeiras traduções de tais castelhano é encontrado na MS aragonês. i. i. j, 8 in the Escurial Library, Madrid. j, 8 na Biblioteca Escurial, Madrid. The Psalms in this manuscript are distinctly said to be the translation "que fizo Herman el Aleman, segund cuemo esta en el ebraygo." Os Salmos em manuscrito estão claramente dito ser a tradução "Que fizo Herman el Aleman, segund cuemo ESTA en el ebraygo". Herman must undoubtedly have known Hebrew, though Berger thinks that he made use of Jerome's "Psalterium Hebraicum" and not of the "Psalterium Gallicum." Herman sem dúvida, deve ter conhecido hebraico, embora Berger acha que ele fez uso de Jerônimo "Psalterium Hebraicum" e não do "Gallicum Psalterium". This Herman the German is the well-known Latin translator of Aristotle, and lived between 1240 and 1256. Este Herman o alemão é o tradutor conhecido América de Aristóteles, e viveu entre 1240 e 1256.

In the fifteenth century several revisions of these older translations were made, but always according to the Hebrew text. No século XV, diversas revisões destas traduções mais antigas foram feitas, mas sempre de acordo com o texto hebraico. Such a revision is represented by MSS. Tal revisão é representado por MSS. i. i. j, 5 and i. j, 5 e i. j, 3 in the Escurial and MS. j, 3 do Escurial e MS. cxxiv. cxxiv. 1, 2 (dated 1429) in the Library of Evora. 1, 2 (datada de 1429) na Biblioteca de Évora. In a number of places these translations ostentatiously follow the Hebrew original and run counter to the usual Church tradition. Em vários lugares essas traduções ostensivamente seguir o original em hebraico, e são contra a tradição da Igreja sempre. MS. MS. i. i. j, 3 of the Escurial is richly illuminated with miniatures, which may perhaps have been the work of Hebrew miniaturists. j, 3 do Escurial é ricamente iluminado com miniaturas, o que talvez tenha sido o trabalho de miniaturistas hebraico. In this manuscript not only is the order of the books in the Canon the same as in the Hebrew, but the Pentateuch is divided into sections which agree with the parashiyot and sedarim. Neste manuscrito não é apenas a ordem dos livros no cânon o mesmo que em hebraico, mas o Pentateuco é dividido em seções que concordo com o parashiyot e sedarim. The proper names also follow the Hebrew and not the ordinary Latin version. Os nomes próprios também seguem o hebraico e não a versão latim vulgar. Berger thinks that this manuscript may be the work of the baptized Jew, Juan Alfonso de Buena, who was in the service of Jaime II. Berger acha que este manuscrito pode ser a obra do judeu batizado, Juan Alfonso de Buena, que estava a serviço de Jaime II. (1416-54). (1416-1454). An additional interest attaches to these revisions, as they formed the basis for the Spanish of the Constantinople Pentateuch of 1547 and for the Ferrara Bible; the Ferrara Bible, in its turn, was the basis for the Protestant Bible translation by Cassidoro de Reina (1569); for the revision by Cyprian de Valera (1602), the "Psalterio de David Conforme a la Verdad Hebraica" (Lyons, 1550), and the Psaltér of Juan Perez (Venice, 1557; see Samuel Berger, in "Romania," xxviii.). Um outro interesse atribui a essas revisões, como eles formaram a base para o espanhol do Pentateuco Constantinopla de 1547 e para o Ferrara Bíblia, a Bíblia Ferrara, por sua vez, foi a base para a tradução da Bíblia protestante por Cassidoro de Reina (1569 ), para a revisão por Cipriano de Valera (1602), o "Psalterio de David CONFORME a la Verdad Hebraica" (Lyon, 1550), e O Saltério de Juan Perez (Veneza, 1557; ver Samuel Berger, em "Roménia", xxviii.). A still further revision, again upon the basis of the Hebrew, was made by Rabbi Moses Arragel (1430) for Don Luis de Guzman, master of the Order of Calatrava. A revisão ainda mais longe, novamente sob o fundamento do hebraico, foi feita pelo rabino Moisés Arragel (1430) para Dom Luis de Guzmán, mestre da Ordem de Calatrava. According to Berger, this revision was made on MS. De acordo com Berger, esta revisão foi feita em MS. Escurial i. Escurial i. j, 3. j, 3. It is provided with a commentary, and profusely illustrated, perhaps by Jewish artists. Ele é fornecido com um comentário, e profusamente ilustrado, talvez por artistas judeus. A manuscript of the Prophets, in two languages, in the library of the Academy of History in Lisbon follows Arragel's translation so closely that it may possibly represent the first attempt of Arragel. Um manuscrito dos Profetas, em duas línguas, na biblioteca da Academia de História em Lisboa segue tradução Arragel de tão perto que ele pode eventualmente representar a primeira tentativa de Arragel.

This Castilian translation (or revision) was carried by the Spanish exiles into Italy and Turkey. Esta tradução castelhana (ou revisão) foi levada pelos espanhóis exilados em Itália e na Turquia. It also became the Bible of the Spanish Jews in the Netherlands. Ela também se tornou a Bíblia dos judeus espanhóis, na Holanda. It appears first in Hebrew characters in the Polyglot Pentateuch (Hebrew, Onkelos, Rashi, Neo-Greek, and Spanish), published at Constantinople by Eliezer Bekor Gerson Soncino (see Belleli, in "Rev. Etudes Juives," xxii. 250; Grünbaum, "Jüd.-Span. Chrestomathie," p. 6). Ele aparece em primeiro lugar em caracteres hebraicos no Pentateuco Poliglota (hebraico, Onkelos, Rashi, Neo-grego e espanhol), publicado em Constantinopla pelos Eliezer Bekor Gerson Soncino (ver Belleli, em "Apocalipse Etudes Juives" xxii 250;. Grünbaum "Jud.-Span. Chrestomathie", p. 6). The Neo-Greek represents a different translation from that of the Spanish. O Neo-grego representa uma tradução diferente da do espanhol. From this polyglot it found its way into the celebrated Ferrara Bible of 1553, which bears the title "Biblia en Lengua Española, Traduzida Palabra por Palabra de la Verdad Hebrayca por Muy Excellentes Letrados, Vista y Examinada por el Oficio de la Inquisicion. Con Privilegio del Ylustrissimo Señor Duque de Ferrara." A partir deste poliglota que encontrou seu caminho para o célebre Bíblia de Ferrara de 1553, que traz o título "Bíblia en Lengua Española, Traduzida Palabra POR Palabra de la Verdad Hebrayca POR Muy Excellentes letrados, Vista y Examinada por el Inquisicion Oficio de la. Con Privilegio Señor del Ylustrissimo Duque de Ferrara. " Two editions seem to have been published: one, for Jews, signed by Abraham Usque; the other, for Christians, signed by Jerome of Vargas (De los Rios, "Juifs d'Espagne," p. 432). Duas edições parecem ter sido publicado: um, para os judeus, assinado por Abraão Usque, o outro, para os cristãos, assinada por Jerome de Vargas (. De los Rios, "Juifs d'Espagne", p 432). De los Rios (lcp 436) thinks that the author of "Retratos o Tablas de las Historias del Testamento Viejo," Lyons, 1543, a popular exposition of the Bible, was a Marano; but this does not seem to have been proved. De los Rios (LCP 436) acha que o autor de "Retratos o Tablas de las Historias del Viejo Testamento", Lyons, 1543, uma exposição popular da Bíblia, era um Marano, mas isso parece não ter sido provado.

The Ferrara Bible of 1553 became the basis for the Spanish and Ladino translations which were published at Salonica and Amsterdam. A Bíblia Ferrara de 1553 tornou-se a base para as traduções em espanhol e ladino que foram publicadas em Salónica e de Amesterdão. This is seen also in the title, which usually runs "Biblia en Lengua Española, Traduzida Palabra por Palabra de la Verdad Hebrayca." Isto é visto também no título, que geralmente é executado "Biblia en Lengua Española, Traduzida Palabra POR Palabra de la Verdad Hebrayca". This is also true of the " con Ladino y Agora Nos a Parecedo Comenzar de los ," etc., published by Joseph b. Isto também é verdade para a "con ladino y Agora n.os um Comenzar Parecedo de los", etc, publicado por Joseph b. Isaac b. Isaac b. Joseph Jabez in 1568, as Kayserling (lcp 28) has clearly shown. Joseph Jabez em 1568, como Kayserling (LCP 28) mostrou claramente. In Amsterdam the translation remained substantially the same, though it was often revised ("reformada"): 1611; 1630 and 1646, Gillis Joost; corrected by Samuel de Caceres and printed by Joseph Athias (1661);corrected by Isaac de Abraham Dias and printed by David Fernandes (1726); "con las annotaciones de Or Torah," Proops, 1762. Em Amesterdão, a tradução é substancialmente o mesmo, embora muitas vezes foi revista ("reformada"): 1611; 1630 e 1646, Gillis Joost; corrigido por Samuel de Cáceres e impressa por Joseph Athias (1661); corrigida por Isaac e de Abraão Dias impressa por David Fernandes (1726), "con las annotaciones de Ou Torá", Proops, 1762. This translation also appeared in Venice, 1730; Constantinople, 1739-43; idem, 1745; Vienna (ed. by Israel Bahor Haim and Aaron Pollak), 1813-16; and Smyrna, 1838. Esta tradução também apareceu em Veneza, 1730; Constantinopla, 1739-1743; idem, 1745; Viena (ed. por Israel Bahor Haim e Pollak Aaron), 1813-1816, e Esmirna, 1838. A Ladino translation, in Rashi script, was published at Vienna, 1841 (2d ed., 1853), by WS Schauffler for the American Bible Society (see Twenty-sixth Annual Report of the society, 1842, p. 120). A tradução ladino, em Rashi script, foi publicado em Viena, 1841 (2 ª ed., 1853), pela WS Schauffler para a Sociedade Bíblica Americana (ver Vigésimo Sexto Relatório Anual da Sociedade, 1842, p. 120). According to Grünbaum, it bears many points of resemblance to the Pentateuch of 1547 and to the Ferrara Bible. De acordo com Grünbaum, não tem muitos pontos de semelhança com o Pentateuco de 1547 e com a Bíblia Ferrara. Various portions of this translation appeared separately, an edition of the Pentateuch appearing in the same year (1553) and at Ferrara. Várias partes deste tradução apareceu em separado, uma edição do Pentateuco aparecendo no mesmo ano (1553) e em Ferrara.

To this may be added the following: Para isto pode ser adicionado o seguinte:

"Humas de Parasioth y Aftharoth," ed. "Humas de Parasioth y Aftharoth", ed. Manasseh ben Israel, Amsterdam, 1627; ed. Manassés ben Israel, Amsterdam, 1627; ed. Ymanuel Benveniste, ib. Ymanuel Benveniste, ib. 1643; another edition was published by Manasseh himself, ib. 1643, outra edição foi publicada por Manassés se, ib. 1655 (though he says of it, "Obra nueva y de mucha utilidad"); "Parafrasis Comentada sobre el Pentateucho," ed. 1655 (embora ele diga dele, "Obra nueva y de mucha Utilidad"); "Parafrasis Comentada sobre el Pentateucho", ed. Isaac da Fonseca Aboab, ib. Isaac Aboab da Fonseca, ib. 1681; "Cinco Libros de la Ley Divina . . . de Nuevo Corrigidos," by David Tartas, ib. 1681, "Cinco Libros de la Ley Divina ... de Nuevo Corrigidos", de David Tartas, ib. 1691; "Los Cinco Libros . . . Interpretados en Lengua Española," ed. 1691, "Los Cinco Libros ... Interpretados en Lengua Española", ed. Joseph Franco Serrano, ib. José Franco Serrano, ib. 1695; 1705 and 1724 (Isaac de Cordova); "Cinco Libros," corrected by David de Elisha Pereyra, ib. 1695; 1705 e 1724 (Isaac de Córdoba), "Cinco Libros", corrigido por David de Eliseu Pereyra, ib. 1733; "El Libro de la Ley," published in Constantinople in 1873, is, according to Grünbaum (lc 12), a different translation. 1733, "El Libro de la Ley", publicado em Constantinopla em 1873, é, de acordo com Grünbaum (LC 12), uma tradução diferente. The Psalms were reprinted: Ferrara, 1553; Salonica, 1582; Amsterdam, 1628, 1730; Vienna, 1822; Constantinople, 1836. Os Salmos foram reimpressos: Ferrara, 1553; Salonica, 1582; ​​Amsterdam, 1628, 1730; Viena, 1822; Constantinopla, 1836. Several other translations of the Psalms were produced during the seventeenth and eighteenth centuries. Várias outras traduções dos Salmos foram produzidas durante os séculos XVII e XVIII. David Abenatar Melo, a Marano who escaped the Inquisition at Madrid and became a Jew again in 1611, published in 1626 ("En Franquaforte") "Los CL Psalmos de David, en Lengua Española, en Varias Rimas." David Abenatar Melo, um Marano que escapou da Inquisição em Madrid e tornou-se um judeu de novo em 1611, publicado em 1626 ("En Franquaforte") "Los CL Psalmos de David, en Lengua Española, en varias Rimas". In these Psalms he has inserted, when appropriate, an account of his own and his people's sufferings (De los Rios, lc pp. 468 et seq.; Kayserling, "Bibl. Esp.-Port.-Jud." pp. 67, 68). Nestes ele tiver inserido Salmos, quando for o caso, uma conta de sua própria e sofrimentos de seu povo (De los Rios, lc pp 468 e seguintes,. Kayserling, pp 67, "Bibl esp.-Port.-Jud.". 68). A prose translation was made by Ephraim Bueno and Jonah Abravanel (Amsterdam, 1650; 2d edition, 1723; see De los Rios, lcp 498). Uma prosa tradução foi feita por Efraim Bueno e Jonah Abravanel (Amsterdam, 1650; edição 2d, 1723; ver De los Rios, LCP 498). A third translation was made by Jacob Judah Leon Templo (, "Las Alabancas de Santidad," Amsterdam, 1671)-a verbatim prose translation of the original (De los Rios, lcp 570; Kayserling, lcp 58). Uma terceira tradução foi feita por Jacob Judah Leon Templo ("Las Alabancas de Santidad", Amsterdam, 1671), uma tradução literal da prosa original (De los Rios, LCP 570; Kayserling, LCP 58).

Of all the Biblical books, Canticles was most frequently reprinted. De todos os livros bíblicos, Cânticos foi mais freqüentemente reimpressos. A translation was published in Hamburg, 1631, by David Cohen Carlos "de lengua Caldayca"; but the favorite rendering was that of Abraham de Isaac Lañado, published in Hebrew characters at Venice, 1619, 1654, 1655, 1672, 1716, 1721, 1739, 1805; Leghorn, 1769, 1787; Vienna, 1820. A tradução foi publicada em Hamburgo, 1631, por David Cohen Carlos "de língua Caldayca", mas era o favorito renderização de Abraão de Isaac lanado, publicado em caracteres hebraicos em Veneza, 1619, 1654, 1655, 1672, 1716, 1721, 1739, 1805; Livorno, 1769, 1787; Viena, 1820. The Venice edition was published in Roman characters by Moses Belmonte, Amsterdam, 1644, and was reprinted at Amsterdam, 1664, 1683, 1701, 1712, 1724, and 1766. Veneza a edição foi publicada em algarismos romanos por Moisés Belmonte, Amsterdam, 1644, e foi reimpresso em Amesterdão, 1664, 1683, 1701, 1712, 1724 e 1766. An edition of the Megillot appeared at Constantinople in 1813 (see Kayserling, lcp 30); a Megillah in Spanish, dating from the early part of the eighteenth century, exists in the British Museum ("Jewish Chron." March 21, 1902, p. 24); but the provenience of the translation is unknown (on such Megillot see Abrahams, "Jewish Life in the Middle Ages," p. 345). Uma edição do Megillot apareceu em Constantinopla, em 1813 (ver Kayserling, LCP 30), um Megillah em espanhol, que data do início do século XVIII, existe no Museu Britânico (21 de março de 1902, p "judeu Chron." . 24), mas a proveniência da tradução é desconhecida (ver em tais Megillot Abrahams, "A vida judaica na Idade Média", p 345).. A Portuguese translation of the Psalms, under the title "Espejo Fiel de Vidas," by Daniel Israel Lopez Laguna, appeared in London, 1720 (Kayserling, lcp 55). A tradução Português dos Salmos, sob o título "Espejo Vidas Fiel de", por Daniel Israel Lopez Laguna, apareceu em Londres, 1720 (Kayserling, LCP 55).

Italian Versions. Versões italianas.

Both Zunz ("GV" 2d ed., p. 457) and Güdemann ("Erziehungswesen in Italien," p. 206) refer to early translations of the Bible into Italian; the latter even speaks of their existence in the thirteenth and fourteenth centuries. Ambos Zunz (.. "GV" 2d ed, p 457) e Güdemann (". Erziehungswesen em Italien", p 206) referem-se a antigas traduções da Bíblia para o italiano, este último ainda fala de sua existência no séculos XIII e XIV . Steinschneider has shown ("Monatsschrift," xlii. 117) that this is an error. Steinschneider mostrou ("Monatsschrift", xlii. 117) que este é um erro. It is true that some of the authorities (such as Zedekiah ben Abraham and Isaiah de Trani, the younger) laid stress upon the necessity of translating the Bible into the speech of the country; but Judah 'Azahel del Bene (Ferrara, c. 1650) advised against the practise of teaching girls Italian, as he feared they would conceive a love for amorous poetry (Vogelstein and Rieger, "Juden in Rom," ii. 300). É verdade que algumas das autoridades (como Zedequias ben Abraão e Isaías de Trani, o mais jovem) estresse colocado sobre a necessidade de traduzir a Bíblia para o discurso do país, mas Judá Azahel del Bene (Ferrara, c 1650. ) desaconselhadas a prática de ensinar meninas italiano, como ele temia que iria conceber um amor pela poesia amorosa (Vogelstein e Rieger, "Juden em Romanos," ii. 300). It was not before the sixteenth century that attempts were made to produce versions of portions of the Bible in Italian. Não foi antes do século XVI que foram feitas tentativas para produzir versões de trechos da Bíblia em italiano. Steinschneider (lcp 318) has given a list of the existing manuscript translations. Steinschneider (LCP 318) deu uma lista das traduções de manuscritos existentes. It was toward the end of that century that the first translations were published. Foi no final do século que as primeiras traduções foram publicadas. David de Pomis (died after 1593) brought out an edition of Ecclesiastes with Italian translation at Venice in 1571. Pomis de David (morreu depois de 1593) trouxe uma edição do Eclesiastes italiano com tradução em Veneza, em 1571. It was dedicated to Cardinal Grimani of Aquileja (Steinschneider, "Cat. Bodl." No. 218). Foi dedicado ao cardeal Grimani de Aquileja (Steinschneider, "Gato. Bodl." Não. 218). He also translated Job and Psalms, but never published them ("Monatsschrift," xliii. 32). Ele também traduzido e Job Salmos, mas eles nunca publicados ("Monatsschrift", xliii. 32). Hezekiah Rieti published (Venice, 1617) the text of Proverbs with Italian translation ("Cat. Bodl." No. 418); but no reliable account can be found of a translation of Job (Rome, 1773) mentioned by Zunz. Ezequias publicado Rieti (Veneza, 1617) o texto de Provérbios italiano com tradução ("Cat Bodl.". No. 418), mas não conta confiável pode ser encontrada de uma tradução do Trabalho (Roma, 1773) citado por Zunz. The translations made in the nineteenth century were all more or less under the influence of Mendelssohn's biur. As traduções feitas no século XIX eram todos mais ou menos sob a influência de biur Mendelssohn. In 1818 IS Reggio published at Vienna, as a specimen, ten verses of Genesis. Em 1818 IS Reggio publicado em Viena, como um modelo, dez versículos do Génesis. He then brought out the whole Pentateuch ( "colla Traduzione Italiana"), Vienna, 1821; and ten years later "Il Libro d'Isaia, Versione Poetica" (Udine, 1831). Ele então tirou todo o Pentateuco ("colla Traduzione Italiana"), Viena, 1821, e dez anos depois "Il Libro d'Isaia, Versione Poética" (Udine, 1831). Severe criticism was passed upon this version, because it seemed to weaken the force of many of the Messianic prophecies (see Fürst, "Bibl. Jud." iii. 140). Severas críticas foi passada sobre essa versão, porque parecia a enfraquecer a força de muitas das profecias messiânicas (ver Fürst, "Bibl. Jud." Iii. 140). In 1844 there appeared at Leghorn () an Italian translation of Job (Fürst, "Bibl. Jud." ii. 282, says it is by Luzzatto); and in 1872 a "Pentateuch, rev. von Letteris, mit Ital. Uebersetzung von Diodati" (Vienna; perhaps also London, 1836, 1864). Em 1844, apareceu em Livorno () uma tradução italiana de Jó (".. Bibl Jud". Fürst, ii 282, diz que é por Luzzatto), e em 1872 uma Pentateuco ", rev von Letteris, mit Ital Uebersetzung von.. Diodati "(Viena, talvez também de Londres, 1836, 1864). Lelio della Torre of Padua translated the Psalms (Vienna, 1845). Lelio della Torre de Pádua traduzido Salmos (Viena, 1845). But these were completely overshadowed by the exact and careful versions of SD Luzzatto, whose poetical and literary judgment made him an excellent stylist (see "Hebr. Bibl." vi. 99; Elbogen, in "Monatsschrift," xliv. 460). Mas estes foram completamente ofuscados pelas versões exata e cuidadosa das SD Luzzatto, poéticos e literários cuja sentença lhe fez uma excelente estilista (ver "Hebr Bibl.." Vi 99;.. Elbogen, em "Monatsschrift", xliv 460). He translated the greater part of the Old Testament: Isaiah ("Il Profeta Isaia Volgarizzato"), Padua, 1855-63; Pentateuch, Rovigo, 1860, Padua, 1876; Prophets, Rovigo, 1868; Isaiah, Padua, 1867; Job, Triest, 1853; generally with a valuable Hebrew commentary. Ele traduziu a maior parte do Antigo Testamento: Isaías ("Il Profeta Isaías Volgarizzato"), Pádua, 1855-1863; Pentateuco, Rovigo, 1860, Pádua, 1876; Profetas, Rovigo, 1868; Isaías, Pádua, 1867; Jó, Triest, 1853; geralmente com um comentário hebraico valioso. Other Italian translations were produced: by Giuseppe Barzilai, "El Cantico dei Cantici" (Triest, 1865) in dramatic form, following Mandelstamm's and Horowitz's German translations; Lamentations (Trieste, 1867); by David Castelli, Ecclesiastes (Pisa, 1866); by Benjamin Consolo, Lamentations, Job, and Psalms (Florence?);by Gino Morpurgo, Ecclesiastes (Padua, 1898), and Esther (1899). Outras traduções italianas foram produzidos: por Giuseppe Barzilai, "El Cantico dei Cantici" (Triest, 1865) de forma dramática, após Mandelstamm e traduções alemãs Horowitz; Lamentações (Trieste, 1867); David Castelli, Eclesiastes (Pisa, 1866); Consolo por Benjamin, Lamentações, Jó, Salmos e (Florença?), por Gino Morpurgo, Eclesiastes (Pádua, 1898), e Ester (1899).

French Translations. Traduções francesas.

Translations of the Old Testament into French were not made by Jews prior to the first half of the nineteenth century. Traduções do Antigo Testamento para o francês não foram feitas por judeus antes da primeira metade do século XIX. In 1831 Samuel Cahen began a monumental work, "La Bible, Traduction Nouvelle" (Paris, 1833-46, in 18 volumes), to which were added many essays by Munk, Zunz, Dukes, and others, and also a somewhat rationalistic commentary. Em 1831, Samuel Cahen começou um trabalho monumental, "La Bíblia, Traduction Nouvelle" (Paris, 1833-1846, em 18 volumes), ao qual foram adicionados muitos ensaios de Munk, Zunz, Dukes, e outros, e também um pouco racionalista comentário . This work was somewhat severely criticized (Abbé BMB, "Quelques Mots sur la Traduction Nouvelle," etc., Paris, 1835; "Allg. Zeit. des Jud." 1839, p. 30; "Literaturblatt des Orients," 1840, pp. 368 et seq.; Wogue, "Hist. de la Bible," p. 342); but it held the field for many years. Este trabalho foi um pouco criticado severamente (Abbé BMB, "Quelques Mots sur la Traduction Nouvelle", etc, Paris, 1835; ".. Allg Zeit des Jud.", 1839, p 30;. "Orienta Literaturblatt des", 1840, pp . 368 e seguintes,. Wogue, "Hist de la Bíblia." p 342),., mas que detinha o campo por muitos anos. A more faithful version of the Pentateuch was published in 1860 by Lazare Wogue. Uma versão mais fiel do Pentateuco foi publicado em 1860 por Wogue Lazare. Among other translators may be mentioned A. ben Baruch Créhange (Psalms), and B. Mossé of Avignon (Psalms). Entre outros tradutores podem ser mencionadas A. Baruch ben Créhange (Salmos), e B. Mossé de Avignon (Salmos). But a popular and cheap Bible in French was sorely needed by the French Jews. Mas um popular e barato Bíblia em francês foi extremamente necessários pelo francês judeus. Such a work has been taken in hand by the present chief rabbi of France, Zadok Kahn, and the other members of the French rabbinate. Tal trabalho tem sido levado em mão pelo rabino atual chefe da França, Kahn Zadoque, e os outros membros do rabinato francês. Wogue's translation was employed as the basis for the Pentateuch. Tradução Wogue foi usada como a base para o Pentateuco. The author himself made the necessary corrections; and before his death he was able to finish the translation of the prophetical books down to the First Book of Kings (vol. i., Paris, 1899). O próprio autor fez as correções necessárias, e antes de sua morte, ele foi capaz de terminar a tradução dos livros proféticos até o Primeiro Livro dos Reis (Vol. I, Paris, 1899.). At the same time and under the same auspices, a children's Bible ("Bible de la Jeunesse") is being brought out. Ao mesmo tempo e sob os mesmos auspícios, Bíblia para crianças ("Bíblia de la Jeunesse") está sendo trazido para fora.

Dutch Translations. Traduções holandeses.

Few translations have been attempted by the Dutch Jews into their vernacular: the Spanish and Portuguese Jews in Holland made use of Spanish; the Ashkenazic Jews, of the Judæo-German version. Poucas traduções foram tentadas pelos holandeses judeus em seu vernáculo: o Espanhol e Português judeus na Holanda fez uso do espanhol, os judeus asquenazitas, da versão judaico-alemã. The version of the Psalms in Dutch printed by Joseph Athias was made by Johann Leusden. A versão dos Salmos em neerlandês impressa por Joseph Athias foi feita por Johann Leusden. During the nineteenth century translations were made by Samuel J. Mulder (see his "Tets over de Vertalingen der Heilige Schrift," Amsterdam, 1859): Pentateuch, 1826-42; Major Prophets, 1827; Five Scrolls, 1835, 3d ed. Durante os século XIX, traduções foram feitas por Samuel J. Mulder (ver seus "Tets mais de Vertalingen der Heilige Schrift", Amesterdão, 1859): Pentateuco, 1826-1842; Profetas Maiores, 1827; cinco rolos de 1835, 3 ª ed. 1859; Proverbs, 1836; Psalms, 1838; all published in Amsterdam. 1859; Provérbios, 1836; Salmos, 1838; todos publicado em Amsterdã. He also published a "Bijbel voor de Israel. Jeugd," Leyden, 1843-54. Ele também publicou um "Bijbel voor de Israel. Jeugd", Leyden, 1843-1854. In 1844 Gabriel J. and MS Polak published a Dutch translation of Job, which was to have been followed by a translation of the Prophets and the Hagiographa. Em 1844, Gabriel J. Polak e MS publicou uma tradução holandesa do Trabalho, que deveria ter sido seguido por uma tradução dos profetas e dos Hagiographa. This seems never to have been completed. Isso parece nunca ter sido concluída. A translation of Isaiah by GA Parsen also exists; while a new translation of the Pentateuch, together with Targum and Rashi, was brought out by AS Ondervijser in 1901. Uma tradução de Isaías pelo GA Parsen também existe, enquanto uma nova tradução do Pentateuco, juntamente com Targum e Rashi, foi levado a cabo por AS Ondervijser em 1901.

Jewish translations into Russian are of very recent date. Judaica traduções para russo são de data muito recente. The writer knows only of LI Mandelstamm's Psalms (Berlin, 1864; 3d ed. 1872), Pentateuch (, 3d ed., Berlin, 1872); Aaron Pumpiansky's Psalms (Warsaw, 1871); J. Cylkow's Psalms (1883); and a version of Esther in German (Hebrew characters) and Russian (Warsaw, 1889). O escritor conhece apenas dos Salmos LI Mandelstamm de (Berlim, 1864;. 3d ed 1872), Pentateuco (, 3 ª ed, Berlim, 1872.); Salmos Aaron Pumpiansky do (Varsóvia, 1871); Salmos J. Cylkow (1883), e um Esther da versão em alemão (caracteres hebraicos) e russo (Varsóvia, 1889). A Polish translation has been published by D. Neufeld. Uma tradução polonês foi publicada por D. Neufeld.

Crawford Howell Toy, Richard Gottheil Crawford Howell Toy, Richard Gottheil
Jewish Encyclopedia, published between 1901-1906. Enciclopédia Judaica, publicada entre 1901-1906.

Bibliography: Bibliografia:
See especially Steinschneider, Cat. Veja especialmente Steinschneider Gato. Bodl. Bodl. cols. cols. 1-198; 1-198;

idem, Jewish Literature, pp. 232 et seq.; Jost, Neuere Gesch. idem, Literatura Judaica, pp 232 e seguintes,. Jost, Neuere Gesch. der Israeliten, iii. der Israeliten, iii. 37, 139, 161; Kayserling, in Winter and Wünsche, Die Jüdische Literatur, iii. 37, 139, 161; Kayserling, no inverno e Wünsche, Die Jüdische Literatur, iii. 751 et seq.; Jacobs and Wolf, Bibl. 751 e seguintes,. Jacobs e Wolf, Bibl. Anglo-Jud. Anglo-Jud. pp. 199 et seq.; Urtext und Uebersetzungen der Bibel, in Real-Encykl. pp 199 e seguintes,. Urtext und der Bibel Uebersetzungen, em Real-Encykl. für Protest. für Protesto. Theologie und Kirche, vol. Theologie und Kirche, vol. iii., Leipsic, 1897.TG iii., Leipsic, 1897.TG


Targum Targum

Jewish Viewpoint Information Judeu Viewpoint informação

Name. Nome.

The Aramaic translation of the Bible. O aramaico tradução da Bíblia. It forms a part of the Jewish traditional literature, and in its inception is as early as the time of the Second Temple. Ela faz parte da literatura judaica tradicional, e em seu início é tão antigo como o tempo do Segundo Templo. The verb , from which the noun is formed, is used in Ezra iv. O verbo, a partir do qual se forma o substantivo, é utilizado em Esdras iv. 7 in reference to a document written in Aramaic, although "Aramit" (AV "in the Syrian tongue") is added. 7, em referência a um documento escrito em aramaico, embora "Aramit" (AV "na língua síria") é adicionado. In mishnaic phraseology the verb denotes a translation from Hebrew into any other language, as into Greek (see Yer. Ḳid. 59a, line 10, and Yer. Meg. 71c, line 11; both statements referring to the Greek version of Aquila); and the noun likewise may refer to the translation of the Biblical text into any language (see Meg. ii. 1; Shab. 115a). Na fraseologia mishnaic o verbo denota uma tradução do hebraico para qualquer outra língua, como o grego (ver Yer Kid 59a, linha 10, e Yer Meg 71c, linha 11;.... Ambas as afirmações referentes à versão grega de Áquila); e do substantivo também pode se referir à tradução do texto bíblico em qualquer língua (ver Meg ii 1;... Shab 115a). The use of the term "Targum" by itself was restricted to the Aramaic version of the Bible (see Bacher, "Die Terminologie der Tannaiten," pp. 205 et seq.). O uso do "Targum" pelo termo em si foi restrito à versão aramaica da Bíblia (ver Bacher, "Die Terminologie der Tannaiten", pp 205 e segs.). In like manner, the Aramaic passages in Genesis, Jeremiah, Daniel, and Ezra were briefly called "Targum," while the Hebrew text was called "Miḳra" (see Yad. iv. 5; Shab. 115b). Da mesma maneira, as passagens em aramaico em Gênesis, Jeremias, Daniel e Esdras foram brevemente chamado "Targum", enquanto o texto hebraico foi chamado de "Miḳra" (ver Yad iv 5;... Shab 115b).

As an intepretation of the Hebrew text of the Bible the Targum had its place both in the synagogal liturgy and in Biblical instruction, while the reading of the Bible text combined with the Targum in the presence of the congregation assembled for public worship was an ancient institution which dated from the time of the Second Temple, and was traced back to Ezra by Rab when he interpreted the word "meforash" (Neh. viii. 8) as referring to the Targum (Meg. 3a; Ned. 37b; comp. Yer. Meg. 74d, line 48, Gen. R. xxxvi., end). Como intepretation do texto hebraico da Bíblia, o Targum tinha o seu lugar tanto na liturgia sinagogal e na instrução bíblica, enquanto a leitura do texto bíblico combinado com o Targum na presença da congregação reunida para o culto público era uma antiga instituição que data da época do Segundo Templo, e foi rastreada até Esdras pela Rab quando interpretou a palavra "meforash" (Ne 8 viii.) como referindo-se ao Targum (Meg. 3a;. Ned 37b;. amostra Yer . Meg. 74d, linha 48, Gen. R. xxxvi., fim). The rules for reading the Targum are formulated in the Halakah (see Meg. iii. and the Talmud ad loc.; Tosef., Meg. iv.). As regras para a leitura do Targum são formuladas no Halakah (ver Meg iii e do Talmud ad loc;...... Tosef, Meg iv). The Targum was to be read after every verse of the parashiyyot of the Pentateuch, and after every third verse of the lesson from the Prophets. O Targum era para ser lido depois de cada estrofe do parashiyyot do Pentateuco, e depois de cada terceiro verso da lição dos Profetas. Excepting the Scroll of Esther, which might be read by two persons in turn, only one person might read the Targum, as the Pentateuch or prophetic section also was read by a single person. Com exceção do Livro de Esther, que pode ser lido por duas pessoas, por sua vez, apenas uma pessoa pode ler o Targum, como a seção Pentateuco ou profético também foi lido por uma única pessoa. Even a minor might read the Targum, although it was not fitting for him to do so when an adult had read the text. Mesmo uma pequena pode ler o Targum, embora não tenha sido adequada para ele a fazê-lo quando um adulto tinha lido o texto. Certain portions of the Bible, although read, were not translated (as Gen. xxxv. 22), while others were neither read nor translated (as Num. vi. 24-26; II Sam. xi.-xiii.). Certas partes da Bíblia, bem lido, não foram traduzidos (como Gen. xxxv 22.), Enquanto outros foram ler nem traduzido (como vi Num 24-26;.... Sam II XI.-xiii). The reader was forbidden to prompt the translator, lest any one should say that the Targum was included in the text of the Bible (Ulla in Meg. 32a). O leitor foi proibida a solicitação do tradutor, para que ninguém diga que o Targum foi incluída no texto da Bíblia (Ulla em Meg. 32a). With regard to the translation of Biblical passages, Judah ben Ilai, the pupil of Akiba, declared that whosoever rendered a verse of the Bible in its original form was a liar, while he who made additions was a blasphemer (Tosef., Meg., end; Ḳid. 49a; comp. the geonic responsum in Harkavy, "Responsen der Geonim," pp. 124 et seq., and the quotation from Midr. ha-Gadol in "JQR" vi. 425). No que diz respeito à tradução de passagens bíblicas, Judá ben Ilai, o aluno de Akiba, declarou que quem tornou um versículo da Bíblia em sua forma original era um mentiroso, passo que ele fez foi um blasfemo aditamentos (Tosef., Meg., fim;. Kid 49a;.. amostra do responsum geonic em Harkavy ", Responsen der Geonim", pp 124 e seguintes, ea citação de Midr ha-Gadol em "JQR" vi 425)... A passage in Ab. Uma passagem em Ab. RN (Recension B, xii. [ed. Schechter, p. 24]) referring to R. Akiba's early training says that he studied the Bible and the Targum; but allusions to the Targum as a special subject of study in connection with the Bible are excessively rare. RN (. Recension B, xii [. Ed. Schechter, p 24]) referindo-se a formação inicial R. Akiba diz que ele estudou a Bíblia eo Targum, mas alusões ao Targum como um tema específico de estudo em conexão com a Bíblia são excessivamente raros. It must be assumed, however, that the Targum was an integral part of the Biblical course of study designated as "Miḳra"; and Judah b. Deve assumir-se, no entanto, que o Targum era parte integrante do ciclo de estudos bíblicos designados como "Miḳra", e b Judah. Ilai declared that only he who could read and translate the Bible might be regarded as a "ḳaryana," or one thoroughly versed in the Bible (Ḳid. 49a). Ilai declarou que somente quem ele poderia ler e traduzir a Bíblia pode ser considerada como um "ḳaryana", ou um bem versados ​​na Bíblia (Ḳid. 49a). In Sifre, Deut. Em Sifre, Deut. 161 the Targum is mentioned as a branch of study intermediate between the Miḳra and the Mishnah. 161 Targum é mencionado como um ramo de estudo intermediário entre o Miḳra e da Mishnah.

Liturgical Use. Uso litúrgico.

The professional translator of the text of the Bible in the synagogue was called "targeman" ("torgeman," "metorgeman" ; the common pronunciation being Meturgeman; see Meg. iv. 4). O tradutor profissional do texto da Bíblia na sinagoga foi chamado de "targeman" ("torgeman", "metorgeman", a pronúncia comum sendo meturgeman;.. Ver Meg iv 4). His duties naturally formed part of the functions of the communal official ("sofer") who bad charge of Biblical instruction (see Yer. Meg. 74d). Suas funções naturalmente fazia parte das funções do funcionário comunais ("sofer") que mal cargo de instrução bíblica (ver Yer. Meg. 74d). Early in the fourth century Samuel ben Isaac, upon entering asynagogue, once saw a teacher ("sofer") read the Targum from a book, and bade him desist. Logo no início do quarto século Samuel ben Isaac, ao entrar asynagogue, uma vez vi uma professora ("sofer") ler o Targum de um livro, e ordenou-lhe desistir. This anecdote shows that there was a written Targum which was used for public worship in that century in Palestine, although there was no definitely determined and generally recognized Targum, such as existed in Babylonia. Este episódio demonstra que houve uma Targum escrito que foi usado para a adoração pública em que século na Palestina, embora não tenha havido Targum definitivamente determinado e geralmente reconhecido, tal como existia na Babilônia.

Disuse. Desuso.

The story is told (Yer. Ber. 9c) that Jose b. A história é contada (Yer. Ber. 9c) que José b. Abin, an amora of the second half of the fourth century, reprehended those who read a Targum to Lev. Abin, uma Amora da segunda metade do século IV, repreendeu aqueles que ler um Targum de Lev. xxii. xxii. 28 which laid a biased emphasis on the view that the command contained in that verse was based on God's mercy (this same paraphrase is still found in the Palestinian Targum); see also the statements on the erroneous translation of Ex. 28, que pôs a ênfase tendenciosa na visão de que o comando contido no versículo que foi baseada na misericórdia de Deus (isso mesmo parafrasear ainda é encontrado no Targum palestino), ver também as declarações sobre a tradução errada do ex. xii. xii. 8, Lev. 8, Lev. vi. vi. 7, and Deut. 7, e Dt. xxvi. xxvi. 4 in Yer. 4 em Yer. Bik. Bik. 65d; as well as Yer. 65d, bem como Yer. Kil. Kil. viii., end, on Deut. viii. final, em Deut. xiv. xiv. 5; and Meg. 5 e Meg. iii. iii. 10 on Lev. 10 de Lev. xviii. xviii. 21. 21. In addition to the anecdotes mentioned above, there are earlier indications that the Targum was committed to writing, although for private reading only. Além das histórias mencionadas acima, há indicações anteriores de que o Targum foi autorizados a escrever, embora para leitura privado. Thus, the Mishnah states (Yad. iv. 5) that portions of the text of the Bible were "written as a Targum," these doubtless being Biblical passages in an Aramaic translation; and a tannaitic tradition (Shab. 115a; Tosef., Shab. xiv.; Yer. Shab. 15c; Massek. Soferim v. 15) refers to an Aramaic translation of the Book of Job which existed in written form at the time of Gamaliel I., and which, after being withdrawn from use, reappeared in the lifetime of his grandson Gamaliel II. Assim, a Mishná (iv Yad 5.) Que partes do texto da Bíblia foram escritos "como um Targum," essas passagens, sem dúvida, ser uma tradução da Bíblia em aramaico, e uma tradição tannaitic (Shab. 115a;. Tosef, . Shab xiv,.. Yer Shab 15c;.. Massek Soferim v. 15) refere-se a uma tradução aramaico do Livro de Jó, que existiu em forma escrita no momento da Gamaliel I., e que, depois de ser retirado de uso, reapareceu na vida de seu neto Gamaliel II. The Pentateuchal Targum, which was made the official Targum of the Babylonian schools, was at all events committed to writing and redacted as early as the third century, since its Masorah dates from the first half of that century. O Targum do Pentateuco, que foi feito o Targum oficial das escolas da Babilônia, foi em todos os eventos autorizados a escrever e redigido já no século III, uma vez que o seu Masorah datas da primeira metade do século. Two Palestinian amoraim of the same century urged the individual members of the congregation to read the Hebrew text of the weekly parashah twice in private and the Targum once, exactly as was done in public worship: Joshua ben Levi recommended this practise to his sons (Ber. 8b), while Ammi, a pupil of Johanan, made it a rule binding on every one (ib. 8a). Dois palestinos amoraim do mesmo século instou os membros individuais da congregação para ler o texto hebraico do semanário parashah duas vezes em privado e do Targum uma vez, exatamente como foi feito no culto público: Joshua ben Levi recomendou esta prática aos seus filhos (Ber . 8b), enquanto Ammi, um aluno de Johanan, fez uma regra obrigatória para cada um (ib. 8a). These two dicta were especially instrumental in authorizing the custom of reciting the Targum; and it was considered a religious duty even in later centuries, when Aramaic, the language of the Targum, was no longer the vernacular of the Jews. Estes dicta dois foram especialmente instrumental em que autoriza o costume de recitar o Targum, e foi considerado um dever religioso, mesmo nos séculos posteriores, quando o aramaico, o idioma do Targum, não era mais o vernáculo dos judeus. Owing to the obsolescence of the dialect, however, the strict observance of the custom ceased in the days of the first geonim. Devido à obsolescência do dialeto, no entanto, a estrita observância do costume cessou no dia do geonim primeiro. About the middle of the ninth century the gaon Naṭronai ben Hilai reproached those who declared that they could dispense with the "Targum of the scholars" because the translation in their mother tongue (Arabic) was sufficient for them (see Müller, "Einleitung in die Responsen der Geonen," p. 106). Sobre o meio do século IX a gaon Naṭronai ben Hilai acusaram os que declararam que poderiam dispensar o "Targum dos acadêmicos", porque a tradução na sua língua materna (árabe) foi suficiente para eles (ver Müller, "Einleitung in die Responsen der Geonen ", p. 106).

At the end of the ninth or in the beginning of the tenth century Judah ibn Ḳuraish sent a letter to the community of Fez, in which he reproved the members for neglecting the Targum, saying that he was surprised to hear that some of them did not read the Targum to the Pentateuch and the Prophets, although the custom of such a perusal had always been observed in Babylonia, Egypt, Africa, and Spain, and had never been abrogated. No final do nono ou no início do século décimo Judá ibn Ḳuraish enviou uma carta à comunidade de Fez, no qual ele reprovadas pelos membros para descurar o Targum, dizendo que ele ficou surpreso ao ouvir que alguns deles não Targum ao ler o Pentateuco e os Profetas, embora o costume de uma tal leitura sempre tinha sido observado na Babilônia, Egito, África e Espanha, e nunca tinha sido revogada. Hai Gaon (d. 1038) was likewise much astonished to hear that the reading of the Targum had been entirely abandoned in Spain, a fact which he had not known before (Müller, lcp 211); and Samuel ha-Nagid (d. 1056) also sharply criticized the scholars who openly advocated the omission of the reading of it, although according to him the Targum was thus neglected only in the northern provinces of that country (see the responsum in Berliner, "Onḳelos," ii. 169). Hai Gaon (m. 1038) foi também muito surpreendido ao ouvir que a leitura do Targum tinha sido totalmente abandonada na Espanha, um fato que ele não tinha conhecido antes (Müller, LCP 211), e Samuel ha-Nagid (m. 1056 ) também criticou abertamente os estudiosos que defenderam a omissão da leitura do mesmo, embora de acordo com o Targum ele foi, assim, negligenciado apenas nas províncias do norte do país (veja a responsa no Berliner, "Onḳelos," ii. 169). As a matter of fact, however, the custom did entirely cease in Spain; and only in southern Arabia has it been observed until the present time (see Jacob Saphir, "Eben Sappir," i. 53b; Berliner, lcp 172), although the Targum to the hafṭarot, together with introductions and poems in Aramaic, long continued to be read in some rituals (see Zunz, "GV" pp. 410, 412; idem, "Literaturgesch." pp. 21 et seq. ; idem, "Ritus," pp. 53, 60 et seq., 81; Bacher, in "Monatsschrift," xxii. 220-223). Por uma questão de fato, no entanto, o costume que cessam completamente na Espanha, e apenas no sul da Arábia que tem sido observado até o presente momento (ver Jacob Saphir, "Eben Sappir," i 53b;. Berliner, LCP 172), embora o Targum para o hafṭarot, em conjunto com introduções e poemas em aramaico, longo continuou a ser lido em alguns rituais (ver Zunz, "GV", pp 410, 412; idem, "Literaturgesch.", pp 21 e segs;. idem, "Ritus", pp 53, 60 e seguintes, 81;. Bacher, em "Monatsschrift" xxii 220-223).. In the synagogues of Bokhara the Persian Jews read the Targum, together with the Persian paraphrase of it, to the hafṭarah for the last day of Passover (Isa. x. 32-xii.; see "Zeit. für Hebr. Bibl." iv. 181). Nas sinagogas de judeus Bokhara o persa ler o Targum, juntamente com o persa paráfrase do mesmo, para o Hafṭarah para o último dia da Páscoa (Is x 32-XII;.. Iv ver "Zeit für Hebr Bibl..." . 181). The Aramaic translations of the Bible which have survived include all the books excepting Daniel and Ezra (together with Nehemiah), which, being written in great part in Aramaic, have no Targum, although one may have existed in ancient times. Aramaico As traduções da Bíblia que têm sobrevivido incluir todos os livros com exceção de Daniel e Esdras (juntamente com Neemias), que, sendo escrito em grande parte em aramaico, não têm Targum, embora se possa ter existido em tempos antigos.

Targumim to the Pentateuch: Targumim ao Pentateuco:

1. 1.

Targum Onḳelos or Babylonian Targun: The official Targum to the Pentateuch, which subsequently gained currency and general acceptance throughout the Babylonian schools, and was therefore called the "Babylonian Targum" (on the tosafistic name "Targum Babli" see Berliner, lcp 180; "Mordekai" on Giṭ. ix., end, mentions an old "Targum Babli" which was brought from Rome). Targum Onḳelos ou babilônico Targun: O Targum oficial para o Pentateuco, que posteriormente ganhou moeda e aceitação geral em todo o babilônico escolas, e por isso foi chamado de "Babilônia Targum" (sobre o nome tosafistic "Targum Babli" ver Berliner, LCP 180; " Mordekai "na Giṭ. ix., fim, menciona um velho" Targum Babli ", que foi trazida de Roma). The title "Targum Onḳelos" is derived from the well-known passage in the Babylonian Talmud (Meg. 3a) which discusses the origin of the Targumim: "R. Jeremiah [or, according to another version, R. Ḥyya bar Abba] said: 'The Targum to the Pentateuch was composed by the proselyte Onḳelos at the dictation of R. Eliezer and R. Joshua.'" This statement is undoubtedly due to error or ignorance on the part of the scholars of Babylonia, who applied to the Aramaic translation of the Pentateuch the tradition current in Palestine regarding the Greek version of Aquila. O título de "Targum Onḳelos" é derivada da bem conhecida passagem no Talmude Babilônico (Meg. 3a) que discute a origem do Targumim: "R. Jeremias [ou, segundo outra versão, R. Ḥyya bar Abba] disse : '. o Targum para o Pentateuco foi composto pelos Onḳelos prosélito no ditado de R. Eliezer e Joshua R. "Esta declaração é, sem dúvida, devido a erro ou ignorância por parte dos estudiosos da Babilônia, que aplicaram para o aramaico tradução do Pentateuco atual tradição na Palestina em relação à versão grega de Áquila. According to Yer. De acordo com Yer. Meg. Meg. 71c, "Aquila the proselyte translated the Pentateuch in the presence of R. Eliezer and R. Joshua, who praised him in the words of Ps. xlv. 3." 71c, "Aquila o adepto do Pentateuco traduzido na presença de R. Eliezer e R. Joshua, que o elogiou, nas palavras de Ps. Xlv. 3." In this passage, moreover, R. Jeremiah is described as transmitting the tradition on the authority of R. Ḥiyya bar Abba. Nessa passagem, além disso, R. Jeremias é descrita como transmissão da tradição sobre a autoridade de R. Hiyya bar Abba. There is no doubt that these accounts coincide: and the identity of and is also clear, so that Onḳelos and Aḳylas (Aquila) are one and the same person (but see Onḳelos). Não há dúvida de que essas contas coincidem: a identidade e também é claro, de modo que Onḳelos e Aḳylas (Aquila) são uma ea mesma pessoa (mas veja Onḳelos). In the Babylonian Talmud only the first form of the name occurs; the second alone is found in the Palestinian Talmud; while even the Babylonian Talmud mentions Onḳelos as the author of the Targum only in the passage cited. No Talmude Babilônico apenas a primeira forma do nome ocorre, a segunda só é encontrada no Talmud palestino, enquanto até mesmo o Talmude Babilônico Onḳelos como menciona o autor do Targum apenas na passagem citada. The statements referring to Onḳelos as the author of the Aramaic translation of the Pentateuch originated in the post-Talmudic period, althoughthey are based entirely on Meg. As declarações referentes ao Onḳelos como o autor do aramaico tradução do Pentateuco originadas no período pós-talmúdico, althoughthey ​​são inteiramente baseadas em Meg. 3a. 3a. The first citation of a targumic passage (on Gen. xlv. 27) with the direct statement "Onḳelos has translated" occurs in Pirḳe R. El. A primeira citação de uma passagem targumic (em Gn xlv. 27) com a declaração direta "Onḳelos tem traduzido" ocorre em Pirḳe. xxxviii. xxxviii. The gaon Sar Shalom, writing in the ninth century, expressed himself as follows on the Targum Onḳelos: "The Targum of which the sages spoke is the one which we now have in our hands; no sanctity attaches to the other Targumim. We have heard it reported as the tradition of ancient sages that God wrought a great thing [miracle] for Onḳelos when He permitted him to compose the Targum." O Gaon Sar Shalom, escrita no século IX, expressou-se da seguinte forma na Onḳelos Targum:. "O Targum de que os sábios falou é o que temos agora em nossas mãos; santidade não atribui aos demais Targumim Ouvimos é relatada como a tradição dos antigos sábios que Deus operou uma grande coisa [milagre] para Onḳelos quando Ele lhe permitido para compor o Targum. " In a similar fashion Maimonides speaks of Onḳelos as the bearer of ancient exegetic traditions and as a thorough master of Hebrew and Aramaic (see Bacher, "Die Bibelexegese Moses Maimunis," pp. 38-42). Em modo semelhante Maimonides Onḳelos fala de como o portador de antigas tradições e exegetic como um mestre completo de hebraico e aramaico (ver Bacher, "Die Bibelexegese Moisés Maimunis", pp 38-42). The designation "Targum Onḳelos" was accordingly established in the early portion of the geonic period, and can no longer be effaced from the terminology of Jewish learning. A designação "Targum Onḳelos" estava em conformidade estabelecido na parte inicial do período geonic, e não pode mais ser apagados a partir da terminologia judaica de aprendizagem. Babylonian Influence. Influência da Babilônia.

The accepted Targum to the Pentateuch has a better claim to the title "Targum Babli" (Babylonian Targum), as has already been explained. O Targum aceites para o Pentateuco tem uma melhor reivindicação ao título "Targum Babli" (babilônico Targum), como já foi explicado. It is noteworthy, moreover, that the Jews of Yemen received this Targum, like that to the Prophets, with the Babylonian punctuation (see Merx, "Chrestomathia Targumica"); and the colophon of a De Rossi codex states that a Targum with Babylonian punctuation was brought to Europe (Italy) from Babylon in the twelfth century, a copy with the Tiberian punctuation being made from it (see Berliner, lc ii. 134). É de salientar, aliás, que os judeus do Iêmen recebeu este Targum, como para os profetas, com a pontuação babilônico (ver Merx, "Chrestomathia Targumica"); eo colofão de um códice De Rossi afirma que um Targum com pontuação babilônico foi trazido para a Europa (Itália), de Babilônia, no século XII, uma cópia com o Tiberian pontuação a ser feitas a partir dele (ver Berliner, lc ii. 134). In the Babylonian Talmud the accepted Targum is called "our Targum," thus connoting the Targum of Babylonia or of the Babylonian academies (Ḳid. 49a, "Targum didan," for which Maimonides, in his "Yad," Ishut, viii. 4, substitutes "Targum Onḳelos"). No Talmude Babilônico Targum aceito é chamado de "Targum nosso", conotando assim, o Targum de Babilônia ou academias da Babilónia (Ḳid. 49a, "Targum Didan", para os quais Maimônides, em seu "Yad", Ishut, viii. 4 , substitutos "Targum Onkelos"). Passages from the Targum are cited with great frequency in the Babylonian Talmud with the introductory remark "As we translate" (Berliner lcp 112), and the Babylonian geonim also speak of "our Targum" as contrasted with the Palestinian Targum (see Hai Gaon in Harkavy, lc Nos. 15, 248). Passagens da Targum são citados com maior freqüência no Talmud babilônico com a nota introdutória "Como traduzir" (Berliner LCP 112), eo geonim babilônico também falam da "nossa Targum" em contraste com os palestinos Targum (ver Hai Gaon em Harkavy, lc N ° s 15, 248).

The Targum Onḳelos, moreover, shows traces of Babylonian influence in its language, since its vocabulary contains: (1) Aramaic words which occur elsewhere in the Babylonian vernacular, eg, the Hebrew ("to see") is always translated by , and not by the Palestinian , while the Hebrew ("round about") is rendered by and not by ; (2) Aramaic words used to render Greek words found in the Palestinian Targum; (3) a few Persian words, including "naḥshirkan" (hunter; Gen. xxv. 27); and "enderun" (ib. xliii. 30) instead of the Greek κοιτών found in the Palestinian Targum. O Targum Onḳelos, além disso, mostra traços de influência babilônica na sua linguagem, uma vez que o seu vocabulário contém: (1) aramaico palavras que ocorrem em outras partes do vernáculo da Babilônia, por exemplo, o hebraico ("ver") sempre é traduzido por, e não pelos palestinos, enquanto o hebraico ("redonda sobre") é processado pelo e não por, (2) aramaico palavras usadas para tornar grego palavras encontradas no Targum palestino, (3) algumas palavras persas, incluindo "naḥshirkan" (caçador , Gen. xxv 27);. e "Enderun" (ib. xliii 30) em vez do κοιτών grega encontrado no Targum palestino.. These peculiarities, however, justify only the assumption that the final redaction of the Targum Onḳelos was made in Babylonia; for its diction does not resemble in any other respects the Aramaic diction found in the Babylonian Talmud; indeed, as Nöldeke has shown ("Mandäische Grammatik," p. xxvii.), "the official Targum, although redacted in Babylonia, is composed in a dialect fundamentally Palestinian." Essas peculiaridades, no entanto, só justificar a suposição de que a redação final do Targum Onḳelos foi feito na Babilônia, por sua dicção não se assemelham em quaisquer outros aspectos, o aramaico dicção encontrado no Talmude Babilônico, na verdade, como demonstrou Nöldeke ("Mandäische Grammatik ", p. xxvii.)," O Targum oficial, embora redacted na Babilônia, é composta fundamentalmente em um dialeto palestino ". This statement is confirmed by the text of the Targum Onḳelos, by the results of historical investigations of its origin, and by a comparison of it with the Palestinian Targum. Esta afirmação é confirmada pelo texto do Targum Onḳelos, pelos resultados de investigações históricas da sua origem, e por uma comparação dele com o Targum palestino. These researches into its history show that the Targum which was made the official one was received by the Babylonian authorities from Palestine, whence they had taken the Mishnah, the Tosefta, and the halakic midrashim on the Pentateuch. Essas pesquisas mostram que em sua história que o Targum que foi feita a um oficial foi recebido pelas autoridades babilônicas da Palestina, onde tinham tomado o Mishnah, o Tosefta, eo midrashim halakic sobre o Pentateuco. The content of the Targum shows, moreover, that it was composed in Palestine in the second century; for both in its halakic and in its haggadic portions it may be traced in great part to the school of Akiba, and especially to the tannaim of that period (see F. Rosenthal in "Bet Talmud," vols. ii.-iii.; Berliner, lcp 107). O conteúdo do Targum mostra, além disso, que era composto na Palestina no século II, para tanto na sua halakic e na sua haggadic porções que podem ser rastreados em grande parte para a escola de Akiba, e especialmente para o tannaim de que período (ver F. Rosenthal em "Aposta Talmud", vols ii.-iii;.. Berliner, LCP 107). The Targum Onḳelos can not be compared unqualifiedly with the Palestinian Targum, however, since the latter has been preserved only in a much later form; moreover the majority of those fragments which are earliest seem to be later than the redaction of the Targum Onḳelos. O Targum Onḳelos não pode ser comparado com o unqualifiedly Targum palestino, entretanto, uma vez que esta tem sido preservada apenas em uma forma muito mais tarde, além disso a maioria desses fragmentos, que são mais antigo parece ser mais tarde a redação do Onḳelos Targum. Yet even in this form the Palestinian Targum to the Pentateuch furnishes sufficient evidence that the two Targumim were originally identical, as is evident from many verses in which they agree word for word, such as Lev. No entanto, mesmo nesta forma, o Targum palestino ao Pentateuco produzir provas suficientes de que o Targumim dois eram originalmente idênticos, como é evidente em muitos versos em que eles concordam, palavra por palavra, como Lev. vi. vi. 3, 4, 6-7, 9, 11, 18-20, 22-23. 3, 4, 6-7, 9, 11, 18-20, 22-23. The difference between the two is due to two facts: (1) the Pentateuchal Targum of the tannaitic period was subjected to a thorough and systematic revision, which may have taken place in Palestine, this revision of subject-matter being followed by a textual revision to make it conform with the vernacular of the Babylonian Jews; and (2) the version of the Targum resulting from this double revision was accepted and committed to writing by the Babylonian academies. A diferença entre os dois é devido a dois fatos: (1) o Pentateuchal Targum do tannaitic período foi submetido a uma revisão exaustiva e sistemática, o que pode ter ocorrido na Palestina, esta revisão do assunto que está sendo seguido por uma revisão textual para a tornar conforme com o vernáculo da Babilónia judeus, e (2) a versão do Targum resultantes desta revisão dupla foi aceito e comprometido a escrever pelas academias da Babilônia.

Peculiarities. Peculiaridades.

Despite the fact that the Targum was thus reduced to a fixed form in Babylonia, the Palestinian meturgemanim had full license to revise and amplify it, so that the final redaction as it now exists in the so-called "Targum pseudo-Jonathan" (and this is true in even a greater degree of the "Fragmenten-Targum" mentioned below), though it was made as late as the seventh century, approximates the original Targum much more closely both in diction and in content, and includes many elements earlier than the Targum bearing the name of Onḳelos and belonging in its final form to the third century. Apesar do fato de que o Targum foi assim reduzida a uma forma fixa na Babilônia, o meturgemanim palestino tinha licença completa de rever e ampliar, de modo que a redação final, uma vez que agora existe no chamado "Targum pseudo-Jonathan" (e isso é verdade, mesmo um maior grau de "Fragmenten-Targum" mencionado abaixo), embora tenha sido feito tão tarde quanto o século VII, se aproxima do Targum original muito mais de perto, tanto na dicção e no conteúdo, e inclui muitos elementos anteriores que Targum com o nome de Onḳelos e pertencentes em sua forma final do século terceiro. The Masorah on the Targum Onḳelos is first mentioned in the "Patshegen," a commentary on this same Targum, written in the thirteenth century; it was edited by Berliner (1877), and reedited in alphabetical order by Landauer ("Letterbode," viii., ix.). O Masorah no Onḳelos Targum é mencionado pela primeira vez no "Patshegen", um comentário sobre esta Targum mesmo, escrito no século XIII, foi editada pelo Berliner (1877), e reeditado em ordem alfabética por Landauer ("Letterbode", viii ., ix.). This Masorah contains statements concerning the divergencies between the schools of Sura and Nehardea, exactly as the Talmud (Zeb. 54a; Sanh. 99b) alludes to controversies between Rab and Levi over individual words in the Targum. Este Masorah contém declarações relativas às divergências entre as escolas de Sura e Nehardea, exatamente como o Talmud (Zeb. 54a;. Sanh 99b) faz alusão às controvérsias entre Rab e Levi mais palavras individuais no Targum. The system followed in the revision of the subject-matter which resulted in the Targum Onḳelos becomes clear when the latter is compared with the Palestinian Targum. O sistema seguido na revisão do assunto que resultou na Targum Onḳelos torna-se evidente quando este é comparado com o Targum palestino. The principal object being to conform the Targum as closely as possible to the original text both in diction and in content, explanatory notes were omitted, and the Hebrew words were translated according to their etymological meaning, although the geographical names were retainedin their Hebrew form almost without exception, and the grammatical structure of the Hebrew was closely followed. O principal objectivo consiste em conformar o Targum de tão perto quanto possível do texto original, tanto na dicção e no conteúdo, notas explicativas, foram omitidos, hebraico e as palavras foram traduzidas de acordo com seu significado etimológico, embora os nomes geográficos foram retainedin sua forma quase hebraico sem exceção, e a estrutura gramatical do hebraico foi seguido de perto. The paraphrastic style of translation affected by the Targumim generally, in order to obviate all anthropomorphisms in reference to God, is observed with special care in the Targum Onḳelos, which employs paraphrases also in the poetic sections of the Pentateuch and in many other cases. O estilo de tradução parafrástico afectados pela Targumim geral, a fim de evitar todos os anthropomorphisms em referência a Deus, é observado com cuidado especial no Targum Onḳelos, que emprega parafraseia também nas seções poéticas do Pentateuco e em muitos outros casos. In some instances the original paraphrase is abbreviated in order that the translation may not exceed the length of the text too greatly; consequently this Targum occasionally fails to represent the original, as is evident from paraphrases preserved in their entirety in the Palestinian Targum, as in the case of Gen. iv. Em alguns casos, o original paráfrase é encurtada de modo que a tradução não pode exceder o comprimento do texto demasiado; conseqüentemente este Targum ocasionalmente falhar para representar o original, como é evidente, parafraseia preservada na sua totalidade, o Targum palestino, como em o caso do general iv. 7, 10; xlix. 7, 10; XLIX. 3, 22; Ex. 3, 22; Ex. xiv. xiv. 15; Num. 15; Num. xxiv. xxiv. 4; and Deut. 4, e Deut. xxix. xxix. 17. 17. An example of an abbreviated paraphrase is found also in the Targum Onḳelos to Deut. Um exemplo de uma paráfrase abreviada é encontrada também no Targum Onḳelos a Deut. i. i. 44, as compared with the paraphrase in Soṭah 48b made by a Babylonian amora of the third century. 44, em comparação com a paráfrase de Soṭah 48b feita por um babilônico Amora do terceiro século.

Supposed Authorship. Suposta autoria.

2. 2.

The Palestinian Targum (Targum Yerushalmi): A responsum of Hai Gaon, already cited with reference to the Targumim, answers the question concerning the "Targum of the Land of Israel [Palestine]" in the following words: "We do not know who composed it, nor do we even know this Targum, of which we have heard only a few passages. If there is a tradition among them [the Palestinians] that it has been made the subject of public discourse since the days of the ancient sages [here follow the names of Palestinian amoraim of the third and fourth centuries], it must be held in the same esteem as our Targum; for otherwise they would not have allowed it. But if it is less ancient, it is not authoritative. It is very improbable, however, in our opinion, that it is of later origin" (comp. "REJ" xlii. 235). Os palestinos Targum (Targum Yerushalmi): Um dos responsum Hai Gaon, já citados, com referência ao Targumim, responde à pergunta sobre o "Targum da Terra de Israel [Palestina]", as seguintes palavras: "Nós não sabemos quem composto ele, nem temos sequer conheço esse Targum, de que temos ouvido apenas algumas passagens. Se há uma tradição entre eles [os palestinos] que foi feito o tema do discurso público desde a época dos antigos sábios [aqui siga os nomes dos palestinos amoraim dos séculos III e IV], ela deve ser realizada na mesma estima como o nosso Targum, pois caso contrário não teria permitido Mas se é menos antiga, não é autoritário É muito.. improvável, no entanto, em nossa opinião, que é de origem mais tarde "(comp." REJ "xlii. 235). The following statement is quoted ("Kol Bo," § 37) in the name of R. Meïr of Rothenburg (13th cent.) with reference to the Targum: "Strictly speaking, we should recite the weekly section with the Targum Yerushalmi, since it explains the Hebrew text in fuller detail than does our Targum; but we do not possess it, and we follow, moreover, the custom of the Babylonians." A declaração a seguir é citado ("Kol Bo", § 37), em nome de R. Meir de Rothenburg (13 cêntimos.) Com referência ao Targum: "A rigor, deveríamos recitar a seção semanal com o Targum Yerushalmi, desde ele explica o texto hebraico, em mais detalhes do que a nossa Targum, mas não possuí-la, e nós seguimos, por outro lado, o costume dos babilônios ". Both these statements indicate that the Palestinian Targum was rarely found in the Middle Ages, although it was frequently quoted after the eleventh century (see Zunz, "GV" pp. 66 et seq.), especially in the "'Aruk" of Nathan b. Ambas as declarações indicam que os palestinos Targum foi raramente encontrada na Idade Média, embora tenha sido frequentemente citado após o século XI (ver Zunz, "GV", pp 66 e segs.), Especialmente no "'áruk" de Nathan b . Jehiel, which explains many words found in it. Jeiel, o que explica muitas palavras encontradas nele. Another Italian, Menahem b. Outro italiano, b Menahem. Solomon, took the term "Yerushalmi" (which must be interpreted as in the title "Talmud Yerushalmi") literally, and quoted the Palestinian Targum with the prefatory remark, "The Jerusalemites translated," or "The Targum of the People of the Holy City." Salomão, assumiu o termo "Yerushalmi" (que deve ser interpretado como no título "Talmud Yerushalmi") literalmente, e citou os palestinos Targum com a nota preambular, "O Jerusalemites traduzidos", ou "O Targum do Povo de Santo cidade. " After the fourteenth century Jonathan b. Após o século XIV Jonathan b. Uzziel, author of the Targum to the Prophets, was believed to have been the author of the Palestinian Targum to the Pentateuch also, the first to ascribe this work to him being Menahem Recanati in his commentary on the Pentateuch. Uziel, autor do Targum para os profetas, se acreditava ter sido o autor do Targum palestino ao Pentateuco, também, o primeiro a atribuir este trabalho para ele ser Menahem Recanati, em seu comentário sobre o Pentateuco. This error was probably due to an incorrect analysis of the abbreviation (= "Targum Yerushalmi"), which was supposed to denote "Targum Jonathan." Este erro foi provavelmente devido a uma análise errada da abreviatura (= "Targum Yerushalmi"), que era suposto para denotar "Targum Jonathan." The statement in the Zohar (i. 89a, on Gen. xv. 1) that Onḳelos translated the Torah, and Jonathan the Miḳra, does not mean, as Ginsburger thinks ("Pseudo-Jonathan," p. viii.), that according to the Zohar Jonathan translated the entire Bible, and thus the Pentateuch; but the word "Miḳra" here refers to the Prophets (see "REJ" xxii. 46). A declaração no Zohar (i. 89a, em Gn xv. 1) que Onḳelos traduzida da Torá, e Jônatas, Miḳra, não significa, como pensa Ginsburger ("Pseudo-Jonathan", p. Viii.), Que, de acordo para o Jonathan Zohar traduziu a Bíblia inteira, e assim o Pentateuco, mas a palavra "Miḳra" aqui se refere aos profetas (ver "REJ" xxii 46.). It is possible, however, that the view, first advanced by Recanati, that Jonathan composed also a Targum on the Pentateuch, was due to a misinterpretation of the passage in the Zohar. É possível, no entanto, que a visão, avançado pelo primeiro Recanati, que Jonathan também um composto Targum sobre o Pentateuco, foi devido a uma má interpretação da passagem do Zohar. Azariah dei Rossi, who lived in the sixteenth century, states ("Me'or 'Enayim," ed. Wilna, p. 127) that he saw two manuscripts of the Palestinian Targum which agreed in every detail, one of which was entitled "Targum Yerushalmi" and the other "Targum Jonathan b. Uzziel." Azarias dei Rossi, que viveu no século XVI, os estados ("Me'or Enayim '", ed. Wilna, p. 127) que viu dois manuscritos do Targum palestino que concordaram em cada detalhe, um dos quais tinha direito " Targum Yerushalmi "eo outro" Targum Jonathan b. Uziel. " The editio princeps of the complete Palestinian Targum was printed from the latter (Venice, 1591), thus giving currency to the erroneous title. Os princeps editio do Targum completo palestino foi impressa a partir da última (Veneza, 1591), dando assim o título de moeda para errônea.

Relation to Onḳelos. Relação com Onḳelos.

In addition to the complete Palestinian Targum (pseudo-Jonathan) there exist fragments of the Palestinian Targum termed "Targum Yerushalmi"; but of these fragments, comprised under the generic term "Fragment-Targum," only those were until recently known which were first published in Bomberg's "Biblia Rabbinica" in 1518 on the basis of Codex Vaticanus No. 440. Além de os palestinos Targum completo (pseudo-Jonathan), existem fragmentos do Targum palestino denominado "Targum Yerushalmi", mas desses fragmentos, composta sob o termo genérico "Fragmento Targum", apenas aqueles eram até recentemente conhecido que foram pela primeira vez publicado em Bomberg "Biblia Rabbinica", em 1518, com base em Codex Vaticanus No. 440. A few years ago, however, Ginsburger edited under the title "Das Fragmententhargum" (Berlin, 1899) a number of other fragments from manuscript sources, especially from Codex Parisiensis No. 110, as well as the quotations from the Targum Yerushalmi found in ancient authors. Há alguns anos, no entanto, Ginsburger editado sob o título "Das Fragmententhargum" (Berlim, 1899) uma série de outros fragmentos de fontes manuscritas, especialmente a partir do Codex Parisiensis n º 110, bem como as cotações do Targum Yerushalmi encontrado na antiga autores. This work rendered a large amount of additional material available for the criticism of the Palestinian Targum, even though a considerable advance had already been made by Bassfreund in his "Fragmenten-Targum zum Pentateuch" (see "Monatsschrift," 1896, xl.). Este trabalho tornou uma grande quantidade de material adicional disponível para a crítica do Targum palestino, apesar de um avanço considerável já havia sido feita por Bassfreund em seu "Fragmenten-zum Targum Pentateuco" (ver "Monatsschrift", de 1896, xl.). The general views concerning the Palestinian Targum and its relation to Onḳelos have been modified but slightly by these new publications. Os pontos de vista gerais sobre os palestinos Targum e sua relação com Onḳelos foram modificados, mas um pouco por estas novas publicações. Although the relation of the Targum Yerushalmi to Onḳelos has already been discussed, it may be added here that the complete Palestinian Targum, as it is found in the pseudo-Jonathan, is not earlier than the seventh century; for it mentions Ayeshah ('A'ishah) (or, according to another reading, Khadija [Ḥadijah]) and Fatima, the wife and daughter of Mohammed, as wives of Ishmael, who was regarded as Mohammed's ancestor. Embora a relação do Targum Yerushalmi para Onḳelos já foi discutido, pode-se acrescentar aqui que os palestinos Targum completo, tal como é encontrado na pseudo-Jonathan, não é anterior ao século VII, para que menciona Ayeshah ('A 'ishah) (ou, segundo outra leitura, Khadija [Ḥadijah]) e Fátima, a esposa e filha de Maomé, como esposas de Ismael, que foi considerado como ancestral de Maomé. It originated, moreover, at a period when the Targum Onḳelos was exercising its influence on the Occident; for the redactor of the Palestinian Targum in this form combined many passages of the two translations as they now exist in the Targum Yerushalmi and the Targum. Originou-se, além disso, num período em que o Targum Onḳelos estava exercendo sua influência no Ocidente, pois o redator do Targum palestino nesta forma combinada muitas passagens das duas traduções, como eles existem no Targum Yerushalmi eo Targum. Onḳelos (see "ZDMG" xxviii. 69 et seq.), besides revealing his dependence on the Onḳelos in other respects as well. Onḳelos (ver "ZDMG" xxviii. 69 e segs.), Além de revelar a sua dependência em relação a Onḳelos em outros aspectos também. The fragments of the Targum Yerushalmi are not all contemporaneous; and many passages contain several versions of the same verses, while certain sections are designated as additions ("tosefta"). Os fragmentos do Targum Yerushalmi não são todos contemporâneos, e muitas passagens contêm várias versões dos mesmos versos, enquanto alguns troços são designados como aditamentos ("tosefta"). The text of the majority of the fragments is older than the pseudo-Jonathan; and these remnants, which frequently consist of a single word only or of a portion of a verse, have been fused according to a principle which can no longer berecognized; but they may have consisted in part of glosses written by some copyist on the margin of the Onḳelos, although without system and thus without completeness. O texto da maioria dos fragmentos é mais antiga do que a pseudo-Jonathan e estes restos, que muitas vezes consistem de uma única palavra ou de uma parte de um verso, foram fundidos de acordo com um princípio que não pode mais berecognized; mas eles podem ter consistido em parte de glosas escritas por alguns copista sobre a margem do Onḳelos, embora sem sistema e, portanto, sem integralidade. Many of these fragments, especially the haggadic paraphrases, agree with the pseudo-Jonathan, which may, on the other hand, be older than some of them. Muitos destes fragmentos, especialmente os haggadic parafraseia, de acordo com a pseudo-Jonathan, o que pode, por outro lado, ter mais de alguns deles. In like manner, haggadic additions were made in later centuries to the text of the Targum, so that an African manuscript of the year 1487 alludes to the capture of Constantinople by the Turks in 1453. Da mesma forma, haggadic aditamentos foram feitos nos séculos posteriores ao texto do Targum, de modo que um manuscrito Africano do ano 1487 alude à captura de Constantinopla pelos turcos, em 1453. Early in the twelfth century Judah ben Barzillai wrote as follows with regard to these additions: "The Palestinian Targum contains haggadic sayings added by those who led in prayer and who also read the Targum, insisting that these sayings be recited in the synagogue as interpretations of the text of the Bible." No início do século XII Judá ben Barzilai escreveu o seguinte em relação a estas adições: "Os palestinos Targum contém haggadic provérbios acrescentados por aqueles que liderou em oração e quem ler também o Targum, insistindo que estes ditos ser recitado na sinagoga como interpretações de o texto da Bíblia. " Despite the numerous additions to the Palestinian Targum, and notwithstanding the fact that the majority of the fragments are of later date than Onḳelos, both pseudo-Jonathan and the fragments contain much that has survived from a very early period; indeed, the nucleus of the Palestinian Targum is older than the Babylonian, which was redacted from it. Apesar dos inúmeros aditamentos ao Targum palestino, e não obstante o fato de que a maioria dos fragmentos são de data posterior que Onḳelos, ambos os pseudo-Jonathan e os fragmentos contêm muito que tem sobrevivido desde um período muito cedo, na verdade, o núcleo do Targum palestino é mais velho do que a Babilónia, que foi redigido a partir dele.

Targum to the Prophets: Targum para os profetas:

Targum Jonathan. Targum Jonathan.

1. 1.

The Official Targum to the Prophets: Like the Targum Onḳelos to the Pentateuch the Targum to the Books of the Prophets gained general recognition in Babylonia in the third century; and from the Babylonian academies it was carried throughout the Diaspora. O Jornal Targum para os profetas: Como o Targum Onḳelos para o Pentateuco o Targum para os livros dos profetas ganharam reconhecimento geral na Babilônia, no século III, e desde o babilônico academias foi realizada toda a diáspora. It originated, however, in Palestine, and was then adapted to the vernacular of Babylonia; so that it contains the same linguistic peculiarities as the Targum Onḳelos, including sporadic instances of Persian words (eg, "enderun," Judges xv. 1, xvi. 12; Joel ii. 16; "dastaka" = "dastah," Judges iii. 22). Originou-se, no entanto, na Palestina, e foi adaptado para o vernáculo da Babilônia, a fim de que ele contém as mesmas particularidades linguísticas como o Targum Onḳelos, incluindo casos esporádicos de palavras persa (por exemplo, "enderun," juízes xv 1, xvi. . 12; Joel ii 16; ". dastaka" = "dastah," Juízes iii 22).. In cases where the Palestinian and Babylonian texts differ, this Targum follows the latter ("madinḥa'e"; see Pinsker, "Einleitung in die Babylonische Punktuation," p. 124). Nos casos em que os palestinianos e babilônico textos diferentes, este Targum segue o último ("madinḥa'e";. Ver Pinsker, "Einleitung in die Punktuation Babylonische", p 124). It originated, like the Targum to the Pentateuch, in the reading, during the service, of a translation from the Prophets, together with the weekly lesson. Originou-se, como o Targum ao Pentateuco, na leitura, durante o serviço, de uma tradução dos Profetas, em conjunto com a lição semanal. It is expressly stated in the Babylonian Talmud that the Targum accepted in Babylonia was Palestinian in origin; and a tannaitic tradition is quoted in the passage already cited from Megillah (3a), which declares that the Targum to the Prophets was composed by Jonathan b. É expressamente declarado no Talmud babilônico que o Targum aceite na Babilônia era na origem palestiniana, e uma tradição tannaitic é citado na já citada passagem de Meguilá (3a), que declara que o Targum para os profetas foi composta por Jonathan b. Uzziel "from the mouths of Haggai, Zechariah, and Malachi," thus implying that it was based on traditions derived from the last prophets. Uziel "da boca de Ageu, Zacarias e Malaquias", o que implica que ele foi baseado em derivados de tradições dos últimos profetas. The additional statements that on this account the entire land of Israel was shaken and that a voice from heaven cried: "Who hath revealed my secrets to the children of men?" As declarações adicionais sobre esta conta toda a terra de Israel foi abalada e que uma voz do céu, exclamou: "Quem lhe revelou meus segredos para os filhos dos homens?" are simply legendary reflections of the novelty of Jonathan's undertaking, and of the disapprobation which it evoked. são reflexos simplesmente lendários da novidade da empresa de Jonathan, e da desaprovação que ele evoca. The story adds that Jonathan wished to translate the Hagiographa also, but that a heavenly voice bade him desist. A história acrescenta que Jonathan pretendia traduzir o Hagiographa também, mas que uma voz celestial Bade-lo desistir. The Targum to Job, which, as already noted, was withdrawn from circulation by Gamaliel I., may have represented the result of his attempts to translate the Hagiographa (see Bacher, "Ag. Tan." i. 23 et seq.; 2d ed., pp. 20 et seq.). O Targum de Jó, que, como já referimos, foi retirado de circulação por Gamaliel I., pode ter representado o resultado de suas tentativas de traduzir o Hagiographa (ver Bacher, "Ag. Tan.." I 23 e seguintes,.. 2d ed., pp 20 e segs.). Jonathan b. Jonathan b. Uzziel is named as Hillel's most prominent pupil (comp. Jew. Encyc. vi. 399, sv Hillel); and the reference to his Targum is at all events of historical value, so that there is nothing to controvert the assumption that it served as the foundation for the present Targum to the Prophets. Uziel é nomeado como aluno mais proeminente Hillel (comp. judeu Encyc vi 399, sv Hillel...) Ea referência ao seu Targum está em todos os eventos de valor histórico, de modo que não há nada a contestar a suposição de que ele serviu como a fundação para o Targum presente para os Profetas. It was thoroughly revised, however, before it was redacted in Babylonia. Foi cuidadosamente revistos, no entanto, antes que ele foi redigido na Babilônia. In the Babylonian Talmud it is quoted with especial frequency by Joseph, head of the Academy of Pumbedita (see Bacher, "Ag. Bab. Amor." p. 103), who says, with reference to two Biblical passages (Isa. viii. 6 and Zech. xii. 11): "If there were no Targum to it we should not know the meaning of these verses" (Sanh. 94b; M. Ḳ. 28b; Meg. 3a). No Talmud babilônico é citado com freqüência por Joseph especial, chefe da Academia de Pumbedita (ver Bacher, "Ag.. Bab. Amor.", P. 103), que diz, em referência a duas passagens bíblicas (Is viii. 6 e Zacarias xii 11): "Se não houvesse Targum a ele não deve saber o significado destes versos" (Sanh. 94b; MK 28B; Meg 3a)..... This shows that as early as the beginning of the fourth century the Targum to the Prophets was recognized as of ancient authority. Isso mostra que, logo no início do quarto século, o Targum para os profetas foi reconhecido como de autoridade antiga. Hai Gaon apparently regarded Joseph as its author, since he cited passages from it with the words "Rab Joseph has translated" (commentary on Ṭohorot, quoted in the "'Aruk"; see Kohut, "Aruch Completum," ii. 293a, 308a). Hai Gaon, aparentemente, considerado Joseph como seu autor, já que ele citou passagens do que com as palavras "Rab Joseph tem traduzido" (comentário sobre Ṭohorot, citado no "'áruk"; ver Kohut, "Shulchan Completum," ii 293-, 308. ). As a whole, this Targum resembles that of Onḳelos, although it does not follow the Hebrew text so closely, and paraphrases more freely, in harmony with the text of the prophetic books. Como um todo, este Targum assemelha ao da Onḳelos, apesar de não seguir o texto hebraico tão perto, e parafraseia mais livremente, em harmonia com o texto dos livros proféticos. The Targum to the Prophets is undoubtedly the result of a single redaction. O Targum para os Profetas é, sem dúvida, o resultado de uma única redação.

Targum Yerushalmi. Targum Yerushalmi.

2. 2.

A Palestinian Targum (Targum Yerushalmi): This Targum to the prophetic books of the Bible is frequently cited by early authors, especially by Rashi and David Ḳimḥi. Um palestinos Targum (Targum Yerushalmi): Este Targum para os livros proféticos da Bíblia é frequentemente citado pelos primeiros autores, especialmente por Rashi e Kimhi David. The Codex Reuchlinianus, written in 1105 (ed. Lagarde, "Prophetæ Chaldaice," 1872), contains eighty extracts from the Targum Yerushalmi, in addition to many variants given in the margin under different designations, many of them with the note that they were taken from "another copy" of the Targum. O Reuchlinianus Codex, escrito em 1105 (ed. Lagarde, "Chaldaice Prophetæ", 1872), contém extractos de oitenta o Targum Yerushalmi, além de muitas variantes dado na margem, sob diferentes designações, muitas delas com a nota de que eram extraídos de "outra cópia" do Targum. Linguistically they are Palestinian in origin. Linguisticamente eles estão na origem palestiniana. Most of the quotations given in the Targum Yerushalmi are haggadic additions, frequently traceable to the Babylonian Talmud, so that this Palestinian Targum to the Prophets belongs to a later period, when the Babylonian Talmud had begun to exert an influence upon Palestinian literature. A maioria das citações dadas no Targum Yerushalmi haggadic são complementos, freqüentemente rastreáveis ​​para o Talmude Babilônico, de modo que este palestinos Targum para os profetas pertence a um período posterior, quando o Talmud babilônico havia começado a exercer uma influência sobre literatura palestina. The relation of the variants of this Targum to the Babylonian Targum to the Prophets is, on the whole, the same as that of the fragments of the Palestinian Targum to the Onḳelos; and they show the changes to which the targumic text was subjected in the course of centuries, and which are shown also both by the earliest editions of the Targum to the Prophets and by their relation to the text of the Codex Reuchlinianus. A relação das variantes deste Targum ao babilônico Targum para os Profetas é, em geral, a mesma que a dos fragmentos do Targum palestiniano para os Onḳelos, e eles mostram as alterações a que o texto foi submetido targumic no decorrer dos séculos, e que são mostrados também por ambas as primeiras edições do Targum para os profetas e por sua relação com o texto da Reuchlinianus Codex. This question is discussed in detail by Bacher, "Kritische Untersuchungen zum Prophetentargum" ("ZDMG" xxviii. 1-58). Esta questão é discutida em detalhe por Bacher, "Kritische Untersuchungen zum Prophetentargum" ("ZDMG" xxviii. 1-58). Additions ("tosefta.") to the Targum to the Prophets, similar in most cases to those in the Targum Yerushalmi, are also cited, especially by David Ḳimḥi. Adições ("tosefta.") Para o Targum para os profetas, semelhantes na maioria dos casos aos do Targum Yerushalmi, também são citados, especialmente por David Kimhi. The chief extant portion of this Palestinian Targum is the translation of the hafṭarot (see Zunz, "GV" pp. 79, 412). O chefe sobrevivente parte desta Targum palestino é a tradução do hafṭarot (ver Zunz, "GV", pp 79, 412).

Targum to the Hagiographa: Targum ao Hagiographa:

The Babylonian Targumim to the Pentateuch and that to the Prophets were the only ones which enjoyed official recognition; so that even in Babylonia there was no authorized Targum to the Hagiographa, since thisportion of the Bible furnished no sidrot for public worship. Targumim babilônico para o Pentateuco e para os profetas que foram os únicos que beneficia de um reconhecimento oficial, de modo que mesmo na Babilônia não havia autorizado Targum ao Hagiographa, desde thisportion da Bíblia não mobilado sidrot de adoração pública. This fact is mentioned in the legend, already noted, that Jonathan ben Uzziel was forbidden to translate the Hagiographa. Este fato é mencionado na legenda, já observado, Jonathan ben Uziel foi proibido para traduzir o Hagiographa. Nevertheless, there are extant Targumim on the hagiographic books; they are, for the most part, Palestinian in origin, although the Babylonian Talmud and its language influenced the Targumim on the Five Megillot. No entanto, há sobrevivente Targumim nos livros hagiográficos, que são, em sua maior parte, na origem palestiniana, embora o Talmude Babilônico e influenciaram a sua língua Targumim sobre os Cinco Megillot.

A Separate Group. Um grupo separado.

1. 1.

To the Psalms and to Job: These Targumim form a separate group, and, in view of their entire agreement in diction, hermeneutics, and use of the Haggadah, may have a common origin. Para os Salmos e de Trabalho: Targumim Estes formam um grupo separado, e, tendo em vista todo o seu acordo na dicção, hermenêutica, e usar da Hagadá, pode ter uma origem comum. In no other Targum, excepting the Targum Sheni to Esther, does ἄγγελος, the Greek word for "angel," occur. Em nenhum outro Targum, com exceção do Targum Sheni a Esther, faz ἄγγελος, a palavra grega para "anjo", ocorrer. In rendering Ps. Na prestação de Ps. xviii., the Targum to Psalms avails itself of the Targum to II Sam. xviii., o Targum de Salmos aproveita a Targum a II Sam. xxii., although it does not reproduce the linguistic peculiarities found in the Babylonian recension of the latter. xxii., apesar de não reproduzir as particularidades linguísticas encontradas na recensão babilônico deste último. The Targum to Psalms contains an interesting dramatization of Ps. O Targum de Salmos contém uma interessante dramatização de Ps. xci., cxviii, and cxxxvii., while both in it and in the Targum to Job the two constant themes are the law of God and its study, and the future life and its retribution. xci., cxviii, e CXXXVII., enquanto que tanto nele e no Targum de trabalho são os dois temas constantes da lei de Deus e do seu estudo, e da vida futura e da sua retribuição. In Ps. Em Ps. cviii. cviii. 12 the parallel construction in the two sections of the verse is interpreted in such a way as to mention Rome and Constantinople as the two capitals of the Roman empire, thus indicating that the work was composed before the fall of Rome in 476. 12 a construção em paralelo as duas secções do versículo é interpretado de tal forma a mencionar a Roma e de Constantinopla como as duas capitais do império romano, o que indica que a obra foi composta antes da queda de Roma em 476. The Targum to Job iv. O Targum de trabalho iv. 10 (where is read instead of ) also seems to allude to the division of the empire; and this hypothesis is confirmed by the presence of a Greek and a Latin word in the Targum to Job, which in all cases renders "nagid" or "nadib" by ἄρχων (on this word as an official title in the Jewish communities, see Schürer, "Gesch." ii. 518), and translates "ḥanef" by "delator," a term which was applied in the Roman empire to the vilest class of informers. 10 (onde se lê, em vez de) também parece fazer alusão à divisão do império, e essa hipótese é confirmada pela presença de um grego e latim uma palavra no Targum de Jó, que em todos os casos torna "nagid" ou " nadib "por ἄρχων (sobre esta palavra como um título oficial em comunidades judaicas, ver SCHÜRER," Gesch. "ii. 518), e traduz" ḥanef "por" delator ", um termo que foi aplicado no império romano para a vis classe dos informadores. Characteristic of both these Targumim is the fact that they contain more variants from the Masoretic text in vowel-points and even in consonants than any other Targum, about fifty of them occurring in the Targum to Psalms, and almost as many being found in the Targum to Job, despite its relative brevity. Característica de ambos os Targumim é o fato de que eles contêm mais variantes do texto Massorético em pontos de vogal e até mesmo em consoantes do que qualquer outro Targum, cerca de 50 deles ocorridos no Targum de Salmos, e quase tantas sendo encontrado no Targum de Trabalho, apesar da sua relativa brevidade. A number of these variants occur also in the Septuagint and in the Peshiṭta, thus affording a confirmation of the early date of composition assigned to the two Targumim. Algumas dessas variantes ocorrer também na Septuaginta e no Peshiṭta, assim, uma confirmação da data de início atribuído a composição Targumim dois. Both of these contain, moreover, a number of variants, fifty verses of Job having two, and sometimes three, translations, of which the second is the original, while the later reading is put first (for a confirmation of the statements in "Monatsschrift," xx. 218, see Perles, ib. vii. 147, and "REJ" xxi. 122). Ambos contêm, além disso, uma série de variantes, 50 versículos do Trabalho ter dois, e às vezes três, traduções, sendo que a segunda é o original, enquanto a posterior leitura é primeiro colocado (para uma confirmação das declarações em "Monatsschrift , "xx. 218, ver Perles, ib. vii. 147, e" REJ "xxi. 122). The Targum to Psalms, like that to Job, is quoted by Naḥmanides under the title "Targum Yerushalmi" (Zunz, "GV" p. 80). O Targum de Salmos, como que a Jó, é citado por Naḥmanides sob o título "Targum Yerushalmi" (Zunz, "GV", p. 80).

2. 2.

To Proverbs: This Targum differs from all other Judæo-Aramaic translations of the Bible in that it shows Syriac characteristics, and also agrees in other respects with the Peshiṭta, to which, according to Geiger ("Nachgelassene Schriften," iv. 112), one-half of it corresponds word for word. Para Provérbios: Este Targum difere de todos os outros judaico-aramaico traduções da Bíblia, em que ele mostra características siríaco, e também concorda em outros aspectos com a Peshiṭta, a qual, de acordo com Geiger ("Nachgelassene Schriften," iv 112.), metade corresponde palavra por palavra. This Targum contains scarcely any haggadic paraphrases. Este Targum não contém praticamente nenhuma paráfrases haggadic. It may be assumed either that its author used or, rather, revised the Peshiṭta, or, with a greater degree of probability, that the Targum to Proverbs was derived from the same source as the Peshiṭta of that book, the Syriac version itself being based on a translation originally intended for Jews who spoke the Syriac dialect. Pode-se supor que o seu autor ou usado, ou melhor, a revista Peshiṭta, ou, com um maior grau de probabilidade, que o Targum de Provérbios foi obtido a partir da mesma fonte da Peshiṭta desse livro, a versão siríaca si mesmo sendo baseada em uma tradução originalmente destinados para os judeus que falavam o dialeto sírio. This Targum also is quoted in the "'Aruk" and by Naḥmanides as "Targum Yerushalmi" (Zunz, lc). Este Targum também é citado no "'áruk" e por Naḥmanides como "Targum Yerushalmi" (Zunz, lc).

3. 3.

To the Five Megillot: These Targumim are alike in so far as all of them are essentially detailed haggadic paraphrases. Para os Cinco Megillot: Targumim Estes são semelhantes na medida em que todos eles são essencialmente parafraseia haggadic detalhada. This is especially the case in the Targum to Canticles, in which the book is interpreted as an allegory of the relation between God and Israel and of the history of Israel. Este é especialmente o caso no Targum de Cânticos, em que o livro é interpretado como uma alegoria da relação entre Deus e Israel e da história de Israel. In the "'Aruk," the first work to cite these Targumim, the Targum to Canticles is once (sv ) called "Targum Yerushalmi "; and Rashi applies the same name (Targ. Yer. to Deut. iii. 4) to the second Targum on Esther, the so-called "Targum Sheni," which may be termed, in view of its length, and of the fact that it betrays eastern Aramaic influences in its diction, an Aramaic midrash on Esther. No "'áruk", o primeiro trabalho para citar estes Targumim, o Targum de Cânticos é uma vez (sv) chamado "Targum Yerushalmi"; Rashi e aplica o mesmo nome (Targ. Yer a Deut iii 4...) Para o Targum em segundo Esther, o assim chamado "Targum Sheni", que podem ser denominadas, em vista do seu comprimento, e do facto de que ele trai influências orientais aramaico na sua dicção, um midrash aramaico em Ester. This last-named work, which is quoted as early as the Massek. Esta última obra-nomeado, que é citado, logo no Massek. Soferim (xiii. 6), has proved extremely popular. Soferim (XIII. 6), revelou-se extremamente popular. The Book of Esther is the only one of the hagiographic books which has a Targum noticed by the Halakah, rules for its reading having been formulated as early as the tannaitic period. O Livro de Ester é o único dos livros hagiográficos que tem um Targum notado pela Halakah, regras para a sua leitura tenha sido formulado, logo tannaitic período. The other "scrolls," however, were also used to a certain extent in the liturgy, being read on festivals and on the Ninth of Ab, which fact explains the discursiveness of their Targumim. Os outros "rola", no entanto, também foram utilizados em certa medida, na liturgia, sendo lido em festivais e no nono dia de Ab, que explica o fato de sua discursividade Targumim.

4. 4.

To Chronicles: This Targum follows the Palestinian Targumim both in language and in its haggadic paraphrases, although it shows the influence of the Babylonian Talmud also. Para Chronicles: Este Targum segue os palestinos Targumim tanto na língua e na sua haggadic parafraseia, embora ela mostra a influência do Talmud babilônico também. It remained almost wholly unknown, however, not being cited even in the "'Aruk," nor included in the first editions of the Targumim. Ele permaneceu quase totalmente desconhecido, no entanto, não ser sequer citados no "'áruk," nem incluídas nas primeiras edições do Targumim. It was first published in 1680 (and 1683) by MF Beck from an Erfurt codex of 1343; and it was again edited, by D. Wilkins in 1715, on the basis of a Cambridge manuscript of 1347, this edition containing a later revision of the targumic text. Foi publicado pela primeira vez em 1680 (e 1683) por MF Beck de Erfurt um códice de 1343 e foi novamente editado, por D. Wilkins, em 1715, com base em Cambridge um manuscrito de 1347, esta edição contém uma posterior revisão do targumic o texto.

Apocryphal Additions to Esther. Adições ao apócrifos Esther.

Among the apocryphal additions to Esther the "Ḥalom Mordekai" (Dream of Mordecai) has been preserved in a Targum which is designated in a manuscript as an integral portion of the Targum to the Hagiographa. Entre as adições ao apócrifos Esther o "Ḥalom Mordekai" (Sonho de Mardoqueu) foi preservada em uma Targum que é designado em um manuscrito como parte integrante do Targum ao Hagiographa. This passage, divided into fifty-one verses in Biblical fashion, has been printed in Lagarde's edition of the Targumim ("Hagiographa Chaldaice," pp. 352-365) and in Merx's "Chrestomathia Targumica," pp. 154-164 (see Bacher in "Monatsschrift," 1869, xviii. 543 et seq.). Esta passagem, divididos em 51 versos em forma bíblica, foi impresso na edição de Lagarde do Targumim ("Hagiographa Chaldaice", pp 352-365) e em Merx de "Chrestomathia Targumica", pp 154-164 (ver Bacher em "Monatsschrift", de 1869, xviii. 543 e segs.). On the Targum to the Book of Tobit, known to Jerome, and preserved in a recension published by A. Neubauer ("The Book of Tobit," Oxford, 1878), see Dalman, "Grammatik des Jüdisch-Palästinensischen Aramäisch," pp. 27-29). No Targum para o livro de Tobias, conhecido por Jerônimo, e preservados em uma recensão publicada por A. Neubauer ("O Livro de Tobit," Oxford, 1878), ver Dalman, "Grammatik des Jüdisch-Palästinensischen Aramäisch", pp 27-29). It is probable, moreover, that a complete Aramaic translation of Ben Sira once existed (ib. p. 29). É provável, aliás, que uma tradução completa do aramaico Ben Sira uma vez existiu (ib. p. 29).

The view prevailed at an early time that the amora Joseph b. O ponto de vista prevaleceu em uma hora mais cedo que o Amora Joseph b. Ḥama, who had the reputation of being thoroughly versed in the Targumim to the Prophets, was the author of the Targumim to theHagiographa. Hama, que tinha a reputação de ser completamente versado na Targumim para os profetas, foi o autor do Targumim para theHagiographa. In the Masseket Soferim (lc) a quotation from the Targum Sheni to Esth. No Masseket Soferim (lc) uma citação para o Targum Sheni Esth. iii. iii. 1 is introduced by the words "Tirgem Rab Yosef" (Rab Joseph has translated); and a manuscript of 1238, in the municipal library of Breslau, appends to the "Dream of Mordecai" the statement: "This is the end of the book of the Targum on the Hagiographa, translated by Rab Joseph." 1 é introduzido pela expressão "Tirgem Rab Yosef" (Joseph Rab tem traduzido), e um manuscrito de 1238, na biblioteca municipal de Breslau, anexa ao "Sonho de Mardoqueu" a declaração: "Este é o fim do livro do Targum sobre o Hagiographa, traduzido por Joseph Rab. " The manuscript from which the copyist of the Breslau codex took the "Dream of Mordecai," together with this colophon, included therefore all the Targumim to the Hagiographa, excepting that to Chronicles, the one to Esther standing last (see "Monatsschrift," xviii. 343). O manuscrito de que o copista do códice Breslau levou o "Sonho de Mardoqueu", juntamente com este colofão, incluído, portanto, todas as Targumim ao Hagiographa, com exceção de que a Chronicles, a um pé de Esther passado (ver "Monatsschrift" xviii . 343). In his commentary on Ex. Em seu comentário sobre ex. xv. xv. 2 and Lev. 2 e Lev. xx. xx. 17, moreover, Samuel ben Meïr, writing in the twelfth century, quoted targumic passages on Job and Proverbs in the name of R. Joseph. 17, por outro lado, Samuel ben Meir, escrito no século XII, citou passagens targumic em Jó e Provérbios em nome de R. Joseph. The belief that Joseph was the translator of the Hagiographa was due to the fact that the phrase frequently found in the Talmud, "as Rab Joseph has translated," was referred to the Targum to the Hagiographa, although it occurred only in passages from the Prophets and, according to one reading (Soṭah 48b), in a single passage of the Pentateuch. A crença de que Joseph era o tradutor da Hagiographa foi devido ao fato de que a frase freqüentemente encontrada no Talmud ", como Joseph Rab tem traduzido", foi encaminhado para o Targum ao Hagiographa, embora tenha ocorrido apenas em passagens dos Profetas e, de acordo com uma leitura (Soṭah 48b), numa única passagem do Pentateuco. The Palestinian characteristics of the hagiographic Targumim, and the fact that the translations of the several books are differentiated according to the grouping noted above, prove that the view is historically baseless. As características dos palestinos Targumim hagiográfica, eo fato de que as traduções de vários livros são diferenciadas de acordo com o acima referido agrupamento, provar que a vista é historicamente infundado. The Tosafot (to Shab. 115a, below), since they ascribed a tannaitic origin to the Targum to the Hagiographa (comp. Tos. to Meg. 21b), naturally refused to accept the theory of Joseph's authorship. O Tosafot (para Shab. 115a, abaixo), uma vez que atribuiu um tannaitic origem para o Targum ao Hagiographa (comp. Tos. A Meg. 21b), naturalmente se recusou a aceitar a teoria da autoria de Joseph.

Bibliography: Bibliografia:
Editions-Targum to the Pentateuch: Onḳelos, editio princeps, Bologna, 1482; Sabbionetta, 1557 (reprinted by Berliner, Targum Onkelos, Berlin, 1884); pseudo-Jonathan, Venice, 1591; Fragment-Targum, in Biblia Rabbinica, Appendix, ib. Edições-Targum ao Pentateuco: Onḳelos, editio princeps, Bolonha, 1482; Sabbionetta, 1557 (reeditado pela Berliner, Targum Onkelos, Berlim, 1884); pseudo-Jonathan, Veneza, 1591; Fragmento Targum, na Biblia Rabbinica, apêndice, ib. 1518. 1518. Targum to the Prophets: editio princeps, Leiria, 1494; Venice, 1518; Targum para os Profetas: editio princeps, Leiria, 1494; Veneza, 1518;

Lagarde, Prophetœ Chaldaice, Leipsic, 1872. Lagarde, Prophetœ Chaldaice, Leipsic, 1872. Prætorius has edited Joshua and Judges on the basis of manuscripts from Yemen with superlinear punctuation (1900, 1901; see Theologische Literaturzeitung, xxv. 164, xxvi. 131); Alfr. Praetorius editou Josué e Juízes, com base em manuscritos do Iêmen com superlinear pontuação (1900, 1901, ver Theologische Literaturzeitung, xxv 164, xxvi 131..); Álfr. Levy, Ḳohelet, Breslau, 1905. Levy, Ḳohelet, Breslau, 1905. Targum to the Hagiographa: Venice, 1517; Lagarde, Hagiographa Chaldaice, Leipsic, 1873. Targum ao Hagiographa: Veneza, 1517; Lagarde, Hagiographa Chaldaice, Leipsic, 1873. On the editions of the Targum to Chronicles see above. Nas edições do Targum de Crônicas ver acima. Targum Sheni, ed. Targum Sheni, ed. L. Munk, Berlin, 1876. L. Munk, Berlim, 1876. The polyglot and rabbinical Bibles (see Berliner, lc ii. 187-190), as well as numerous other editions. As Bíblias poliglotas e rabínica (ver Berliner, lc ii. 187-190), assim como numerosas outras edições. The three Targumim to the Pentateuch were translated into English by JW Etheridge (London, 1862, 1865); Targumim três para o Pentateuco foram traduzidos para o Inglês por JW Etheridge (Londres, 1862, 1865);

and German translations of considerable length are given by Winter and Wünsche, Die Jüdische Litteratur, i. e traduções alemãs de comprimento considerável são dadas por Winter e Wünsche, Die Jüdische Litteratur, i. 63-79. 63-79. On the Targum in general: the various introductions to the Bible; Zunz, GV pp. 61-83; Z. Frankel, Einiges zu den Targumim, in Zeitschrift für die Religiösen Interessen des Judenthums, 1846, iii. No Targum em geral: as várias introduções à Bíblia; Zunz, GV pp 61-83; Z. Frankel, zu den einiges Targumim, em Zeitschrift für die Religiösen Judenthums Interessen des de 1846, iii. 110-111; Geiger, Urschrift, pp. 162-167; idem, Nachgelassene Schriften, iv. 110-111; Geiger, Urschrift, pp 162-167; idem, Nachgelassene Schriften, iv. 98-116; G. Dalman, Grammatik des Jüdisch-Palästinensischen Aramäisch, pp. 21-27; 98-116; G. Dalman, Grammatik des Jüdisch-Palästinensischen Aramäisch, pp 21-27;

Hamburger, RBT ii. Hamburger, RBT ii. 1167-1195; E. Nestle, in Bibeltext und Bibelübertragungen, pp. 163-170, Leipsic, 1897; Buhl, Kanon und Text des Alten Testaments, 1891, pp. 168-184. 1167-1195; E. Nestlé, em Bibeltext und Bibelübertragungen, pp 163-170, Leipsic, 1897; Buhl, Kanon und texto Testamentos des Alten, 1891, pp 168-184. On the Targumim to the Pentateuch: Luzzatto, Oheb Ger, Vienna, 1830 (see Cracow ed. 1895); Levy, Ueber Onkelos, etc., in Geiger's Wiss. No Targumim ao Pentateuco: Luzzatto, Oheb Ger, Viena, 1830 (ver Cracóvia ed 1895.); Levy, Ueber Onkelos, etc, Wiss Geiger. Zeit. Zeit. Jüd. Jud. Theol. Theol. 1844, vol. 1844, vol. v.; Fürst, in Orient, Lit. v; Fürst, no Oriente, Lit. 1845; A. Geiger, Das Nach Onkelos Benannte Babylonische Targum, in his Jüd. 1845; A. Geiger, Das Nach Onkelos Benannte Babylonische Targum, em sua Jud. Zeit. Zeit. ix. ix. 85-194; A. Berliner, Das Targum Onkelos, ii., Berlin, 1884; Anger, De Onkelo Chaldaico, Leipsic, 1846; M. Friedmann, Onkelos und Akylas, Vienna, 1896; Schönfelder, Onkelos und Peschitta, Munich, 1864; Maybaum, Die Anthropomorphien und Anthropopathien bei Onkelos, etc., Breslau, 1870; S. Singer, Onkelos und das Verhältniss Seines Targum zur Halacha, Frankfort-on-the-Main, 1881; H. Barnstein, The Targum of Onkelos to Genesis, London, 1896; E. Kautzsch, Mittheilungen über eine Alte Handschrift des Targum Onkelos, Halle, 1893; A. Merx, Anmerkungen über die Vocalisation der Targume, in Verhandlungen des Fünften Orientalistencongresses, ii. 85-194; A. Berliner, Das Targum Onkelos, ii, Berlim, 1884;. Raiva, De Onkelo Chaldaico, Leipsic, 1846; M. Friedmann, Onkelos und Akylas, Viena, 1896; Schönfelder, Onkelos und Peschitta, Munique, 1864 ; Maybaum, Die Anthropomorphien und Anthropopathien bei Onkelos, etc, Breslau, 1870; S. Singer, Onkelos und das Verhältniss Cerco Targum zur Halacha, Frankfort-on-the-Main, 1881; H. Barnstein, O Targum de Onkelos a Gênesis , Londres, 1896; E. Kautzsch, Mittheilungen über eine Alte Handschrift des Targum Onkelos, Halle, 1893; A. Merx, Anmerkungen über die vocalização der Targume, em Verhandlungen des Fünften Orientalistencongresses, ii. 1, 145-188; GB Winer, De Jonathanis in Pentateuchum Paraphrasi Chaldaica, Erlangen, 1823; H. Petermann, De Indole Paraphraseos Quem Jonathanis Esse Dicitur, Berlin, 1831; S. Baer, Geist des Yerushalmi, in Monatsschrift, 1851-52, i. 1, 145-188; GB Winer, De Jonathanis em Pentateuchum Paraphrasi Chaldaica, Erlangen, 1823; H. Petermann, De Indole Paraphraseos QUEM ESSE Jonathanis Dicitur, Berlim, 1831; S. Baer, ​​Geist des Yerushalmi, em Monatsschrift 1851-1852 , i. 235-242; Seligsohn and Traub, Ueber den Geist der Uebersetzung des Jonathan b. 235-242; Seligsohn e Traub, Ueber den Geist der Uebersetzung des Jonathan b. Usiel zum Pentateuch, ib. Zum Usiel Pentateuco, ib. 1857, vi. 1857, vi. 69-114; Seligsohn, De Duabus Hierosolymitamis Pentateuchi Paraphrasibus, Breslau, 1858; S. Gronemann, Die Jonathan'sche Pentateuchübersetzung in Ihrem Verhältnisse zur Halacha, Leipsic, 1879; W. Bacher, Ueber das Gegenseitige Verhältniss der Pentateuch-Targumim, in ZDMG 1874, xxviii. 69-114; Seligsohn, De Duabus Hierosolymitamis Pentateuchi Paraphrasibus, Breslau, 1858; S. Gronemann, Die Jonathan'sche Pentateuchübersetzung em Ihrem Verhältnisse zur Halacha, Leipsic, 1879; W. Bacher, Ueber das Gegenseitige Verhältniss der Pentateuco-Targumim, em ZDMG 1874, xxviii. 59-72; J. Bassfreund, Das Fragmenten-Targum zum Pentateuch, in Monatsschrift, 1896, xl. 59-72; J. Bassfreund, Das Fragmenten-zum Targum Pentateuco, em Monatsschrift de 1896, xl. 1-14, 49, 67, 97-109, 145-163, 241-252, 352-365, 396-405; M. Neumark, Lexikalische Untersuchungen zur Sprache des Jerusalemischen Pentateuch-Targum, Berlin, 1905. 1-14, 49, 67, 97-109, 145-163, 241-252, 352-365, 396-405; M. Neumark, Lexikalische Untersuchungen zur Sprache des Jerusalemischen Pentateuco-Targum, Berlim, 1905. On the Targum to the Prophets: Z. Frankel, Zu dem Targum der Propheten, Breslau, 1872; HS Levy, Targum to Isaiah i., with Commentary, London, 1889; Cornill, Das Targum zu den Propheten, i., in Stade's Zeitschrift, vii. No Targum para os Profetas: Z. Frankel, Zu dem Targum der Propheten, Breslau, 1872; HS Levy, Targum de Isaías i, com comentários, Londres, 1889; Cornill, Das zu den Targum Propheten, i, no Stade de.. Zeitschrift, vii. 731-767; idem, Das Buch des Propheten Ezechiel, 1886, pp. 110-136; H. Weiss, Die Peschitha zu Deutero-Jesaja und Ihr Verhältniss zum . 731-767; idem, Das Buch des Propheten Ezechiel, 1886, pp 110-136; H. Weiss, Die Peschitha zu Deutero-Itaia und Ihr zum Verhältniss. . . . . Targum, Halle, 1893; M. Sebök (Schönberger), Die Syrische Uebersetzung der Zwölf Kleinen Propheten und Ihr Verhältniss zum . Targum, Halle, 1893; M. Sebok (Schönberger), Die Syrische Uebersetzung der Zwölf Kleinen Propheten und Ihr zum Verhältniss. . . . . Targum, Breslau, 1887. Targum, Breslau, 1887. On the Targum to the Hagiographa: W. Bacher, Das Targum zu den Psalmen, in Monatsschrift, 1872, xxi. No Targum ao Hagiographa: W. Bacher, Das zu den Psalmen Targum, em Monatsschrift, 1872, xxi. 408-416, 462-673; idem, Das Targum zu Hiob, ib. 408-416, 462-673; idem, Das zu Targum Hiob, ib. 1871, xx. 1871, xx. 208-223, 283 et seq.; S. Maybaum, Ueber die Sprache des Targum zu den Sprüchen und Dessen Verhältniss zum Syrer, in Merx's Archiv, ii. 208-223, 283 e seguintes,. S. Maybaum, Ueber die Sprache des Targum und zu den Sprüchen Dessen Syrer zum Verhältniss, em Archiv Merx, ii. 66-93; T. Nöldeke, Das Targum zu den Sprüchen, ib. 66-93; T. Nöldeke, Das zu den Targum Sprüchen, ib. pp. 246-249; H. Pinkusz, Die Syrische Uebersetzung der Proverbien . pp 246-249; H. Pinkusz, Die Syrische Uebersetzung der Proverbien. . . . . und Ihr Verhältniss zum Targum, in Stade's Zeitschrift, 1894, xiv. und Ihr Targum zum Verhältniss, em Zeitschrift Stade de 1894, xiv. 65-141, 161-162; A. Abelesz, Die Syrische Uebersetzung der Klagelieder und Ihr Verhältniss zum Targum, Giessen, 1896; A. Weiss, De Libri Job Paraphrasi Chaldaica, Breslau, 1873; A. Posner, Das Targum Rischon zu dem Biblischen Buche Esther, ib. 65-141, 161-162; A. Abelesz, Die Syrische Uebersetzung der Klagelieder und Ihr Verhältniss zum Targum, Giessen, 1896; A. Weiss, De Job Libri Paraphrasi Chaldaica, Breslau, 1873; A. Posner, Das Targum zu dem Rischon Biblischen Buche Esther, ib. 1896; S. Gelbhaus, Das Targum Sheni zum Buche Esther, Frankfort-on-the-Main, 1893; J. Reis, Das Targum Sheni zu dem Buche Esther, in Monatsschrift, 1876, xxv.; 1881, xxx.; P. Cassel, Zweites Targum zum Buche Esther, Leipsic, 1885; M. Rosenberg and K. Kohler, Das Targum zur Chronik, in Geiger's Jüd. 1896; S. Gelbhaus, Das Targum Sheni zum Buche Esther, Frankfort-on-the-Main, 1893; J. Reis, Das Targum Sheni zu dem Buche Esther, em Monatsschrift, 1876, xxv,. 1881, xxx;. P. Cassel, Zweites zum Targum Buche Esther, Leipsic, 1885; M. Rosenberg e K. Kohler, Das Targum zur Chronik, em Jud Geiger. Zeit. Zeit. 1870, viii. 1870, viii. 72-80, 135-163, 263-278. 72-80, 135-163, 263-278. Hebrew works on the Targum: the commentaries Patshegen of the thirteenth century, printed in the Wilna edition of the Pentateuch, 1874; N. Adler, Netinah la-Ger, in the same edition; SB Scheftel, Bi'ure Onḳelos, ed. Hebraico trabalha no Targum: o Patshegen comentários do século XIII, impresso na edição Wilna do Pentateuco, 1874; N. Adler, Netinah la-Ger, na mesma edição; SB Scheftel, Bi'ure Onḳelos, ed. I. Perles, Munich, 1888; Abraham ben Elijah of Wilna, Targum Abraham, Jerusalem, 1896. I. Perles, Munique, 1888; Abraão ben Elias de Wilna, Targum Abraão, Jerusalém, 1896. Other Hebrew works: Isaiah Berlin, Mine Targima, Breslau, 1831; Wilna, 1836; H. Chajes, Imre Binah, Zolkiev, 1849; B. Berkowitz, 'Oṭeh Or, Wilna, 1843; idem, Leḥem we-Simlah, ib. Outras obras em hebraico: Isaiah Berlin, Mina Targima, Breslau, 1831; Wilna, 1836; H. Chajes, Imre Binah, Zolkiev, 1849, B. Berkowitz, "Oṭeh Ou, Wilna, 1843; idem, Belém-Simlah nós, ib. 1850; idem, Ḥalifot u-Semalot, ib. 1850; idem, Ḥalifot u-Semalot, ib. 1874; idem, Abne Ḥiyyon, ib. 1874; idem, Abne Ḥiyyon, ib. 1877; J. Reifmann, Sedeh Aram, Berlin, 1875; idem, Ma'amar Darke ha-Targumim, St. Petersburg, 1891.WB Wilhelm Bacher 1877; J. Reifmann, Sedeh Aram, Berlim, 1875; idem, Ma'amar Darke ha-Targumim, São Petersburgo, 1891.WB Wilhelm Bacher
Jewish Encyclopedia, published between 1901-1906. Enciclopédia Judaica, publicada entre 1901-1906.




Also, see: Além disso, veja:
Bible Bíblia

Romanized Bible Text Romanizada texto bíblico
Literal Translation Tradução literal
Septuagint and early Manuscripts Septuaginta e início dos Manuscritos
Translating the Bible Traduzindo a Bíblia
Transliteration of Hebrew Transliteração do hebraico
A Thorough Presentation of Jewish Genesis 1 text Apresentação de um minucioso judaica Gênesis 1 texto


This subject presentation in the original English language Este assunto apresentação na língua original do idioma Inglês


Send an e-mail question or comment to us: E-mail Envie um e-mail para nós pergunta ou comentário: E-mail

The main BELIEVE web-page (and the index to subjects) is at: O principal ACREDITO web-page (eo índice de assuntos) está em