Reconciliation Reconciliação sa

General Information Informações Gerais

Reconciliation is a change of the relationship between God and man based on a changed status of man through the Redemptive Work of Christ. Enmity between God and sinful man was removed by the death of Christ. Reconciliation is then appropriated by each individual sinner through Faith (Acts 10:43; 2Cor. 5:18,19; Eph. 2:16). A reconciliação é uma mudança da relação entre Deus eo homem com base em um estado alterado do homem através do trabalho redentor de Cristo. Inimizade entre Deus eo homem pecador foi removido pela morte de Cristo. Reconciliação se apropriou, em seguida, por cada indivíduo pecador através Fé ( Atos 10:43; 2Cor. 5:18,19; Ef. 2:16).

BELIEVE Religious Information Source web-siteACREDITO
Religioso
Informações
Fonte
web-site
Our List of 1,000 Religious Subjects Nossa lista de 1000 Assuntos Religiosos
E-mailE-mail

Reconciliation Reconciliação

Advanced Information Informações Avançadas

Reconciliation is a doctrine usually ascribed to Paul, although the idea is present wherever estrangement or enmity is overcome and unity restored: Matt. 5:24ff. A reconciliação é uma doutrina geralmente atribuída a Paul, apesar de a ideia está presente onde é superar desavenças ou inimizade ea unidade restaurada: Matt. 5:24 ff. (brothers, litigants, perhaps man-to-God); bringing lost sheep to fold, prodigal to father, the lost back to God (Luke 19:10; cf. I Pet. 3:18). (irmãos, litigantes, talvez o homem-a-Deus); trazendo ovelhas perdidas de dobrar, esbanjador às pai, perdeu a voltar para Deus (Lucas 19:10; cf. I Pet. 3:18). Indeed reconciliation is exemplified in Jesus' attitude to sinners, the truth in Athanasius's though that incarnation is reconciliation. Na verdade reconciliação é exemplificado por Jesus' atitude em relação aos pecadores, a verdade no entanto que Atanásio da encarnação é a reconciliação.

The root idea (in Greek) is change of attitude or relationship. A idéia raiz (em grego) é mudar de atitude ou de relacionamento. Paul applies it to wife and husband (I Cor. 7:11), to Jews and Gentiles reconciled to each other in being reconciled to God (Eph. 2:14ff.), and to the alienated, divisive elements of a fragmented universe "brought under one head" again in Christ (Eph. 1:10; Col. 1:20). Paul aplica-la ao marido e mulher (I Coríntios. 7:11), para os judeus e os gentios reconciliou uns aos outros em ser reconciliado com Deus (Eph. 2:14 e segs.), E para os alienados, divisionista elementos da fragmentado um universo " interposto sob uma cabeça "de novo em Cristo (Eph. 1:10; Col. 1:20). His illustrations include those far off made nigh, strangers made fellow citizens of the household, and dividing walls removed. Suas ilustrações incluem aqueles feitos longe iminente, estranhos feitos concidadãos do agregado familiar, e paredes divisórias removidas. His testimony to reconciliation's results dwells especially upon peace with God (Rom. 5:1; Eph. 2:14; Col. 1:20); upon "access" to God's presence (Rom. 5:2; Eph. 2:18; 3:12; see Col. 1:22) in place of estrangement; "joy in God" replacing dread of "wrath" (Rom. 5:9, 11); and assurance that "God is for us," not against us (Rom. 8:31ff.). Seu testemunho de reconciliação resultados habitada sobretudo aquando da paz com Deus (Rom. 5:1; Ef. 2:14; Col. 1:20); sobre "acesso" a presença de Deus (Rom. 5:2; Ef. 2:18 ; 3:12; ver Col. 1:22) no lugar de estranhamento; "alegria em Deus" substituindo temor de "ira" (Rom. 5:9, 11); ea garantia de que "Deus é para nós", não contra nós (Rom. 8:31 e segs.).

The Central Concept of Christianity O conceito central do cristianismo

Since a right relationship with God is the heart of all religion, reconciliation which makes access, welcome, and fellowship possible for all may be held the central concept in Christianity. Uma vez que um certo relacionamento com Deus é o centro de todas as religiões, o que torna o acesso a reconciliação, bem-vindos, e possível em todas as bolsas poderão ser realizadas no conceito central do cristianismo. But to describe this experience with doctrinal precision raises questions. Mas, para descrever esta experiência com precisão levanta questões doutrinais. Man being made for fellowship with God, what is the difficulty requiring Christ's intervention? Homem sendo feitas para a bolsa de Deus, qual é a dificuldade que exijam a intervenção do Cristo? Since reconciliation involves "not imputing trespasses," "Christ made sin for us" (II Cor. 5:18ff.), part of the answer must be sin, which separates God and men. Uma vez que envolve a reconciliação "não imputar ofensas", "Cristo fez pecado por nós" (II Coríntios. 5:18 e segs.), Parte da resposta deve ser pecado, que separa Deus e dos homens. This "alienation" from God and from his people (Eph. 2:12; 4:18) deepens into resentment, "enmity" (Rom. 5:10), increased by canrnality hostile to God (Rom. 8:7), expressed in rebellious wickedness: "you . . . estranged ... hostile in mind, doing evil deeds" (Col. 1:21). Esta "alienação" de Deus e do seu povo (Eph. 2:12, 4:18) aprofunda em ressentimento, "inimizade" (Rom. 5:10), acrescida de canrnality hostil para com Deus (Rom. 8:7), expressos em rebelde maldade: "vocês... estranged ... hostil em mente, fazendo maldades" (Col. 1:21). This total attitude of man needs to be removed. Esta atitude de total homem precisa ser removido.

If this were all, then revelation of truth, the example of Christ, the demonstration of divine love, would remove misunderstanding, effecting reconciliation. Se este fosse tudo, então revelação da verdade, o exemplo de Cristo, a demonstração do amor divino, eliminaria equívoco, efectuar a reconciliação. But Rom. Mas Rom. 11:28 (contrasting "enemies" with "beloved"), repeated references to divine "judicial" wrath (Rom. 1:18; 5:9; 12:19), and the whole case for divine condemnation (Rom. 1-3) suggest that men are "the objects of divine hostility" (Denney); that man's sense of estrangement ("a certain fearful looking-for of judgment") witnesses to a barrier on God's side, precluding fellowship, not, certainly, any reluctance in God's mind, which Jesus must change, but a moral, even judicial, barrier that requires the death of Jesus, not merely his message or example, to remove. 11:28 (contrastantes "inimigos" com o "amado"), repetidas referências ao divino "judiciais" ira (Rom. 1:18; 5:9; 12:19), e todo o processo de condenação divina (Rom. 1 -- 3) sugerem que os homens são "os objetos de hostilidade divino" (Denney); que o homem o sentido de estranhamento ( "um certo temerosa procura de julgamento") testemunhas de uma barreira em face de Deus, afastando bolsa, e não, certamente, qualquer relutância na mente de Deus, que Jesus tem de mudar, mas a moral, até mesmo judiciais, a barreira que exige a morte de Jesus, não se limitando a mensagem ou o seu exemplo, para remover.

Man the Reconciled O homem reconciliado

Who, then, is reconciled? Quem, então, se reconciliaram? Certainly man is changed. Certamente o homem é mudado. "We were reconciled ... being reconciled ... we received reconciliation ... he reconciled us ... be ye reconciled" consistently apply reconciliation to man. "Nós fomos reconciliados ... ... a ser conciliada, recebemos a reconciliação ... ... ele nos reconciliou ser conciliada vós" consistentemente aplicar reconciliação para o homem. Estrangement gives place to prayer and fellowship, hostility becomes faith, and rebellion becomes obedience. Further, man is reconciled to men (Eph. 2:14ff.); and also to life itself, "to the discipline God appoints and the duty he commands" (Oman): reconciliation breeds contentment. Estranhamento dá lugar à oração e comunhão, torna-se hostilidade fé, torna-se obediência e rebelião. Posteriormente, o homem é reconciliado com os homens (Eph. 2:14 e segs.); E também à própria vida ", a disciplina de Deus e do dever que ele nomeia comandos "(Omã): a reconciliação raças contentamento. The world, too, is reconciled (II Cor. 5:19) or to be reconciled (Eph. 1:10; Col. 1:20). O mundo é, também, reconciliados (II Coríntios. 5:19) ou de ser conciliado (Eph. 1:10; Col. 1:20).

But this change in man could be affected without Christ by persuasion, example, or education. Mas esta mudança de homem sem Cristo poderia ser afetada pela persuasão, exemplo, ou a educação. Yet in the NT the basis of reconciliation is "the death of his Son," "through the cross," "by the blood of his cross," "in his body of flesh by his death" (Rom. 5:10; Eph. 2:16; Col. 1:20, 22); and its means are "through Christ...made to be sin" (II Cor. 5:18, 21). Ainda no NT a base da reconciliação é "a morte de seu Filho", "por meio da cruz", "pelo sangue da sua cruz", "no seu corpo de carne por sua morte" (Rom. 5:10; Ef . 2:16; Col. 1:20, 22); e os seus meios são "feitos através de Cristo para ser o pecado ..." (II Coríntios. 5:18, 21). Some therefore hold that "God is reconciled, in the sense that his will to bless us is realised as it was not before....God would not be to us what he is if Christ had not died" (Denney). Alguns sustentam que, por isso, "Deus está reconciliado, no sentido de que a vontade dele para abençoar-nos como é que não foi realizado antes .... Deus não seria para nós o que ele está se Cristo não tivesse morrido" (Denney). Man's sin affects God, so as to require from him judgment, withdrawal, correction, creating for God too a barrier to fellowship, a problem to be resolved before God and sinful man can be at one again. ("At-one-ment" once meant reconciliation; now atonement means reparation, satisfaction, the basis of reconciliation.) Whether or not God could ignore the separation wrought by sin and embrace men in fellowship without further ado, he did not: "We were reconciled to God by the death of his Son." Homem do pecado que Deus, de forma a exigir a partir dele sentença, a retirada, correção, criação de Deus também uma barreira à comunhão, um problema a ser resolvido diante de Deus e o homem pecador pode ser de uma só vez. ( "At-to-one" uma vez significou a reconciliação; agora expiação significa reparação, satisfação, a base da reconciliação.) Quer ou Deus não poderia ignorar a separação forjado pelo pecado e abraçar os homens na bolsa, sem mais delongas, ele não: "Nós fomos reconciliados com Deus pela morte do seu Filho. "

Arguments against any reconciliation of God to men stress the absence of that expression from the NT; deny wrath, judgment, atonement; and expound a subjective, moral influence theory of reconciliation. Argumentos contra qualquer reconciliação de Deus com os homens do que sublinhar a ausência de expressão do NT; negar ira, julgamento, expiação, e expor uma subjetiva, teoria da influência moral reconciliação.

God the Reconciler Deus o Reconciler

Then who reconciles? Então quem concilia? In all other religions man propitiates his gods. Em todas as outras religiões homem propicia a sua deuses. Christianity declares "God was in Christ reconciling the world to himself" (II Cor. 5:19), an accomplished fact which men are urged to accept. Cristianismo declara "Deus estava em Cristo reconciliando o mundo a si próprio" (II Coríntios. 5:19), realizado um fato que os homens são instados a aceitar. "We have received the reconciliation" (Rom. 5:11). "Nós recebemos a reconciliação" (Rom. 5:11). As Christ is our peace; as we are reconciled by his death; as God put forward Christ in expiatory power (Rom. 3:25); and as the sin that separates is ours, not God's, only God could reconcile. Como Cristo é a nossa paz, como nós somos reconciliados pela sua morte, como Deus, em Cristo apresentou expiatório poder (Rom. 3:25); e como o pecado que separa é nosso, não de Deus, só Deus poderia conciliar.

The resulting paradox, that God reconciles those he recognizes up to the moment of reconciliation as enemies, is no greater than in the command "Love your enemies." O paradoxo resultante, que Deus reconcilia aqueles que ele reconhece até o momento da reconciliação como inimigos, não é superior à do comando "Ame os seus inimigos." For love always treats its enemies as no enemies at all. Por amor semper como trata os seus inimigos não a todos os inimigos.

REO White REO Branco
(Elwell Evangelical Dictionary) (Elwell Evangélica Dictionary)

Bibliography Bibliografia
V. Taylor, Forgiveness and Reconciliation; JS Stewart, Man in Christ; J. Denney, Christian Doctrine of Reconciliation. V. Taylor, perdão e reconciliação; JS Stewart, Man em Cristo; J. Denney, Doutrina Cristã da Reconciliação.


Reconcilia'tion

Advanced Information Informações Avançadas

Reconciliation is a change from enmity to friendship. A reconciliação é uma mudança de inimizade para amizade. It is mutual, ie, it is a change wrought in both parties who have been at enmity. É mútuo, ou seja, é uma mudança forjado em ambas as partes que têm vindo a inimizade. (1.) In Col. 1:21, 22, the word there used refers to a change wrought in the personal character of the sinner who ceases to be an enemy to God by wicked works, and yields up to him his full confidence and love. (1.) Em Col. 1:21, 22, o termo usado lá se refere a uma mudança forjado no caráter pessoal do pecador que deixa de ser um inimigo de Deus pelos ímpios obras, e os rendimentos até ele a sua total confiança e amor. In 2 Cor. 5:20 the apostle beseeches the Corinthians to be "reconciled to God", ie, to lay aside their enmity. Em 2 Coríntios. 5:20 o apóstolo beseeches o Corinthians de ser "reconciliados com Deus", ou seja, pôr de lado a sua inimizade. (2.) Rom. (2.) Rom. 5:10 refers not to any change in our disposition toward God, but to God himself, as the party reconciled. 5:10 não se refere a qualquer mudança em nossa disposição em direção a Deus, mas ao próprio Deus, como o partido conciliados. Romans 5:11 teaches the same truth. Romanos 5:11 ensina a mesma verdade. From God we have received "the reconciliation" (RV), ie, he has conferred on us the token of his friendship. Temos recebido de Deus "a reconciliação" (RV), ou seja, ele tem que nos foi conferido o símbolo de sua amizade. So also 2 Cor. Então também 2 Coríntios. 5: 18, 19 speaks of a reconciliation originating with God, and consisting in the removal of his merited wrath. 5: 18, 19 fala de uma reconciliação com Deus originário, e que consiste na remoção de seu merecido castigo.

In Eph. Em Ef. 2: 16 it is clear that the apostle does not refer to the winning back of the sinner in love and loyalty to God, but to the restoration of God's forfeited favour. 2: 16, é evidente que o apóstolo não se refere à conquista de volta o pecador no amor e na fidelidade a Deus, mas para a restauração do favor de Deus perdida. This is effected by his justice being satisfied, so that he can, in consistency with his own nature, be favourable toward sinners. Esta é efectuada por Sua justiça a ser cumprida, de modo que ele possa, em coerência com sua própria natureza, ser favorável para os pecadores. Justice demands the punishment of sinners. Justiça exige a punição dos pecadores. The death of Christ satisfies justice, and so reconciles God to us. A morte de Cristo satisfaz justiça, e assim concilia Deus para nós. This reconciliation makes God our friend, and enables him to pardon and save us. Isto torna a reconciliação Deus nosso amigo, e permite-lhe para nos salvar e perdoar. (See Atonement.) (Veja Expiação.)

(Easton Illustrated Dictionary) (Easton Dicionário Ilustrado)


This subject presentation in the original English language Este assunto apresentação do original em língua Inglês


Send an e-mail question or comment to us: E-mailEnviar e-mail uma pergunta ou comentário para nós: E-mail

The main BELIEVE web-page (and the index to subjects) is at O principal BELIEVE web-page (eo índice de assuntos) está em