Targum, Early History of the BibleTargum

História Antiga da Bíblia

Targums Targums

General Information Informação Geral

A Targum is any of the Aramaic translations, more or less literal, of portions of the Old Testament used in the synagogues of Palestine and Babylonia. Um Targum é qualquer uma das traduções em aramaico, mais ou menos literal, de partes do Antigo Testamento usada nas sinagogas da Palestina e da Babilônia. When, after the Babylonian Captivity in the 6th century BC, Aramaic replaced Hebrew as the generally spoken language, it became necessary to explain the meaning of readings from the Scriptures. Quando, após o cativeiro babilônico no século 6 aC, o aramaico substituiu o hebraico como língua geral falada, tornou-se necessário explicar o significado de leituras das Escrituras. Only a small portion of the many oral Targums that were produced survived. Apenas uma pequena parte dos muitos Targums orais que foram produzidos sobreviveram. Among these are the originally Judean Targum known as the Targum Onkelos; three late and incomplete Targums, the so-called Jerusalem Targums, on the Pentateuch; the Judean Targum on the Prophets; later fragments of another paraphrase of the Prophets; and Targums on Psalms, Job, Proverbs, the five so-called megillahs (Song of Solomon, Ruth, Lamentations, Esther, Ecclesiastes), Chronicles, and the deuterocanonical additions to Esther. Entre estes estão o Targum originalmente judeu conhecido como o Onkelos Targum; três Targums tardia e incompleta, os Targums chamados de Jerusalém, sobre o Pentateuco, o Targum sobre os profetas da Judéia; fragmentos posteriores de outra paráfrase dos profetas, e Targums em Salmos , Jó, Provérbios, os cinco chamados meguilot (Cantares de Salomão, Rute, Lamentações, Ester, Eclesiastes), Crônicas, e os acréscimos a Ester deuterocanônicos.

BELIEVE Religious Information Source web-siteACREDITO
Religioso
Informações
Fonte
web-site
Our List of 2,300 SubjectsNossa lista de 2300 Assuntos Religiosos
E-mailE-mail

Version Versão

Advanced Information Informações Avançadas

A Version is a translation of the holy Scriptures. A versão é uma tradução das Sagradas Escrituras. This word is not found in the Bible; nevertheless, as frequent references are made in this work to various ancient as well as modern versions, it is fitting that some brief account should be given of the most important of these. Esta palavra não se encontra na Bíblia, no entanto, são tão frequentes referências feitas no presente trabalho a várias versões antigas, bem como moderna, é justo que algumas breves consideração deve ser dada o mais importante deles. These versions are important helps to the right interpretation of the Word. Essas versões são importantes contribui para a interpretação correta da Palavra. (See Samaritan Pentateuch article, below.) (Veja artigo Pentateuco Samaritano, abaixo.)
. .


Targum Targum

Catholic Information Informação Católica

Targum is the distinctive designation of the Aramaic translations or paraphrases of the Old Testament. Targum é a designação distintiva das traduções aramaico ou paráfrases do Antigo Testamento. After the return from exile Aramaic gradually won the ascendancy as the colloquial language over the slowly decaying Hebrew until, from probably the last century before the Christian era, Hebrew was hardly more than the language of the schools and of worship. Após o retorno do exílio aramaico gradualmente ganhou a ascendência como a linguagem coloquial sobre o hebraico lentamente deteriorando até que, a partir, provavelmente, o último século antes da era cristã, o hebraico era pouco mais do que a linguagem das escolas e de culto. As the majority of the population ceased to be conversant with the sacred language it became necessary to provide translations for the better understanding of the passages of the Bible read in Hebrew at the liturgical services. Como a maioria da população deixou de estar familiarizado com a língua sagrada tornou-se necessário fornecer traduções para o melhor entendimento das passagens da Bíblia lida em hebraico nos serviços litúrgicos. Thus to meet this need it became customary to add to the portions of the Scriptures read on the Sabbath an explanatory oral translation - a Targum. Assim, para atender a essa necessidade tornou-se habitual para adicionar à porções de ler as Escrituras no sábado uma exposição oral tradução - um Targum. At first this was probably done only for the more difficult passages, but as time went on, for the entire text. No início, este provavelmente foi feito apenas para as passagens mais difíceis, mas, como o passar do tempo, por todo o texto. The "Mishna" gives more elaborate instructions as to the way in which this translating should be done. O "Mishna" dá mais elaboradas instruções quanto à maneira como esta tradução deve ser feito. According to the "Megillah" (IV, 4), when the lesson to be read aloud was from the "Torah" only one verse was to be read to the translator (Methurgeman). De acordo com o "Meguilá" (IV, 4), quando a lição para ser lido em voz alta era da "Torah" apenas um verso era para ser lido para o tradutor (Methurgeman). When the lesson was from the "Nebi'im" it was permitted to read three to him, unless each verse formed a special division. Quando a lição era do "Nebi'im" foi autorizado a ler-lhe três, a menos que cada verso formou uma divisão especial. The directions also state which portions are to be read aloud but not translated (cf. for instance "Meg.", IV, 10), and a warning is given against translations that are either to free, palliative, allegorical, etc. Os sentidos também indicar quais são porções de ser lido em voz alta, mas não traduzida (cf. por exemplo "Meg"., IV, 10), e um aviso é dado contra traduções que são ou de livre, paliativas, alegórica, etc

Another regulation was that the Targum was not to be written down ("Jer. Meg.", IV, i = fol. 74d). Outro regulamento foi que o Targum não era para ser escrito ("Jer. Meg"., IV, i = fol. 74d). This prohibition, however, probably referred only to the interpretation given in the synagogue and did not apply to private use or to its employment in study. Esta proibição, no entanto, provavelmente se referia apenas à interpretação dada na sinagoga e não se aplicam para o uso privado ou ao seu emprego no estudo. In any case, written Targums must have existed at an early date. Em qualquer caso, Targums escritos deve ter existido em uma data próxima. Thus, for instance, one on the Book of Job is mentioned in the era of Gamaliel I (middle of the first century AD), which he, however, was not willing to recognize ("Sabb.", 115a; cf. "Tos. Sabb.", 13, 2=p. 128, ed. Zuckermandel). Assim, por exemplo, um sobre o Livro de Jó é mencionado na era de Gamaliel I (meados do século I dC), que, no entanto, não estava disposto a reconhecer ("Sabb.", 115a;. Cf "Tos . Sabb. ", 13, 2 = p. 128, ed. Zuckermandel). If Matt., xxvii, 46, gives the Aramaic form of Ps., xxi, 2, the last utterance of the Saviour upon the Cross, this shows that even then the Psalms were current among the people in the Aramaic language; moreover, Ephes., iv, 8, has a closer connection with the Targum to Ps., lxvii, 19, than with the Masoretic text. . Se Matt, xxvii, 46, dá a forma aramaica do Ps, xxi, 2, a última expressão do Salvador na Cruz, isto mostra que mesmo assim os Salmos eram correntes entre os povos de língua aramaica,. Além disso, Efes ., iv, 8, tem uma ligação mais estreita com o Targum de Ps., LXVII, 19, do que com o texto massorético. In addition, the "Mishna Yadayim", IV, 5, and "Sabb.", XVI, also indicates the early existence of manuscripts of the Targum. Além disso, o "Mishna Yadayim", IV, 5, e "Sabb.", XVI, indica também a existência de manuscritos precoce do Targum. These manuscripts, however, were only owned privately not officially as for a long period the Targums were without authoritative and official importance in Palestine. Estes manuscritos, no entanto, só foram propriedade privada não oficialmente como por um longo período foram os Targums autoritária e sem importância oficial na Palestina. This authoritative position was first gained among the Babylonian Jews and through their influence the Targums were also more highly esteemed in Palestine, at least the two older ones. Esta posição foi autorizada primeiro ganhou a Babilónia entre judeus e através de sua influência a Targums também foram muito mais caros na Palestina, pelo menos, os dois mais antigos. In the form in which they exist at present no Targum that has been preserved goes back further than the fifth century. Na forma em que existem actualmente não Targum que foi preservada remonta além do século quinto. Various indication, however, show the great antiquity of the main contents of many Targums, their theology among other things. Diversos indicação, no entanto, mostram a grande antiguidade dos principais conteúdos de muitos Targums, sua teologia, entre outras coisas. That as early as the third century the text, for instance, of the Targum on the Pentateuch was regarded by the synagogue as traditionally settled is evident from the "Mishna Meg.", IV, 10, "Jer. Meg.", 74d, "Hab. Kidd.", 49d, "Tos. Meg.", IV, 41. Que já no século III o texto, por exemplo, do Targum sobre o Pentateuco foi considerada pelo sinagoga como tradicionalmente resolvidos é evidente a partir do "Mishna Meg"., IV, 10, "Jer. Meg"., 74d, "Hab. Kidd.", 49d ", Tos. Meg"., IV, 41. There are Targums to all the canonical books excepting Daniel, Ezra, and Nehemiah; for some books of the Bible there are several Targums. Não há Targums a todos os livros canônicos com exceção de Daniel, Esdras e Neemias, pois alguns livros da Bíblia, há vários Targums. As regards age and linguistic character they may be divided into three classes: (1) Targum of Onkelos and Targum of Jonathan; (2) Jerusalem Targums; (3) Targum on the Hagiographa. Em relação à idade e linguística caracteres que podem ser divididos em três classes: (1) Targum Onkelos e Targum de Jônatas, (2) Jerusalém Targums; Targum (3) sobre o Hagiographa.

The form of language used in the Targums is called specifically "Targum dialect". A forma da linguagem utilizada no Targums é chamado especificamente "dialeto Targum". It belongs to western Aramaic and more particularly to the Aramaic of Palestine. Ela pertence a oeste aramaico e, mais particularmente para o aramaico da Palestina. Its home in to be sought in Judea, the ancient seat of the learning of the scribes. Sua casa, em a ser procurado na Judéia, a antiga sede da aprendizagem dos escribas. It should be borne in mind that this Targumic language does not represent the spoken Aramaic, but is the result of the labours of scholars. Deve-se ter em mente que esta linguagem targumic não representa o aramaico falado, mas é o resultado do trabalho de estudiosos. Consequently the point under discussion turns on a literary Aramaic originally formed in Judea. Consequentemente, o ponto em discussão gira em torno de um aramaico literário originalmente formada em Judéia. This is particularly true of the two earlier Targums; the later ones show generally an artificially mixed type of language. Isto é particularmente verdadeiro para os dois anteriores Targums; os posteriores mostram geralmente um misto artificial tipo de linguagem. The traditional pointing of the texts is valueless and misleading: a more certain basis was first offered by manuscripts from Southern Arabia in which the pointing for the vowels was placed above the line. O tradicional apontando dos textos é inútil e enganadora: a base mais certa foi oferecido por manuscritos do sul da Arábia em que a apontar para as vogais foi colocado acima da linha. In Arabia the old synagogal custom of reciting the Targum at the religious services had been retained, and consequently more interest was felt there in the pronunciation. Na Arábia o velho costume de recitar o synagogal Targum nos serviços religiosos tinham sido mantidas, e, conseqüentemente, mais interesse foi sentida lá na pronúncia. It must be acknowledged, however, that this cannot be regarded as a direct pronunciation of the Palestinian pronunciation; it may have sprung from a formal treatment of the Targum of Onkelos customary among the Babylonian scholars. Deve-se reconhecer, no entanto, que isso não pode ser considerado como uma pronúncia direta da pronúncia palestina, que pode ter surgido a partir de um tratamento formal do Targum de Onkelos habituais entre os estudiosos da Babilônia. As regards the method of translation all Targums in common strive to avoid as much as possible anthropomorphisms and anthropopathic terms, as well as other apparently undignified expressions concerning, and descriptive of God. Quanto ao método de tradução de todos os Targums em comum se esforçam para evitar, tanto quanto possível antropomorfismos e termos anthropopathic, bem como outras expressões aparentemente indignas relativas, e descritivos de Deus. The Targums are printed in the Rabbinical and Polyglot Bibles, although the two do not always contain the same Targums or an equal number of them. Os Targuns são impressos nas Bíblias rabínicas e poliglota, embora os dois nem sempre contêm os mesmos Targums ou igual número deles. See below for particulars as to individual editions. Veja abaixo particularidades como a edições individuais.

I. THE TARGUM OF ONKELOS I. O Targum de Onkelos

The official Targum to the Pentateuch is designated by the name of Onkelos. O Targum oficial para o Pentateuco é designado pelo nome de Onkelos. In the Babylonian Talmud and in the Tosephta, Onkelos is the name of a proselyte who is mentioned as a contemporay of the elder Gamaliel ("Aboda zara", 11a; cf. "Tos. sabb.", 8=p. 119, ed. Zuckermandel). No Talmude Babilônico e no Tosephta, Onkelos é o nome de um prosélito que é mencionado como um contemporay do Gamaliel mais velho ("Aboda zara", 11a; cf "Tos SABB."., 8 = p 119, ed.. . Zuckermandel). The labours of Onkelos are referred to in "Meg.", 3a, in the following words: "Rab Jeremiya, according to others Rab Hiya bar Abba says: 'According to the statement of Rab Eliezer and Rab Josua, Onkelos the proselyte has said, that is, has orally formulated, the Targum of the Torah'". Os trabalhos de Onkelos são referidas no, 3a, com as seguintes palavras "Meg".: "Rab Jeremiya, de acordo com outros Rab Hiya bar Abba diz:" De acordo com a declaração de Rab Eliezer e Josué Rab, Onkelos o prosélito disse , isto é, por via oral, foi formulado, o Targum da "Torah". Gaon Sar Shalon (d. 859) was the first who, taking this passage as a basis, called the Pentateuch-Targum the Targum of Onkelos. Gaon Sar Shalon (m. 859) foi o primeiro que, tendo esta passagem como base, o chamado Pentateuco-Targum o Targum de Onkelos. This he did in an opinion concerning the Targum which he evidently had before him at the time in a written copy. Isso ele fez em um parecer relativo à Targum evidentemente que ele tinha diante de si no momento em uma cópia escrita. The designation that thus arose became customary through its acceptance by Rashi and others. A designação que, assim, tornou-se habitual surgiu através de sua aceitação por Rashi e outros. It is evident, however, that in the passage mentioned ("Meg.", 3a) there has been a confusion with the name of Aquila, the translator of the Bible, for the older parallel passage of the Palestinian Talmud ("Meg.", I, 11 = fol. 71c) says the same of Aquila and his Greek translation of the Bible. É evidente, no entanto, que na passagem mencionada ("Meg"., 3a) tem havido uma confusão com o nome de Aquila, o tradutor da Bíblia, para os mais velhos passagem paralela do Talmud palestino ("Meg". , I, 11 = fol. 71c) diz o mesmo de Áquila e sua tradução grega da Bíblia. Compare also Midrash, Tanchuma, Mishpatim, 91, 92 (ed. Mantua, 1863, fol. 36b). Compare também Midrash, Tanchuma, Mishpatim, 91, 92 (ed. Mântua, 1863, fol. 36b). Thus it seems that in Babylonia the old and correct knowledge of the Greek translation of the proselyte Aquila was erroneously transferred to the anonymous Aramaic translation, that consequently Onkelos (instead of Akylas) is a corrupted form or a provincial modification of Aquila. Assim, parece que na Babilônia o antigo conhecimento e correcta da tradução grega do Aquila prosélito foi erroneamente transferidos para a tradução anônima aramaico, que consequentemente Onkelos (em vez de Akylas) é uma forma corrompida ou uma modificação da província de Aquila. xxxxx always (five times) for xxxxx.--> It is not necessary to discuss here earlier views concerning this point. xxxxx sempre (cinco vezes) para xxxxx -.> Não é necessário discutir aqui opiniões anteriores sobre este ponto. The effort to prove the existence of an Onkelos distinct from Aquila is still made by Friedmann ("Onkelos and Aquila" in "Jahresber. der Israelit.-theol. Lehranstalt in Wien", 1896), but the proof adduced is not convincing (cf. Blau in "Jewish Quarterly Review," IX, 1897, p. 727 sqq.). O esforço para provar a existência de um Onkelos distintos Aquila ainda é feito por Friedmann ("Onkelos e Áquila" em "Jahresber. Der Israelit.-theol. Lehranstalt em Wien", 1896), mas as provas apresentadas não é convincente (cf . Blau em "judeu Quarterly Review", IX, 1897, p. 727 sqq.).

Thus it is not known who wrote the Targum named after Onkelos. Assim, não se sabe quem escreveu o nome de Targum Onkelos. In any case the Targum, at least the greater part of it, is old, a fact indicated by the connection with Rab Eliezer and Rab Josua, and belongs probably to the second, or it may be to the first century of our era. Em qualquer caso, o Targum, pelo menos a parte mais do mesmo, é velho, fato indicado pela ligação com Rab Eliezer e Josué Rab, e provavelmente pertence à segunda, ou pode ser o primeiro século de nossa era. It arose, as the idiom shows, in Judea, but it received official recognition first from the Babylonian Rabbis, and is therefore called by them "our Targum", or is quoted with the formula "as we translate". Ela surgiu, como mostra o idioma, na Judéia, mas recebeu o reconhecimento oficial a partir do primeiro Rabinos babilônico, e por isso é chamado por eles "nosso Targum", ou é citado com a fórmula "como traduzir". Rab Natronay (d. 869) in speaking of this says, that it is not permitted to replace it in the services of the synagogue by any other translation of the Pentateuch. Rab Natronay (m. 869), ao falar deste diz que não é permitido para substituí-lo nos serviços da sinagoga por qualquer outra tradução do Pentateuco. The high reputation of this authorized translation is shown by the fact that it has a Masorah of its own. A alta reputação desta autorizado tradução é demonstrado pelo facto de que ele tem uma Masorah própria. The fixing of the written form, and thereby the final settlement of the text as well, should not be assigned to a date before the fifth century. A fixação da forma escrita, e assim, a resolução final do texto, bem como, não deve ser atribuída a uma data antes do quinto século. The language is, in general, an artificial form of speech closely connected with the Biblical Aramaic. A linguagem é, em geral, uma forma artificial de fala intimamente ligada com a bíblia aramaico. It is probably not the spoken Aramaic used as a dialect by the Jewish people, but a copy made by scholars of the Hebraic original, of which the Targum claims to give the most faithful reproduction possible. Provavelmente não é o aramaico falado como um dialeto usado pelo povo judeu, mas uma cópia feita por estudiosos do hebraico original, de que o Targum alegações de dar a reprodução mais fiel possível. In doing this the Aramaic language is treated similarly to the Greek in the translation of Aquila, consequently the many Hebraic idioms. Ao fazer isso, o aramaico é tratada de forma semelhante ao grego na tradução de Aquila, consequentemente, os muitos idiomas hebraico. There is no positive proof (Dalman, "Gramm", 13) of a corrupting influence of the Babylonian dialect as Noldeke held ["Semit. Sprachen" (1887), 32; (2nd ed., 1899), 38]. Não há nenhuma prova positiva (Dalman, "Gramm", 13) de uma influência corruptora do dialeto babilônico como Noldeke realizada ["Semit Sprachen." (1887), 32; (2 ª ed, 1899.), 38].

As regards the character of the translation it is, taken altogether, fairly literal. Quanto ao caráter da tradução é, tomados em conjunto, bastante literal. Anthropomorphic and anthropopathic expressions are avoided by roundabout expressions or in other ways; obscure Hebrew words are often taken without change into the text; proper names are frequently interpreted, as Shinar-Babylon, Ishmaelites-Arabs; for figurative expressions are substituted the corresponding literal ones. Expressões antropomórficas e anthropopathic são evitados por expressões rotunda ou de outras formas; palavras obscuras hebreus são muitas vezes tomadas sem alterações no texto, os nomes próprios são freqüentemente interpretada, como Sinar-Babilônia, ismaelitas-árabes, por expressões figurativas são substituídos os correspondentes literais . Haggadic interpretation is only used at times, for instance in prophetic passages, as Gen., xlix; Num., xxiv; Deut., xxxii. Haggadic interpretação só é usado às vezes, por exemplo, em passagens proféticas, como Gen., XLIX; Num, XXIV;. Dt, xxxii.. This Targum was first printed at Bologna (1482) together with the Hebrew text of the Bible and the commentary of Rashi; later, in the Rabbinical Bibles of Bomberg and Buxtorf, and with a Latin translation in the Complutensian Polyglot (1517), and the Polyglots of Antwerp (1569), Paris (1645), and London (1657). Este Targum foi impresso pela primeira vez em Bolonha (1482), juntamente com o texto hebraico da Bíblia e do comentário de Rashi, mais tarde, nas Bíblias Rabínico Bomberg e Buxtorf, e com uma tradução para o latim na Poliglota Complutense (1517), ea poliglotas de Antuérpia (1569), Paris (1645) e Londres (1657). Among separate editions of the Targum special mention should be made of that printed in 1557 at Sabbioneta. Entre as edições distintas do Targum menção especial deve ser feita de que, impressa em 1557 em Sabbioneta. More modern editions are: Berliner, "Targum Onkelos" (2 vols., Berlin, 1884), in which vol. Edições mais modernas são: Berliner, "Targum Onkelos" (2 vols, Berlim, 1884.), No qual vol. I contains the text according to the Sabbioneta edition, and vol. I contém o texto de acordo com a edição Sabbioneta, e vol. II, elucidations; the Yemanites at Jerusalem have printed with an edition of the Pentateuch (sefer Keter tora) from manuscripts the Arabic translation by Saadya (Jerusalem, 1894-1901), in which publication the vowel pointing above the line has been changed to sublinear pointing; Barnheim, "The Targum of Onkelos to Genesis" (London, 1896), on the text of the Yemen manuscripts. II, elucidações, o Yemanites em Jerusalém têm a impressão de uma edição do Pentateuco (sefer Keter TORA) de manuscritos da tradução em árabe Saadya (Jerusalém, 1894-1901), publicação em que a vogal apontando acima da linha foi alterado para sublinear apontador; Barnheim, "O Targum de Onkelos a Genesis" (Londres, 1896), sobre o texto dos manuscritos do Iêmen. In addition to the Latin translations in the Polyglot Bibles there is one by Fagius (Strasburg, 1546); there is also an English translation by Etheridge, "The Targum of Onkelos and Jonathan ben Uzziel on the Pent., with the Fragments of the Jerusalem Targum", from the Chaldee (2 vols., London, 1862-65). Além das traduções em latim a Polyglot Bíblias, há um por Fagius (Estrasburgo, 1546), há também uma tradução em Inglês Etheridge, "O Targum de Onkelos e de Jonathan ben Uziel sobre o Pent, com os fragmentos do Jerusalém. Targum ", a partir do Chaldee (2 vols., Londres, 1862-1865).

THE TARGUM OF JONATHAN (YONATHAN) O Targum de Jonathan (Yonathan)

The Targum to the Prophets (priores, historical books; posteriores, the actual Prophets) now in existence is ascribed to Jonathan ben Uzziel, who is said on the authority of the Babylonian "Megillah", 3a, to have formulated it orally, in accordance with the instructions of Haggai, Zachariah, and Malachi. O Targum para os Profetas (priores, livros históricos, posteriores, os Profetas reais) agora na existência é atribuída a Jonathan ben Uziel, que se diz sobre a autoridade da Babilônia "Meguilá", 3a, ter formulado oralmente, de acordo com as instruções de Ageu, Zacarias e Malaquias. This assertion probably means that in his exposition he gives the traditional interpretation that had been handed down from one generation to another since early times. Esta afirmação provavelmente significa que em sua exposição, ele dá a interpretação tradicional de que tinha sido passado de uma geração para outra, desde os tempos primitivos. According to the Babylonian "Sukkah" (28a = baba bathra 134a), he was the most noted pupil of the elder Hillel, and is therefore assigned to the first Christian century. De acordo com a Babilônia "Sukkah" (28-A = baba bathra 134a), ele era o aluno mais notável da Hillel mais velho, e é, portanto, atribuído ao primeiro século cristão. The Babylonian Talmud in quoting passages from this Targum ascribes them to Rab Joseph bar Hiya (d. 333), the head of the school at Pumbaditha. O Talmude Babilônico, ao citar trechos deste Targum as atribui a Rab Joseph barra Hiya (m. 333), o diretor da escola em Pumbaditha. Rab Joseph was regarded as a great authority on the tradition of the Targum and his judgment on the translation of many individual passages was eagerly listened to; he may perhaps be considered as the editor of this Targum. Rab José foi considerado uma grande autoridade sobre a tradição do Targum e seu julgamento sobre a tradução de muitas passagens individuais foi ansiosamente ouvidos; ele pode, talvez, ser considerado como o editor deste Targum. For Jonathan as for Onkelos the final settlement of the written form did not occur until the fifth Christian century. Para Jonathan Onkelos como para a liquidação final da forma escrita não ocorrer até o quinto século cristão. Cornill claims to show ("Einleitung", 2nd., ed., 1893, p. 308) that the Targum on the Prophets is older than the Torah-Targum, but the reasons produced are not convincing (cf. Dalman, 15, passim). Cornill afirma mostrar ("Einleitung", segundo., Ed., 1893, p. 308) que o Targum sobre os Profetas é mais velho do que a Torá-Targum, mas as razões produzidas não são convincentes (cf. Dalman, 15, passim ). Linguistically, this Targum approaches most closely that of Onkelos; in grammatical construction the two are alike but the words used differ, and this Targum is more paraphrastic. Linguisticamente, este Targum abordagens mais perto do que Onkelos, em construção gramatical os dois são iguais, mas as palavras usadas diferentes, e este é mais Targum parafrástico. In the historical books Jonathan himself is often the expounder, but in the actual prophetic books the exposition is in reality Haggadic. No histórico livros próprio Jonathan é muitas vezes o expositor, mas nos livros proféticos reais a exposição é, na realidade Haggadic. The religious opinions and theological conceptions of the era that are interwoven are very instructive. As opiniões religiosas e concepções teológicas da época que se entrelaçam são muito instrutivas. The text, further, is not free from later additions; from this cause arise the double translations of which the Targum contains several. O texto, ainda, não está livre de acréscimos posteriores, a partir desta causa surgem as traduções duplos, dos quais o Targum contém vários. The "Prophetae priores" was the first printed with the Hebrew text and the commentaries of Gimhi and Levi at Leiria, Portugal, in 1494. Os "priores Prophetae" foi o primeiro impresso com o texto hebraico e os comentários de Gimhi e Levi em Leiria, Portugal, em 1494. At a later date the whole Targum was printed in the Rabbinical Bibles of Bomberg and Buxdorf and in the Polyglot Bibles of Antwerp, Paris, and London. Em data posterior a Targum todo foi impresso nas Bíblias Rabínico Bomberg e Buxdorf e nas Bíblias Polyglot de Antuérpia, Paris e Londres. The last edition is that of de Lagarde, "Prophetae chaldice e fide codicis Reuchliniani" (Leipzig, 1872). A última edição é de de Lagarde, "Prophetae chaldice e fide codicis Reuchliniani" (Leipzig, 1872). There are supplementary additions to this from an Erfurt manuscript in "Symmicta", I, 139. Há acréscimos suplementares a este de um manuscrito de Erfurt em "Symmicta", I, 139. The Targum to the Haphtarah is to be found in what is called the Pentateuch edition of the Yemanites at Jerusalem. O Targum ao Haphtarah pode ser encontrado no que é chamado o Pentateuco edição dos Yemanites em Jerusalém. English translations are: Pauli, "The Chaldee Paraphrase on the Prophet Isaiah Translated" (London, 1871); Levy, "Targum on Isaiah," I (London, 1889). Traduções são: Pauli, "A paráfrase Caldeu o Profeta Isaías Traduzido" (Londres, 1871); Levy, "Targum sobre Isaías:" Eu (Londres, 1889).

II. II. THE JERUSALEM TARGUMS O Targums JERUSALÉM

This designation is not correct; the older and more correct name, "Palestinian Targum", is found for instance in the writings of Gaon Hai (d. 1038). Esta designação não é correta, o nome mais velho e mais correto ", Targum palestino", é encontrado, por exemplo, nos escritos de Hai Gaon (m. 1038). date this designation was displaced by the term xxxxxxx, just as before this the Palestinian Talmud (xxxx xxx xxxx) is called in the writings of Gaon Sar Shalon xxxxxxxxx.--> Fundamentally the language of these Targums is Palestinian Aramaic but of a very mixed type. data esta designação foi deslocado pelo xxxxxxx prazo, assim como antes deste Talmud palestino (xxxx xxx xxxx) é chamado nos escritos de Gaon Sar Shalon xxxxxxxxx -.> Fundamentalmente a linguagem destes Targums é aramaico palestino, mas de um muito misturado tipo. Neither of them is homogeneous grammatically and lexically. Nenhum deles é homogênea gramatical e lexicalmente. Besides expressions that recall the Galilean dialect of the Palestinian Talmud a preference is shown for imitation of the language of the Targum of Onkelos, while there are also various terms belonging to the language of the Babylonian Talmud. Além de expressões que lembram o dialeto galileu do Talmud palestino é mostrado uma preferência para a imitação da língua do Targum de Onkelos, enquanto também há várias modalidades que pertencem à língua do Talmude Babilônico.

A. Targum Yerushalmi I on the Pentateuch A. Targum Yerushalmi I sobre o Pentateuco

This is generally called the Targum of Jonathan or of the Pseudo-Jonathan, because it is cited in the first printed edition (Venice, 1591) under the name of Jonathan ben Uzziel. Isto é geralmente chamado Targum de Jonathan ou do Pseudo-Jonathan, pois ele é citado na primeira edição impressa (Veneza, 1591) sob o nome de Jonathan ben Uziel. This designation, however, rests on a mistaken solution of an abbreviation. Esta designação, no entanto, repousa sobre uma solução equivocada de uma abreviatura. The Targum could not have appeared in its present form before the second half of the seventh century. O Targum não poderia ter aparecido em sua forma atual antes da segunda metade do século VII. For example (Genesis 21:21), a wife and daughter of Mohammed are mentioned. Por exemplo, (Gênesis 21:21), uma esposa e uma filha de Maomé são mencionados. Compare also (Genesis 49:26) the position of Esau and Ishmael as representatives of the Mohammedan world. Compare também (Gênesis 49:26) A posição de Esaú e Ismael como representantes do mundo muçulmano. The Targum covers the entire Pentateuch. O Targum abrange todo o Pentateuco. The only passages that are lacking are: Gen., vi, 15; x, 23; xviii, 4; xx, 15; xxiv, 28; xli, 49; xliv, 30-31; Exod., iv, 8; Lev., xxiv, 4; Num., xxii, 18; xxx, 20b, 21a; xxxvi, 8-9. As únicas passagens que estão faltando são: Gênesis, VI, 15; x, 23; xviii, 4; xx, 15; xxiv, 28; xli, 49; xliv, 30-31; Êxodo, iv, 8; Lev.. , XXIV, 4; Num, XXII, 18;. xxx, 20b, 21a; xxxvi, 8-9. As to its form it is a free Haggadic treatment of the text, that is, an exposition of rather than a translation. Quanto à sua forma, é um tratamento isento Haggadic do texto, isto é, uma exposição de, em vez de uma tradução. A large part of it is made up of legendary narratives; there are also dialogues, rhetorical and poetical digressions. Uma grande parte é composta de narrativas lendárias, há também diálogos, digressões retóricas e poéticas. The paraphrase also discusses religious and metaphysical conceptions, as was the custom of the Jewish mystics of the seventh century. A paráfrase também discute concepções religiosas e metafísicas, como era o costume dos místicos judeus do século VII. This Targum was first printed at Venice in 1591. Esta primeira Targum foi impresso em Veneza em 1591. It was also to be found in volume IV of the London Polyglot. Foi também a ser encontrado no IV volume da Poliglota Londres. A separate edition of this Targum was edited from the manuscript in the British Museum (manuscript Addit. 27031) by Ginsburger, "Targum Jonathan ben Usiel zum Pentat," (Berlin, 1903). A edição deste Targum foi editada a partir do manuscrito no Museu Britânico (manuscrito Addit. 27.031) por Ginsburger, "Targum Jonathan ben Pentat zum Usiel," (Berlim, 1903). Concerning this codex cf. Quanto a esta cf códice. Barnstein in "Jew. Quart Rev.", XI (1899), 167 sqq. Barnstein em "judeu. Quart Rev.", XI (1899), 167 sqq. An English translation has been published by Etheridge (supra). Uma tradução para o Inglês foi publicada por Etheridge (supra).

B. Targum Yerushalmi II B. Targum Yerushalmi II

Targum Yerushalmi on the Pentateuch is also called the Fragmentary targum because the Targum on the entire Pentateuch has not been preserved, but only portions of it on numerous longer and shorter passages, frequently only the Targum on individual verses or parts of such. Targum Yerushalmi sobre o Pentateuco é também chamado de targum Fragmentaria porque o Targum sobre todo o Pentateuco não foi preservada, mas apenas partes de que em numerosas passagens mais longas e mais curtas, muitas vezes só o Targum em versos individuais ou partes de tal. These fragments were first printed in the rabbinical Bible of 1517. Estes fragmentos foram impresso pela primeira vez na Bíblia rabínica de 1517. In language, method of translation, and exegetical form they are related to the Pseudo-Jonathan. Em forma de linguagem, o método de tradução e exegético que estão relacionados com o Pseudo-Jonathan. A perspicuously arranged compilation of the fragments that have been preserved is given by Ginsburger in the "ZDMG", LVII (1903), 67 sqq., and in loc. Uma compilação perspicuously dispostos dos fragmentos que foram preservados é dada por Ginsburger no "ZDMG", LVII (1903), 67 sqq., E em loc. cit., LVIII (1904), 374 sqq., on a page that came from a geniza or repository in a synagogue for damaged manuscripts. cit., LVIII (1904), sqq 374., em uma página que veio de um repositório geniza ou em uma sinagoga de manuscritos danificados. A Latin translation from the Venice edition of 1517 was published by Taylor (London, 1649); English tr. A tradução para o latim de Veneza a edição de 1517 foi publicada por Taylor (Londres, 1649); Inglês tr. by Etheridge (supra). por Etheridge (supra). Opinions concerning the connection between the Targums Jerushalmi I and Jerushalmi II agree in general that both are to be traced back to different recensions of an old Jerusalem Targum. Opiniões sobre a conexão entre o Jerushalmi Targums I e II Jerushalmi concordam em geral que ambos estão a ser rastreada até recensions diferente de um antigo Targum de Jerusalém. This is the view of Zunz (p. 73, and passim), and also that of Geiger, "Urschrift und Udersetzungen der Bibel" (Berlin, 1857), 454. Este é o ponto de vista do Zunz (p. 73, e passim), e também a de Geiger, "Urschrift und der Bibel Udersetzungen" (Berlim, 1857), 454. Bassfreund (infra) reaches the conclusion that the basis both of the Fragmentary Targum and that of the Pseudo-Jonathan is a complete Jerusalem Targum of post-Talmudic origin, but that the two Targums, Jerushalmi I and II, presuppose the existence of the Targum of Onkelos. Bassfreund (infra) chega à conclusão de que a base tanto do Targum fragmentárias ea da Pseudo-Jonathan é um Targum Jerusalém completa de pós-Talmudic origem, mas que os dois Targums, Jerushalmi I e II, pressupõem a existência do Targum Onkelos. The Fragmentary Targum gives from this ancient Jerusalem Targum gives from this ancient Jerusalem Targum, according to Bassfreund, only matter supplementary to Onkelos, while Onkelos and the Jerusalem Targum have been used in preparing the Pseudo-Jonathan. O Targum fragmentárias dá deste antigo Jerusalém Targum dá deste antigo Targum Jerusalém, de acordo com Bassfreund, só interessa suplementar para Onkelos, enquanto o Targum Onkelos e Jerusalém têm sido usados ​​na preparação do Pseudo-Jonathan. In the preface to his edition of the Pseudo-Jonathan (see below) Ginsburger tries to prove that both the Fragmentary Targum and the Pseudo-Jonathan may be traced back to a very ancient Palestinian Targum, which was not influenced by the Targum of Onkelos until a later date. No prefácio de sua edição do Pseudo-Jonathan (ver abaixo) Ginsburger tenta provar que tanto Targum o fragmentário eo Pseudo-Jonathan pode ser rastreada até um Targum muito antiga Palestina, que não foi influenciado pelo Targum de Onkelos até numa data posterior. The Fragmentary Targum, in Ginsburger's opinion, represents a variant collection, not to Onkelos (as Bassfreund thinks), but to another recensions of that ancient Jerusalem Targum. O Targum fragmentárias, na opinião Ginsburger, representa um conjunto de variantes, não Onkelos (como Bassfreund pensa), mas para outros recensions que antiga Jerusalém Targum. Ginsburger's views will have to be accepted as the more probable. Vistas Ginsburger terá de ser aceita como a mais provável.

C. Targum Yerushalmi III C. Targum Yerushalmi III

Targum Yerushalmi III is the name assigned by Dalman (Gramm., 29) to fragments which are given in old editions of the Pentateuch, as Lisbon (1491), Salonica (1520), Constantinople (1546), Venice (1591), and in several manuscripts Nearly all have been published by Ginsburger, "Das Fragmententargum" (1899), 71-74. Targum Yerushalmi III é o nome atribuído por Dalman (Gramm., 29) a fragmentos que são dadas em edições antigas do Pentateuco, como Lisboa (1491), Salónica (1520), Constantinopla (1546), Veneza (1591), e em diversos manuscritos Quase todos foram publicados por Ginsburger, "Das Fragmententargum" (1899), 71-74.

D. Other Jerusalem Targums D. Outros Jerusalém Targums

There have also been Jerusalem Targums on the Prophets and on individual books of the Hagiographa. Houve também Targums Jerusalém sobre os profetas e os livros individuais do Hagiographa. As regards the Targums on the Prophets de Lagarde has given Reuchlin's notes from the "Nebi'im Codex" in the introduction (pp. VI-XLII) to his "Prophetae chaldice" (infra). No que respeita às Targums sobre os profetas de Lagarde deu Reuchlin notas a partir do "Nebi'im Codex" na introdução (pp. VI-XLII) ao seu "Prophetae chaldice" (infra). There are fragments on Josue, Judges, Samuel, Kings, Isaias, Jeremias, Amos, Jonas, Zacharias. Há fragmentos de Josué, Juízes, Samuel, Reis, Isaías, Jeremias, Amós, Jonas, Zacarias. [Cf. [Cf. Bacher in "ZDMG", XXVIII (1874), 1-72; XXIX (1875), 157 sqq., 319 sq.] Bacher em "ZDMG", XXVIII (1874), 1-72; XXIX (1875), 157 sqq, 319 m²].

III. III. TARGUMS ON THE HAGIOGRAPHA Targums sobre o Hagiographa

They are the work of various authors and have the character more or less of private undertakings, with the production of which the schools had nothing to do. Eles são obra de vários autores e têm o caráter mais ou menos de empresas privadas, com a produção de que as escolas não tinham nada para fazer. Linguistically they are to be regarded as the work artificially produced of a late age. Lingüisticamente eles devem ser considerados como o trabalho produzido artificialmente de uma idade mais tardia. They depend in the main on the Jerusalem Targums and probably belong to the same era; the Targum on Chronicles may be somewhat later. Eles dependem, em principal no Targums Jerusalém e provavelmente pertencem à mesma época, o Targum sobre Crônicas pode ser um pouco mais tarde. Three groups are to be distinguished as regards linguistic character and relation to the original text: Três grupos estão a ser distinguido como o caráter de relação linguística e relação ao texto original:

(a) Targums to Proverbs, Psalms, and Job; (A) Targums a Provérbios, Salmos, Job;

(b) Targums to the five Megilloth, that is Ruth, Esther, Lamentations, Ecclesiastes, Canticles; (B) Targums para o Megilloth cinco, que é Rute, Ester, Lamentações, Eclesiastes, Cânticos;

(c) Targums to the Books of Chronicles. (C) Targums para os livros das Crônicas.

The Targums mentioned under (a) adhere relatively closest to the text of the Bible. O Targums mencionados em (a) aderem mais próximo relativamente ao texto da Bíblia. The Targum to Proverbs is in language and contents very dependent on the text of the Syriac Peschitto, and is but little more than a Jewish recension of the same. O Targum de Provérbios está na linguagem e conteúdo muito dependente do texto do Peschitto sírio, e é, mas pouco mais do que uma recensão judeu da mesma. [Cf. [Cf. Noldeke in "Merx' Archiv fur wissenschaftl. Erforschung des AT", II (1872), 246 sqq.' Noldeke em "Merx 'Archiv fur wissenschaftl. Erforschung des AT", II (1872), 246 sqq. Baumgartner, "Etude critique sur l'etat du texte du livre des Proverbes" (Leipzig, 1890), 267 sqq.] Haggadic additions are found only occasionally in the Targum on the Psalms. Baumgartner, "Etude sur l'etat crítica du texte du livre des Proverbes" (Leipzig, 1890), 267 sqq.] Adições Haggadic são encontrados apenas ocasionalmente no Targum sobre os Salmos. In a number of passages a second translation is introduced with the remark "another Targum". Em um número de passagens de uma segunda tradução é introduzida com a observação "outro Targum". The Targum to Job contains many more additions. O Targum de trabalho contém muitos mais adições. There are also variants of the usual formula of citation, and much oftener than in the Targum on the Psalms. Há também variantes da fórmula usual de citação, e oftener muito do que no Targum sobre os Salmos. In style and language this Targum resembles that on the Psalms, consequently both perhaps are the work of the same author. Em estilo e linguagem este Targum assemelha-se sobre os Salmos, conseqüentemente ambas são talvez a obra do mesmo autor.

(b) The Targums on the Megilloth are not in reality translations but rather Haggadic commentaries. (B) O Targums no Megilloth não estão em traduções realidade, mas sim Haggadic comentários. the Biblical text is most clearly evident in the Targums to Ruth and to Lamentations. o texto bíblico é mais evidente nos Targums a Ruth e Lamentações. The Targum to Ecclesiastes is a tasteless declamation upon the text on which it is based; that on Canticles is an allegorico-mystical Midrash. O Targum de Eclesiastes é uma declamação de mau gosto sobre o texto em que se baseia; que em Cânticos é uma Midrash allegorico-místico. There are two Targums to Esther, the one closely resembles a paraphrase and has no legends interwoven with it; the other, called Targum scheni, has altogether the character of a Midrash. Há dois Targums a Ester, uma parecida com uma paráfrase não tem lendas entrelaçadas com ele, o outro, chamado Targum scheni, tem por completo o caráter de um Midrash. It is only to a small degree a translation; the greater part of it consists of stories, legends, and discourses that have but slight connection with the contents of the book. É só um pequeno grau de tradução, a maior parte dela é constituída de histórias, lendas, e discursos que têm, mas ligeira conexão com o conteúdo do livro.

(c) A Targum on the Books of Chronicles was edited from a manuscript in Erfurt by Matthias Beck (2 pts., Augsburg, 1680-83); a more complete and correct text taken from a manuscript at Cambridge was edited by Wilkins, "Paraphrasis Chaldica in librum priorem et posteriorem Chronicorum" (Amsterdam, 1715). (C) Um Targum sobre os livros das Crônicas foi editado a partir de um manuscrito em Erfurt por Matthias Beck (2 pts, Augsburg, 1680-1683.), Um texto mais completo e correto extraída de um manuscrito em Cambridge foi editado por Wilkins, " Paraphrasis Chaldica em librum priorem et posteriorem Chronicorum "(Amsterdam, 1715). All the Targums to the Hagiographa (excepting Chronicles) were printed for the first time in the Bomberg Bible in 1517; afterwards in the "Polyglots" of Antwerp, Paris, and London. Todos os Targuns ao Hagiographa (excetuando Crônicas) foram impressas pela primeira vez na Bíblia Bomberg, em 1517; depois em "poliglotas" de Antuérpia, Paris e Londres. A modern edition from the Bomberg text, with Chronicles from the Erfurt Codex, was edited by de Lagarde, "Hagiographa chaldaice" (Leipzig, 1873). A edição moderna do texto Bomberg, as Crónicas do Codex Erfurt, foi editada por de Lagarde, "Hagiographa chaldaice" (Leipzig, 1873).

Publication information Written by Fr. Publicação informações escritas pelo padre. Schühlein. Schühlein. Transcribed by John D. Beetham. Transcrito por John D. Beetham. The Catholic Encyclopedia, Volume XIV. A Enciclopédia Católica, Volume XIV. Published 1912. Publicado em 1912. New York: Robert Appleton Company. New York: Robert Appleton Companhia. Nihil Obstat, July 1, 1912. Nihil obstat, 1 de julho de 1912. Remy Lafort, STD, Censor. Remy Lafort, STD, Censor. Imprimatur. Imprimatur. +John Cardinal Farley, Archbishop of New York + Cardeal John Farley, Arcebispo de Nova York

Bibliography Bibliografia

GENERAL: ZUNZ, Die gottesdienstlichen Vortrage der Juden (Berlin, 1832), 61-83; HAUSDORFF, Zur Gesch. GERAL: Zunz, Die gottesdienstlichen Vortrage der Juden (Berlim, 1832), 61-83; Hausdorff, Zur Gesch. der Targumim nach talmudischen Quellen in Monatschr. der Targumim nach talmudischen Quellen em Monatschr. fur Gesch. Gesch pele. u. u. Wissensch. Wissensch. des Judentums, XXXVIII (1894), 203 sqq., 241 sqq.; MAYBAUM, Die Anthropomorphien u. des Judentums, XXXVIII (1894), 203 sqq, 241 sqq;.. Maybaum, Die Anthropomorphien u. Anthropopathien bei Onkelos u. Anthropopathien bei Onkelos u. in den spateren Targumim (Breslau, 1878); GINSBURGER, Die Anthropomorphismus in den Thargumim in Jahrbucher fur prot. na cova spateren Targumim (Breslau, 1878); Ginsburger, Die Anthropomorphismus na cova Thargumim em Jahrbücher pele prot. Theol. Theol. (Brunswick, 1891), 262 sqq., 430 sqq. (Brunswick, 1891), 262 sqq., 430 sqq. As regards the language: DALMAN, Grammatik des judisch-palastinischen Aramaisch (2nd ed., Leipzig, 1905); IDEM, Aramaisch-neuhebr. Quanto à língua: Dalman, Grammatik des judisch-palastinischen Aramaisch (2 ª ed, Leipzig, 1905.); IDEM, Aramaisch-Neuhebr. Worterbuch (Frankfort, 1897-1901). Wörterbuch (Frankfort, 1897-1901).

I. THE TARGUM OF ONKELOS: KAUTZSCH, Mitteilung uber eine alte Handschr. I. o Targum de Onkelos: Kautzsch, Mitteilung uber eine alte Handschr. des Targ. des Targ. Onk. Onk. in Cod. em Cod. Socini, No. 84 (Halle, 1893); BERLINER, Die Massorah zum Targ. Socini, n º 84 (Halle, 1893); BERLINER, Die Massorah Targ zum. O. (Leipzig, 1877); LANDAUER, Die Masorah zum O. (Amsterdam, 1896); BREDERECK, Concordanz zum TO (Giessen, 1906); IDEM, Uber die Art der Ubersetzung im T. Onk. O. (Leipzig, 1877); LANDAUER, Die zum Masorah O. (Amsterdam, 1896); Bredereck, Concordanz zum TO (Giessen, 1906); IDEM, Über die Art der Übersetzung im T. Onk. in Theol. em Theol. Studien u. Studien u. Kritiken (Gotha, 1901), 351-77. Kritiken (Gotha, 1901), 351-77. THE TARGUM OF JONATHAN: PRACTORIUS, Das Targum zu Josua nach Yemenischer Uberlieferung (Berlin, 1899); IDEM, Das Targum zum Buch der Richter nach yemen. O Targum de Jônatas: PRACTORIUS, Das zu Targum Josua nach Yemenischer Uberlieferung (Berlim, 1899); IDEM, Das Buch der zum Targum Richter nach Iêmen. Uberlieferung (Berlin, 1900); WOLFSOHN, Das Targum zum Propheten Jeremias in yemen. Uberlieferung (Berlim, 1900); Wolfsohn, Das zum Targum Propheten Jeremias no Iêmen. Uberl. Uberl. (Halle, 1902), ch. (Halle, 1902), cap. i-xii; SILBERMANN, Das Targum zu Ezechiel nach einer sudarabischen Handschrift (Strasburg, 1902), ch. i-xii; Silbermann, Das zu einer Targum Ezequiel nach sudarabischen Handschrift (Strasburg, 1902), cap. ix; WRIGHT, Targum zu Jonas (London, 1857); ADLER, Targum to Nahum in Jew. ix; WRIGHT, zu Targum Jonas (Londres, 1857); ADLER, Targum de Naum no judeu. Quart. Quart. Rev., VII (1895), 630 sqq.; BACHER, Kritische Untersuchungen zum Prophetentargum in ZD MG, XXVIII (1874), I sqq.; KLEIN in loc. Rev., VII (1895), 630 sqq;. BACHER, Kritische Prophetentargum zum Untersuchungen em ZD MG, XXVIII (1874), eu sqq;. KLEIN em loc. cit., XXIX (1875), 157 sqq.; FRANKEL, Zu dem Targum der Propheten (Breslau, 1872). cit, XXIX (1875), 157 sqq;.. FRANKEL, Zu dem Targum der Propheten (Breslau, 1872).

TARGUM YERUSHALMI I: SELIGSOHN AND TRAUB, Uber den Geist der Ubersetzung des Jonathan ben Usiel zum Pent. Targum Yerushalmi I: SELIGSOHN e Traub, Uber den Geist der Übersetzung des Jonathan ben zum Usiel Pent. etc. in Monatschrift fur Gesch. etc em pele Monatschrift Gesch. u. u. Wissenschaft des Judentums (1857), 96 sqq., 138 sqq.; MARMORSTEIN, Studien zum Pseudo-Jonathan Targum (Presburg, 1905). Wissenschaft des Judentums (1857), 96 sqq, 138 sqq;.. Marmorstein, zum Studien Targum Pseudo-Jonathan (Presburg, 1905).

TARGUM YERUSHALMI II: GINSBURGER, Das Fragmententargum (Berlin, 1899); (1) Targum according to Cod. Targum Yerushalmi II: Ginsburger, Das Fragmententargum (Berlim, 1899); (1) Targum de acordo com bacalhau. 110 of the National Library at Paris; (2) variants from Cod. 110 da Biblioteca Nacional de Paris, (2) variantes de bacalhau. Vat. Cuba. 440 and Lips. 440 e Lips. 1; (3) quotations from old writers; matter supplementary to this work is given by MARX in Zeitschrift fur hebr. 1, (3) citações de escritores antigos; suplementares importa a este trabalho é dada por Marx em Zeitschrift fur hebr. Bibliographie (1902), 55-58. Bibliographie (1902), 55-58.

TARGUMS YERUSHALMI I & II: BASSFREUND, Das Fragmententargum u. Targums Yerushalmi I & II: Bassfreund, Das Fragmententargum u. sein Verhaltnis zu den anderen palast. sein zu den Verhältnis Anderen Palast. Targumim in Monatschrift fur Gesch. Targumim em Monatschrift pele Gesch. u. u. Wissenschaft des Judentums, XL (1896), 1 sqq., 49 sqq., 97 sqq., 145 sqq., 241 sqq., 352 sqq., 396 sqq.; GINSBURGER, loc. . Wissenschaft des Judentums, XL (1896), 1 sqq, sqq 49, 97 sqq, 145 sqq, 241 sqq, 352 sqq, 396 sqq;...... Ginsburger, loc. cit., XLI (1897), 289 sqq., 340 sqq.; preface to Pseudo-Jonathan, ed. . cit, XLI (1897), 289 sqq, 340 sqq;.. prefácio Pseudo-Jonathan, ed. IDEM (Berlin, 1903); NEUMARK, Lexikalische Untersuchungen zur Sprache der jerusalemischen Pentat. IDEM (Berlim, 1903); Neumark, Lexikalische Untersuchungen zur Sprache der jerusalemischen Pentat. Targume (Berlin, 1905). Targume (Berlim, 1905).

TARGUM YERUSHALMI III: LEVY, Das Targums zu Koheleth nach sudarab. Targum Yerushalmi III: LEVY, Das zu Targums Koheleth nach sudarab. Handschriften (Berlin, 1905); GOLLANCZ, Targum to the Song of Songs (London, 1908), translation; POSNER, Das Targum Rischon zu d. Handschriften (Berlim, 1905); Gollancz, Targum ao Cântico dos Cânticos (Londres, 1908), tradução; Posner, Das Targum zu Rischon d. bibl. bibl. B. Esther (Breslau, 1896); DAVID, Das Targum scheni zum B. Esther (Berlin, 1898); TAYLOR, Targ. B. Esther (Breslau, 1896); DAVID, Das Targum zum scheni B. Esther (Berlim, 1898); TAYLOR, Targ. prius et posterius in Estheram . prius et posterius em Estheram. . . . . in linguam Latinam translatum (London, 1655); GELBHAUS, Das Targum scheni zum B. Esther (Frankfort, 1893). em linguam Latinam translatum (Londres, 1655); GELBHAUS, Das Targum zum scheni B. Esther (Frankfort, 1893).



This subject presentation in the original English language Este assunto apresentação do original em língua Inglês


Send an e-mail question or comment to us: E-mailEnviar e-mail uma pergunta ou comentário para nós: E-mail

The main BELIEVE web-page (and the index to subjects) is at O principal BELIEVE web-page (eo índice de assuntos) está em